PDT tem o dever de honrar a memória de Pasqualini, Vargas e Brizola

Armando Temperani Pereira

Sempre fui um trabalhista. Na realidade, quando surgi na consciência da minha existência, vislumbrei aos 8 anos a figura de meu pai e de Alberto Pasqualini, o ideólogo do trabalhismo, grande figura intelectual e senador brilhante e mais respeitado do Brasil daquela época de políticas sérias e nacionalistas.

Pasqualini passou tempos trabalhando conjuntamente com meu pai Temperani Pereira, que foi um dos fundadores da Faculdade de Economia do Rio Grande do Sul.

Fazia-se urgente aprimorar o doutrina trabalhista que naqueles tempos se confundia um tanto com o fascismo europeu criado por Benito Mussulini. A pedido, ou melhor pela determinação de Getúlio Vargas, buscavam os dois distinguir o trabalhismo como uma ideologia socialista sem a marca fascista ou leninista. Buscaram o socialismo cristão para justificar as programáticas linhas trabalhistas.

DIRETRIZES – Tiveram absoluto sucesso ao disciplinar a importância da propriedade privada, ao exigir a reforma agrária e ao regular o uso do capital estrangeiro, que fizeram a profunda distinção entre o moderno trabalhismo brasileiro e o velho e revestido sistema fascista europeu.

O corporativista e sindicalista regime fascista também se distinguia do verdadeiro socialismo marxista, o chamado socialismo científico que Luiz Carlos Prestes propugnava.

A reforma agrária e os capitais indesejados que exploravam o País predatoriamente seriam resolvidos por desapropriação ou encampação dos latifúndios improdutivos e das empresas concessionárias de serviços públicos. E poderia haver estatização, nos casos das empresas estrangeiras indesejáveis.

CONTRA O LATIDÚNDIO – É bom lembrar que naquela época não havia a doutrina trabalhista a possibilidade de latifúndio produtivo. Entendiam que a propriedade privada deveria levar em conta o interesse social, e a concentração de renda na mão de um proprietário que ocupa uma enorme extensão com poucos empregados e muita maquinaria contrariava tudo isso.

Para eles, o latifúndio não gerava empregos diretos, que é o maior objetivo do trabalhismo. Por isso, defendia a reforma agrária para criação de propriedades de média extensão.

A FAVOR DO PETRÓLEO – Outro ponto seria a manutenção das reservas de petróleo. Os trabalhistas defendiam preservar nossas riqueza, nossa jazidas de ouro negro, ainda não bem avaliadas mas que já estavam na mira dos exploradores internacionais. Os partidos que apoiavam Getúlio então fizeram uma grande campanha, com o slogan “O Petróleo é nosso”, em âmbito nacional. A campanha saiu vitoriosa em 1953, com a lei do monopólio da exploração mineral do petróleo. Ma, infelizmente, o monopólio era só para a extração.

Em fevereiro de 1959, o deputado Temperani Pereira aprovou seu projeto de lei do beneficiamento e distribuição dos derivados do Petróleo. E assim formou-se a gigantesca e bem sucedida empresa estatal Petrobras.

PETROBRAS ARRASADA – A empresa foi dizimada pelo governo petista, que deveria, ao contrário, ter sanado os desvios encontrados, vindos de gestões anteriores. Está comprovada a ação petista que visou quebrar a estatal com ganância desenfreada e irresponsabilidade crescente. Os administradores eram incompetentes e corrptos. Muitos já estão presos e muitos ainda o serão.

Como pôde o partido de Leonel Brizola apoiar a corrupção na Petrobras? Como pôde um trabalhista proporcionar o apadrinhamento e a filosofia corporativista do fascismo com associação real com o capital e unidos com empreiteiras para saquear a nação, como fez o bedel do imperialismo o PT?

Como pode ser o PDT o coadjuvante e não o protagonista da esquerda. Por que abdicar do nosso protagonismo de lutas, de história limpa e honradez?

31 thoughts on “PDT tem o dever de honrar a memória de Pasqualini, Vargas e Brizola

  1. Apoiou porque são todos partidos com a mesma origem: trabalhismo, fascismo e comunismo, são todos movimentos esquerdistas fundados na doutrina totalitária marxista-leninista.

    É é pelo fato de o Brasil se encontrar dominado por essas ideologias nefastas que o país se chafurdou no lixo da história. É pelo domínio do pensamento esquerdista, pensamento comunista ( tanto na mídia quanto nos organismos sociais e nos ambientes acadêmicos) que a solução tanto econômica quanto social para este país é praticamente impossível.

    É por esse é domínio maldito que o brasileiro conservador terá de lutar para resgatar o Brasil.

    Nada de trabalhismo. Nada de comunismo. O país precisa de diminuir o tamanho da mâquina pública. Conceber o Estado mínimo, abrir sua economia adotando o liberalismo econômico e ensinando isso nas suas faculdades, mudar o perfil da elite pensante do país.

    Sem isso i Brasil jamais será uma grande nação, sufocado que estará no dirigismo estatal praticado pela doutrina comunista enraizada em nosso país.

  2. Fora de pauta: Eliakim Araújo morreu, câncer no pâncreas descoberto há um mês.

    Tinha 75 anos, continuava casado com a Leila Cordeiro e estava internado nos EUA, onde moravam.

    O câncer é uma doença horrorosa. Vem sempre pra levar. Mas no pâncreas parece ser muito rápido. Até que no Steve Jobs não foi tão fulminante.

    Sinto muito pelos dois.

    • Trabalhei com Eliakim na TVE e na Manchete. Grande figura. Câncer no pâncreas pode ser curável. Os médicos americanos também dão bobeira, como fizeram com nosso amigo Paulo Francis, que estava enfartado e em Nova York teve diagnóstico de bursite.
      Abs.

      CN

      • Dividi as ruas algumas vezes com a Leila Cordeiro, contemporânea. E conheci o Eliakim na casa dos dois, quando entrevistei o casal 20 da TV. Casal bacana e inteligente. A interrupção de uma parceria como a deles, assim, de repente, não deve estar sendo fácil pra ela.

        A morte do Francis foi uma estupidez. Como puderam diagnosticar errado?

        É como andam dizendo: aqui no Brasil, nem uma moto entraria na Atlântica, no réveillon. Lá na França passou um caminhão daquele tamanho no 14 de Julho Nem tudo nosso é tão ruim.

  3. O Temperani temperou mal essa “fábula”. Isso é o reflexo do que disse o senador Lasier em sua catilinária contra Lupi. Lasier. ameaçado de ser expulso do partido, deitou falação acusando Lupi de ajudar o PT a destruir a Petrobrás. Em um regime pluripartidário é suicídio um pequeno partido “enquistar-se”. É uma estupidez dizer que LUpi (PDT) ajudou a destruir a Petrobrás. Com 21 deputados, qual a força do PDT? Nenhuma. Convidado para entrar na base do governo ocupou alguns cargos. Nesses cargos não trabalhou para o PT e nem para Dilma. Trabalhou sim para o povo brasileiro. E dentro das circunstâncias saiu-se bem. Lasier depois aborda o fundo partidário. A coisa é sempre assim. O que eles querem é dinheiro. Sobre Pasqualini ninguém pode desmerecê-lo. Seu papel no PTB teve algum destaque, e nada mais. Passou até pelo Partido Libertador (maragatos) inimigo de morte dos Chimangos(PRR e PTB). Temperani fala de uma pessoa que há 60 anos deixou a política.

  4. Sobre a “catilinaria” de Lasier eu escrevi para o Lupi dizendo: Penso que você não se envolveu na tal da Lava Jato. A não ser que Lasier saiba de alguma coisa. Se ele está falando demais entra com dois processos contra ele por danos morais. Um por calunia a você e outro para reparar o dano que fez ao partido. Consulta o Batochio para ver o máximo que pode ser pedido de indenização.

  5. E preciso estudar, jogar palavras ao vento só por impulso é “dar comida aos porcos”. O Trabalhismo de Vargas Jango e Brizola é autóctone. Tem sua gênese na Revolução Farroupilha de 1835. Chega na República com republicanos positivistas. Regime que imperou no Rio Grande do Sul de 1891 a 1930. Em 1946 recebe a sigla PTB. De 1946 até 2016 é o período que chamamos de “saga” do Trabalhismo. O PT tem sua ideologia baseada no sindicalismo americano AFLCIO. Não adianta me estender mais, pois não vejo platéia, nem o Temperani. Brecht dizia que o pior analfabeto é o analfabeto político.

  6. Esquerda com o coronel esquizofrênico Ciro Gomes, o Maluf do PDT como disse o Cristóvão? Maluf mesmo pois foi candidato a UNE pela chapa de direita ” Maioria “. Derrotado entrou na política pela Arena e depois foi para o PDS…Bela ex querda.

  7. Em seu livro Jango e eu , o Darcy Ribeiro diz que o Wainer falava abertamente que levava uns pixulecos e que viu o José Luiz Magalhães Lins levou uns sacos de dinheiro para o Caillard.
    O Darcy foi chefe da Casa Civil…
    Pag. 69.

  8. Prezado Armando,

    Muito justa a opinião que remete ao PDT, partido fundado para dar continuidade ao projeto desenvolvimentista de Vargas, inspirado no trabalhismo de Pasqualini.
    Infelizmente, Brizola confiou em Lupi,despreparado e ganancioso, que se rendeu aos encantos de Lula e Dilma, ambos inimigos de Brizola, o primeiro, declarado e a outra, sempre traidora.
    Se deixássemos, eles, juntos não acabariam só com a Petrobras, mais com todo o Brasil.
    Felizmente, á estão afastados, por medidas constitucionais legítimas, e só cabe a eles, aguardarem o julgamento da sociedade brasileira que, a cada dia que passa, vai se conscientizando que esse canalhas só fizeram mal ao nosso país e a todo o povo brasileiro.
    Peçamos a Deus que nos ilumine para encontrarmos o caminho da paz derrdeira, conduzidos por homens públicos que realmente gostem do Brasil, como Vargas, Brizola, Jango e Pasqualini.
    Salve a nossa pátria mãe querida ! Fora PT.

    • Caro Velasquez, teu último paragrafo, peçamos a DEUS, nosso criador para a eternidade, que nos deu a consciência e livre arbítrio de nossas OBRAS, e por ela responderemos além túmulo, alerta de 2 mil anos, por JESUS, O CRISTO, que deu o Código da VIDA,seu Evangelho.
      A humanidade, chegou a alta tecnologia, mas moralmente, está no pântano do desamor, como se a vida material fosse eterna, ela é habitada temporáriamente pela nossa ALMA ETERNA, tantas vezes, quantas necessárias para alcançarmos a LUZ DIVINA-DEUS, como filha pródiga a “CASA PATERNA”, Os mundos materiais são a escola- hospital, da ALMA/ESPÍRITO.
      Lembremos o astronauta russo, quando sua nave passava pelo BRASIL, uma LUZ AZUL EMANAVA de nosso território, a ciência humana materialista, não soube explicar o fenômeno, a LUZ AZUL EMANADA, era o conjunto dos sentimentos e pensamentos fraternos do POVO BRASILEIRO, infelizmente, explorado pela HIPOCRISIA do poder publico e monetario.
      Roguemos a DEUS, mas fa;amos nossa parte, para que o BRASIL cumpra seu destino perante a humanidade, de ser o cora;’ao do mundo e Patria do Evangelho.
      obs. o teclado resolveu nao cumprir seu dever nas letras e pontua;’oes, o jeito, comprar outro.
      DEUS PAI SOS. por um BRASIL DECENTE E JUSTO.

  9. Claro que reconhecer uma grande liderança política é normal, é salutar. O que desborda da normalidade e passa a ser uma anomalia, é o não reconhecimento de que tal liderança não enfeixa qualidades. É o caso de Carlos Lupi que tem se mostrado “extreme” de dúvidas, flagrantemente, uma liderança autoritária, incompetente, deletéria, ao destruir o legado do Trabalhismo e que esvaziou o PDT dos seus melhores e mais significativos quadros históricos.. Ademais, impôs, e continua a impor um apoiamento injustificado e paradoxal a um governo que conseguiu quebrar a Petrobras, que deixou 170 bilhões de déficit público, e que promoveu a maior corrupção da história das nações mundo afora. Como o comentarista acima, Senhor Aquino, um trabalhista histórico consegue apoiar uma liderança nefasta como a de Lupi? Isto mais se assemelha a fanatismo !

  10. Marcos, você vai morrer e nunca entender o que é a política. Eu que consolidei minha consciência ideolôgica quando entrei na Marinha em 1950 e Getúlio foi eleito. Vi e vivi todos os dramas sociais do povo brasileiro e sem ser o dono da verdade, tenho uma visão mais clara dos acontecimentos. Não pense que eu não vejo defeitos no Lupi como presidente do PDT. Vejo sim. Mas na última reunião da Executiva do partido, Brizola o elegeu primeiro vice-presidente. com a morte de Brizola Lupi assumiu a presidência legitimamente. Isso deve ser levado em conta. Brizola nunca nos disse que Lupi seria seu substituto político. Dizia que Lupi era o “executivo do PDT”. O normal quando Lupi assumiu era que outros companheiros mais experientes ou de maior projeção quisessem ajudá-lo. Nada disso, quiseram tutelá-lo e tomar-lhe a direção do partido. Eu inclusive avisei-o quem eram os conspiradores. Cheguei mesmo a apontar-lhes o dedo no Instituto Pasqualini dizendo que deviam ser expulsos. Ficaram calados. Esperava deles uma reação para arrancar-lhes a máscara. Individualizar o problema do PDT é analisar o problema de maneira rudimentar. Presidir um partido não é fácil. Principalmente em um momento em que a ideologia, o programa e os compromissos são suplantados pelo dinheiro sujo.. Escrevi aqui diversas vezes que o PDT sairia imediatamente da base do governo se encontrassem Dilma envolvida diretamente em um crime. Até agora só ilações. Depois da gravação de Machado está claro até para um sapo-cururu que estava tudo certo para barrar a Lava-Jato. Mas tinha uma pedra no caminho: Dilma que deveria ser removida. As situações estão invertidas: Cunha, Temer, Jucá, Sarney Renan e outros sequazes são os heróis. Tem gente que chora por eles. Dilma é a criminosa que deve ser desmoralizada. Aliás, os fascistas, quando não podem derrotar um adversário, o difamam. Falo por minha consciência, não tenho nenhum compromisso em defender o PT. Diria a mesma coisa de qualquer político na situação de Dilma.

  11. Brizola foi um político com perspicácia e sabedoria acima da média. Mas não era perfeito, condição atribuível somente a DEUS. Falhou, e falhou feio com Lupi. Não é demérito. Brizola não tinha bola-de-cristal! Lupi, senhor Antônio Aquino, é insuficiente como líder, como político, como homem público. Claro que presidir um partido político é algo muito difícil. Bem por isso, Lupi não se insere entre aqueles preparados para a árdua missão. Os fatos, senhor Aquino, são notórios. foi a perda de prestígio do PDT, foi a diáspora de tantos trabalhistas autênticos, é o infame apoiamento ao PT, a Lulla, a Dilma. Quanto a Dilma, senhor Aquino, trata-se de uma relés traidora de Brizola e do Trabalhismo quando no ano de 2002 abandonou o PDT e foi juntar-se ao governo Olivio Dutra então eleito em Porto Alegre para conseguir um emprego. Dilma é inconfiável. É uma Cesar Maia, um Garotinho, um Marcelo Alencar, um Luiz Alfredo Salomão de saias, Por favor, senhor Aquino, não defenda vis traidores de Brizola e do Trabalhismo. Nada os justificam, nada! Como dizia Leonel Brizola com aquele sotaque característico : “esta é a verdade” !

  12. A origem do trabalhismo nunca foi marxista. Seu conteúdo inclusive foi bastante influenciado pela Doutrina Social da Igreja, principalmente o pensamento político de Pasqualini, que era um cristão anticomunista. Agora, o trabalhismo tem uma associação inegável com as reformas de base, reformas essenciais que a sociedade brasileira tinha que ter feito em meados da década de 60. Sugiro, para quem tenha interesse, ler o livro “Brizola e o Trabalhismo” de Moniz Bandeira, no qual fica claro que o pensamento político de Brizola no início dos anos 60 era essencialmente nacionalista e socializante sem, contudo, nenhuma vinculação com a então União Soviética, nem tampouco com os Estados Unidos. Ele então se definia como um “não alinhado”.
    Para quem quiser saber o que foi realmente o trabalhismo seguem links para textos sobre o assunto.
    https://www.facebook.com/permalink.php?story_fbid=501617746594663&id=473760999380338

  13. Socialismo, marxismo, comunismo, stalinismo, fascismo. É tudo um lixo só produzido pelo pensamento esquerdista que sempre utilizou o jargão trabalhista para sustentar os movimentos em prol da sua ideologia.

    Não tem nada a ver com liberalismo de mercado ou com pujança econômica. É só atraso e mais atraso, é mais atraso, é movimentos concêntricos ad infinitum.

  14. Ê o estatismo pelo estatismo, como um fim em si mesmo. Com o se o Estado fosse capaz de criar riquezas. Como se o Estado fosse a solução para do mundo e não o problema.

  15. A teologia da libertação É o socialismo estendendo seus tentemaculo para dentro da igreja, fazendo confundir os incautos a ideologia do facínora Marx com a doutrina de Cristo.

    A CNBB É um órgão automaticamente excomungado pela própria igreja católica.

  16. TRABALHISMO a meu ver é: ( Nacionalismo, Desenvolvimentismo, Estatismo, e meio indiferente ao Mercado). Sou
    ( Nacionalista, Desenvolvimentista, Privatista com Matriz no Brasil e Pró-Mercado). Temos então 50% de Concordância. (NACIONALISMO e DESENVOLVIMENTISMO).
    O grande Presidente GETÚLIO VARGAS, que viveu a maior parte de sua longa Vida Política em época pré-Guerra Fria ( EUA X URSS ) implantou um Modelo que muito simplificadamente pode ser descrito assim:
    Alfabetização-Eletrificação- Mecanização da Agricultura-INDUSTRIALIZAÇÃO.
    Mercado Interno passa a ser o MOTOR DA ECONOMIA. Isso implica em Salários Crescentes. Indústria de Base e Infra-Estrutura via Empresas Estatais, e Indústria de Transformação via Empresas Privadas. Controle dos Capitais e das Empresas Multi-Nacionais com Matriz no Exterior, rigorosamente não permitindo que estas assumissem HEGEMONIA. Peso maior na PLANIFICAÇÃO do que nos Mecanismos de Mercados. Crescimento mais lento, mas AUTÔNOMO.
    Corolário dessa Política Econômica: Política Externa INDEPENDENTE ou NÃO ALINHADA.

    Sem dúvida, VARGAS se inspirou no antigo Partido Trabalhista Inglês, que já tinha sido Governo no Reino Unido em princípios do Século XX com RAMSAY MACDONALD.

    A meu ver, para o PDT honrar a Memória de VARGAS, BRIZOLA e PASQUALINI, deveria seguir o Padrão Descrito.

  17. Marcos, economiza dinheiro para teu enterro. Teu corpo vai em uma caixa de fosfóros e TUA LÍNGUA EM UMA CARRETA. Será que cabe em uma CARRETA? TALVEZ SEJAM PRECISO DUAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *