O Primeiro de Maio, na visão poética de Chico Buarque e Milton Nascimento


O cantor, escritor, poeta e compositor carioca Chico Buarque de Hollanda e seu parceiro Milton nascimento, na letra de “Primeiro da Maio”, usaram  o infindo lirismo para inverter os papéis diários do casal de trabalhadores, que, neste dia, através do amor, personificarão a usina e a ferramenta tecendo (o homem de amanhã).

A música “Primeiro de Maio” foi gravada por Milton e Chico no Compacto Cio da Terra, em  1977, pela Philips/Phonogram.

PRIMEIRO DE MAIO
Milton Nascimento e Chico Buarque

Hoje a cidade está parada
E ele apressa a caminhada
Pra acordar a namorada logo ali
E vai sorrindo, vai aflito
Pra mostrar, cheio de si
Que hoje ele é senhor das suas mãos
E das ferramentas

Quando a sirene não apita
Ela acorda mais bonita
Sua pele é sua chita, seu fustão
E, bem ou mal, é seu veludo
É o tafetá que Deus lhe deu
E é vendito o fruto do suor
Do trabalho que é só seu

Hoje eles hão de consagrar
O dia inteiro pra se amar tanto
Ele, o artesão
Faz dentro dela a sua oficina
E ela, a tecelã
Vai fiar nas malhar do seu ventre
O homem de amanhã

           (Colaboração enviada por Paulo Peres – site Poemas & Canções)

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

2 thoughts on “O Primeiro de Maio, na visão poética de Chico Buarque e Milton Nascimento

  1. AYRTON SENNA:
    Faz hoje 19 anos da morte deste atleta de Fórmula 1. Vamos nos emocionar mais uma vez.
    Acredito que eu e todo o povo brasileiro entristecemos e sentimos pela morte do Senna no 1º de maio de 1994. Tragicamente morreu jovem e isto nos afeta ainda mais.
    Por outro lado eu tenho que dizer que ele vivia no 1º mundo (Mônaco, Paris, Londres…), andava de jety sky, Angra do Reis, pilotou avião a jato, se não me falha a memória até subiu a rampa do Planalto com o Collor. Resumindo, vivia como um Marajá no bem bom, em vida nunca vi visitar uma favela pra tapear o povo como muitos fazem. Ayrton Senna morre e vira mártir. O mesmo morre em Maio e sua instituição foi criada em novembro do mesmo ano. Porque não foi criada quando ele estava vivo? Acho que querem manter a imagem do rapaz a qualquer custo. Li que a instituição Ayrton Senna recebe verba do governo (nosso dinheiro). Será que nos EUA o governo destina verba para manter a imagem do Elvis Presley? Acho que não, só o correio fez alguns selos para homenageá-lo.
    Em 2004 ao completar 10 anos da sua morte a TV Globo emocionou o povo ao elogiar sua “bondade” para com os menos favorecidos, sua vontade de sempre vencer e como sempre, nos leva a crer que o atleta era um santo em vida.
    Recentemente um cantor de Rap faleceu e só se falou no bom coração do moço. De imediato lembrei-me da agressão ao seu colega de profissão (músico do Los Hermanos) num aeroporto e em 2003 ou 2004 ele tinha sido denunciado por agredir um adolescente num Shopping.
    Estranhei que na morte da Rainha da TV brasileira, aqui foi colocado uma charge e logo retirada. Acho que se fosse colocado um post sobre a morte desta rainha da TV iriam ter comentários tentando mostrar que em vida a mártir não era uma Madre Teresa como a mídia tentou mostrar ao Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *