Os Black Blocs não são vândalos, são anarquistas

Helio Fernandes

É muito diferente. Eles têm pelo menos 153 anos de luta, contra tudo e contra todos. e não escolhem países. Onde houver manifestação de rua, eles aparecem como um bando de formigas, que surgem em qualquer lugar onde haja um doce.

Como sabem que não atingirão o poder (do ponto de vista da ideologia defendem o “não governo”, o que os invalida), optaram pela destruição, por liquidar todo e qualquer protesto legítimo e sensato.

Não respeitam ninguém, não têm medo, seu instrumento de manifestação é a depredação. Com isso, consideram que se afirmam, e mais grave: arruínam os protestos, como essa mais do que puro e autêntico, que é o das professoras.

Não há o que fazer. É impossível convencê-los pelo diálogo, ou eliminá-los pela violência.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

21 thoughts on “Os Black Blocs não são vândalos, são anarquistas

  1. Para mim os bb são humanos como outros quaisquer e como tais mão merecem crédito.

    O problema em nós humanos é a existência da presença da mente. Não se sabe se ela é ligada ao cérebro ou aos intestinos. Isso destrói qualquer possibilidade de confiança entre si.
    Eu não confio nem na minha. Na dos outros então…

  2. O gollpismo-ditatorial malandro, bandido e assassino, tanto quanto o partidarismo do mesmo jaez, há muito tempo, estão matando a Política de Verdade. Portando, agora, CHEGA DOS MESMOS. Evoluir é preciso. E nesse sentido, o HoMeM do Mapa da Mina do bem comum do povo brasileiro propõe Coalizão Progressista ( PSOL-PSTU-PMN-PEN-PCO…), em parceria com o a RPL-PNBC-ME, o Projeto Novo e Alternativo de Nação e de Política-partidária-eleitoral, a MEGA-SOLUÇÃO, o Novo Caminho para o Novo Brasil de Verdade, em contraponto ao velho continuísmo da mesmice (situação, oposição e gollpismo-ditatorial). Aos 05/10/2013, Ele participou de encontro do PSOL, onde falou e disse a todos os presentes, e debatedores, que ali estava para propor a parceria inédita entre o Fato Novo de Verdade (RPL-PNBC-ME) e os Partidos Progressistas, que ainda detém alguma credibilidade e autoridade moral junto à sociedade consciente, com a finalidade de fazer acontecer a mais ampla e mais profunda transformação estrutural que este país está necessitando há 513 anos, para o bem de todos.

  3. Sr. Hélio Fernandes:
    Esta turma de pilantras, Black Blocs, não são anarquistas, são fascistas que querem destruir a ordem pública, as instituições, através de métodos espúrios.
    Não podemos ter tolerância com intolerantes. Não podemos ser covardes e permitir que se repita os mesmos métodos usados por Hitler e Mussolini.
    Os delinquentes Black Blocs, devem ser identificados, julgados, e condenados.
    A sociedade corre grande risco, por se acovardar, por ter leniência com cachorros.
    É preciso agir, antes que seja tarde demais.
    Saudações.

  4. Não tarda e começam a aparecer os cadáveres.
    Em sp, ontem, quase que essa violência conseguiu, com a explosão do carro movido a gás.
    Quando os cadáveres começarem a aparecer, ai talvez já seja tarde!

  5. A questão é mais complicada, os dois lados tem suas razões para agir como agem.

    Não é preciso citá-las, todos sabemos os argumentos antagônicos de “cor e salteado”. Em um momento apoiamos um lado, em outro o outro.

    Dependendo do ângulo pelo qual a história é contada podemos ver um bandido ou um herói. E isso se passa também na cabeça dos black blocks e dos policiais.

    Infelizmente somos apenas seres humanos imperfeitos.

    Os anseios dos homens são como um grande cobertor curto. Se se cobre a cabeça, descobre-se os pés, se cobrimos os pés, descobre-se a cabeça.

  6. Afinal, os black blocs estão representando quem? Todo mundo os vê, acompanha seus feitos (a mídia está mostrando), são facilmente reconhecíveis no meio dos manifestantes, mas só a polícia não vê. Ora, se houvesse interesse em pegá-los, estão ali mesmo, quebrando e depredando tudo. E tudo se repete, sempre, descaracterizando objetivos intrínsecos de cada manifestação pública (com que propósito?, e fica por isto mesmo. Ninguém me convence que nesse angu não tem caroço.

  7. Sr Hélio Fernandes, com todo respeito que merece, essa turma está sendo paga por um grupo bastante conhecido.

    Agem ensandecidos, cruéis e sedentos de sangue e fogo !!!Mas sabemos quem são seus mandantes e pagantes Quebram tudo pela frente! Destroem sonhos de pequenos comerciantes, bancas de jornais, botecos, carros !

    O pior para mim: AMEAÇAM NOSSA DEMOCRACIA !!!

    Ontem assisti à quebradeira de uma banca de jornais. Quanta maldade! Quanto ódio!

  8. Na verdade esses bb não passam de mais uma ala da esquerda. Esquerda que em países como o Brasil, das regiões atrasadíssimas do planeta só têm um fim: tomar o poder totalitariamente para usufruir de seus prazeres e escravizar o povo. Como em Cuba com Fidel, por exemplo.

  9. Prezado repórter Hélio Fernandes, existe o anarquismo de diretia, o anarquismo de esquerda e o anarquismo religioso (ver livro dos anos 1950: “Cristo o maior dos Anarquistas”, lembremos dos filmes que mostram Jesus derrubando mesas, espalhando produtos no chão, fazendo quebra-quebra contra os comerciantes e lojistas da época. Sou contra os blck blocks, mas tb sou contra a sociedade brasileira que há 513 é terrrivelmente violenta com o povão e a massa.E a curto prazo, com o quadro político que temos, isso nem tão cedo melhora.

  10. Estratagema sub-reptício. Ouso, não bem divergir, mas ponderar em torno de uma tese talvez impopular, sobre o eventual caráter anarquista dos Balck Blocs.

    O papel que os Black Blocs vêm desempenhando parece-me de todo insensato, contrário, mesmo, aos próprios fins libertários que extremistas reputados anarquistas almejariam desempenhar.

    Ocultando-se por trás de máscaras, depredando patrimônio qualquer, agredindo fisicamente pessoas, no mínimo por rematada imaturidade, fazem o jogo dos desgovernantes: legitimam a violenta intervenção policial, conquanto dirigida não a eles black blocs, mas aos manifestantes pacíficos, assim, constrangem os de bem a não voltarem às manifestações.

    Tenho dito que eles são, numa designação genérica, verdadeiro pré-bope, como se encomendados a infiltrarem-se para promover o chamado vandalismo e, assim, dar oportunidade à PM exercer sua truculência divorciada do Estado de Direito, e os de bem, levando porrada, revoltam-se e no calor dos acontecimentos, alguns destemperam-se também cometendo violência.

    Aliás, sendo de fato encomendados, encarnam estratagema antigo, de usar a força do outro a “nosso” favor, isto é, a força da multidão envolvida em violência planejadamente provocada a favor de seu descrédito em face do público em geral, logo, em benefício dos desgovernantes interessados em silenciar a sociedade, persistindo com suas políticas neoliberais, realizando a pluto-clepto-dividocracia destes tempos nefastos.

    Desta (má)sorte, não são sequer anarquistas, mas tropa preparatória para o ataque – pré-bope.

    Saudações verdadeiramente libertárias, em nada anarquistas, frise-se!

  11. Nas eleições passadas, o partido do (des)governo de turon valeu-se de satélites perigosos(PCC et caterva) para faturar o Estado de São Paulo. Dests vez, os “pobres manifestantes” mascarados.com o benepácito da imprensa engajada, blogueiros, artistas(? Caetano Veloso?) e jornalistas à soldo. Quanto à “alienígena” Presidanta, o Ucho.info discorre aquí: DIRETO DA CORTE: Dilma se cala diante da ação de vândalos em São Paulo e no Rio »
    direto_dacorte_23 – http://ucho.info/

  12. os BB, são sim anarquistas, mas também são Vândalos, considerando que estejamos nos referindo a um povo específico dentre aqueles que os romanos adjetivavam como Bárbaros; Estes povos, germânicos,foram cada um a seu modo responsáveis pela que do império romano do ocidente; o modo dos vândalos era o ataque a prédios públicos e religiosos,entre outros, que representavam a seus olhos símbolos da dominação, da repressão, da escravidão da espécie humana;

  13. NAZI-FASCISMO composto de jovens da classe média einstigados pelo MARCELO FROUXO(18 PMs pagamos para sua segurança), do PSOL que também manda usar o CADÁVER DO AMARILDO COMO BANDEIRA POLÍTICA. São falsos moralistas que não respeitam os postulados democráticos. A democracia pressupõe respeito ao povo. É fácil e legítimo fazer protestos pacificos. Se o governante não serve nas próximas eleições vamos tirá-lo com votos. AGORA A ORDEM DO MILTON E MARCELO É QUE OS MASCARADOS SEJAM MENORES.

  14. só prá começar, black blocs uma ova!
    b.b. – bando de boiolas!
    bando de bandidos, do mesmo jeito que a corja do partido dos trabalhadores, do psdb.
    em suma, bandidos como a laia do lula, dirceu e afins.

  15. esse negocio de mascarado e coisa pra carnaval.
    tipo de turma que gosta de sair de piranha e liberar suas fantasias reprimidas durante o ano todo.
    nao tem coragem de assumir suas responsabilidades.
    e somente atuam na covardia do bando, da corja.
    sozinhos, sao fracos.
    bando de covardes.
    ja pensou se invadissem e depredassem as instalacoes da tribuna?

  16. Podem se intitular ou até mesmo ser “anarquistas”, mas não deixam de ser arruaceiros, bagunceiros, vândalos, selvagens, destruidores do patrimônio alheio, seja público ou privado, desordeiros, soldados do caos, além, claro, de…. IDIOTAS!!!

  17. A anarquia é uma ideologia até bacana, mas os Black Blocs são movidos por uma ferocidade tão grande que só posso dizer que são vândalos, bandidos, covardes, sem vergonhas e rebeldes sem causa. São movidos pelo nada, onde o nada é tudo para eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *