Piada do Ano ! Bolsonaro nega crise diplomática e diz que ‘política externa está excepcional’

Charge do Bira (Arquivo do Google)

Ingrid Soares
Correio Braziliense

O presidente Jair Bolsonaro negou, em live nesta quinta-feira, dia 21, que o Brasil esteja em crise diplomática com a China e a Índia. O chefe do Executivo apontou ainda que a política externa está “excepcional”. “O governo vai muito bem. Nossa política externa está excepcional. Nunca fui tão bem recebido tão bem ao longo dos últimos dois anos em todas as viagens que fiz ao exterior”, disse o presidente.

Bolsonaro ainda teceu reclamações sobre o jornalista William Bonner e disse que mantém “excelente relacionamento” com os países e que “nada mudou”. Alterado, o presidente chamou o profissional de “cara de pastel”.

“NADA MUDOU” – “William Bonner dizendo no Jornal Nacional que eu e o Ernesto minamos o nosso relacionamento com Índia e China. Primeira coisa, agora, no fim de janeiro, é o Dia da República da Índia. E eles convidam todo ano apenas uma autoridade mundial para participar deste evento. Quem foi o convidado ano passado? Quem? Quem? Quem? Presidente Jair Bolsonaro. Eu fui convidado. Foi uma honraria sem precedentes. O interesse que o (Narendra) Modi tem no Brasil, nós também temos na Índia. Um excelente relacionamento. E nada mudou. Nada mudou. O Bonner vem mentir no Jornal Nacional com aquela cara de pastel dele, aquela cara de último a saber das coisas, dizendo que eu minei esse relacionamento”, criticou.

Bolsonaro alegou que o comércio de agronegócio com a China vai de vento em polpa. “A questão da China é a mesma coisa. Vamos pegar em números? Os números não mentem. Os números da nossa balança comercial com a China, o que nós vendemos, em especial o agronegócio, de 2019 foram maior que os de 2018. 2020 foi maior que 2019. Não tem nenhum estremecimento com a Índia”, completou.

DISCRETO – O presidente disse ainda ‘não ser o cara que corre para a imprensa e conta suas conversas diplomáticas’. Ele contou que se encontrou nesta semana com o embaixador da índia, mas não entrou em detalhes.

“No ano passado, não sei que mês foi, eu conversei com XiJinping um outro assunto. Alguns querem que eu fale ‘conversei com Xi Jiping’. Eu não sou este cara de falar e correr para a imprensa. Não vou. Muita coisa é reservada. Muita coisa, durante a semana, foi tratada de forma reservada, como recebemos o embaixador da Índia. Depois, foi falar comigo rapidamente, tirei a foto, divulguei. Alguns queriam que eu falasse do que tratei. Não vou falar, é reservado. Quando puder falar, eu falo. Talvez, semana que vem eu possa falar o que eu tratei com ele. Até lá, não vai vazar nada porque foi eu, Ernesto, ele e mais ninguém. E resolvemos muita coisa.Com a China, a mesma coisa. Não tem problema nenhum”, garantiu.

Por fim, Bolsonaro disse que a dificuldade em conseguir insumos da Índia e da China para vacinas contra a covid-19 é um problema “burocrático” e não político. “O problema, como o próprio embaixador disse, é burocrático. Não é nada de político, como alguns falaram, como Bonner falou que nós minamos o relacionamento. Parem de mentir, pessoal. Tomem vergonha na cara. Vocês atrapalham o Brasil com este tipo de notícia. Atrapalham o Brasil. Eu tenho vergonha de vocês, fazer um jornalismo desta maneira”, concluiu.

9 thoughts on “Piada do Ano ! Bolsonaro nega crise diplomática e diz que ‘política externa está excepcional’

  1. Já disse para internarem o Coiso, com uma camisa de força e mordaça bem apertadas …
    O sacripanta está completamente pirado!
    Louco furioso e perigoso!
    Tem parte com o Tinhoso !
    Credo !

  2. Era só a mentira absurda que faltava : “Bolsonaro nega crise diplomática e diz que ‘política externa está excepcional’”. Isso é para rir, mas também para chorar de tristeza. Rir porque é uma piada, embora de mau gosto. Chorar de tristeza porque temos este psicopata mentiroso que vive vomitando merda todos os dias !

    Quo usque tandem abutere, Bolsonaro, patientia nostra?
    Quam diu etiam furor iste tuus eludet?
    Quem ad finem sese effrenata iactabit audacia?
    Nihilne te nocturnum praesidium Palatii,
    nihil urbis vigiliae,
    nihil timor populi,
    nihil concursus bonorum omnium,
    nihil hic munitissimus habendi senatus locus,
    nihil horum ora vultusque moverunt?

    Patere tua consilia non sentis?
    Constrictam omnium horum scientia teneri coniurationem tuam non vides?
    Quid proxima, quid superiore nocte egeris, ubi fueris, quos convocaveris, quid consilii ceperis, quem nostrum ignorare arbitraris?
    O tempora, o mores! [5]

    Tradução: Até quando, Bolsonaro, abusarás da nossa paciência?
    Por quanto tempo a tua loucura há de zombar de nós?
    A que extremos se há de precipitar a tua desenfreada audácia?
    Nem a guarda do Palatino,
    nem a ronda noturna da cidade,
    nem o temor do povo,
    nem a afluência de todos os homens de bem,
    nem este local tão bem protegido para a reunião do Senado,
    nem a expressão do voto dessas pessoas, nada disto conseguiu perturbar-te?
    Não te dás conta que os teus planos foram descobertos?
    Não vês que a tua conspiração a têm já dominada todos estes que a conhecem?
    Quem, dentre nós, pensas tu que ignora o que fizeste na noite passada e na precedente, onde estiveste, com quem te encontraste, que decisão tomaste?
    Oh tempos, oh costumes!

    — Marcus Tullius Cicero

  3. O único problema do Pinóquio é que ele inventa estórias e acaba acreditando nelas. O cara é um perigo para si mesmo, como dizia o meu pai, o cara é louco manso. Pelo menso isto.

  4. Sensacional !!!
    Parabéns Dr. Ednei !
    É de arrepiar a semelhança e a aplicabilidade da realidade de uma obra tão impressionantemente antiga, com os nossos tempos ditos modernos, especialmente quando comprovamos as inaceitáveis condutas de governantes tão desprezíveis, despreparados e loucos, como temos presenciado, há muito, aqui neste País do faz de conta…
    Abraço.
    R.Lemos.

  5. Prezado conterrâneo Ricardo Lemos – Belo Horizonte

    Para agradecer suas parabenizações, cotejando a aplicabilidade da realidade de uma obra tão antiga com nossos tempos modernos, ofereço-lhe mais esta matéria de O GLOBO, de hoje, 22/01/2021

    O GLOBO 

    PARA A CHINA, BOLSONARO É UM ACIDENTE DE PERCURSO
    Por Marcelo Ninio

    22/01/2021 • 16:30

    Parece muito mais importante para Pequim valorizar a CoronaVac como a vacina que salvou o Brasil e reforçar sua “diplomacia da vacina” do que arriscá-la para punir Bolsonaro. De quebra, a vacina fortalece um rival de Bolsonaro sem que a China possa ser acusada de interferência nos assuntos internos do Brasil. Esta semana o tablóide “Global Times”, o mais aguerrido da mídia estatal, destacou uma foto de João Dória no alto de sua primeira página para noticiar o início da vacinação com a CoronaVac em São Paulo.

    Entre intelectuais chineses que estudam o Brasil, a opinião é de que a paciência demonstrada até agora pelo regime chinês diante dos ataques de Bolsonaro e seu clã se devem à convicção de que ele é apenas um acidente de percurso, e de que não importa quem o suceda na Presidência a diplomacia brasileira voltará aos trilhos do pragmatismo após sua saída do Palácio do Planalto. Os interesses mútuos falam mais alto. Essa visão foi reforçada com a mobilização política deflagrada em Brasília pela crise dos insumos, incluindo a pressão de governadores para que Bolsonaro mude a relação com a China e os apelos de ministros ao embaixador chinês, Yang Wanming, o mesmo que não faz muito tempo foi declarado persona non grata no governo pelo presidente.

    Ainda que não tenha resultado em retaliações abertas contra o Brasil, a atitude inconsequente de Bolsonaro em relação à China tem um custo para o país, ao bloquear canais de comunicação com seu maior parceiro comercial que poderiam ser decisivos num momento de necessidade como agora. Pressionado a interceder na liberação dos insumos para a CoronaVac, Bolsonaro tentou na quarta-feira um contato direto com o presidente chinês, Xi Jinping. Dois dias se passaram e a ligação ainda não havia completado. Eu perguntei á porta-voz do Ministério do Exterior chinês, porque Xi Jinping sequer deixou completar desde quarta-feira a tentativa de contato de Bolsonaro, e a porta-voz me disse:  “Sobre a situação específica que você mencionou, eu não tenho informação a oferecer”, me respondeu nesta sexta a porta-voz do Ministério do Exterior chinês, Hua Chunying quando a perguntei sobre o pedido de Bolsonaro.

    Saudações mineiras,

    Ednei José Dutra de Freitas

    • Grato pela matéria ilustre Dr. Ednei. Achei-a muito bem adaptada à preocupante situação atual.O problema é que o coiso e sua trupe não conhecem a linda e honrosa história da China e do impressionante povo chinês…Tivesse esta corja lido e , principalmente, entendido sobre tão fascinante história, não teriam este comportamento mal educado e vergonhoso diante de um País tão importante na história mundial! Acontece, resumindo, que estes idiotas não devem ler nem Paulo Coelho… Uma pena não? Abraço das Gerais, nobre amigo!

  6. O MALUCO É LOUCO DE VERDADE!!

    É bom SAIR se acostumando!

    Com pandemia ou sem pandemia vamos enxotar o demônio!

    Nunca imaginei que a alma deste sujeito fosse tão perturbada!
    O cara é um tarja preta, um desequilibrado completo. E por isso mesmo, é perigosíssimo!

    JL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *