Parlamentares ajuizam representação contra deputado que arrancou cartaz sobre racismo

Deputado diz que não se arrepende e ameaça repetir ato

Paulo Roberto Netto
Estadão

Quatorze parlamentares da oposição ajuizaram representação ao procurador-geral da República, Augusto Aras, solicitando a abertura de inquérito civil e criminal contra os deputados federais Daniel Silveira (PSL-RJ) e Coronel Tadeu (PSL-SP), que arrancou à força um cartaz com críticas ao genocídio negro e à Polícia Militar. O parlamentar gravou o ato e divulgou em suas redes sociais.

O cartaz em questão exibia uma charge do cartunista Latuff, na qual um rapaz negro aparece morto enquanto um policial militar se afastaria carregando uma arma. A arte integrava a exposição (Re) Existir no Brasil – Trajetórias negras brasileiras, que visibilizava a morte de jovens negros em meio ao Dia da Consciência Negra, lembrado nesta quarta-feira, 20.

“JUSTIFICATIVA” – Ao destruir o cartaz, Coronel Tadeu afirmou que ‘policiais não são assassinos’. “Policiais são guardiões da sociedade, sinto orgulho de ter 600 mil profissionais trabalhando pela segurança de 240 milhões de brasileiros”, escreveu, ao divulgar o vídeo em que comete o ato.


Coronel Tadeu (PSL-SP) disse em entrevista que não se arrepende de ter quebrado quadro que trazia dados sobre genocídio negro, e que faria novamente caso a peça volte a ser exposta.

AMEAÇA – “Arrependido? Eu acabei de defender 600 mil policiais militares que estavam sendo acusados, por meio de uma imagem, de executores, assassinos, homicidas. Não tô arrependido não. […] Eu espero que eles não coloquem novamente esse cartaz lá. Senão eu vou ter que tirar. Isso é um atentado”, declarou em conversa com a jornalista Bela Megale, do O Globo. 

Na representação a Aras, os deputados de oposição afirmam que a ‘a atitude não condiz com a postura esperada de qualquer cidadão, muito menos um parlamentar eleito’. Em relação a Daniel Silveira, os deputados destacam fala do parlamentar no Plenário da Câmara. Ele afirmou que a ‘maior população carcerária é formada por negros no Brasil porque mais negros cometem crimes’.

“NEGROZINHO” – “Agora, não venha atribuir à Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro as mortes, porque um negrozinho bandidinho (sic) tem que ser perdoado”, declarou. A fala, segundo os deputados, tem conotação racista, configurado como crime inafiançável e imprescritível no Código Penal.

Daniel Silveira é o mesmo parlamentar que, em outubro do ano passado, ainda quando era candidato ao cargo na Câmara, rasgou uma placa em homenagem à vereadora assassinada Marielle Franco, morta em março de 2018 em circunstâncias ainda hoje não esclarecidas.

DISCURSO DE ÓDIO – “Obviamente, a liberdade de expressão e imunidade parlamentar não são ilimitados e precisam respeitar outros direitos previstos na Constituição Federal”, argumentam os parlamentares. “Dessa forma, a liberdade de se expressar não pode se confundir com o discurso de ódio, o incentivo à violência e a reprodução de preconceitos sociais, raciais, étnicos e de gênero. Houve, no caso, clara incitação e apologia à violência”.

Assinam a peça os deputados federais Áurea Carolina (PSOL-MG), David Miranda (PSOL-RJ), Talíria Petrone (PSOL-RJ), Benedita da Silva (PT-RJ), Orlando Silva (PCdoB-SP), Bira do Pindaré (PSB-MA), Ivan Valente (PSOL-SP), Fernanda Melchionna (PSOL-RS), Jandira Feghali (PCdoB-RJ), Edmilson Rodrigues (PSOL-PA), Glauber Braga (PSOL-RJ), Luiza Erundina (PSOL-SP), Marcelo Freixo (PSOL-RJ) e Sâmia Bomfim (PSOL-SP).

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG –  Uma afronta aos direitos fundamentais assegurados pela Constituição, aos preceitos relacionados a racismo e à liberdade de expressão. Coronel Tadeu, da “bancada da bala”, até o ato de vandalismo, era um parlamentar ignorado pleos próprios colegas. O próprio deputado Daniel Silveira, do mesmo partido, disse em discurso, após o ocorrido, que não sabia de quem se tratava, mas que queria conhecê-lo para cumprimentá-lo pelo feito. Independentemente de partido político, ambos não merecem os cargos para os quais foram eleitos. Falta decoro, sensatez e respeito aos votos que os elegeram. (Marcelo Copelli)

37 thoughts on “Parlamentares ajuizam representação contra deputado que arrancou cartaz sobre racismo

  1. Olha ai a distorção, ele não arrancou porque é a favor do racismo, ele arrancou porque é contra impingir ao policial a pecha de matador de negros, o que realmente está errado pois o policial é apenas a ponta da lança, e são os políticos que as manipulam, então se esse cartaz fosse tão honesto deveria colocar lá a cara de um politico.

      • .
        .
        .
        ºº̥Glubºº̥̥̥̥̥̥̥ₒ̥̥̥̥̥̥ₒglub̥̥̥̥̥̥ₒºº̥̥̥̥̥̥̥glubₒºº̥̥̥̥̥̥̥ glubºº̥ₒºº̥̥̥̥̥̥̥glubₒºº̥……

        ºº̥Glubºº̥̥̥̥̥̥̥ₒ̥̥̥̥̥̥ₒglub̥̥̥̥̥̥ₒºº̥̥̥̥̥̥̥glubₒºº̥̥̥̥̥̥̥ glubºº̥ₒºº̥̥̥̥̥̥̥glubₒºº̥……

        .
        .
        .

    • Esperar o que desse antro de gente fiína….

      No video aparece um João Grandão, com a pança de um hipopótamo, e não é o capitão bofe de elite botina cor de rosa Frota?!?

      Essa turma toda fugiu da escola, aprenderam a boa lábia na mesa do bar, passaram a conversa no povo ignorante que lhes concedeu o voto, e foram manjar dinheiro com molho de regalias…

      CORJA DE INÚTEIS! Vide o Brasil para quem deveriam estar trabalhando, abandonado às traças….

    • Nao é conversa mole, ou briga de negro com branquela.
      A placa está lá porque tem gente muito incomodada com a realidade

      “O Atlas da Violência, estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, mostra em sua mais nova edição que 75,5% das vítimas de homicídio no País são negras, maior proporção da última década.”

      O que nao pode é haver macacada no ambiente de busca de soluções para os problemas sociais.

      A placa é infame? Havendo consenso dêem ordem para remover.
      O que não pode é um deputado agir como um macaco na Casa do Povo.

  2. -A violência policial é realmente preocupante… dentre os mais de cinquenta mil mortos, a maioria foi vítima de policiais racistas.
    -É preciso tirar os policiais das ruas, como aconteceu em Vitória, para que a paz reine no país.

    -Afinal, os policiais brasileiros são brancos, ricos e moram em bairros nobres das capitais, por isso gostam de matar favelados indo para a casa da avó nos morros só de sacanagem…

    -Aliás, não entendo como esses jovens da aristocracia largam uma vida de luxo e de riqueza no Leblon só para entrar na polícia. Pelo salário não deve ser!

    • É pela ideologia!
      Todo mundo quer seguir o palhaço que anda com 9 carros pretos, 30 seguranças, passa o dia fazendo arminha, insultando a tudome a todos, pra passar um senso de puder, que encanta aos otarios que nao têm o mínimo pudor, que adoram idolatrar el Jefenaro

  3. A maioria dos assassinatos que ocorre contra gays ou negros não é por causa da cor e nem pela opção sexual da vítima.
    A esquerda se aproveita disso para criar na sociedade o ódio entre as pessoas, mentindo sobre a real causa dessas ocorrências.

  4. No outro lado do espectro social se encontra, conforme denominação da esquerda, a “direita, os conservadores, os liberais, os reacionários, os exploradores, os pecadores, os infiéis, os malvados,etc” que, criminosos ou não, ainda se encontra nesse grupo uma maioria com um mínimo de bom senso, coisa impossível na esquerda que, por ser advinda de um credo político, o”bem” e o “mal” nele já está estabelecido e, certo ou errado, seus crentes devem a eles se submeterem.

        • Isso mesmo: a Gestapo, a KGB, o DIP, que eram os orgãos de repressão das três correntes do socialismo a Nacional Socialista, a Comunista e a Fascista, que de onde advém o esquerdismo: o estado acima de todos e de tudo.

          Será que a coisa sabe o que foi o DIP?

          • DIP é onde voce mergulha a sua ignorância!

            Em Mein Kampf, Hitler descreveu o anticomunismo no coração de sua filosofia política, bem como seu desdém pela democracia representativa. Isso é coisa de fascista bozonarilsta…

            A Gestapo, “polícia secreta do estado”, sob administração do Schutzstaffel (SS) foi autorizada a prender pessoas que ofenderam o governo. O governo usava a polícia secreta para acusar e prender quem quisesse sem ser interrogado.

            O seu Jefe bozoleta SONHA COM ISSO!
            sonha em armar uma igual em Pindorama, um exército de bolzomínimos extremamente bitolados e armados para promover um holocausto sobre a população negra, quilombolas e indigenas.

            Se os Marios Juniores da SS participarem com cargos de alta patente na realização do sonho desse bagual firula teremos também toda a esquerdalha dizimada.

            ASSUME mariojeca! Não existe nada mais nazista, mais gestapo SS que a sua extrema direita mofada de armario!

            Mário o nazista saído do armário!

          • Seguramente esse imbecil nao conhece a policia que garante a economia de mercado neoliberal…

            Por serem extremamente bem equipados, tudo de plástico e kevlar,o Mario Jr pensa que são pokemons, digimons, brinquedo…
            Mas têm sempre uns vinte na porta dos Maquidonaldes da vida nas reuniões dos G-bolhas, fora os milhares de extras, espaço aereo fechado etc…

            E o capetão Mario Jr reza no megafone: “Crentes, submetam-se”!

          • A Coisa querendo provar que o comunismo e o nazismo não vieram do mesmo paí, o socialismo.
            Não sabe que se tornaram inimigos apenas pela disputa do poder.
            A Coisa também não sabe que sunitas e xiitas são inimigos , mas filhos do mesmo paí, o islamismo.
            –Então Coisa, com isso e com apenas isso, já bastou para vc mesmo demonstrar cabalmente que é um crente do socialismo e um pseudo intelectual.

          • Enfim, o cara só vive de clichés surrados como esse do “neo-liberalismo” que ele nem sabe que é uma farsa do socialismo para fingir de democrático e livre na economia.

          • Eu chamo é de comunista esse povelho que voce apoia, vá a uma instituição ver se alguem paga restaurante, mordomia, moradia…
            Muito pior que essa esquerda vagabunda brasileira é a direita nazista facista comunista racista escrevagista que voce apóia para manter o Brasil merda em que se encontra.

            Seu palhaço favorito, seu patrão, está fazendo nas calças, e voces apoiadores achando ótimo.
            Sem palavras, talvez filhadaputismo seja a palavra certa para esse modelo que voce aguarda ansiosamente, até a dentadura afrouxar, mas tudo bem, voces estão com o churro bem empalado.

            Bando de macacos incompetentes, e os chimpanzés esperando algo de bom disso daí….

  5. Tá faltando defunto.
    O cartaz mostra PM branco matando inocente preto.
    Falta cartaz de PM matando, albino, mulato, amarelo, quilombola, gay, sapatão, sem terra, professor de filosofia, jornalista, e sargento, cabos, soldados e taifeiros.
    Os PMs deveriam matar democraticamente, escolher só os pretos é sacanagem.

  6. A divisão do congresso em bancadas (da bala, dos evangélicos, ruralistas, dos radicais, da minoria …) ensejou que as diferenças políticas e ideológicas se acirrassem, surgindo o preconceito e a segregação, em consequência.

    O deputado que arrancou o cartaz da parede onde estava sendo feita uma exposição sobre o Dia da Consciência Negra, caiu na armadilha dos demagogos e daqueles que falsamente alegam defender classes sociais ou etnias – nego-me a usar o termo racial, pois o ser humano é uma espécie não havendo raças entre nós porque não somos animais.

    PSOL, PT, PCdoB, PCB, queriam exatamente que o ofensivo cartaz às polícias militares de todo o país desse cartaz à oposição, para que tivesse motivo de protestar contra o racismo no governo de Bolsonaro, independente de utilizar uma imagem racista, injusta, inaceitável e imperdoável!

    Pois essa turma de desalmados deu em grito com a atitude do deputado, que arrancou o cartaz lamentável, e com a sua imagem completamente deturpada da realidade.

    O parlamentar merece críticas pela sua atitude?
    Deve ser “julgado” pela tal comissão de decoro?

    Muito antes de se responder a essas perguntas, a questão deveria ser encaminhada para se saber os porquês de se ter concordado com o cartaz como foi elaborado, e autorizado que fosse exposto como constatação da morte de negros, ou seja, esta etnia é morta somente pela polícia, em clara demonstração preconceituosa, segregacionista, insultuosa, injusta e ofensiva aos policiais!

    Obviamente que a intenção foi essa, de polemizar, de se colocar como agredido o movimento quando o deputado arrancou o cartaz da parede, em gesto “claro de racismo”!!!
    Antes não fora racismo explícito a imagem da divulgação de mortes dos negros cometidas por um policial … branco.
    Tornou-se racismo depois de o anúncio ter sido arrancado pela nítida agressão étnica!

    Que o “vândalo” que tirou o cartaz à força merece uma reprimenda é indiscutível, mas, o mesmo deve acontecer aos que expuseram a imagem deturpada e enganosa, ofensiva e preconceituosa, contra uma categoria de servidores e o policial branco, inclusive a sociedade brasileira, composta por negros e brancos.

    Enfim, os objetivos foram alcançados:
    os holofotes, a “agressão”, a intolerância de um parlamentar … branco, a violência do branco contra o negro, o comportamento policial como agente de aniquilação de uma etnia, a negra!

    Se eu fosse comandante da PM em Brasília, eu me reuniria com os demais comandantes PMs dos Estados da Federação, e entrava com uma queixa-crime contra o movimento que fez o cartaz tão odioso, venal, maldoso, provocador, injusto e racista!

  7. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

    O deputado é um gênio. Ao dar o ataquezinho histérico no corredor da Câmara, ele acabou dando mais publicidade à charge do tal do Latuff, que 99% da população nem conhecia até então…. Agora, a charge está por toda parte na internet, igualzinho aconteceu com a revistinha do beijo gay que Crivella tentou confiscar……..Será que esses medíocres lacradores não percebem que esse tido de asnice tem o efeito contrário ao desejado? Que o interesse pelo objeto, assim como sua visibilidade acabam multiplicados exponencialmente?

    Brasil, um país de otários……..

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

  8. O ALTISSIMO SEJA LOUVADO SEMPRE ..

    A verdade nua e crua do que o sistema racial vigente reina está na covardia dos presentes Negros dos tempos hodiernos , verdadeiros covardes, amantes de si mesmos , e traidores da luta pela busca da plena inserção social (plenos direito civis…)
    na sociedade Brasileira.

    Lamentável ver que a discussão sobre o que foI a Escravidão (e sua macabra extensão destrutiva), se resume em ..idiotices sustentadas pelos descendentes dos sofridos Negros Escravos como : Rodas de Sambas , comidas tipicas..exposições disso..e daquilo etc..etc..

    Isso por si só demostra que o sistema racial ora implantado em nossa sociedade (colocando o Negros e Negros mestiços ) no seu devido lugar : A marginalidade e exclusão . Conseguiu dominar e inferiorizar os NEGROS .

    E os NEGROS atuais covardes e subservientes como são seguem como gado ao matadouro a cantilena racial desta sociedade cinica e criminosa.. aceitando calados que seus pares sejam fuzilados dia a dia por uma policia despreparada do que sejas direitos civis plenos , destruição dos seus valores como cidadãos na construção histórica de nossa pátria , e uma inata covardia dos seus pares que se destacaram nesta sociedade, que ficam calado vendo seus irmãos negros sendo massacrados em seus direitos e cúmplices calados estão calados ficam .

    Por tudo isso Os negros na sociedade Brasileira são reputados como nada vezes nada , buchas e buchas apenas isso na visão dos racistas instruidos ou não , seres despreziveis e preguiçosos para alguns e mal cheirosos para outros , meros instrumentos de se fazer fortunas (pagando pouco ou pagando uma miséria ), idiotas para alguns hienas para outros, e assim a roda racial e da marginalidade vai triturando essa imensa parcela da sociedade Brasileira .

    Essa , semana a policia Civil do Rio de Janeiro , concluiu o que todos já sabiam ..Que a “bala” que ceifou a vida de uma criança dentro da Kombi ..FOI efetuada por um soldado da policia Militar do Rio de Janeiro.. Que sempre foi o Braço exterminador dos Negros neste Estado (e creio que tb nos demais ). Qual o motivo que leva um cidadão com o uniforme militar ..atire com seu fuzil uma kombi com seres humanos dentro, sem saber se lá há os delinquentes que ele estava ali para prender ? Ou que um atirador da PM de dentro de um veiculo aéreo ..dispare seu fuzil em direção a uma Escola pública infantil JUSTAMENTE na hora da saida das crianças ..tudo por que havia “criminosos” se misturado junto as crianças …(sem comentários).

    São estas e demais situações que deviam estarem sendo debatidas no parlamento Estadual e Federal POIS SE TRATA DE GENOCIDIO e nunca combate ao crime.Ou alguém já viu os onibus do convento são bento aqui no rio (rua dom gerardo), sendo fuzilados pela PM …em seus trajetos? Não visualizar as cousa pela ótica da sinceridade quando se trata deste tema é no minimo..eu disse no minimo …insanidade racial .

    YA SEJA LOUVADO ..SEMPRE …
    SALMO 103 A TODOS .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *