Pases que integram a Floresta Amaznica discutiro poltica nica de preservao

Bolsonaro disse que discusso no ter a participao da Venezuela

Guilherme Mazui
G1

O presidente Jair Bolsonaro informou nesta quarta-feira, dia 28, que no prximo dia 6 de setembro presidentes de pases com territrio amaznico se reuniro para discutir uma poltica nica de preservao e desenvolvimento da regio. O encontro, segundo Bolsonaro, dever ocorrer em Leticia, na Colmbia. O presidente disse que a Venezuela, apesar de possuir territrio de floresta, no foi convidada. Bolsonaro deu a declarao no Palcio da Alvorada, ao lado do presidente do Chile, Sebastian Piera, que viajou a Braslia para uma visita oficial. Estaremos reunidos com esses presidentes, exceto o da Venezuela, para discutir uma poltica nica nossa de preservao do meio ambiente e bem como explorao de forma sustentvel da nossa regio, disse Bolsonaro.

CRISE AMBIENTAL – O presidente no informou a relao completa dos pases que participaro do encontro. Existe um grupo, chamado Organizao do Tratado de Cooperao Amaznica (OTCA), que rene os seguintes pases: Brasil, Bolvia, Colmbia, Equador, Guiana, Peru, Suriname e Venezuela. O aumento das queimadas na floresta geraram uma crise ambiental e poltica dentro do governo nos ltimos dias. O tema foi tratado em reunio do G7 (grupo que rene sete das principais economias do mundo). Anfitrio do G7, o presidente da Frana, Emmanuel Macron, foi uma das vozes que mais se levantaram contra a poltica do governo brasileiro para o meio ambiente. Ele chegou a dizer que Bolsonaro mentiu sobre sua preocupao com a preservao da floresta e o cumprimento do Acordo de Paris.

Em resposta, Bolsonaro recusou ajuda financeira oferecida por Macron em nome do G7 para combater as queimadas e sugeriu que o presidente francs tem interesses econmicos na Amaznia. A Frana tambm possui territrio amaznico, na Guiana Francesa, departamento ultramarino do pas europeu. Bolsonaro disse, no entanto, que o encontro em Leticia ser exclusivo para lderes da Amrica do Sul. “O que ele [Macron] fez, no tocante ao Brasil: primeiro ao ofender o presidente da Repblica eleito democraticamente e, depois, mais de uma vez, ao relativizar a soberania da Amaznia. Isso despertou o sentimento patritico do povo brasileiro, bem como de outros pases aqui da Amrica do Sul que fazem parte da nossa regio amaznica”, afirmou o presidente.

AJUDA CHILENA - Piera se reuniu com Bolsonaro no Palcio da Alvorada na manh desta quarta, ao retornar do encontro de cpula do G7, realizada na Frana. O lder chileno participou como convidado da reunio Bolsonaro e Piera anunciaram no Alvorada que o Chile enviar quatro aeronaves para ajudar a combater focos de incndio. “Queremos colaborar e investir para proteger melhor a Amaznia”, disse Piera. Segundo o chileno, ele est convidando outros pases a reunir investimentos para auxiliar governos da regio a preservar a floresta. Ele destacou que isso no afeta a soberania de cada pas sobre seu respectivo territrio. “Os pases amaznicos, que so nove, entre os quais o Brasil o mais importante em tamanho, tm soberania sobre a Amaznia. Isso tem que ser reconhecido sempre”, disse.

17 thoughts on “Pases que integram a Floresta Amaznica discutiro poltica nica de preservao

    • Frana confivel? De jeito nenhum. Confivel somos ns brasileiros. Ns compramos um avio caa da Sucia sem que ele existisse na poca – nem mockup havia. Hoje o bichinho est voando nos cus azuis da Sucia e um dia, quem sabe, voar sobre a nossa Amaznia em fogo. Graas a Deus temos os Tucanos;
      Ns compramos a tecnologia francesa de fazer submarino atmico mas no sabemos como feito o reator – isso segredo. Mas sabemos como fabricar os canecos e outros apetrechos do submarino;
      Nosso programa espacial ainda no saiu da fase do combustvel slido e est praticamente parado, mas o ignorante Lula pagou os soviticos para levar um “astronauta” nosso ao espao para desfraldar com o orgulho a nossa bandeira. A experincia no serviu para nada!
      Quem no confivel, seu Eliel?

      • Frana no confivel desde quando Dom Joo VI veio para o Brasil. tentou invadir nosso territrio varias vezes. No so confiveis no.

        Jaburu em que cidade francesa o senhor nasceu?

        • Frana e Inglaterra eram inimigos. Em 1806, Napoleo Bonaparte decretou o bloqueio continental. Os pases europeus deveriam fechar os portos para os navios da Inglaterra. Dom Joo optou por fugir para o Brasil e foi escoltado pelos ingleses. Muita razo eles teriam para invadir o Brasil, porque na poca nossa terra pertencia a Porgugal.
          Infelizmente eles no foram vitoriosos. Hoje em dia estariamos falando francs, seramos certamente mais avanados, como foi o caso dos americanos com a colonizao inglesa.
          Gosto da Frana? Gosto! Entendo a razo de eles serem um pouco esnobes – eles foram importantes por muitos sculos.
          Se tivesse que nascer na ptria de Voltaire, escolheria Paris. No h cidade no mundo mais bela do que a belssima Paris.
          No entanto nasci em Vila Isabel, a terra de Martiiinho e do inesquecvel Noel. Entendeu, seu Eliel?

  1. Boa tarde , leitores (as):

    Senhores Guilherme Mazui ( G1 ) e Carlos Newton , acontece que foi o prprio Presidente do Brasil Jair Messias Bolsonaro , quem criou toda essa ” CELEUMA ” ao adotar uma poltica tanto interna quanto externa ” DESRESPEITOSA e BELIGERANTE ” em relao aos seus prprios auxiliares e a todos que ousarem contesta – lo e questiona – lo ,sendo que ele esta se comportando como uma verdadeira uma ” Maria vai com outras ” , copiando e replicando tudo que no presta de seus mentores , revelando sua verdadeira ndole e sua falta de moral , pois se aliou e associou ” UMBILICALMENTE ” com os Ministros / Juzes quadrilheiros e criminosos do ” Supremo Tribunal Federal – STF , para livrar e limpar a barra de seus filhos ” MILICIANOS e CRIMINOSOS ” , inclusive indicando um deles para representar s milcias numa embaixada nos Estados Unidos da Amrica.

    Adendo :
    Eu votei nele e quebrei a cara .

  2. O desejo do Boloro de explorar a Amaznia no faz sentido nenhum. Para que o Brasil possa desfrutar das riquezas minerais da Amaznia, o pas precisa de uma indstria que ele no tem. A Embraer, vendida. As Telecoms estatais, vendidas. A Embratel, vendida. A Engesa, fechada. A Avibrs perdeu a Base de Alcntara. A ABICOMP e as outras empresas brasileiras de desenvolvimento de hardware, desaparecidas. O Brasil simplesmente devastou a prpria indstria de tecnologias sensveis e de alto valor agregado. Por qual razo O Brasil precisaria dos minrios amazonicos, se ele costuma vender o seu parque tecnolgico? No faz sentido nenhum.

    A China precisa desses minrios. Os Estados Unidos precisam. A Unio Europia precisa. O Japo precisa. A Coreia do Sul precisa. Israel precisa. Eles no so como o Brasil que tem uma vocao irrefrevel para o suicdio econmico. Eles supostamente precisam desses recursos brutos amaznicos; e, no entanto, tm sobrevivido muito bem sem eles. Est claro que o Coiso est com segundas intenes.

    Lamentavelmente, a elite parasitria brasileira transformou o pas num grande fazendo. A elite no precisa de uma indstria nacional. Ela vive dos juros da dvida pblica. Ento, que se ferre o Brasil. Que se explodam as possibilidades do pas em aprender as tecnologias caras. A elite estuda no exterior! Levando esse fato em considerao, as queimadas que esto acontecendo na Amaznia do bastante sentido para as supostas intenes do Coiso. Ele quer queimar a Amaznia, no porque realmente acredita que a regio tenha condies de virar um Japo em vinte anos. Isso papo para enganar bolsominions lambedores de coturno. O que Boloro quer transformar a Amaznia num grande pasto. Numa grande fazenda de soja. No sequer para plantar a comida que ns humanos comemos. Mas meramente para produzir as raes para a pecuria. Ele quer agradar os seus eleitores fanticos do agronegcio.

    • A situao do Brasil to louca, que o pas, sendo um suposto campeo do agronegcio, importa o trigo para fazer o amado po francs brasileiro! O Brasil no fabrica nem mesmo os remdios que vm das plantas da Amaznia. Ele importa quase todos! Excetuando-se a Petrobras, que a Lava-Jato tentou desesperadamente destruir, o Brasil no tem nada de industrialmente relevante. Nada. Mesmo com a Petrobras, o pas importa gasolina!

      Os produtos que o pas chama de nacionais so apenas uma fico fiscal da Receita Federal. O Brasil no projeta nada e no produz nada. Ele s monta e encaixa as peas dos produtos importados e coloca-os em embalagens de papelo. S. isso que a Receita Federal chama de produtos nacionais. O Brasil um fazendo que no serve aos interesses do povo brasileiro e que condena o prprio povo a ser um pas agrcola terceiro-mundista para sempre. Se o pas no tem indstrias sensveis, por que ele precisa desses minrios amaznicos?

      O fato que existe um motivo mais sinistro por trs. Competem s FFAA a realizao de servios tcnicos nas reservas. Naturalmente, como tudo no Brasil as coisas acontecem ao contrrio, esses servios tcnicos eventualmente podem incluir o apoio armado ao garimpo ilegal, entre outras coisas. Vender matrias-primas da Amaznia, para as empresas estrangeiras, uma oportunidade no s para vender os minerais a troco de balas e espelhinhos. Mas em toda operao de exportao h a oportunidade de uma comisso em caixa dois, uma propinazinha por baixo. Os aspirantes a exploradores da Amaznia acusam as ONGs de fazerem justamente isso. A verdade que eles imputam-nas crimes que eles mesmos querem praticar. Puro cime, mesmo se eles estiverem certos quanto as ONGs. E no esto, embora as excees. A oposio das FFAA contra as reservas indgenas no tem nada a ver com a soberania, que elas no tem condies de defenderem; mas, sim, com a pura e simples explorao econmica mesmo. Demarcar as reservas frustra os intentos dos exploradores ou diminui severamente as possibilidades de explorao.

      • ilegal que o Brasil renuncie a parte do seu territrio soberano. Nada no direito internacional manda que o Brasil renuncie sua soberania sobre a Amaznia. A questo, a partir daqui, se o Coiso vai criar uma situao na qual a autonomia ser concedida pelo Congresso Nacional ou imposta pelo Conselho de Segurana da ONU.

        Bolsonaro realmente no parece estar ciente da gravidade de suas palavras. Em sua histria, o Brasil, como qualquer outro Estado, foi parte de conflitos diplomticos e geopolticos. O Brasil esteve, inclusive, sob ameaas de guerra, dcadas atrs. Mas a primeira vez na histria do pas, que o Brasil se tornou um assunto das principais potncias econmicas e militares do mundo, como um srio incmodo. Quem acompanha o desenvolvimento do direito internacional sabe que o direito internacional se realiza a partir de uma sequncia de cpulas similares ao G7. Esta reunio do G7, em particular, no teve nenhuma consequncia relevante para o Brasil. Mas foi a primeira vez que as grandes potncias discutiram a possibilidade de relativizar a soberania de um Estado por questes ambientais. At ento, essa relativizao da soberania foi sugerida individualmente por vrios lderes polticos. Mas nunca por uma cpula de Estados to poderosos. Em outras palavras, o G7 lanou uma semente, que provavelmente vai florescer no futuro como uma conveno da ONU, que especificar os limites da soberania de todos os pases em questes ambientais, e as possveis sanes econmicas, alm das medidas militares, em razo da inconformidade legal.

        • A vergonha do Brasil ser o piv dessa discusso. Apesar dos vrios perodos controversos e tristes de sua histria, o Brasil sempre foi, de modo geral, respeitado como uma influncia de diplomtica muito positiva para o mundo. Agora, porm, o Brasil foi tratado como um problema para o mundo. A arrogncia do Boloro tende a tornar essa situao extremamente grave e ruim, em algo explosivo.

          A nica salvao do Bolsonaro Trump. O jornal The Intercept tem denunciado que o Brasil tem entregado a soberania da Amaznia para os EUA. por isso que Trump tem apoiado Bolsonaro. A venda da Embraer para a Boeing um motivo para Trump apoiar Bolsonaro. A oposio visceral de Bolsonaro esquerda latino-americana um motivo para Trump apoi-lo. Mas Trump no durar para sempre. Se ele cair ou for embora, Bolsonaro provavelmente cai. Bolsonaro tambm teve sorte, sem que sequer percebesse, porque a Alemanha quer mesmo o Mercosul com a Unio Europia. Merkel no estava disposta a tornar o conflito maior do que j . Mas isso pode mudar se o humor dos EUA mudarem. A sorte do Brasil definitivamente est lanada.

          • A maior hipocrisia do Coiso vir agora com esse papinho de que a soberania nacional no uma questo da direita, nem da esquerda. Quer dizer que os esquerdistas agora so teis? Quer dizer que os esquerdistas no devem mais ser metralhados? Quer dizer que agora ele precisa de ajuda dos comunistas?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.