Piada do Ano: Renan diz não ter indicado o novo ministro que é investigado no STF

Resultado de imagem para renan nao sabia de nada charges

Charge do Gil Brito, reprodução do Arquivo Google

Deu no Estadão

O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), negou nesta quarta-feira (5/10) mais uma vez que seja responsável pela indicação do novo ministro do Turismo, o deputado federal Marx Beltrão (PMDB-AL). A indicação de Beltrão, réu no Supremo Tribunal Federal (STF), foi publicada nesta quarta no Diário Oficial e antecipada na terça-feira (4/10) pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado.

“Falar é livre. Enquanto eu for presidente do Senado, eu não vou participar de nenhuma sugestão para formação do governo. Não é que as pessoas não mereçam. É que eu entendo que é incompatível com a função que eu exerço”, disse Renan, antes da reunião com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), para discutir reforma política.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
– O comentarista Virgilio Tamberlini enviou oportuno texto em que a jornalista Dora Kramer, do Estadão, analisa a escolha do novo ministro do Turismo de Michel Temer: Diz ela:

O deputado Marx Beltrão é afilhado político do presidente do Senado, Renan Calheiros, alvo de uma dúzia de inquéritos e denúncias. Uma delas, por peculato, falsidade ideológica e uso de documentos falsos, acaba de ser liberada para julgamento no STF. Se for aceita, Renan também vira réu, assim como seu pupilo.

A indicação é fruto da pressão de parte da bancada do PMDB e foi confirmada ontem pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia. A se concretizar, será daqueles tiros no pé de prejuízo certo e anunciado. Temer já não está ‘podendo’. Caso dê mesmo essa sorte para o azar, poderá ainda menos. Renan Calheiros está próximo de se tornar uma companhia tão ou mais tóxica que Eduardo Cunha. Tal nomeação é, além de desnecessária, inconsequente e absolutamente imprudente. De onde ficará nítido que a comunicação é o menor dos problemas de um governo que arquiteta os próprios problemas”.

6 thoughts on “Piada do Ano: Renan diz não ter indicado o novo ministro que é investigado no STF

  1. Este governo Temer, é a própria LEI DE MURPHY.
    Se algo pode dar errado, dará.
    Um governo que começou com a desconfiança de que não iria a parte alguma, vai terminar com a certeza de que nunca deveria ter existido.
    A emenda esta ficando pior que o soneto.

  2. Do Antagonista:
    URGENTE: PIMENTEL PULA, ROLA E RI

    Brasil 05.10.16 17:10
    Por 8×6, o STJ entendeu que a Assembleia Legislativa de Minas Gerais precisará autorizar a abertura de processo contra o governador Fernando Pimentel.

    Como Pimentel domina o legislativo mineiro, não haverá processo.

  3. Mais uma do governinho Tabajara….

    05/10/2016 18h52 – Atualizado em 05/10/2016 18h52
    Planalto nomeia servidor condenado a ficar 5 anos sem exercer cargo público
    Sílvio Roberto Sakata foi nomeado diretor da Sudeco nesta quarta-feira.
    Ele deve ficar sem cargos de confiança até 2019, diz Tribunal de Contas.

    http://g1.globo.com/distrito-federal/noticia/2016/10/planalto-nomeia-servidor-condenado-ficar-5-anos-sem-exercer-cargo-publico.html

    Aos amigos tudo, aos inimigos a lei…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *