PF prende operador do Pastor Everaldo, que usava carros-forte no Uruguai para lavar dinheiro

oliciais conduzem Pastor Everaldo, presidente nacional do PSC, na chegada à sede da Polícia Federal (PF), no Centro do Rio de Janeiro — Foto: Alexandre Brum/Enquadrar/Estadão Conteúdo

O Pastor Everaldo era um dos líderes da quadrilha no Rio

Deu no Estadão

Victor Hugo Amaral Cavalcante Barroso se apresentou no aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre, neste domingo, dia 30. Segundo o Ministério Público Federal, ele recebia 15% de ‘caixinha de propinas’ em troca da cooptação de agentes públicos e privados e da administração da contabilidade paralela do suposto esquema de loteamento de contratos e cargos no governo do Rio

O nome Victor Hugo Amaral Cavalcante Barroso é citado 60 vezes na representação do Ministério Público Federal (MPF) que detalhou o suposto esquema de loteamento de contratos e cargos na gestão do governador do Rio, Wilson Witzel (PSC).

A INVESTIGAÇÃO – No documento de 403 páginas, tornado público na sexta-feira, dia 29, quando foi deflagrada a Operação Tris in Idem para afastar o chefe do Executivo fluminense e prender 17 pessoas, os investigadores detalham as suspeitas que recaem sobre Barroso.

Ele é apontado como operador financeiro do presidente nacional do PSC, pastor Everaldo Pereira, que por sua vez é acusado de chefiar um dos três grupos ocultos instalados na máquina pública para desviar recursos e se beneficiar sistematicamente de contratações irregulares do governo. O líder religioso e político foi um dos presos na operação.

De acordo com a investigação, o grupo gerenciava o orçamento estadual reservado à Saúde e indicou o ex-secretário da pasta e hoje delator, Edmar Santos, e o antigo ‘número dois’ da secretaria, Gabriell Neves, para garantir o controle de pagamentos e contratações.

SISTEMA PARALELO – Segundo suspeitam os procuradores, caberia a Barroso cooptar agentes públicos e privados, indicar as organizações sociais que deveriam ser contratadas pelo governo e cuidar da contabilidade dos desvios. Para isso, teria sido montado um ‘sistema financeiro paralelo’.

“Victor Hugo Barroso criou uma complexa organização de pessoas jurídicas, que indicam a estruturação de “camadas” de ocultação de valores, também típica de lavagem de dinheiro, onde as transações financeiras se misturam, dificultando a rastreabilidade”, diz o Ministério Público Federal na representação.

Nesta etapa de lavagem de dinheiro, o grupo usaria a transportadora de valores Fênixx, constituída por Barroso em sociedade com o secretário de Cidades, Juarez Fialho, para guardar os valores desviados em carros-forte, repetindo o sistema usado pelo ex-governador Sérgio Cabral.

EMPRESAS OFFSHORE – Além disso, as offshores Tremezzo S/A, Firbank Croporation e South America Properties LLC, registradas em nome do operador, de sua mãe e irmã no Uruguai, serviriam para remessas de dinheiro ao exterior.

Em delação premiada, Edmar Santos contou ainda que Barroso fornecia cartões de crédito em nome de terceiros para que os integrantes da organização criminosa pudessem saldar despesas pessoais e vetava celulares em reuniões para tratar do esquema.

Em troca dos serviços, o suposto operador receberia 15% da ‘caixinha’ abastecida pelos lucros obtidos com as fraudes nas contratações.

5 thoughts on “PF prende operador do Pastor Everaldo, que usava carros-forte no Uruguai para lavar dinheiro

  1. WOOOOOOOOOOOOOOOOW !!!

    “O $angue de Jesus tem poder” !!!!

    O Rio de Janeiro definitivamente virou a terra doa malandros agulha, hein?…kkkkkkkkkkkkkkk xD

    Ô povinho com dedinho podre (ou pouco cérebro) pra escolher vagabundo, hein, rapaziada?

    Se Wilson “Mira na Cabecinha” Witzel for impichado (e tudo indica que será), dificilmente deixará de ser preso, e o estado será, à sua maneira, Hexacampeão antes da seleção brasileira….kkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

    E a moçada que vive pronunciando as maravilhosas palavras “Deus”, “Nosso Senhor”, “Jesus Cristo” pra arrancar dinheiro dos otários também tá fazendo bonito, hein? Everaldo e Flor de Lis (aquela cuja história de assassinato do maridão tem até envenenamento por arsênico, casa de swing e oferecimento de filha pra favores sexuais, segundo uma testemunha…..) que o digam….

    Fazer o que, né? É como diz o ditado: “No Brasil nasce um otário a cada minuto”….

    Vagabundos picaretas só se criam por que existem milhões de trouxas que lhes caem na lábia.

    Brasil, um país de otários…..

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

      • EM TEMPO:

        A Tchurminha “Pró-Vida”, que demonizou a menina vítima de estupro que abortou, já disse alguma coisa sobre a pastora assassina?

        kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

        • EM TEMPO 2:

          Viram a história dos “Guardiões do Crivella”?

          Estado policial pouco é bobagem, sô!

          Intimidação à imprensa às custas do dinheiro público!..kkkkkkkkkkkkkk xD

          Alô, malandros agulhas do RJ!

          Vamos calibrar esse dedinho podre aê, hein? Vocês estão pagando os Guardiões do Crivella!

          kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk xD

  2. Perguntar não ofende. Já que aparentemente está caindo a máscara dos vendilhões do templo, Everaldo, Crivella, Flor de Lis, Padre Robson…não teria alguma missa encomendada para o Edir, ou isso não pode?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *