Ônibus “condicionado” para quem não pode pagar

O prefeito Eduardo Paes, quer se impor pela atividade. Na teoria, fica com a afirmação, “Lula não passa de um chefe de gangue”, na prática impõe determinações que chama de “choque de ordem”. Só que ele está precisando de um choque de mentalidade.

Examinem a decisão de ontem: “Passagens grátis só em ônibus sem AR CONDICIONADO”. Pobre e sem dinheiro não precisa se refrigerar, não sente calor.

A rotina passará a ser a seguinte. O suposto passageiro para o ônibus, o motorista vê que vai viajar sem pagar, morrendo de calor, explica, este tem “ar condicionado”, e vai embora. Uma viagem de 30 minutos, levará no mínimo o dobro. Além da INIQUIDADE REVOLTANTE.

A propósito

Anteontem à noite, faltou luz (energia) em 16 bairros. Prejuízos já habituais, rotina escandalosa, gente presa em elevadores, nenhuma surpresa. A Light explica: “A culpa é do verão, que está absurdamente quente”. Pretensão da Light, que vai pedir aos governos: “Só se responsabilizaria pelo fornecimento no inverno, e eventualmente no outono e primavera”. Os “donos” da Light (Cemig, Odebrecht, governo de Minas, TV Globo, a própria Light) concordam. Leiam o que Monteiro Lobato, há mais de 100 anos escrevia sobre essa Light.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *