Pepe Mujica analisa a Era Digital e diz que os políticos precisam se reinventar

Resultado de imagem para pepe mujica frasesCarlos Newton

Não há dúvida de que o mundo mudou muito depois da internet. Jamais se viu nada igual. Mas os políticos estão tendo uma enorme dificuldade de adaptação. Recentemente, o jornalista Sergio Caldieri nos enviou uma interessante matéria publicada no site Pátria Latina, de Valter Xéu, sobre o pensamento do ex-presidente uruguaio Pepe Mujica acerca do instigante tema.

Famoso no mundo inteiro, Mujica continua a ser um homem muito simples. Tive a oportunidade estar com ele no ano passado, quando visitou o Rio de Janeiro a convite de nosso amigo Darc Costa e fez uma importante palestra na ABI. Em sua simplicidade, Mujica é um ser humano adorável e superior a tudo, deveria servir exemplo a todos os homens públicos. Mas isso seria desejar demais.

###
MUJICA E A ERA DIGITAL
Site Pátria Latina

“Internet, celulares, Whatsapp, Twitter etc… todo esse mundo colossal está presente nas relações humanas e já nada será igual, para o bem e para o mal” – diz o ex-presidente e atual senador do Uruguai, José Pepe Mujica, ao analisar as transformações produzidas pela tecnologia e os desafios impostos à democracia que atingem as novas gerações. Para ele, uma ferramenta como a internet poderia ser “algo maravilhoso”, mas precisaria de um processo de “massificação de uma cultura que infelizmente não temos”.

Mujica vê com bons olhos o uso das redes sociais e da internet, mas lamenta que não tenhamos desenvolvido potencial para grandes transformações através destes mecanismos. Em sua coluna quinzenal no portal alemão “Deutsche Welle” o ex-presidente alertou sobre a necessidade urgente de os partidos políticos e governos se reinventarem: “Os que não o fizerem, vão sucumbir”, garante.

“Estamos entrando em outra era, sobretudo os jovens do mundo. E não necessariamente temos consciência”, afirmou. “Não podemos ver que nossas democracias representativas já não são boas, más ou regulares, como sempre foram. São francamente insuficientes pra poder representar o todo da complexidade das sociedades atuais”, advertiu.

###
BALANÇO DO MÊS DE ABRIL

Como fazemos todos os meses, estamos publicar o balanço das contribuições recebidas pela Tribuna da Internet no mês de abril, que nos possibilitam ir em frente nessa utopia de manter um espaço livre a todas as ideologias e tendências sociológicas e religiosas, na busca permanente da ampliação do conhecimento. como propõe Pepe Mujica.

De início, as contribuições feitas na conta da Caixa Econômica Federal:

DIA     REGISTRO    OPERAÇÃO          VALOR
03        002915              DP DINH AG           100,00
04        201713               CRED TEV               100,00
05        800018              DOC ELET                 31,00
07        071103               DP DINH LOT          20,00
07        071148               DP DINH LOT          50,00
10        002915               DP DINH AG          100,00
10        600026              DOC ELET               100,00
17         002915              DP DINH AG           100,00
24        002915               DP DINH AG           100,00
24        221120               DP DINH LOT           30,00
24        241459               DP DINH LOT           52,00
25        251131               DP DINH LOT         230,00

Na conta do Banco Itaú, houve as seguintes contribuições:

04        TED 001.5977 JOSE ANTONIO      100,00
05        CXE TEF 3836.19813-9                       50,00
05        TBI 2958.07601-6 TRIBUNA            40,00
07        CXE TEF 0713.93361-2                       30,00
24        TEC DINH PONTA GROSSA            125,00
26        TBI 0406.49194-4 C/C                      100,00
27        TED 033.3591 ROBER.S.NAS           200,00

Agradecemos muitíssimo as contribuições e vamos em frente, sempre juntos.

6 thoughts on “Pepe Mujica analisa a Era Digital e diz que os políticos precisam se reinventar

    • F. dos Santos
      O país já não tem problemas suficientes para nos preocuparmos com uma mulher de um político, em assentos pessoais e familiares? Em outros tempos, estes assuntos eram particulares e comentários “eram invasões de privacidade”. Hoje, com as “redes sociais”, as pessoas estão se expondo para receber apoio/compaixão. No entanto, ficam felizes com a exposição, em outros sentidos. Quantas mulheres estão sendo submetidas, usadas e abusadas cada dia? E homens também.
      Se ele não tivesse sido candidato, mereceria a mesma atenção?
      Ela tem formação, escolheu com quem iria viver e agora não sabe o que fazer?
      As feministas, certamente, devem se manifestar. Permita-me a observação.
      Abraço.
      Fallavena

      • Eu sei, Fallavena. Tô pouco me lixando para o Freixo e para a sua ex-mulher! O engraçado é que se fosse o Bolsonaro, a Globo, por exemplo, iria fazer uma reportagem do Jornal Nacional em caráter especial!! PS. Duvido que as feministas levantem a bunda da cadeira!! Abraços!

        • F. da Silva Santos
          Vamos torcer para a Globo cair na malha fina. Vai chegar a hora de pagar as contas.
          Se dependesse de mim, já teriam virado ex-empresa.
          Enquanto existe, serve para mostrar o nível da sociedade, principalmente da parcela que a segue.
          Abraço
          Fallavena

  1. ““Não podemos ver que nossas democracias representativas já não são boas, más ou regulares, como sempre foram. São francamente insuficientes pra poder representar o todo da complexidade das sociedades atuais”, advertiu.”
    Imagem é somente uma parte da história.

    O que é e como a democracia de Mujica?
    Quando o Uruguai experimentou a democracia?

    Frases soltas, experiências pífias, basofias. Disto conhecemos muito!

    As dúvidas e as manifestações são contraditórias.
    http://g1.globo.com/mundo/noticia/legalizacao-da-maconha-nao-diminuiu-trafico-no-uruguai.ghtml

    O que deixou Mujica para as próximas gerações e para seu país? Exemplo? Do que?

    Fallavena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *