Para livrar Dilma, Augustin assume a autoria das pedaladas

Este é o “heróico” Augustin, que se ofereceu para salvar Dilma

Antonio Fallavena

A “pátria educadora” está sem chefia! O ex-secretário do Tesouro Nacional Arno Augustin, em seu último dia de trabalho, a 30 de dezembro de 2014, assumiu a culpa pelas “pedaladas fiscais”, apelido dado às manobras utilizadas pela presidente Dilma Rousseff em seu primeiro mandato para melhorar artificialmente as contas públicas, de acordo com reportagem publicada nesta sexta-feira pelo jornal Valor Econômico.

Na interpretação de auditores do Tribunal de Contas da União (TCU), a Nota Técnica 6, assinada por Augustin, teria o objetivo de isentar a presidente da culpa das manobras, ainda segundo o jornal, que considera o documento capaz de torna difícil a ligação direta entre a presidente e as “pedaladas”, de forma a evitar um possível impeachment de Dilma devido aos crimes de responsabilidade com as manobras fiscais.

A nota de Augustin descreve em duas páginas e em 12 tópicos o processo e as responsabilidades na liberação de recursos pelo Tesouro.

RATOS E RATAZANAS

Traduzindo tudo isso: os ratos menores estão tentando salvar as ratazanas. Se a documentação é real e seu objetivo de isentar Dilma for alcançado, chegaremos a conclusão que cada servidor público é responsável pelo que faz. Mas seu chefe, aquele que o indicou e nomeou, não! Ora, se isto é verdadeiro, acabou o estado democrático de direito.

Que Augustin coloque a bunda na janela, se acha necessário, é problema dele. Contudo, quem o nomeou, assinou seus desmandos, erros e ilegalidades, é responsável direto.
Assim, para Dillma, só há uma possibilidade de escapar: declarar-se “débil mental”, mas isto todos já sabemos que ela é! Basta assistir e ouvir seus pronunciamentos. Só um idiota mental para dizer o que ela diz!

E para comprovar o já provado, é bastante analisar a situação administrativa/política do país. Os ministros fazem o que querem, os secretários, também e os subalternos já estão tomando conta de seus campinhos. Exemplo? Ministros se desentendendo quanto as medidas tomadas pelo governo. O da Educação, o da Casa Civil, o da Fazenda e o do Planejamento, cada um joga para um lado diferente. A descoordenação no país é total.
Já não me contento só com o impeachment. É preciso a prisão, cassação dos direitos políticos desta gente, para sempre.

 

17 thoughts on “Para livrar Dilma, Augustin assume a autoria das pedaladas

  1. Canetada, caro Fallavena. Bem no meio do nariz desse vagabundo preposto. Quem dera o TCU regeite as contas e o Congresso responsabilize a bicéfala por crime de responsabilidade.

    Quem sabe… neste país de enorme contingente ordinário…

    • Grande Wagner
      Obrigado pelo apoio e que tenhas razão.
      Se o TCU não fizer o que tem de fazer, emitir parecer e colocar no colo do congresso a bomba “dillma”, tem de ser fechado. Não servirá para mais nada. Ninguém mais o respeitará.
      Abraço e saúde.

  2. É estranho no último dia de trabalho em dezembro de 2014 o Augustin
    assumir a responsabilidade pelas chamadas pedaladas fiscais. A pergunta
    que fica é: o levou ele a assumir antecipadamente o descumprimento da lei
    de Responsabilidade Fiscal?

    • Prezado Nélio
      Mais do que estranho e tipica coisa de vigarista. Sai correndo e joga um papel nos meios dos outros. Se acharem, assume e se não termina no arquivo. morto.
      Nos últimos anos, gaúchos tem limpado os pés sujos no poncho que sempre nos protegeu.
      Sinal dos tempos.
      Grande abraço.

  3. A par do ridículo, há a inescapável responsabilidade da presidente, ora pois. Uma sugestão: que o deplorável governo invente também estar em andamento processo para responsabilização do servidor, que teria sujeitado a chefe do Executivo a processo de resultados catastróficos. Se a confissão aludida é de dezembro, a mulher teria cometido crime, ao não processar o servidor faltoso, nestes 6 meses. Outra sugestão: demitir o Advogado-Geral da União, pela emenda pior que o soneto. Se é que a magnífica ideia não partiu daquele portento de bigodes e ego altamente inflado.

    • Mara
      Tens toda razão. aliás, se demitirmos todos estes vagabundos, salteadores e criminosos públicos, ajudaremos a limpar o país e aumentar o desemprego delles.
      É inacreditável que homens/mulheres entreguem seus últimos lampejos de caráter para salvar um governo corrupto. Só posso pensar tratar-se, também, de pessoa mentalmente afetada.
      Vamos em frente. ainda vão aparecer muitas cobras e lagartos.
      Abraço e saúde.

    • Dorothy
      Li os comentários muito rapidamente e quase me assustei com o eu! Depois reli e vi que era para a papuda. Não gosto de utilizar palavrões mas, existem momentos, que só um palavrão dá o preciso significado ao que se deseja dizer.
      Papuda deve ser local para quem tem “muito papo”. E esta gentalha tem só papo.;
      Seria uma vitória (será) do povo bom se Dillma e a tropa fosse parar lá.
      Obrigado.

  4. Grande Fallavena!
    Artigo que é um legítimo bisturi, e corta a carne petista expondo a podridão deste organismo!
    Agora, vamos e venhamos, que partido de “mártires” tem o PT.
    O cara que se inscreve nesta agremiação deveria saber que o seu futuro é ir para a fogueira em defesa de seus dirigentes ou ex-presidentes da República!
    Pois este gaúcho idiota, este falso gaudério, este energúmeno que ofende o meu Estado, Arno Augustin, será o próximo a ser imolado para defender a sua presidente, que bem escrito pelo Fallavena, trata-se de uma “débil mental”, razão pela qual de nada adianta responsabilizá-la por qualquer irregularidade, como também nada pode lhe ser atribuído de positivo, lógico.
    Portanto, Dilma é uma figura meramente decorativa, feia, que não decora o ambiente, mas o desvaloriza.
    Assim como Delúbio, Vaccari, a vez é do Secretário do Tesouro Nacional, Augustin, que na próxima reunião do PT será aplaudido delirantemente por meia hora, em sinal de agradecimento pela sua cabeça ser guilhotinada em favor da rainha Roussef, a débil mental, a ingênua mal intencionada!
    Parabéns, Fallavena!

    • Grande Francisco Bendl, amigo e irmão
      Quando li o artigo na internet, larguei os muitos afazeres em minha mesa e tive vontade escrever um pouco, mas com muitos palavrões. O italiano e seus descentes, tem a língua enorme, grossa e solta. me segurei o que deu. Felizmente saiu só um pouquinho.
      Dillma é uma rainha. De ratos, mas uma rainha. A parcela do povo que a reconduziu, alem de pobre, dependente, é de pouquíssimo conhecimento e de fácil manipulação. A petralhada que assaltou o país é sim, um bando de ratos, saqueadores do erário público.
      Este sujeito, já como secretário do RS, foi um desgraça. É um serviçal, bedel. mas se ainda fosse tudo isto de um gênio, vá lá! Mas do poste de Lulla?
      Se não pegar nela, que pegue nele! Que perca aposentadoria, que responda por crime de responsabilidade ou de irresponsabilidade.
      Esperemos que a justiça chegue, mesmo que a cavalo.
      Um grande abraço e obrigado por tudo.

  5. Infelizmente somos obrigados a dizer: Ótimo artigo e comentários, pois, quem tem se “danado” é o “Zé e Maria Povinho”, roubado na saúde, na educação, na segurança, no transporte, como Direitos básicos, pela canalhada dos 3 podres poderes. Entram na politicagem com “uma mão na frente e outra atrás” e ficam “ric$s”, sabendo que a impunidade do “muito roubado é norma dos passos de cágado da Justiça estuprada e vilipendiada, aliviar; o idiota ladrão de galinha, para matar a fome dos filhos, é julgado e preso rapidamente, com vários anos de ver o”sol quadrado”
    O cara assumindo um crime contra 200 milhões, para beneficiar à Presidente, se o País fosse sério, ambos teriam que ir ver o SOL nascer quadrado, o crime está confessado, e agora José!?!???

    • Théo
      Obrigado por teu comentário. Estás com razão total.
      Nós somos sérios. E nós podemos mudar isto. Pode levar algum tempo, mas a verdade haverá de vencer.
      teremos de pagar mais impostos, mas se for para construir cadeias, vamos lá.
      Abraço e muita saúde.

  6. Muito pertinente esse artigo, corroboro com os demais comentários, ora, se o energúmeno assume a autoria das “pedaladas fiscais” para maquiar as contas públicas, isso por si se constitui num crime, mais ainda por ele, além de estúpido em por o pescoço na guilhotina, é funcionário público que, em tese deveria zelar o erário. Não consigo entender como manobras pueris como esta são “aceitas” pelo TCU, sem uma verificação.
    Desculpem-me pela minha falha no raciocínio, (dinheiro), fez essa besta aceitar, aceitar suborno é prática institucionalizada nesse arremedo de país. Mas, de qualquer forma esse nanico moral tem uma chefe, então, em tese, vamos supor que isso seja um Estado e essa chefe é responsável pelas asneiras dessa coisa servil, então, apenas teoricamente, essa chefe é responsável por tudo que seu staff venha a fazer.
    Creio que até o momento a dita “oposição” esteja fazendo corpo mole no impeachment contra a Rainha de Copa e seu Valete, não por conivência, mas para não ter que assumir a bagunça fenomenal dessa caricatura de país, que está igual a um trem carregado e descendo uma montanha descontrolado, sem freios e com uma tripulação descoordenada, louca, achando estão passeando num iate num mar calmo.
    Os abutres da dita oposição, muitos com os rabos bem presos só estão esperando o Brasil se ferrar junto com o Partido da ética e da moralidade. Isso só demonstra o quanto o povim Zé ruela está abandonado, à mercê do azar.

    • Antonio Henrique
      A oposição é fraca, incompetente e tem medo do povo, até porque, uma parcela dela, não se mistura com gente. Se fosse atuante e capaz, já teria derrubado Dillma/PT várias vezes. É tanto rolo e tanto roubo, que dá para escolher. Acaba de surgir notícias, confirmado doação para o falecido Eduardo Campos que, quando candidato, tinha o slogam “nós não vamos desistir do Brasil”. Parece que elle sabia o que isto significava.
      É muito roubo. Em breve não haverá mais o que roubar. Ai elles entregam para a oposição que sobrar.
      Vamos á luta. Nós nunca abandonaremos o Brasil!
      Abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *