Palácio do Planalto avalia que Eliseu Padilha, da Casa Civil, é o novo alvo

Resultado de imagem para eliseu padilha charges

Charge do Bier, reprodução do sindbancarios.org.br

Vera Rosa
Estadão

O governo avalia que o próximo alvo da crise será o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha. Nos bastidores do Palácio do Planalto, auxiliares do presidente Michel Temer não escondem a preocupação com o conteúdo das conversas gravadas pelo ex-ministro da Cultura Marcelo Calero. Embora Temer tenha dito querer que esses áudios “venham à luz”, na prática existe o receio de que Padilha e o secretário de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha, tenham feito alguma afirmação que possa ser interpretada como “advocacia administrativa” em favor do ex-ministro Geddel Vieira Lima.

A queda de Geddel está longe de estancar a crise e a apreensão tomou conta do Planalto. A avaliação é a de que o governo aprovará nesta terça-feira, 29, no Senado, a proposta de emenda à Constituição (PEC) que limita os gastos públicos, mas pode ter dificuldades mais adiante. Com um cenário de incertezas, aliados do governo já veem uma “conspiração” para derrubar Temer e muitos receberam a missão de investigar se há ligação de Calero com a esquerda ou até com o PSDB do senador Aécio Neves.

CITADO 11 VEZES – No depoimento à Polícia Federal, Calero citou Padilha 11 vezes e disse que ele foi o autor da “tese” segundo a qual a Advocacia-Geral da União buscaria uma saída para resolver a queda de braço entre Geddel e o Iphan. O ex-ministro da Cultura mencionou ainda Gustavo Rocha como o autor de uma ligação “determinante” para sua decisão de deixar o governo, pois, de acordo com suas palavras, “demonstrava a insistência do presidente” em fazer com que ele interferisse indevidamente no processo.

No Planalto, o comentário é que atingir Padilha equivale a um tiro de morte na direção de Temer. Chefe da Casa Civil, o ministro é considerado o “capitão do time” e por seu gabinete passam assuntos que vão da votação da PEC do Teto à reforma da Previdência. O lema de Padilha é “meia vitória é melhor do que uma derrota total”. Neste caso, porém, não é possível prever nem sequer o dia seguinte da batalha.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
A excelente repórter Vera Rosa captou bem o clima sinistro que envolve o Palácio do Planalto. Quando Padilha cair, é só questão de tempo, vai levar junto com ele o que resta do núcleo duro – os secretários Gustavo Rocha (Assuntos Jurídicos da Casa Civil) e Márcio de Freitas (Comunicação Social). Quanto a Moreira Franco, desde o início se afastou do núcleo duro e preferiu ficar ao lado de Temer, que é o dono da caneta. Moreira é conhecido como gato angorá, mas na verdade é uma raposa felpuda. (C.N)

6 thoughts on “Palácio do Planalto avalia que Eliseu Padilha, da Casa Civil, é o novo alvo

      • São fascistas em sua maioria ladrões do dinheiro público.
        Só nesse ano já sonegaram 440 bilhões . Devem 1,7 trilhões a Receita e 370 bilhões ao INSS.
        Nos EUA isso da 30 anos de cadeia , mas o Temer vai mexer na Fiesp onde 3 irmãos sonegaram como pessoa FÍSICA cerca de 18 bilhões ?
        Horda.

  1. Nada a declarar Temer?

    Em outro diálogo, o secretário de Assuntos Jurídicos da Casa Civil, Gustavo Rocha, procura Marcelo Calero para falar do imóvel de Geddel. Ele confirma que Michel Temer lhe pediu para encaminhar o assunto para a AGU.

    Leia:

    Gustavo Rocha: É, eu… eu tô te ligando que… é… eu tô dando entrada com pedido protocolar. [Vou] protocolar o recurso lá no Iphan.

    Marcelo Calero: Tá.

    Gustavo Rocha: Vou protocolar uma cópia aí.

    Marcelo Calero: Tá. Mas eu… eu… eu até falei com o presidente, Gustavo, eu não quero me meter nessa história não.

    Gustavo Rocha: É, e o que ele me falou pra… pra falar era, “veja se ele encaminha, e num precisa fazer nada, encaminha pra AGU”. Falou isso comigo ontem, né? Aí eu falei “não, eu falo isso com ele”.

    Marcelo Calero: Bom… tá, eu vou… eu vou fazer uma reflexão aqui, Gustavo. Agora, mudando de assunto, Ancine, é… eu pedi uma correção pro texto que me chegou hoje de manhã e… eu tô dependendo da velocidade aqui do nosso jurídico…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *