Para preservar Lula, Bumlai atribui à dona Marisa a ideia da nova sede do Instituto

Resultado de imagem para bumlai depondo

Bumlai faz esclarecimentos ao juiz Sérgio Moro

Deu no G1 PR

O pecuarista José Carlos Bumlai disse, durante audiência na manhã desta terça-feira (9), que o novo Instituto Lula “surgiu de uma conversa com a dona Marisa”. Ele afirmou que era amigo da família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas que, atualmente, não o vê há muito tempo. Além dele, o juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, ouviu mais três testemunhas de acusação. Bumlai também relatou que foi procurado por Marisa para fazer a aquisição do terreno.

“Eu falei que não. Eu não tinha condição financeira. Eu estava tentando ajudar meus filhos numa recuperação judicial de uma empresa deles e que eu me afastei totalmente. Não tinha possibilidade financeira de fazer isso”, afirmou. Bumlai também disse que Marisa não queria que Lula soubesse do novo instituto e afirmou não fazer ideia do porquê.

AJUDOU A CRIAR – Ele acrescentou que ajudou na criação do novo instituto apenas procurando 10 empresários que pudessem participar do projeto: “Essa é a minha participação”. Segundo ele, o local “guardaria os presentes, as coisas. Um museu praticamente”. Ainda de acordo com ele, a ideia surgiu em 2010.

Bumlai ainda relatou que, com relação aos 10 empresários, teve a ajuda do empresário Marcelo Odebrecht. “Eu tratei a implementação do Instituto Lula, dos 10 empresários. Era o único empresário que eu tinha uma liberdade maior para conversar”, afirmou.

O advogado de Lula, Cristiano Zanin Martins, comentou o assunto. “Ao depor, o empresário José Carlos Bumlai deixou claro que Lula jamais solicitou qualquer intervenção sua objetivando a aquisição do imóvel da Rua Haberbeck Brandão 178, em São Paulo. Mais ainda, Bumlai informou que lhe foi pedido que não comentasse esse assunto com Lula. O empresário reafirmou o que já havia declarado em depoimento anterior – que o projeto em questão pretendia reproduzir espaço similar ao que já abrigava o acervo do ex-Presidente Fernando Henrique Cardoso”, declarou.

ACUSAÇÕES – Nesta ação penal, o ex-presidente é acusado de receber como propina um terreno onde seria construída a nova sede do Instituto Lula e um imóvel vizinho ao apartamento do petista, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista.

De acordo com a força-tarefa da Lava Jato, os imóveis foram comprados pela Odebrecht em troca de contratos firmados pela empreiteira com a Petrobras.

Outras sete pessoas também são rés no processo. A ex-primeira dama Marisa Letícia chegou a ser acusada, contudo, o juiz Sérgio Moro arquivou a ação contra ela. Ela morreu em fevereiro deste ano.

VIDEOCONFERÊNCIA – Bumlai e outras duas testemunhas prestaram depoimento por videoconferência de São Paulo com a Justiça Federal do Paraná, em Curitiba. O pecuarista também foi arrolado como testemunha de defesa do ex-presidente da Odebrecht S.A. Marcelo Odebrecht, que é réu neste mesmo processo.

Segundo a denúncia do Ministério Público Federal (MPF), o pecuarista foi apresentado como o primeiro interessado na compra do imóvel onde seria construída a nova sede do Instituto Lula.

Durante a negociação, Bumlai indicou como comprador o parente dele Glauco da Costamarques, mas, por fim, o imóvel foi colocado em nome da DAG Construtora LTDA., dirigida por Demerval De Souza Gusmão Filho, que também é réu na ação, intimamente relacionado a Marcelo Odebrecht, ainda conforme a força-tarefa.

JÁ CONDENADO – Acusado na Operação Lava Jato de ter atuado em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em irregularidades, Bumlai foi preso em novembro de 2015. Ele já foi condenado, na primeira instância, a 9 anos e 10 meses de prisão em um processo da 21ª fase por crimes como gestão fraudulenta e corrupção passiva.

Em 25 de abril, o pecuarista foi liberado da prisão domiciliar pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), levando em conta o estado de saúde dele, que sofre de cardiopatia e câncer de bexiga. Em novembro de 2016, o antigo relator da Operação Lava Jato, ministro Teori Zavascki, havia convertido a prisão preventiva de Bumlai em domiciliar.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BUMLAI
Ficou claro que Bumlai tentou preservar Lula, ao dizer quer Marisa Letícia não queria que Lula soubesse de nada. Aliás, nem precisava, porque Lula sempre diz que não sabia de nada. (C.N.)

11 thoughts on “Para preservar Lula, Bumlai atribui à dona Marisa a ideia da nova sede do Instituto

  1. Ele quer colocar a culpa em quem não pode mais se defender???

    Hum… o vagabundo Lula vai adorar essa ideia! Afinal fez do velório da esposa um palanque! Só faltou subir no caixão!

    • “…Marisa Letícia não queria que Lula soubesse de nada.”
      todos sacanearam Lulla! Até a mulher.
      Então o negócio do apartamento foi feito com ela ou somente o “recheio do bolo”?
      O cafajeste usou todos. A mulher, os filhos, os amigos, as lideranças, até a Rosemary do cartão corporativo.
      Como é que um sujeito consegue passar 8 anos presidindo o país e não sabia de nada? Sempre bêbado?
      Depois de tudo e para redução da pena, seus advogados ingressarão com atestado de debilidade mental.
      Homem assim não consegue carregar dinheiro na cueca,. Homem assim não usa cueca!
      Fallavena

      • Aos que pensam que viverão eternamente:
        Não sei o sabor que o poder pode ter.
        Nem compreendo a ânsia de tudo querer.
        Pra quê, se a vida é breve e eterno o não-ser?
        Por que a discórdia, se a palavra esclarece?
        Por que a vingança, se o perdão concilia?
        Por que a vaidade fútil, se ao fim tudo fenece?
        Por que esse ódio, se o amor tudo sacia?

  2. ” … de acordo com a força-tarefa da Lava Jato, os imóveis foram comprados pela Odebrecht em troca de contratos firmados pela empreiteira com a Petrobras.” Pronto, isso basta, não precisa revirar túmulo …

  3. “surgiu de uma conversa com a dona Marisa”. Ele afirmou que era amigo da família do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, mas que, atualmente, não o vê há muito tempo.

    Esse Bumlai tem o caracter de um rato. A que ponto um homem pode chegar…Cínico é o que ele é. Não dá mais para não mais confiar no que ele diz.

  4. Fallavena foi peremptório sobre Lula:

    – Como é que um sujeito consegue passar 8 anos presidindo o país e não sabia de nada? Sempre bêbado?

    Caro Fallavena, pelo que temos tomado ciência sobre Lula já estou até achando que o único lado respeitável da pessoa dele é ser um bêbado.

    • celso
      São 23.27 h e ainda estou trabalhando. Dei uma paradinha para descansar e estou lendo comentários.
      Terminei de ler teu comentário acima e ri muito.
      Aproveito tua expressão “pelo que temos tomado ciência sobre Lula” para finalizar este.
      É colega Celso, enquanto “tomamos ciência” o velho bode toma toda a cana!
      E se Deus quiser, em breve, tomará cana em cana!
      De volta ao trabalho.
      Abraço e saúde.
      Fallavena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *