Piada do Ano: Renan diz, “com humildade”, que a decisão do STF foi “patriótica”

Resultado de imagem para ministros do supremo charges

Charge do Aroeira, reprodução da Charge Online

Débora Álvares e Marina Dias
Folha

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), comemorou a decisão do Supremo Tribunal Federal de mantê-lo no cargo, chamando-a de “patriótica”. Os ministros rejeitaram, por 6 votos a 3, liminar do colega Marco Aurélio Mello de segunda (5), que tirava Renan da Presidência do Senado sob a justificativa de que ele, na condição de réu, não está apto a ocupar a linha sucessória.

O senador acompanhou o julgamento, que teve início pouco depois das 14h, no gabinete da Presidência do Senado acompanhado de senadores de diversas legendas. Uma hora e vinte após a decisão, deixou a Casa acompanhado apenas por policiais legislativos e seguiu para a residência oficial.

Antes, porém, divulgou por meio da sua assessoria de imprensa uma nota oficial elaborada com a ajuda dos mesmos aliados que estiveram ao seu lado nos últimos dias e com quem assistiu à sessão do Supremo. “É com humildade que o Senado Federal recebe e aplaude a patriótica decisão do Supremo Tribunal Federal”, afirmou o senador.

PELA TELEVISÃO – No gabinete, assistindo à sessão do Supremo pela TV Justiça, estiveram com ele, entre outros, o governador de Alagoas, seu filho, Renan Filho (PMDB), e os senadores peemedebista Romero Jucá (RR), Eunício Oliveira (CE), Rose de Freitas (ES), além do primeiro-vice-presidente da Casa, Jorge Viana (PT-AC), que assumiria o cargo caso Renan tivesse sido afastado em definitivo pelo STF.

Os ministros do Supremo decidiram nesta quarta-feira que ele se mantém no comando do Senado até fevereiro de 2017, quando outro senador será eleito, mas não poderá ocupar a presidência da República. De acordo com a Constituição, o presidente do Senado é o segundo na linha sucessória.

NOTA OFICIAL – Vejam a nota oficial distribuída pela presidência do Senado após a decisão do STF:

“É com humildade que o Senado Federal recebe e aplaude a patriótica decisão do Supremo Tribunal Federal. A confiança na Justiça Brasileira e na separação dos poderes continua inabalada.

O que passou não volta mais. Ultrapassamos, todos nós, Legislativo, Executivo e Judiciário, outra etapa da democracia com equilíbrio, responsabilidade e determinação para conquista de melhores dias para sociedade brasileira.”

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGA declaração oficial de Renan é uma aula de desfaçatez. Alegando “humildade”, ele se arvora no direito de falar em nome do Senado para aplaudir um decisão que nada tem de patriótica, muito pelo contrário. Aliás, patriotismo é um dos componentes que mais tem faltado na política brasileira, nesta fase de capitalismo sem risco em que mergulhamos por obra e graça de FHC, que agora sonha em voltar ao poder, para acabar de destruir o que ainda resta deste país. (C.N.)

34 thoughts on “Piada do Ano: Renan diz, “com humildade”, que a decisão do STF foi “patriótica”

  1. O Renan a tempos anda confundindo a sua posição pessoal com a do senado.
    Agora que ganhou a queda de braços com o supremo, vejam a petulância, declara que a “aliviada de barra” do STF, foi um ato patriótico.
    Agora passou a confundir também as suas agruras com os desejos da pátria? É muita arrogância.

  2. O assunto não é esse mas…….

    Hoje tanto se fala sobre “rombo” nas contas da previdência social, mas a transparência
    nas informações são deturpadas para impor à sociedade mudanças que trarão o caos na
    época em que mais o trabalhador precisa, no fim da vida.

    Quando escrevi previdência entenda-se INSS.
    Com a CF de 1988 os trabalhadores rurais que ganhavam menos de 1 salário mínimo e os que
    nunca contribuiram conseguiram o benefício no valor do mínimo.
    Este benefício é mais do que justo, mas traz problemas para previdência.
    Portanto os patrões que se fizeram de “poste” não formalizando seus empregados rurais aumentaram sua riqueza e a conta está sendo
    paga por nós trabalhadores urbanos.
    Então nada mais justo que esses benefícios dos rurais saiam dos impostos para toda a sociedade arcar com o merecido benefício.

    Por outro lado, olhando nossa pirâmide populacional tem um formato de triângulo equilátero, diferente de países da Europa
    e até mesmo os EUA onde esta pirâmide tem forma de barril.

    Por que essa pressa injustificada em querer colocar todos brasileiros próximos do salário
    mínimo?
    Que seja mostrada a verdadeira situação da seguridade social, sem essa transparência não
    dá para acreditar na necessidade dessa reforma.

    Principais pontos da reforma da previdência exaustivamente mostrada na mídia.

    1- idade mínima 65 anos

    2- tempo de contribuição para benefício integral 49 anos, aumentaram a idade e o fator previdenciário continua? Continua e de uma
    forma mais perversa.

    3- pensão por morte 50% mais 10% por dependente até a dependência terminar e a viúva ou viúvo continua só com 50%.

    4- Só aposentadoria ou só pensão. Os impostos não diminuem, o condomínio, a luz, a comida, iptu, ipva e tudo o mais.

    Tem de haver uma regra. Por exemplo um casal que cada um ganhe 10.000,00 e outro que cada um ganhe 3.000,00.

    A diferença é imensa. Esse casal dos 10.000,00 o viúvo ou viúva pode viver com 10.000,00 já o que ganha 3.000,00 cada um, não pode a viúva
    ou viúvo viver só com 3.000,00, considerando também que a pensão cairá à metade.

    Uma boa solução seria a soma de aposentadoria e pensão não poder ultrapassar a um determinado valor.

    É o mais justo. Imagina então se cada um ganha salário mínimo. Isso é uma aberração.

    Com relação a idade (65 anos) faltou combinar com os empregadores que pessoas com 55 anos se ficarem desempregadas precisam
    retornar ao mercado de trabalho.

    Faltou também combinar com a natureza humana, ou seja, a saúde da pessoa. Na maioria dos casos é uma via crucis ir trabalhar
    e voltar para casa.
    Pensão por morte 50% é um absurdo.
    Pensão de deficiente pode até ser abaixo do salário mínimo, isso é decretar o fim da vida para essas pessoas.

    A reforma do jeito que está é uma TRAGÉDIA anunciada.
    Com inadimplência em condomínios, impostos, fome, miséria, doenças etc…..

    Ps. Quando se aposenta o valor já é reduzido, para que mais redução?

    • Caro observando, o STF, ontem, firmou que é stf, com sinistros e suas ladainhas, continuam a estuprar e vilipendiar a Srª Justiça. Renan, Presidente da fato dos 3 podres poderes.
      Que Deus nos ajude, o nosso horizonte, está para tempestade.
      Pergunta: Os sindicatos e Centrais, vão engolir essa safadeza, de reforma da previdência???? se aprovada, a aposentadoria, será no além túmulo.

    • Uma pessoa que começar trabalhar com 20 anos , nunca ficar desempregada, aos 69 poderá receber o seu auxílio funeral.
      Terá ainda direito de aguardar uns 3 anos na fila do SUS , pois a perspectiva media de vida é de 71 anos.
      Tudo pelos sonegadores que já devem mais de 370 bilhões a previdência.

  3. Entendo, que o maior erro foi do ministro Marcos Aurélio de Mello, ao aceitar prontamente a liminar da REDE, e com urgência deu andamento ao processo para tirar o Renan da presidência do Senado e da linha sucessória da Presidência da República, sabendo-se, que Renan aliado do executivo ficaria na presidência do senado por mais poucos dias, e nesses poucos dias tinha de aprovar medidas importantes para o projeto do governo, sabendo ainda,, que Jorge Viana,do PT assumiria a presidência do Senado, que mesmo que não quisesse iria sofrer forte pressão dos petistas e aliados para o Jorge Viana criar problemas para aprovação dos projetos do governo. Certamente, a crise, que já é grande, iria aumentar.
    A decisão do STF pode não ter sido coerente, ou legal, mas foi sensata, e neste momento de grande instabilidade nacional, não se deve apostar no quanto pior melhor, o bom senso deve prevalecer.
    Queriam que o Cunha saísse antes de dar andamento ao processo de impeachment da Dilma, mas o bom sendo prevaleceu e só depois o Cunha foi retirado da vida pública. O mesmo deve acontecer com Renan Calheiros, após os poucos dias que faltam para sua saída da presidência do senado… .

      • Confesso, que não sabia que a PEC dos gastos era para anistiar os devedores e caloteiros, pensei que fosse para gastar de acordo com a receita. É básico,, qualquer governo que gastar mais do que arrecada, vai levar o país ou estado, para o buraco, como, como fez a Dilma e o Sérgio Cabral. e ainda não cobraram os caloteiros e devedores, ao contrário distribuíram muitos
        incentivos fiscais. .

  4. Qual a diferença entre o caso Renan e o Cunha ? Tudo foi para aprovar a PEC da Miséria e a nova escravidão da reforma da Previdência. Já a horda de sonegadores e caloteiros será. Perdoada.

    • Todo esse remédio amargo, foi para curar um país, que foi levado a UTI pelo governo petista. A maioria das pessoas, não tem ideia da situação política, moral, ética, financeira e econômica alarmante, que o país se encontra.

  5. ” No meu governo só terá cargos técnicos “.
    O Estadão deu o nome do padrinho de cada um deles.

    Um foi indicado por Geraldo Alckmin, outro pelo governador do Distrito Federal, outro pelo PR, outro por Rose de Freitas, outro por Pauderney Avelino e o último pelo próprio Michel Temer.

    Permanecem em seus cargos os vice-presidentes apadrinhados por José Sarney, pelo PP e pela bancada evangélica.

    Esse é o “pessoal com alta qualificação técnica” prometido por Michel Temer.

      • Efeagacê PinóCkiomin com sua cota , indicou o Gênio dos Números Estatísticos para a Violência Pública, o Kinder Ovo..
        Dizia ele em seu cargo de Secretário de Violência Pública no Estado da Tucanôlândia que o problema da “violência” em Sun Palo era as fronteiras, devido a grande quantidade de armas que entra por todos os cantos do Páis.
        E que a culpada disso tudo era o Desgoverno da dona dilma-temer..
        Agora com o cargo de Ministro da Violência Pública, as armas continuam a entrar,……
        De quem será a culpa agora.?

  6. Resposta ao que está aí, “renando” acima da Lei:

    FECHAR o STF e o CONGRESSO (depois do cafezinho, pra nao fazer por menos…)
    :

    CMP – Comando Militar do Planalto:
    Gen Div Luiz Carlos PEREIRA GOMES
    Quartel-General CMP/11ª RM – Av Do Exército, s/n – Bloco A – 3º Andar – SMU. 70630-903 – Brasília-DF
    Tel (61) 2035-2001 / 2003 / 2004 / 2005.
    ___________________________________

    Cmt 11ª RM
    Gen Bda Riyuzo IKEDA
    Quartel-General CMP/11ª RM – Av. do Exército, s/n, Bloco A – 2º andar. 70630-903 – Brasilia-DF
    Tel (61) 2035-2355 / 2350.
    ___________________________________

    Cmt Op Esp

    Gen Bda Sergio SCHWINGEL
    Av Salvador, S/nº – Jardim Guanabara. 74675-710 – Goiânia/GO
    Tel (62) 3239-4499/4466. FAX 3239-4468.
    ____________________________________

  7. Caro Nélio, o Cidadão está naquela “cego em meio a tiroteio”, no “mato sem cachorro”.
    A falta de moral e Hipocrisia nos 3 podres poderes, está cósmica, fazendo o Cidadão trabalhador, escravo da canalhada, com impostos escorchantes para serem roubados, queira Deus, que não aconteça, a previsão de Rui Barbosa: A fome é má conselheira, 53 milhões de brasileiros estão na rua da agonia.
    resultado do desemprego de 13 milhões, e sem horizonte.
    Quando vamos deixar de ser republiqueta democradura????
    Apelo mais uma vez a Deus, nos socorra.
    Aos sinistros do stf, há um Tribunal, que faz JUSTIÇA, a Consciência, por nossas Obras, cujas penas são: Paz e Luz e Ranger de dentes no além túmulo, Cada lágrima derramada, será bola de fogo em vossas almas. acreditem ou não, a vida continua, por sermos eternos, está escrito no Código da Vida, a 2 mil anos.

  8. Sr. Théo,

    CF 1988

    TÍTULO I
    Dos Princípios Fundamentais

    art 1º
    III – a dignidade da pessoa humana;

    art 3º
    III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

    Art. 7º
    XXIV – direito a aposentadoria;

  9. É, Mas quem ficou maravilhado mesmo com a solução encontrada, foi Jorge Viana.
    Ele que não é um “macaco velho”, mas também não é totalmente um novato, sabia que empurrado pelo PT, teria que enfiar a mão na cumbuca.
    Ficaria entre a cruz e a espada, se atendesse aos anseios do PT, provocaria um ranger de dentes no governo. Se atendesse o governo, seria execrado publicamente e com pecha de traidor, pelo petismo.
    Depois desta solução “acaciana” do supremo, sua excelência deve ter dormido esta noite, como um inocente o sono dos justos.
    Assim como na selva, também na política, enfiar a mão em cumbuca, faz mal a saúde.

  10. A cadeira virou penico.

    Questionado sobre o motivo pelo qual a Corte não reagiu com atitudes – além de críticas – ao ocorrido, o ministro Marco Aurélio ressaltou que os ministros precisam saber como se retratar a tais casos.

    “Eu digo que, cada qual dos integrantes do Supremo tem que perceber a envergadura da cadeira e perceber que o Supremo é o órgão máximo do Judiciário, e que o exemplo vem de cima. Temos uma situação que pode se repetir e isso é péssimo em termos de segurança jurídica”, alertou.

    • E o que a gente faz quando a tristeza e a desesperança atacam de todos os lados?

      Com a certeza de que só irão piorar?

      Não existe remédio, Virgílio, eis a questão. Não ao alcance da mão de nós todos.

      • Está difícil…. Os que de fato mandam no país, ainda serão perdoados.

        ” Nesta 2ª (5.dez), o presidente Michel Temer e o ministro da Fazenda Henrique Meirelles decidiram que parte da dívida tributária das empresas deve ser perdoada.
        A diretora da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional afirmou que há uma tendência, principalmente na última década, de resistência no pagamento de impostos por empresas.
        “Quando você olha que 64% da dívida está nas mãos de 13 mil empresas, você fica vendo que não é só a crise econômica que está levando o estoque da dívida a crescer desse jeito”, diz Anelize.
        Além dos cerca de R$ 900 bilhões apontados, o restante –aproximadamente R$ 510 bilhões– é de responsabilidade de outros 4,2 milhões de devedores. O levantamento da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional foi apresentado em audiência da Câmara dos Deputados. Leia aqui a íntegra.
        http://fernandorodrigues.blogosfera.uol.com.br/2016/12/06/cerca-de-13-mil-pessoas-e-empresas-devem-r-900-bilhoes-em-impostos/
        Voltou os comentários rápido demais;…

    • Você conseguiu entender as contas para quem ainda vai se aposentar, Virgílio?

      Não parece aqueles contas da Dilma, tipo é 12% de 25%?

      Não entendi nada. Pobre de quem precisa lidar pra valer com esses cálculos.

      Submergimos e não sei de quanto tempo é a autonomia do submarino não-nuclear.

  11. Ola’ C.N.,

    Em geral, eu nao concordo com suas posicoes, mas neste caso voce tem razao!

    E vai piorar! Consequencia do maldito golpe parlamentar, do qual ainda vamos todos nos arrepender.

    Cleber

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *