O romantismo exacerbado de Vicente Celestino

O cantor (tenor), ator e compositor carioca Antônio Vicente Felipe Celestino (1894-1968) lançou um estilo caracterizado pelo romantismo exarcebado, comovendo e arrebatando um grande público durante a primeira metade do século XX, através do teatro, do rádio, de discos e do cinema nacional.

Esta característica do romantismo embeleza a letra de “Patativa”, valsa de Vicente Celestino gravada pelo próprio, em 1937, pela RCA Victor. O nome “Patativa” acabou por criar um neologismo, pois, a partir dele, o termo “patativa” passou a ser atribuído às pessoas de bela voz.

PATATIVA
Vicente Celestino

Acorda patativa, vem cantar
Relembra as madrugadas que lá vão
E faz a tua janela o meu altar
Escuta a minha eterna oração
Eu vivo inutilmente a procurar
Alguém que compreenda o meu amor
E vejo que é destino o meu sofrer
É padecer, não encontrar
Quem compreenda o trovador

Eu tenho n’alma um vendaval sem fim
E uma esperança que hás de ter por mim
O mesmo afeto que juravas ter
Para que acabe este meu sofrer
Eu sei que juras cruelmente em vão
Eu sei que preso tens o coração
Eu sei que vives tristemente a ocultar
Que a outro amas, sem querer amar

Mulher, o teu capricho vencerá
E um dia tua loucura findará
A Deus, a Deus, minha alma entregarei
Se de outro fores, juro morrerei
Amar, que sonho lindo, encantador
Mais lindo por quem leal nos tem amor
E tu tens desprezado sem razão
A mim que choro e busco em vão
O teu ingrato coração.

(Colaboração enviada por Paulo Peres – site Poemas & Canções)

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

3 thoughts on “O romantismo exacerbado de Vicente Celestino

  1. Paulo, Vicente Celestino foi um cantor excepcinal. Foi um tenor formidável, especializando-se em operetas. Cheguei a vê-lo e ouví-lo cantar. Era casado com Gilda de Abreu, famosa atriz da época. Conheci parte de sua família que morava na Rua do Matoso em uma vila no número 103. Lembro muitas vêses eu que morava no 108, de ter visto Paulo Celestino seu irmão que trabalhava como produtor(acredito) na rádio Nacional. Vicente tinha um primo chamado Vicente, gordão que era um gozo. Contador emérito de piadas; quando tomava “umas e outra” fazia coisa impagáveis.

  2. Este país sempre se notabilizou pela educação precária,pois o
    estado nunca cumpriu a obrigação para com o povo de fornercer educação de qualidade..
    O resultado é que a intelectualidade deste país não ficou diferente do resto e pior, dos ditadores que, para eles, só vale aquilo que gostam. Boff , Beto, santayana e outros do tipo servem de exemplo atual desse procedimento fascista. Acham que têm o poder e o direito de determinar o gosto das pessoas. A felicidade dos outros.Essas coisas de foro íntimo.
    Assim ocorreu o mesmo com os “gênios” da bossa-nova, do cinema novo, da MPB, que fizeram destas categorias de criações artísticas, tropicalia, movimentos de esquerda com o fim de destruir aquilo que o povo adorava como Vicente celestino, Ãngela Maria, as chanchadas, Anselmo Duarte, Mazzaropi e outros queridos do povão.

  3. Te cuida Lobão, essa gente fascista vermelha está mais viva do que nunca, principalmente nas países de regiões atrasadas do mundo.

    Aí já viu, né. A perseguição às bruxas é inexorável.

    Ainda há pouco neste blog, santayana promoveu uma caça às bruxas, promovendo o linchamento de Gerard Depardieu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *