O que acontecer na Conveno do PT se algum orador defender a candidatura de Lula?

http://paduacampos.com.br/2012/wp-content/uploads/2012/12/dilma-lula-e-a-faixa-presidencial.jpg

Carlos Newton

Todos sabem que em 2010 Dilma Rousseff no tinha grande futuro poltico. Se conseguisse se eleger deputada federal pelo PT gacho, j deveria se dar por satisfeita. Mas Lula armou o plano estratgico de lanar a candidatura dela, sem ouvir ningum nem consultar o partido, porque de qualquer maneira ele, Lula, sairia ganhando.

Lanando Dilma, Lula evitava a consolidao de uma outra liderana no partido que pudesse fazer frente a ele no futuro, como Tarso Genro, Marta Suplicy ou Aloizio Mercadante, que naquela poca j tinham grande visibilidade nacional e maior experincia poltica. Alm disso, se Dilma ganhasse, a vitria seria atribuda a ele, Lula. Se Dilma perdesse, ningum o culparia e ele poderia voltar em 2014.

Por isso, Lula lutou como um leo na campanha, fez o possvel e o impossvel para levar Dilma vitria. Jamais imaginou que algum dia ela tivesse coragem de enfrent-lo. E no comeo, quem governava era ele. Nomeava quem bem entendia, Dilma engolia tudo calada.

DILMA SE LIBERTA

Mas Lula ficou muito doente, com cncer na laringe, ningum sabia se teria condies de se recuperar e voltar poltica. Ao mesmo tempo, as pesquisas de opinio davam a Dilma Rousseff ndices sensacionais de aprovao popular, to altos quanto os obtidos por Lula. Ela ento decidiu se libertar, governar sozinha e no ouvir mais o ex-presidente. Desde o ano passado, realmente vem governando sozinha, embora poucos tenham percebido isso. Lula jamais permitiria, por exemplo, que ela nomeasse Aloizio Mercadante para a Casa Civil.

Veio o caso Rosemary e Dilma mandou a Comisso de tica fazer carga contra ela, para enfraquecer Lula politicamente. Lula jamais a perdoou por isso, porque em caso semelhante, quando a ento ministra Erenice Guerra foi apanhada em flagrante corrupo, Lula fingiu que no viu e ela nem foi processada, recebeu apenas uma advertncia e pode at ser novamente nomeada para qualquer cargo pblico.

Lula e Dilma passaram a ser inimigos cordiais, se odiando com um sorriso nos lbios, de olho nos fotgrafos e cinegrafistas.

CINISMO E HIPOCRISIA

nessa situao de cinismo pessoal e hipocrisia partidria que os dois chegam Conveno Nacional deste sbado, em Braslia. O partido est todo a favor da candidatura de Lula, mas ele, magnanimamente, diz que a vez de Dilma.

A conveno est sendo oficialmente convocada para confirmar a candidatura de Dilma Rousseff. O convite divulgado pelo site do PT bastante claro a este respeito. Mas acontece que a ltima pesquisa Datafolha mostra que o tucano Acio Neves j supera Dilma entre os eleitores que dizem conhecer os candidatos (29% a 23%, com Eduardo Campos com 14%), algo espantoso e inesperado, pois indica que Acio e Campos ainda tm muito a crescer nas pesquisas.

E agora? O que acontecer na Conveno Nacional do PT, este sbado, se algum delegado subir tribuna e fizer um discurso veemente defendendo a candidatura de Dilma?

Por isso, desta vez o suspense mesmo de matar o Hitchcock, como dizia o grande compositor e publicitrio Miguel Gustavo.

20 thoughts on “O que acontecer na Conveno do PT se algum orador defender a candidatura de Lula?

  1. CN, acredito que Lula, espertssimo, no sair candidato, ele sabe que se a Presidente Dilma perder a reeleio, restar ele em 2018, e se ele for candidato agora e perder, ser o fim do PT.

  2. O problema que o lula precisa de algum com o perfil mais ou menos tecnocrata, que enfrente a os gargalos pelos quais a economia vai passar nos prximos 4 anos, e que arrume a casa para que lula, tendo possibilidades de assumir posteriormente, assuma o governo com uma condio similar a que recebeu de FHC – com a economia interna arrumada e a economia externa em ascenso. Para que fique com os louros da glria junto ao povo!

    O problema que o governo petista no sabe fazer sacrifcios polticos para sanear a economia. Um exemplo enxugar o nmero de ministrios pela metade.

    O governo petista marcado por excessos de despesas correntes na mquina pblica para atender base a aliada e seus correligionrios no maior aparelhamento pblico que se teve notcia. Tambm, na forao de barra com contabilidade criativa – medida populista – para agradar ao pblico -, na verdade, engan-lo.

    Creio, entretanto, que desta vez a casa caiu, pois, o fundamento econmico favorvel que o partido teve at agora, foi a possibilidade de manter um relativo crescimento do pas focado na expanso do consumo interno. Fato que se esgotou pelos seguintes motivos: 1. a estabilizao da economia mundial com o arrefecimento de nossas exportaes; 2. a desindustrializao dada pelo aumento da absoro da poupana externa, isto , pelo maior volume de importao – s olhar o que ocorre na balana comercial e em nossas transaes correntes; 3. a deteriorao da massa salarial provocada pela inflao (inflao criada pelo excesso de gastos do governo, isto , pelo relaxamento do trip de estabilizao econmica) que acabou corroendo o poder aquisitivo do trabalhador em nvel superior capacidade de reposio dada pelos gatilhos anuais.

    Tudo isso secou as fontes do governo que no construiu alternativas para um quadro previsvel como este.

    E o povo j est percebendo que a alternativa est na oposio, principalmente no principal concorrente petista que segue crescendo em cima da Dilma – o Senador Acio Neves.

    Ningum pode se escusar da realidade!

  3. Ou Lula no pretende se candidatar agora porque conhece o tamanho e sabor do pepino que vem por a? Agora, sim, uma terrvel “herana maldita”.

    • O governo Dilma no pode mudar de maos nem de rumo, ou alguem prefere que o pais volte aos tempos de Fernando Henrique, com aquele descontrole economico, inflao em 12,57%, dolar valendo 3,53 reais, o FMI mandando de fato na Presidencia da Republica e nos rumos do pais, desemprego batendo recordes na America Latina, divida do pais maior do que 61% do PIB, estatais que sobraram dando prejuizos ou o menor lucro da historia, pais na 16 posio da economia mundial.
      Nessa Herana Maldita que Fernando Henrique e o FMI empurraram para Lula, ainda tinha um crescimento pifio, numa economia em que Estados Unidos, Alemanha, Japo, Espanha e Italia cresciam o dobro do que o Brasil crescia, hoje todos esses paises que citei, crescem menos que o Brasil, ta certo que a crise grande mas no tiveram uma gerentona como a Dilma, que faz o Brasil proporcionalmente ser o pais, que tirando India e China o pais que mais cria empregos.

  4. Reservas em moedas estrangeiras no governo DILMA, 380 bilhoes de dolares ou R$ 850.000.000.000.00 Oitocentos e cinquenta BILHOES de reais.
    Quem o maluco que deixaria esse cofre com os tucanos?
    No fim do segundo governo Dilma nos teremos mais de UM TRILHAO de reais em moeda estrageira. Quem o maluco que qier o FMI de volta por aqui?

    • Caro Francisco de Assis, na realidade os governos Lula e Dilma trocaram uma divida externa, em moeda estrangeira, dlar, com juros hoje de menos de 3,0% ao ano por outra divida interna, em Reais, com juros da Selic, 11,0% ao ano.

      Em 10 anos de PT a Dvida do Brasil passou de R$ 600 Bilhes para R$ 2,2 Trilhes. Hoje esta acima deste valor.

      Em 10 anos cada cidado brasileiro tem uma dvida, feita pelo Governo Petista, de quase 1.0 Milho de Reais.

      http://www.portali9.com.br/noticias/economia/divida-do-brasil-passou-de-r-600-bilhoes-para-r-2-2-trilhoes-em-10-anos-de-pt

      Focus mantm previso de Selic em 11% ao ano em 2014

      http://www.em.com.br/app/noticia/economia/2014/06/16/internas_economia,539659/focus-mantem-previsao-de-selic-em-11-ao-ano-em-2014.shtml

      Os valores de R$ 850.000.000.000,00 no chegam a 40% da divida interna em reais.

      No fechamento do ano passado, dvida externa somou US$ 312 bilhes.

      http://g1.globo.com/economia/noticia/2014/01/divida-externa-tem-pequeno-recuo-em-2013-revela-banco-central.html

      Somando as duas dividas, externa R$ 698.000.000.000 e interna R$ 2.200.000.000.000, temos um total de R$ 2,898 trilhes de reais. Como vamos pagar estas duas dividas?

      Palavras do Lulanoquio antes de ser eleito em 2002:

      Obviamente que, tendo em vista os lucros que tiveram o Ita, o Bradesco e os outros bancos, o Fernando Henrique Cardoso no nem pai: ele pai, me, av, av, tio, tia do sistema financeiro, que nunca ganhou tanto dinheiro como est ganhando agora.
      (Candidato Lula, 2001, Entrevista a Ziraldo)

      Palavras do agiota legalizado depois que Lulanquio foi eleito:

      “Quando ele foi eleito, eu tive uma preocupao de que levasse o governo para uma linha de esquerda, mas ele foi mais conservador do que eu esperava.
      Olavo Egydio Setbal, presidente do conselho de administrao da holding que controla o banco Ita.
      (12/08/2006)

      Isto sem contar as dividas das empresas estatais S.A. tais como Petrobras, Eletrobras, etc. etc.

      • Essa divida que voce diz, temos hoje 850.000.000.000,00 oitocentos e cinquenta bilhoes para abate-la, o que ficarmos devendo menos de um tero do nosso PIB.
        O Brasil desde 1970 nunca deveu to pouco. 36% do PIB. Em 2002 deviamos 61% do PIB

  5. FINS ELEITORAIS IMPULSIONAM PESQUISAS E VAIAS ELEITOREIRAS.. NA QUESTO PRESIDENCIAL INSTITUTOS E MDIA PUXAM DILMA PRA BAIXO, ENQUANTO NO PARAN CALAM.. OBSERVEM BEM.

    Nos momentos que antecedem s convenes partidrias, desde a abertura do ano eleitoral at 30 de junho, os institutos de pesquisas faturam alto sob patrocnio de grupos que tentam impor candidaturas ou interferir na formao de alianas, no interior dos partidos. Isto explica, de certa forma, os parcos 59% de convencionais peemedebistas a favor da aliana PT-PMDB na legenda de Michel Temer, mesmo este sendo atual presidente da legenda e vice-presidente Repblica.

    O que planejam com essas sondagens presidenciais, pesquisas atrs de pesquisas pagas ningum sabe por quem? (ningum do pblico, claro) A mdia associada ao faturamento desses grupos centra suas baterias na queda da presidente Dilma Rousseff, sob a tica (ilusionista) de que ela no tem condies de vencer a eleio no 1 turno, enquanto setores do prprio governo fomentam o assombroso “Volta Lula” de que s ele pode assegurar a vitria.

    Mas a vitria de quem? E quem, afinal, assegura que para ser mais eficaz numa campanha, que s se inicia efetivamente aps o registro das alianas e candidaturas ou ainda mais adiante com o incio da propaganda gratuita de rdio e TV, um(a) candidato(a) precisa demonstrar necessariamente agora (trs meses antes) suposta invencibilidade nas urnas? Trata-se, pois, de anomalia e deformao do processo democrtico essa ingerncia sobre os partidos.

    Que essas advertncias sirvam de alerta acerca da nocividade os eleitoralismos patrocinadas por conservadores, porque mesmo no PDT de Leonel Brizola j causaram estragos. Nas eleies para o Governo do Estado, em 1994, a sigla brizolista embarcou numa cilada lanando Garotinho e deixando de considerar a liderana de Jorge Roberto Silveira. E deu no que deu, quando chegou ao poder pelas eleies seguintes o ento governador traiu Brizola.

    Os encaminhamentos para a sucesso ao Governo do Paran correm em sentido inverso. Aqui no se fala em pesquisas, pelo menos no com a carga que ocorre nacionalmente, porque tudo conspira contra a legtima candidatura do senador Roberto Requio dentro do PMDB. Ocorre que se ele entra na disputa abre o processo e ser melhor para todos, menos s cpulas. Ento ser pior sem ele na disputa, tambm.

  6. O QUE ACONTECER NA CONVENO DO PT SE ALGUM ORADOR DEFENDER A CANDIDATURA DE LULA?
    Prezado Carlos Newton,
    Tome nota:
    ISTO VAI ACONTECER.
    Grande abrao,
    Werneck

  7. Caro Guilherme Almeida, correta sua explicao sobre as duas
    dvidas do Brasil. Tem mais: esses valores depositados para formar
    as reservas cambiais, foram feitas com o governo pagando o dlar
    mais caro, prximo de R$ 3,00. Essa reservas cambiais que o Brasil
    possui, custou muito mais, O que o Lula fez, foi: tirar de um lado e
    colocar em outro. Os juros que o Brasil paga pela dvida interna,
    bem maior do que recebe da dvida externa.

  8. Todos que acompanham poltica sabem que a “cpula” do PT gostaria de ter o Lula de volta, acontece que tm que combinar com a Dilma, que teve a sua popularidade comparada com o Lula, meses atrs, e ficou pau a pau, s caindo devido ao “no vai ter copa”, agora o sucesso da Copa uma realidade, inclusive at o Ronaldo “o imbecil”, j mudou o discurso, portanto, ela j declarou que no abre mo da candidatura e o Lula j disse vrias vezes que no quer ser candidato. No existe a menor hiptese do Lula ser candidato.
    Caso algum da “cpula” discurse a favor do ” volta Lula”, vai falar para as paredes.

  9. Canhestra sua anlise. Para comeo de conversa Lula indicava que seu sucessor seria J Dirceu. Porem como o PIG se antecipou queimando a figura do J Dirceu, Lula bolou o plano B. Colocou D Roussef na casa civil, e a preparou para 2010. Foi assim que tudo aconteceu,

  10. A herana maldita de Lulla/Dillma ser muito maior do que a de FFHH.
    Tudo maior – os governos do PT ganham de goleada, principalmente nos malfeitos, corrupo, obras inacabadas, distribuio de bolsas, sacolas, dinheiro na cueca. At as despesas prisionais so maiores.
    No ser por isto que a oposio est esperando que a Dilma vena?
    Do jeito que o PT vai entregar a rapadura! Em quatro anos estaro de volta acusando a oposio de ter quebrado o pas, novamente.
    Nisto, os petistas so peritos: mentir, enganar e mal administrar as coisas pblicas.
    A oposio est com duas opes pssimas:
    1. se perder continua diminuindo – alguns os abandonaro em troca de migalhas no Planalto. L recebem qualquer tipo de lixo;
    2. se vencerem, perdem. No tero como governar: sem competncia e com as “bolhas” explodindo, ser um Deus nos acuda e nos salve!
    E os petistas ainda tem cara de pau para falar na herana maldita do acadmico!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.