O sonho de Taiguara não podia acabar

O cantor e compositor Taiguara Chalar da Silva (1945-1996) nascido no Uruguai durante uma temporada de espetáculos de seu pai, o bandoneonista e maestro Ubirajara Silva, foi um dos melhores compositores da MPB e considerado um dos símbolos da resistência à censura durante a ditadura militar, tanto que teve, aproximadamente, 100 músicas vetadas.

A letra de ”Teu Sonho Não Acabou” foi modificada para atender à gravadora, que não permitiu um contraponto direto à tese do fim do sonho, então lançada por John Lennon, que era da mesma empresa que tinha Taiguara sob contrato, a Odeon inglesa. A música faz parte do LP “Taiguara, Piano e Viola”, lançado em 1972.

TEU SONHO NÃO ACABOU
Taiguara

Hoje a minha pele já não tem cor
Vivo a minha vida seja onde for
Hoje entrei na dança e não vou sair
Vem que eu sou criança, não sei fingir

Eu preciso, eu preciso de você
Ah! Eu preciso, eu preciso, eu preciso muito de você

Lá onde eu estive, o sonho acabou
Cá onde eu te reencontro, só começou
Lá colhi uma estrela pra te trazer
Bebe o brilho dela até entender

Que eu preciso…

Só feche o seu livro quem já aprendeu
Só peça outro amor quem já deu o seu
Quem não soube a sombra, não sabe a luz
Vem não perde o amor de quem te conduz

Eu preciso…

Nós precisamos, precisamos sim
Você de mim, eu de você.

(Colaboração enviada por Paulo Peres – Site Poemas & Canções)

One thought on “O sonho de Taiguara não podia acabar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *