Os falsos democratas

Paulo Solon, Miami:
“Quem defende a democracia não deve justificar um golpe de estado. Quem justifica um golpe de estado, não pode combatê-lo se novamente acontecer no Brasil.”

Marcos Pinto, Niterói:

“Hélio Fernandes, francamente não o entendo! Sempre tive a impressão que o ilustre jornalista era contra os desmandos norte-americanos no mundo, mas agora vejo posicionar-se contra Hugo Chavez, Zelaya e o presidente do Irã…Fica mais difícil ainda quando não podemos mostrar-lhe o erro que comete, seguindo a péssima conduta dos jornalões do Brasil.”

 

Comentário de Helio Fernandes:
É impressionante a interpretação FALSIFICADA que dão ao golpe de estado. Quem está no Poder e não quer sair, e pretende continuar mesmo com a eleição marcada para novembro, não é GOLPISTA? É o que?

Continuo minha luta e minha posição INDEPENDENTE E CRÍTICA em relação aos EUA. Por que não registrar, reconhecer e ressaltar, o fato dos EUA, a partir de 1952, ter reformado a Constituição e RADICALIZADO em relação aos presidentes?

Só podem ser presidentes por 4 anos e reeleitos por mais 4 e depois não podem ocupar mais nenhum cargo, NOMEADO ou ELEITO.

Hugo Chavez diz que ficará até 2050, Zelaya é um carreirista que mudou de posição várias vezes. No Irã, a eleição não vale nada. Acima do presidente estão as forças militares e acima delas, o Aiatolá, que é quem decide tudo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *