Para convencer o Centrão a apoiá-lo, Alckmin anuncia sua aliança com o PTB

Resultado de imagem para alckmin com jefferson

Alckmin diz estar fechado também com o PSD

Deu no Correio Braziliense

Depois de uma fase ruim, com perda de forças na queda de braço com Ciro Gomes (PDT) pelo apoio de partidos de centro, esta quarta-feira foi um bom dia para o presidenciável Geraldo Alckmin (PSDB), com a confirmação do apoio do PTB à candidatura dele. Um mês atrás, o nome do tucano era citado em notícias não tão positivas. O assunto, em 18 de junho, era a dificuldade dele em subir nas pesquisas de intenção de voto, preocupação que levou o partido até a encomendar uma pesquisa interna para saber o motivo. Agora, a aposta dos tucanos é de que o jogo comece a virar.

A aliança com a legenda presidida por Roberto Jefferson, que acrescenta um minuto de tempo de televisão aos 2,5 minutos a que o PSDB tem direito, será oficializada em 28 de julho, na convenção do partido de Alckmin.

APOIO DO PSD – Com o outro minuto garantido pelo apoio firmado com o PSD, na semana passada, especialistas avaliam que ele se consolida como o candidato que mais terá exposição durante a campanha. Pode chegar a sete minutos de tevê, caso consiga atrair as outras seis legendas com as quais tem conversado — PPS, PRB, Podemos, PSC, PSDC e PV, pela lista que ele mesmo citou ontem, em entrevista coletiva, após participar do Fórum de Mobilidade ANPTrilhos.

Apesar de se manter com pouco mais de 5% nos índices de intenção de voto, de acordo com as pesquisas mais recentes, é atraente, para os partidos, o fato de que Alckmin já tem garantida uma exposição muito maior que a de candidatos que costumam aparecer com bom potencial de votos, mas que não terão visibilidade durante a campanha. É o caso de Jair Bolsonaro (PSL), que, apesar de liderar as pesquisas, tem apenas sete segundos de tevê, e Marina Silva (Rede), com quatro segundos, ambos sem nenhum indicativo de aliança com outras legendas.

INJEÇÃO DE ÂNIMO – A sinalização emitida pelo apoio do PTB também dá fôlego para que Alckmin avance nas negociações com o chamado “centrão”, grupo que inclui DEM, Solidariedade e PP. “Uma nova aliança, além de mais tempo de exposição, sempre traz perspectiva de poder.

Ao aparecer mais, aumentam as chances de que Alckmin chegue ao segundo turno. Quando ele mostra que está crescendo e que consegue atrair apoio, outros partidos tendem a entrar no barco dele”, explicou o cientista político André César, consultor da Hold Assessoria Legislativa.

Do centrão, o mais inclinado ao tucano atualmente é o DEM, que pode conseguir emplacar um vice, caso se junte a Alckmin. O nome do deputado Mendonça Filho (DEM-PE), ex-ministro da Educação, tem sido sondado para ocupar o posto, em uma eventual chapa. Além disso, a agenda econômica de Alckmin é mais compatível com a do centrão, em especial com a do DEM, do que a de Ciro Gomes, o que facilita na hora de chegar a um consenso sobre o direcionamento de pautas importantes.

PRESSÃO – As convenções partidárias, fase durante a qual as alianças serão oficializadas, começam amanhã e vão até 5 de agosto. Esse é o prazo limite para que as chapas sejam fechadas. Na avaliação de César, Alckmin deve ser o primeiro a anunciar a chapa, embora ainda não tenha consolidado todas as alianças que devem avançar. “Ele deve continuar querendo mostrar que não está para brincadeira, que é a opção mais consolidada”, explicou o especialista.

Além do calendário apertado, o anúncio do PTB trouxe mais pressão às legendas que ainda não se decidiram. “Ninguém quer ser o último a definir o apoio, porque isso significa perder poder”, ressaltou o cientista político Sérgio Praça, da Fundação Getulio Vargas (FGV).

“RECOMPENSAS” – A lógica é que os partidos que fecham primeiro mandam o recado de que estão subindo junto com Alckmin. Assim, caso o tucano vença, eles terão melhores “recompensas” depois, por terem confiado nele primeiro. Ou seja, o partido que deixar para apoiar por último algum candidato que venha a ganhar a disputa será, também, o último na lista de prioridade quando ele for distribuir os ministérios, por exemplo.

Em relação a isso, Alckmin afirmou ontem que não negociou com PTB espaço governamental, como pastas e secretarias. O assunto veio à tona durante a coletiva, quando o tucano foi questionado sobre o fato de o PTB estar na mira da Justiça, com a Operação Espúrio, que investiga fraudes em registros sindicais, e ter protagonizado escândalos no Ministério do Trabalho nos últimos meses. Alckmin afirmou que “todos os partidos têm bons quadros” e garantiu que vai “buscar os melhores deles”. “O partido tem bons prefeitos, bons parlamentares”, disse.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGEsta matéria precisa de tradução simultânea. A aliança com o PTB de Roberto Jefferson e Jovair Arantes foi fechada dois meses atrás, mas Alckmin está anunciando novamente agora, na reta final, para tentar convencer o Centrão a apoiá-lo, mas está difícil, porque ninguém acredita que ele vença a eleição. Quanto à coligação com o PSD, Gilberto Kassab ainda não anunciou nada e a aliança pode ser limitada à eleição paulista. (C.N.) 

19 thoughts on “Para convencer o Centrão a apoiá-lo, Alckmin anuncia sua aliança com o PTB

  1. É interessante como os tempos mudam e como passamos a ver as pessoas que ainda se utilizam de certas coisas comuns às gerações passadas:

    – Máquina de escrever manual ou elétrica;
    – Mimeógrafo a álcool;
    – Aparelho de fax;
    – Radiola que toca LP;
    – Toca-fitas K7.

    Com exceções, as novas gerações desconhecem todas essas tecnologias que foram utilizadas por gerações passadas, simplesmente porque não fazem parte do mundo atual, do mundo dos mais jovens.

    Não vai demorar para que veículos da mídia impressa entrem para essa lista.

    Nos Estados Unidos o Youtube já é mais assistido do que a televisão aberta. Também nesse país a Netflix já tem mais assinantes do que a soma de assinantes de todas as televisões por assinatura.

    Comecei este comentário para fazer uma analogia com a política nos tempos modernos.

    O sistema corporativo e financeiro tem um controle absoluto do Estado, principalmente através da dívida pública, dos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário e da mídia corporativa.

    O Orçamento Geral da União já contempla mais da metade dos recursos para a rolagem da dívida – e que não estão sujeitos a cortes nem qualquer limitação pela PEC do Teto de Gastos.

    É preciso discutir política partidária? É claro que sim. Mas nesse momento todos os políticos falam o que a sociedade quer ouvir. Ninguém fala o que fará depois das eleições para não perder votos. Certamente, eles sempre darão um jeito de fugir ou contornar assuntos polêmicos em todos os debates que participarem.

    Vamos aguardar o Orçamento Geral da União para 2019 e o que os políticos vão prometer na campanha eleitoral.

    • Faz sentido comparar Alckmin e Garotinho com o outdated mimeógrafo. Esses dois já estão mais ultrapassados do que comunicação por correio ou telefone fixo ou mimeógrafo ou fonógrafo. .

    • Luis Hipolito, Paulo Guedes futuro ministro de Bolsonaro já falou que pretende colocar um teto no pagamento de juros, mas isso ocorrerá reduzindo o rombo nas contas e a necessidade de pedir dinheiro ao mercado, vendendo título novos para pagar os antigos.

  2. Antes Alckmin ficar sem apoio do que ter o PTB ao seu lado!!!

    Aliás, PTB, MDB, PP e PT, pela mãe do guarda, mas as facções criminosas do PCC, CV, FDN, têm menos bandidos do que as siglas partidárias que apontei!!!

    • Não diria que as facções criminosas têm menos bandidos do que os partidos listados, mas os fora da lei roubam menos do que os acastelados no congresso e nas assembléias legislativas. No Rio então….

  3. Vamos ver até onde vão com isso… quanto mais tempo Lula passar na prisão… ficarão cada vez mais sem saída….

    Afinal correm o risco de fazer Lula crescer ainda politicamente…e sua influência politica pode perdurar para muito alem das eleições de 2018…

    Além do mais essa “postura está desmoralizando o Tribunal junto a um público especial: os juristas do mundo todo… É uma lambança”

    https://goo.gl/BGtJJU

    • “Vamos ver até onde vão com isso… quanto mais tempo Lula passar na prisão… ficarão cada vez mais sem saída….”

      Quer dizer que se o Lula estivesse solto, isso seria bom a para a direita?

        • Essas pessoas são as mesmas que já estavam convencidas da perfeição de Lula, já antes do processo.
          Francamente, em algum universo paralelo onde Lula nunca tivesse sido processado, ou se processado tivesse sido absolvido e onde Moro fosse o herói do dia do PT, as pessoas iriam deixar de votar no Lula para favorecer, digamos, o Alckmin? Iriam se afastar do mais honesto e mais maravilhoso líder de todos os tempos?
          Apenas quis dizer que essa insistência retórica de que Lula preso favorece o PT e é ruim para a direita não faz sentido. Inclusive porque a direita corrupta quer o Lula solto para assegurar a impunidade geral. O sonho da nossa classe política corrupta é criar um sistema jurídico ‘garantista’ onde condenações criminais nunca serão cumpridas enquanto o réu tiver dinheiro para apresentar recursos sobre recursos. É claro que pobres sempre poderão ser mandados logo para a cadeia, a fim de que o povo acredite nas instituições.

  4. Enquanto as facções políticas fazem acordos e conchavos; Enquanto os políticos lutam para defender sua liberdade; Enquanto os malditos se preparam para beijar criancinhas; Enquanto a justiça perereca pelos brejos do submundo do poder; Enquanto os canalhas forem chamados de excelência… o povo morre nas filas, o povo morre nos morros, o povo morre no asfalto, o povo morre na alma pois falta-lhe o alimento do saber, o povo dorme nas marquises, o povo se alimenta dos restos da Ceasa. Bandidos de toga, bandidos de terno e gravata, bandidos de fraque e cartola. Alianças para melhor roubar? Ideologias que se fundem no interesse maior de lesa-pátria…Ao invés da corja estar deliberando acerca de recompensas, apoios, alianças, etc. deveriam estar trabalhando ao invés de perambularem sem qualquer compromisso com os cargos investidos, debochando dos eleitores que a eles, desavisados, deram seus votos. Além de roubarem a própria mãe, ainda ganham salário sem trabalhar! Chegará um dia em que o povo lhes dirá Basta. Quero ainda estar vivo pra este dia, ou melhor, ser parte dele! Com todo o respeito, não me interessam estes conchavos. Com todo o respeito parodio ditado popular que diz “votem nas prostitutas, porque nos seus filhos não deu certo”!

  5. Meu amado Mano,

    Comentário contundente, incisivo, verdadeiro.

    As causas dos problemas mais graves que temos são originárias pelo Legislativo, antro de venais, corruptos, omissos, irresponsáveis, perdulários e inúteis.

    Enquanto o parlamento permanecer como está , sem qualquer reforma, inclusive e principalmente diminuir-lhe o poder, a situação brasileira irá se agravar sobremaneira.

    Não há como sobrevivermos pagando as despesas que originam em nome da manutenção da função de parlamentar(!).
    Um deputado – não me lembro o nome do canalha -, teve o escárnio, o deboche, de pedir indenização porque gastou R$ 1,00 (um real) com a compra de um pão de queijo, mesmo ganhando mais de cem mil mensais!!!

    A gasguita, e que possui peculiaridades nas suas partes pudendas, alardeada pelo ladrão e genocida Lula, a deputada Maria do Rosário, também cobrou do povo a despesa de estacionamento em um shopping, no valor de R$ 2,50 (dois reais e cinquenta centavos)!!!

    Tais aberrações em qualquer país decente seriam motivos para prender esses parlamentares ladões do erário e do povo!!!

    Já não bastassem os salários milionários, indenizações, a vagabundagem pelos dias trabalhados, o estelionato porque cobram o mês inteiro, ainda roubam, participam de esquemas, de planos criminosos!!!

    Enquanto esta casta não for alterada profundamente, nada que se queira fazer para o Brasil se desenvolver e o povo progredir surtirá efeito.

    Logo, o meu aplauso para o teu texto, e volta sempre.

    Abraços.
    Saúde e paz.

  6. Se o Lula tivesse assumido que é inelegível teria feito um bem enorme para o PT e já poderia estar em casa, sentado no sofá e tomando aquela 51. Como é insistente como um asno, vai ficar na cadeia até, dez anos, depois das eleições. Bandido bom é bandido preso. E, o PT vai acabar dando apoio ao Ciro Gomes no segundo turno e com isso vai matar o Coroné.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *