Pesquisa eleitoral confunde mais do que informa

Roberto Nascimento

Em primeiro lugar, pouco devemos confiar nos institutos de pesquisa, pelo histrico de erros na anlise , que ocorrem em todas as eleies. Confundem muito mais do que informam aos eleitores e s vezes influem na tomada de deciso do cidado na boca da urna.

No entanto, tomando como base, at por hiptese, que o governador Geraldo Alckmin seria reeleito no primeiro turno se as eleies fossem hoje e tambm que no estaria transferindo votos para o candidato presidencial de seu partido o PSDB, um fato que os analistas polticos no conseguem entender o motivo, contudo, salta aos olhos a razo:

O governador trouxe para o arco de alianas no Estado, o PSB de Eduardo Campos, o qual indicou o candidato a vice-governador;

O atual vice-governador, Afif Domingues, licenciado do cargo para assumir um Ministrio da presidenta um quadro do PSD de Kassab, antigo prefeito e aliado do governo federal, agravado pelo fato de ser candidato ao Senado, logo, adversrio de Jos Serra do PSDB;

E, por ltimo, porm no menos importante, a cristianizao do candidato do PSDB ao cargo de presidente, que nas duas ltimas eleies presidenciais fez corpo mole em relao aos candidatos Jos Serra e depois Geraldo Alckimin, agora, finalmente est recebendo o derradeiro troco;

Por essas singelas razes, creio, o candidato de Minas ao Planalto no consegue avanar nas pesquisas no maior colgio eleitoral do pas e palco fundamental na definio do eleito em outubro no primeiro turno.

E PAULO SKAF?

Nem mesmo o fraco desempenho do candidato a governador do PT nas pesquisas consegue abalar o prestgio da presidente entre os eleitores da Paulicia. Tambm, o fato do candidato a governador do PMDB, Paulo Skaf da FIESP, ignorar o apoio da presidente em seu palanque com receio da rejeio da candidata contaminar sua candidatura, em nada retira votos de Dilma ou acrescenta aos ndices de Skaf.

Trata-se de uma geleia geral, poltica e eleitoral de difcil definio na hora que realmente interessa, a hora H, quando as urnas comearem a abrir e a contagem de votos clarear a mente de todos ns.

Os institutos de pesquisa no conseguiro acertar seus prognsticos, diante de tantas variveis existentes em So Paulo. Entretanto, vamos ver para crer.

7 thoughts on “Pesquisa eleitoral confunde mais do que informa

    • Bem lembrado, desde o comeo das pesquisas, Celso Russomano estava sempre em primeiro lugar, em “todos “os DOIS institutozinhos de pesquisas ligados aos Bares da Mdia.
      No ltimo dia antes da votao todos os DOIS intitutozinhos de merida davam COMO EMPATE TCNICO entre os trs candidatos…..
      Concluindo, ser mesmo que ele estava em PRIMEIRO LUGAR.????
      S no Brasil se acredita em pesquisas……eh!eh!eh!eh

  1. Pingback: Pesquisa eleitoral confunde mais do que informa | Debates Culturais – Liberdade de Idias e Opinies

  2. Esse suposto corpo mole do Alckmin em relao ao Acio s faz sentido se o governador achar que a Dilma ganhe no 1 turno assim como ele prprio.

    Se o Skaf rejeita sua ligao com a Dilma porque est sentindo nas ruas a enorme rejeio que ela tem entre os paulistas, ao passo, que o Temer que exige que ele mostre fidelidade coligao mal sai dos gabinetes refrigerados de Braslia.

    Nunca antes na histria desse pas assistimos um candidato com tanta rejeio como a Dilma e o prprio PT vencerem as eleies, ainda mais em 2 turno.

    As pesquisas podem at ser manipuladas, mas todas elas mostram a tendencia principal, qual seja o continuo enfraquecimento da candidata oficial e uma ainda “no subida” equivalente dos candidatos de oposio, mas ainda assim j mostram a realidade do 2 turno, que uma eleio totalmente diferente, um verdadeiro plebiscito.

    Para os destinos do pas de fundamental importancia e necessidade uma nova alternancia de poder.

  3. Sei no…
    para mim, o objetivo das ditas pesquisas de inteno de voto, at pelas altas granas que rola, guisa de informar em um determinado momento, qual o humor do eleitor em relao a nomes de candidatos eleio, s foram feitas para induzir… criar clima de jogo…

    Mas, s para conferir, querido leitor: vc alguma vez na vida foi objeto de pesquisa de inteno de voto?.. na sua famlia, algum foi?.. por um acaso algum amigo… um conhecido ?… isso a…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.