Pedofilia, crime hediondo que o Papa Francisco combate e que Bento XVI acobertou

Casos deixam traumas inafastveis da mente das vtimas

Pedro do Coutto

Nas edies de sexta-feira, a Folha de S. Paulo, O Globo e o Estado de S. Paulo publicaram com grande destaque o relatrio sobre fatos criminosos de pedofilia ocorridos na Igreja Catlica e que foram acobertados por omisso pelo Papa Bento XVI que se afastou do Vaticano e foi sucedido pelo Papa Francisco.

Os fatos so escabrosos e a omisso foi uma calamidade. Episdios se incorporam triste histria de papados que no cumpriram o dever cristo e preferiram se ocultar no catolicismo e na hierarquia. O Papa Francisco tem desenvoldio uma atitude firme no combate pedofilia e no so poucos os cardeais, bispos e padres afastados por delitos na realidade mostruosa.

CASOS DE PEDOFILIA – O Globo, a Folha e o Estado de S. Paulo destacam o relatrio do advogado Martins Pusch, de um conhecido escritrio alemo, que levantou fatos de pedofilia ocorridos especialmente em Munique, entre 1977 e 1982 quando o ento cardeal Joseph Aloisius Ratzinger teria abafado o inqurito de quatro padres que abusaram de quatro meninos.

O advogado disse que Ratzinger sabia dos fatos e poderia ter sido acusado de m conduta nesses casos, uma vez que se encontram relacionados entre abusos ocorridos em sua gesto e que terminaram punidos pelo Estado alemo.

Mais tarde ento, j no Vaticano, lembro que ocorreram dezenas de fatos em Boston, nos Estados Unidos, que culminaram em pedidos de indenizao muito elevados. Na ocasio, o cardeal da cidade era um dos acusados de omisso e as aes judiciais abrangiam centenas de casos. O Vaticano pagou indenizaes, lembro bem, mas os responsveis no foram punidos na poca.

REINCIDNCIA – Havia casos at de reincidencia entre acusados de casos de pedofilia contra meninos. O cardeal de Boston veio a ser afastado pelo Papa Francisco, a exemplo do que aconteceu com um cardeal austraco que ocupava um posto de destaque no Vaticano e que foi condenado priso pela justia, e na qual se encontra at hoje. O Papa Francisco atua com firmeza e com o rigor indispensavel para casos covardes como so os casos de pedofilia, capazes de deixar para sempre traumas inafastveis da mente dos que sofrem tais atentados imundos.

O Vaticano no foi alvo de denncias pela primeira vez. H casos que se repetem na histria e omisses como no caso do Papa Pio XII, Eugenio Pacelli, que silenciou de modo absoluto diante dos crimes do nazismo e que mais tarde foi personagem de um livro sobre a sua conduta omissa cujo ttulo “O Papa de Hitler”.

O problema da pedofilia tem atravessado sculos. Somente agora so enfrentados, denunciados e repudiados pela Ctedra de So Pedro, atravs do Papa Francisco.

CENTENRIO DE BRIZOLA -A revista poca, agora encartada nas edies de sbado de O Globo, publicou ontem uma extensa e detalhada reportagem de Mai Menezes e Chico Otvio sobre a trajetria poltica de Leonel Brizola a partir de 1947 quando foi eleito deputado estadual no Rio Grande do Sul.

Deputado estadual, deputado federal, governador de seu estado, governador por duas vezes pelo estado do Rio de Janeiro, Leonel Brizola foi um personagem marcante da vida poltica brasileira. Governador do Rio Grande do Sul, eleito em 1958, na crise da renncia de Jnio Quadros em 1961, assegurou a posse de Joo Goulart na Presidncia da Repblica ameaada por Carlos Lacerda, ento governador da Guanabara, e pelos setores extremistas, inclusive presentes nas Foras Armadas.

Brizola com seu desempenho assumiu um papel de grande destaque na vida pblica do pas e passou a articular sua candidatura s eleies de 1965. Mas a Constituio impedia, pois era cunhado do presidente Joo Goulart. Empenhou-se ento por uma mudana constitucional que viabilizasse o seu projeto. E, com isso, rejeitou uma aliana com Juscelino Kubitschek que deseja novamente ser eleito presidente da Repblica.

RADICALIZAO – Brizola criou uma tempestade, radicalizou o processo, investiu com crticas contra o prprio Joo Goulart, levou-o uma radicalizao que no era de seu estilo e fez naufragar o projeto democrtico em 31 de maro de 1964. No foi reunio de Jango com os sargentos no Automvel Clube, e foi contra a presena do presidente no episdio. Mas era tarde demais. Ele havia levantado um projeto do Grupo dos Onze que aparentemente teria um propsito revolucionrio. Foi asilado no Uruguai, depois acolhido pelo governo do presidente Jimmy Carter.

Retornou ao Brasil com a anistia assinada pelo presidente Joo Figueiredo, foi eleito governador do Rio de Janeiro em 1982 e novamente eleito em 1986. Ao disputar a Presidncia da Repblica em 1989 perdeu o segundo lugar para Lula da Silva. No primeiro turno, Fernando Collor obteve 29% da votao, Lula 16% e Brizolla 15%, um ponto atrs.

Tentaria novamente a Presidncia da Repblica em 1994, quando teve apenas 3% dos votos. Ele completaria 100 anos no dia de ontem. Ficar na histria como um personagem secundrio para sempre, mas o seu desempenho poltico impediu o retorno de JK em 1965.

CIRO, MORO, TEBET E RACHECO - Na sexta-feira, o PDT lanou a candidatura de Ciro Gomes Presidncia da Repblica. Reportagem de Julia Chaib e Ranier Bragon, Folha de S. Paulo. focaliza o pronunciamento de Ciro Gomes e a conveno do PDT. Ciro, desta vez, escolheu Sergio Moro como alvo de seus ataques.

A meu ver, escolheu o alvo errado. Ciro Gomes s pode crescer numa campanha contra Jair Bolsonaro. Qualquer outro caminho uma iluso. O ataque a Moro decorre do fato de o ex-ministro da Justia estar sua frente nas pesquisas do Datafolha e do Ipec. Mas a distncia para Lula enorme e muito grande tambm relativamente a Jair Bolsonaro.

Alis, em matria de sucesso presidencial, os candidatos terceira fora no esto conseguindo decolar. Simone Tebet tem condies de marcar a sua presena. Ainda d tempo. Pacheco perdeu a oportunidade de uma exposio poltica a meu ver a partir do momento em que aceitou promulgar a PEC dos Precatrios de forma fatiada como props o deputado Arthur Lira. Rodrigo Pacheco perdeu a credibilidade.

11 thoughts on “Pedofilia, crime hediondo que o Papa Francisco combate e que Bento XVI acobertou

  1. Devida Vnia, discordo de alguns pontos da narrativa do senhor Pedro Couto.

    Graas ao BRIZOLA e Tancredo Neves, Marechal Lott.
    Jango,assumiu.
    Mas, infelizmente Jango foi bajulado pelos Marinhos, compadre Amaury Kruel,e pelo JK que fez acordo com Castelo Branco…

    No desespero, BRIZOLA tentou persuadir o cunhado,nomeando ministro e Henrique Teixeira Lott,para ministrio da Guerra..
    Jango,um bomio se fez ouvido de mercador..

  2. Crimen Solitationes foi assinado por So Joo XXIII e era o documento papal … Bento XVI, enquanto em Munique e na Defesa da F, s podia aplicar tal documento.

  3. A TERCEIRA VIA

    Ainda est indefinido o candidato que ocupar esse pdio, podendo atrair os votos dos candidatos da
    primeira e da segunda via.
    Srgio Moro se lanou ano passado cheio de espectativas, pelo Podemos. Em princpio avanou sobre os eleitores de Bolsonaro, que tremeu na base, com medo de perder o segundo turno. Mas, o xerife da Lava Jato, parou nas pesquisas. Mudou de estratgia e vem partindo para o confronto com Lula. Isso estratgia de marqueteiro, que sabe de antemo, que o correto reduzir o dano, de quem largou na frente para poder avanar e depois tentar encostar no cavalo que disparou na raia.
    Moro agora est tentando nova manobra, qual ? Est namorando o Partido Unio Brasil, sigla que surgiu da fuso do PSL com o DEM. Moro est costeando o alambrado para sair do Podemos e migrar para o Partido de ACM Neto e de Luciano Bivar, ex amigo de Bolsonaro, de olho no tempo de televiso e dos milhes do Fundo Eleitoral. A grana destinada ao Partido Podemos curta. Srgio Moro pensa em mudar de Partido, dois meses aps se filiar ao primeiro.
    O ex- juiz j comea a usar as artimanhas da poltica. Tudo igual, neste pas desigual.
    Quanto a Ciro Gomes, aps ouvir seu discurso, no auditrio do PDT, de lanamento de sua candidatura, at agora, se mostrou como o candidato mais preparado para presidir o pas em 2023. Conhece a fundo os problemas brasileiros e tem propostas consistentes e realistas. Pode surpreender e virar o jogo indo para o segundo turno. Mas, a meu juzo, comete um erro de estratgia. Deveria bater em Bolsonaro com mais contundncia para tirar o presidente do segundo turno e alvejar Moro na sua parte mais fraca: o candidato da Rede Globo, dos banqueiros e dos bolsonaristas arrependidos. No entanto, sua tarefa me parece, uma luta inglria, porque dificilmente iro disputar dois candidatos do campo progressista e Lula est na frente pelo seu legado de oito anos de poltica social mais contundente desde a Era Vargas.
    Os candidatos Joo Dria e Simone Tebet no tm nenhuma chance de figurar no palanque do segundo turno. Joo Dria enfrenta dissidencias insanaveis no PSDB, na sua base de So Paulo, em Minas e No Rio Grande do Sul. Nessa ele no entra.
    Simone Tebet tambm no une o MDB, Partido que atua nos bastidores de todos os governos e tem fama de cristianizar seus candidatos para apoiar o adversrio com mais chances de vencer. Exemplo do Senhor Diretas Ulisses Guimares, abandonado pelo Partido e foi o ltimo colocado na eleio vencida por Fernando Collor.
    Quanto a Bolsonaro, seu pior inimigo ele mesmo. O ataque que vem imprimindo ao uso de mscaras, contra as vacinas de adultos e agora nas crianas e insistindo na Cloroquina um tiro no p. Est cavando um abismo sobre os prprios ps.
    Mas, tenta sufocar os adversrios atuando pontualmente. Chamou o senador mineiro, Alexandre Silveira, suplente de Antnio Anastasia, que foi para o TCU, para lder do governo no Senado. Isso tem dois efeitos:
    1- inviabiliza a candidatura do presidente do Senado pelo PSD, Rodrigo Pacheco,
    2- tenta uma aproximao com Gilberto Kassab, o cacique presidente do PSD, que estava flertando um apoio ao ex- presidente Lula. Assim, ele mata dois coelhos com uma nica jogada.
    O grande calcanhar de Aquiles de Bolsonaro seu ex- Partido o PSL unido ao DEM, pois ao brigar com Luciano Bivar perdeu a chance de acordo, mas, vem namorando ACM Neto tentando abrir dissidencia na nova sigla.

  4. Alem do Negacionismo exacerbado, o atraso do pas em mais de cinquenta anos, o modus operande de ser tarado contra vacina, o que est prejudicando a candidatura de Bolsonaro so os resultados econmicos.
    A vida do Povo est difcil, principalmente de quem vive do salrio mnimo. Quem no tem renda fixa e transita na informalidade, a situao desesperadora.
    A inflao alta corri os salrios, o que impede o povo de comprar itens da mais alta necessidade, de to caros, conforme constatamos nos Supermercados e nas Feiras Livres.
    No adianta escamotear como Guedes faz, os fatos demonstram que mentir no vale a pena, o povo no bobo e sabe aonde o calo aperta.
    Na hora de votar, desemprego, juros do carto de crdito nas alturas, salrio miservel, Desemprego e carestia, a tendncia no votar no governante da vez. Votaro no adversrio, na esperana da vida melhorar. Como dizia Gonzaguinha: no vamos botar o bumbum na janela para baterem nela. Chega de sofrimento.

  5. Fiquei surpreso hoje, com a matria do jornal O Globo, pgina inteira, sobre o aniversrio de 100 anos do maior poltico de todos os tempos, o lder do Trabalhismo Leonel Brizola.
    O legado de Leonel Brizola, o governador que mais construiu Escolas no Brasil merecia uma esttua.
    Poltico destemido, enfrentou os adversrios de peito aberto. Foi caado pela Revoluo de 1964 e teve que se exilar no Uruguai. Se fosse preso, no sairia do crcere vivo.
    Por que tinham tanto dio, pelo governador Brizola?
    O conglomerado Globo no lhe dava trgua. Todas as mazelas do Rio eram imputadas a Brizola. Diziam que ele implantou as favelas, que incentivou o trfico de drogas no morro. Na poca, ningum falava que era fakenews, era mentira mesmo. Hoje, jogam no lixo, o portugus para inserir palavras estrangeiras. Que fazer?
    Voltando aos 100 anos de Brizola, a perseguio da mdia aliada ao regime autoritrio, se deve ao compromisso de Brizola com a Educao do povo. Ao lado de Darcy Ribeiro, montou a estratgia de manter nossas crianas o dia todo nos CIEPS. Na parte da manh : Aulas.
    Intervalo para o Almoo de 12:00 s 13:00h.
    Na parte da tarde: Educao Fsica e Leitura ( tinha uma biblioteca em cada um dos 500 CIEPS).
    Isso se tornou inaceitvel para o Sistema de Poder, que querem manter o povo sem Educao e Cultura de qualidade, para melhor dominar a classe trabalhadora.
    Destruram a carreira de Brizola por causa desse compromisso com a Educao. Brizola no queria, que as crianas pobres passassem pelas dificuldades, que ele enfrentou no Rio Grande do Sul.
    Conseguiram, enfim, barrar a construo de novos CIEPS. Nenhum outro governador construiu um nico sequer Centro Integrado de Escola Pblica, inclusive, Garotinho e Rosinha, do PDT, que s foram eleitos governadores, com o apoio de Brizola, mas, ambos traram os ideais de Leonel Brizola. Olha o castigo da histria: Brizola est sendo lembrado e Garotinho e esposa amargam o ostracismo.
    Me refiro tambm ao ex governador Marcelo Alencar e o ex prefeito Csar Maia, que no seriam nada, sem a mo acolhedora de Leonel Brizola.
    Um conselho para Ciro Gomes, agora candidato pelo PDT: siga o exemplo de Leonel Brizola e se comprometa a construir milhares de CIEPS por todo o Brasil.
    O pas no sair do atraso se no investir pesado em Educao, como fizeram o Japo e a China.
    O que os impedem de mergulhar nesse Salto para o Futuro?

Deixe um comentário para Eliel Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.