O TSE, imitando o STF, se mete onde não deve

O DEM demora para expulsar Arruda. Continua indecentemente no cargo. O partido anunciou: “Sexta-feira (amanhã) decidiremos sobre o assunto”. O governador aproveitou e recorreu ao TSE para não ser expulso. O tribunal decidirá logo mais. Se reúne à noite, porque alguns ministros do STF fazem parte do TSE.

Mas o tribunal eleitoral não pode DECIDIR SOBRE HIPÓTESES E INTERFERIR EM DECISÕES DOS PARTIDOS. O TSE só poderia participar para CASSAR O GOVERNADOR. Para salvá-lo, exagero e exorbitância.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *