Piada do Ano! Bolsonaro é o primeiro presidente que não consegue mandar na Petrobras

Bolsonaro diz que não deve ir a próximo debate, da Jovem Pan | Poder360

Bolsonaro mostra ser ignorante em matéria de Petrobras

Deu em O Tempo

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disparou duras críticas contra a política de preços da Petrobras, afirmou que ela hoje trabalha apenas para acionistas e que é uma estatal que só dá dor de cabeça. No entanto, afirmou que, por razões legais, não pode interferir nos valores dos combustíveis, como gasolina e diesel.

Em entrevista à “Jovem Pan News”, o presidente afirmou também que é necessário quebrar o monopólio da companhia e ‘colocar no radar’ a privatização.

RADAR DA PRIVATIZAÇÃO – “Alguns acham que a culpa é minha. Eu posso interferir na Petrobras? Eu vou responder processo. O presidente da Petrobras vai acabar sendo preso. É uma estatal que, com todo respeito, só me dá dor de cabeça. Nós vamos partir para uma maneira de nós quebrarmos mais monopólios. Quem sabe até botar no radar da privatização. É isso que nós queremos”, disse Bolsonaro.

O presidente afirmou que, hoje em dia, a Petrobras é um ótimo negócio apenas para quem tem ações, o que inclui o próprio governo federal.

BATEU RECORDE – “Outro dia chegou um assessor pra mim e falou: ‘Olha, a Petrobras acabou de bater recorde na produção de barris por dia. Três milhões e pouco de barris por dia’. Daí eu falei: e qual a consequência disso? Não somos autossuficientes? Somos. Mas dado a leis do passado, a vinculação do preço do combustível, levando-se em conta o barril brent lá fora e o dólar aqui dentro, o reajuste é automático. É uma empresa que hoje em dia está prestando serviço para acionistas, mais ninguém. A chance de você perder algo na Petrobras é zero. Só o governo federal pegou 11 bilhões. Uma quantia equivalente a essa vai pra acionista. Vc compra ações de qualquer empresa você pode perder. A Petrobras você não perde nunca. Ou seja: essa empresa é nossa ou é de alguns privilegiados?”, questionou.

VALOR DO ICMS – Na entrevista, ao tratar da questão dos combustíveis, ele defendeu que o valor do ICMS dos combustíveis deve ser nominal e não calculado por meio de percentuais, o que aumenta a arrecadação dos Estados toda vez que o preço sobe. Ele, inclusive, chegou a elogiar uma publicação do governador de Minas, Romeu Zema (Novo), que anunciou o congelamento do ICMS no Estado.

Apesar da mensagem de Zema nas redes sociais, porém, o que o Estado fez não foi um congelamento do ICMS, mas a redução da alíquota de 15% para 14%. Contudo, com o novo aumento dos combustíveis anunciado pela Petrobras, a mudança foi praticamente anulada.

Na segunda-feira (25), Bolsonaro já havia criticado a Petrobras, destacou a falta de refinaria no país e afirmado que “a paciência do povo se esgotou”. Também na segunda-feira, o ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que é preciso discutir a venda da Petrobras antes que ela não valha nada.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
É difícil encontrar um presidente mais ignorante do que Bolsonaro. Ele não sabe que o Brasil é superavitário em refinarias, uma delas produz o melhor óleo combustível do mundo, usado pela Marinha dos Estados Unidos e pelos transatlânticos de cruzeiros. Também não sabe que não existe nenhuma lei que torne automático o aumento dos preços, que isso é uma política interna, introduzida no governo Temer pelo tucano Pedro Parente, uma americanófilo infiltrado entre os brasileiros. É essa política que deixa ociosas as refinarias. Em tradução simultânea, o presidente é uma anta. (C.N.)

10 thoughts on “Piada do Ano! Bolsonaro é o primeiro presidente que não consegue mandar na Petrobras

  1. Como o próprio nome dele diz, ele é um Boçal Nato !!! O que esperar de um sujeito assim? Nada ! O que ainda não consegui entender foi como é que ele foi eleito. O povo parece ter tido um ataque de burrice !!! Esperemos que, nas próximas eleições, tenhamos um resultado melhor.

  2. Prezado CN,

    Eu diria: bons tempos aqueles com a Presidenta Dilma, em que o governo tinha um buffer, e nao permitia este crime.

    O que vai acontecer, se permanecer estes reajustes, e’ que o Brasil vai se inviabilizar, a inflac,ao vai estourar com o preço estratosférico que a gasolina vai atingir.

    E a historia de icms, iniciada pelo troglodita, e’ lorota, que fico admirado como ninguem raciocina um mi’inimo para entender de aritme’tica.

    Vamos ver se votamos direito na pro’xima eleic,ao.

    Lula La’.

    Cleber

  3. Infelizmente temos que aturar este imbecil ainda amis 14 meses à frente da presidência da república, mas o tempo passa, o tempo voa. E como bem diz aquele ditado popular, não há mal que sempre dure. Pelos menos o mito vai ter uma vitória, conseguirá tirar da Dilmanta o título de pior presidente da república da nossa história.

  4. Diante da alta dos preços … que tal ressuscitarmos o plano Sarney? de lambuja, a legião de jornalistas desmamados podem reivindicar uma boquinha como Fiscal do Bolsonaro.

  5. Se não acabar o monopólio da Petrobras vai ficar no que está aí.
    Nos governos Lula & Dilma era a ratatulha que ordenhava a vaca distraída, era uma comilança de fazer inveja ao filme italiano. Todos saiam com o bucho estufado e a mídia subvencionada fazia cara de paisagem, diferente de hoje que berram mais que cabrito embarcado, com o desmame compulsório.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *