7 thoughts on “Pastor Feliciano defende o projeto da cura gay

  1. Esse projeto está muito mal divulgado pela mídia.As igrejas evangélicas deveriam “botar a cara a tapa” e virem a público explicá-lo Se há ex-gay não posso afiançar, embora alguns digam que já passaram por essa transformação,mas tenho conhecimento de que determinadas influências espirituais perturbam o indivíduo, fazendo-o optar por práticas sexuais própria do sexo oposto.Enquanto os evangélicos não vêm em socorro ao Feliciano ele leva pau.

  2. Marco Feliciano continua na mídia, agora em razão de fazer a Comissão de Direito Humanos trabalhar. Como presidente da comissão é seu papel colocar em votação os projetos prontos. Além dele tem outros deputados na comissão e outros no Congresso, embora digam que a nossa democracia é fraca, ainda é através dela que os projetos são aprovado ou rejeitados. Dei uma volta em alguns site, para saber um pouco mais sobre as manifestações no Brasil, achei um vídeo interessante sobre um tal de NIOBE, já ouviram falar? Pesquise. Porém também vir pessoas que se dizem responsáveis pelas liderança das manifestações colocarem o nome do Deputados Marco Feliciano na mesma linha de condenação dos mensaleiros: Genoíno, João Paulo, Valdemar, isso é brincadeira. Quando vemos estas manifestação não tem um brasileiro que viva do suor do seu trabalho que não fica feliz, pois eles fazem o que muitos de nós não temos coragem de fazer. Porém quando vamos atrás de algo mais que nós faço ir além da felicidade mais um desejo maior de participar, vemos um grande oportunismo por trás das manifestações. O Marco Feliciano tem uma bandeira de luta, como o deputado Chico Alencar tem outra. São deputados como muitos outros que existem no congresso, são dignos e não merecem terem seus nomes misturados aos deputados que uma maioria significante do povo brasileiro sabem que estavam diretamente envolvidos em corrupção durante todos o governo Lula. E isso não bravata, já houve condenação no STF. Marcos Feliciano como Chico Alencar sabem quem eles representam. E o eleitor de um não vota no outro, pois os interesse embora legítimos são opostos. Por isso Marco Feliciano me representa.

  3. Diante deste projeto sobre “Cura Gay”, eu sugeriria ao deputado Willys que elaborasse o “Cura Hétero”.
    Que tal?
    Do jeito que as coisas estão que se tornou moda ser gay, declarar-se gay, abrir a porta do armário e gritar para o mundo que está livre para ser gay, imagino em futuro próximo a seguinte situação.
    Um pai ralhando com o seu filho que é um demônio:
    Garoto, você não tem jeito, só tira notas baixas na escola, encrenca com os vizinhos, não obedece a mim nem a sua mãe, atazana a vida dos seus irmãos, eu não aguento mais!
    Só espero que você ao se tornar um adulto não venha a se casar com uma MULHER!!!

  4. Ele deve estar em processo de cura. Só entende de curar gays. Ricos, ou remediados, com certeza.
    Mas não quer saber de curar as meninihas postas na prostituição pelos próprios pais, em cidades como Tefé e Urucu, no Amazonas.
    Ele é “pastor” evangélico. E pastor evangélico só gosta de “evangelizar” em áreas onde o dinheiro rola. Meninas pobres, que para fugirem da pobreza caem na prostituição, não precisam da tal “palavra de Deus”.

Deixe uma resposta para José Valente Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *