O Zé Cazuza

Sebastião Nery

João Suassuna, pai do consagrado teatrólogo e romancista Ariano Suassuna (pode ser o Nobel de Literatura de 2012), era governador da Paraiba e resolver combater o cangaço, que matava no Estado todo. Mandou telegrama ao sargento Irineu Rangel, delegado Souza:

– “Prenda José Cazuza. Saudações. a)João Suassuna, governador”.

Zé Cazuza era pistoleiro famoso, com centenas de mortes, dono da Justiça e da lei na região. Sargento Irineu pôs o telegrama no bolso e saiu. Zé Cazuza estava conversando na praça.

– Por favor, cavalheiro, como é a sua graça?

– José Cazuza às suas ordens, sargento.

###
SARGENTO IRINEU

Sargento Irineu puxou o telegrama do bolso, leu e guardou.

– Confere, dê-me as suas armas. Venha comigo. O senhor está preso.

– Ah, então o senhor quer é me prender?

– E o senhor quer é brigar? Tome suas armas e vamos brigar agora.

– Não, sargento, houve um mal-entendido.

E Zé Cazuza foi mansinho para a delegacia atrás do sargento Irineu.

Que virou herói.

###
GILMAR MENDES

O Brasil está precisando urgente de um sargento Irineu para dar voz de prisão ao ex-presidente Lula e levar preso para a Papuda, Bangu, Mossoró , Campo Grande, qualquer uma das penitenciarias do pais.

Por favor, leitor. Se achou forte demais meu apelo, vá à primeira banca de jornal, pegue a revista “Veja” desta semana, que está nas bancas, e leia a escandalosa e inacreditavel historia, em cinco paginas, contada pelo ministro e ex-presidente do Supremo Tribunal, Gilmar Mendes. Lula está assaltando e chantageando o Supremo, como um Zé Cazuza do PT.

O ex-presidente do Supremo, o notório e fraudulento Nelson Jobim, que confessou haver adulterado a Constituicao na Constituinte, para dar mais dinheiro aos banqueiros, convidou Gilmar Mendes a ir a seu escritório de lobby e advocacia administrativa em Brasilia. Lá estava Lula esperando,

###
CHANTAGEM

1“Lula disse a Gilmar – “É inconveniente julgar esse processo (o Mernsalao) agora”. “Já teria sido indecoroso simplesmente por sugerir a um ministro do STF o adiamento de julgamento do interesse do seu partido. Mas o ex-presidente Lula cruzaria a fina linha que divide um encontro desse tipo entre uma conversa aceitável e um evidente constrangimento”.

2- “Depois de afirmar que detem o controle político da CPI do Cachoeira, Lula ofereceu proteção ao ministro Gilmar Mendes dizendo que ele não teria motivo para preocupação com as investigações. Se Gilmar aceitasse ajudar os mensaleiros,ele seria blindado na CPI. Um ex-presidente oferecendo saldo conduto a um ministro da mais alta corte do país.”

3 –“Fiquei perplexo, disse Gilmar à “Veja”, com o comportamento e as insinuações despropositadas do ex-presidente Lula. Lula perguntou: – “E a viagem à Berlim?” O ministro confirmou o encontro em Berlim com o senador Demostenes Torres e disse que pagou de seu bolso todas as suas despesas, tendo como comprovar as origens dos recursos: – “Vou à Berlim como você vai a São Bernardo. Minha filha mora lá. Vá fundo na CPI.”

###
AYRES BRITO

4 – “O ministro Gilmar relatou o encontro a dois senadores, ao Procurador Geral da República e ao Advogado Geral da União”.

“Mendes ainda ouviu Lula revelar que encarregaria o amigo Sepulveda Pertence de conversar sobre o processo com a ministra Carmen Lúcia, do STF: -“O Pertence vai cuidar dela”. E mais: “- Eu disse ao Toffoli que ele tem de participar do julgamento.” (Toffoli foi assessor de José Dirceu e a mulher dele, Roberta Rangel, é advogada de “Dirceu e três mensaleiros). Sobre Joaquim Barbosa:- “É um complexado, um traidor”. “O Dirceu está desesperado”.

O presidente do STF Ayres Brito resume: – “O Lula me disse que qualquer dia desses a gente toma um vinho. Depois que conversei com o Gilmar, acendeu a luz amarela”.

Chamem o sargento Irineu para prender Lula.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *