Passageiros cantam “Robocop Gay” para o Pastor Feliciano durante voo

Deu no Twitter

O deputado pastor Marco Feliciano tomou sua conta pessoal no Twitter para criticar o comportamento de alguns passageiros durante um voo nesta sexta (9). “Ao decolarmos em Brasília, cerca de 10 gays me constrangeram. Dois vieram a minha poltrona gritando, cantando música bizarra”, reclamou.

O que aconteceu, durante o voo AD5019, da Azul Linhas Aéreas, que partia de Brasília para São Paulo, é que um grupo de rapazes resolveu fazer um protesto um tanto quanto diferente. Dois deles levantaram das poltronas e, no corredor da aeronave, dançaram a música “Robocop Gay”, sucesso do grupo Mamonas Assassinas nos anos 90.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

3 thoughts on “Passageiros cantam “Robocop Gay” para o Pastor Feliciano durante voo

  1. O problema é que as pessoas gostam de lutar pelos seus direitos, mas não querem respeitar os direitos daqueles que pensam diferentes. O deputado tem o direito pela Constituição de ter suas opiniões como todos. Aqueles dois que cantaram no avião para o Dep. Feliciano, desrespeitou todos os passageiros que ali estavam, no desembarque pediram desculpas, pois tinham ciência do qie fizeram. Democracia além de tudo é direito e deveres.

  2. Vamos chamar as coisas pelos seus respectivos nomes. Em primeiro lugar, quem viu o vídeo sabe que o deputado foi provocado, inclusive com contato físico. Em segundo lugar, avião não é lugar para essas criaturas fazerem o que bem entendem (aliás, por que os comissários de bordo não intervieram?). Em terceiro lugar, outros passageiros também foram incomodados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *