Pesquisa mostra que jovens católicos apoiam mudanças nas normas da Igreja (e até o casamento gay)

De O Globo

Pesquisa Ibope divulgada nesta segunda-feira revela o interesse dos jovens brasileiros em apoiar a Igreja Católica caso decidisse promover mudanças nos rumos da moral sexual que defende. Encomendada pelo grupo Católicas pelo Direito de Decidir, uma organização não-governamental de caráter feminista e ecumênico, a pesquisa revela que 82% dos católicos jovens (entre 16 e 30 anos de idade) apoiariam uma eventual decisão da Igreja em permitir o uso da pílula do dia seguinte. Entre os jovens com mais de 30 anos, universo é de 75%.

Se decidisse aceitar a união entre pessoas do mesmo sexo, a Igreja receberia o apoio de 56% dos jovens católicos até 30 anos. Já entre os jovens com mais de 30 anos, em relação ao mesmo assunto, 43% estaria de acordo com a decisão.

Os jovens católicos também revelaram apoio – total ou parcial – a mudanças na política interna da Igreja: 90% apoiam a punição a religiosos envolvidos em crimes de pedofilia e corrupção, enquanto 72% aprovam o fim do celibato e 62% a ordenação de mulheres.

Percebe-se que os resultados desssa pesquisa confirmam, uma vez mais, a sintonia do ideário de Católicas pelo Direito de Decidir com a opinião dos brasileiros, jovens ou não, católicos ou não — disse a coordenadora da OPNG, Maria José Rosado.

Entre maio e junho deste ano, o Ibope ouviu 4.004 brasileiros, dentre os quais 62% se declararam católicos, 23% evangélicos e 15% adeptos de outras religiões, agnósticos ou ateus. Cerca de 31% tem entre 16 e 30 anos; os demais com mais de 31 anos.

 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

4 thoughts on “Pesquisa mostra que jovens católicos apoiam mudanças nas normas da Igreja (e até o casamento gay)

  1. Esse grupelho de mau-amadas, que de contrabando se dizem “católicas” pelo direito de decidir…, de quando em quando são “ressuscitadas” pela “grande mídia” com o propósito de “afrontar” o Catolicismo. Não se trata de um “movimento”… Aliás o Millôr Fernandes dizia que o movimento das mulheres mais atraentes é o movimento dos quadris…Não passam de meia duzia de insanas propagandistas, financiadas pela indústria do aborto. Ninguém à levam a sério dentro Catolicismo, nem tem a mínima “audiência” na Igreja.

  2. A verdade é uma só: Buda ou Cristo nunca fundaram religião . Como tinham um pouco de conhecimento da condição humana, teceram filosofias alternativas para se viver melhor cultivando-se o espírito desapegado da matéria.
    Mas nós humanos , depois do advento da mente, adquirimos a doença do ideal que em pouco tempo se transforma nas religiões ou ideologias. Algumas delas como o islamismo e o marxismo-leninismo querem o poder total sobre a humanidade. O

  3. As igrejas tem suas regras e, se se quer entrar para alguma, deve seguir o estabelecido. Senão vira um Boff da vida. Ele, que achando-se na condição de superior a todos e tudo, quis fazer da igreja católica à sua imagem e semelhança, depois de se deixar envolver emocionalmente com o marxismo. Aí, com razão, foi expulso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *