Piada do Ano ! Wassef diz ter abrigado Queiroz em Atibaia por “razões humanitárias”

Wassef é um forte candidato a Pinóquio 2020 ao lado de Bolsonaro

Deu no Estadão

Defensor do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) até este domingo, o advogado Frederick Wassef alegou ‘questão humanitária’ para ter abrigado o ex-assessor parlamentar Fabrício Queiroz em um imóvel seu em Atibaia, no interior de São Paulo.

Em entrevista ao telejornal SBT Brasil, Wassef afirmou não ter escondido o ex-assessor de seu então cliente. “O que eu tenho para dizer é o seguinte: jamais escondi Fabrício Queiroz. Ele estar lá não é nenhum crime, nenhum ilícito, não é obstrução de justiça, não há nenhuma irregularidade”, afirmou.

“ABANDONO” – Questionado se foi uma questão humanitária, uma vez que o ex-assessor passou por tratamento contra um câncer no ano passado, o advogado confirmou. “Também foi uma questão humanitária. Porque uma pessoa que está abandonada, uma pessoa sem recursos financeiros, uma pessoa com problemas de saúde e que o local era perto.”

Queiroz foi preso sob suspeita de, entre outros motivos, tentar interferir nas investigações. A localização do ex-assessor na casa do advogado do parlamentar levantou suspeitas de autoridades sobre uma possível tentativa de obstrução de Justiça.

RACHADINHA – Isso porque Queiroz e Flávio são investigados sob suspeita de manterem um esquema de ‘rachadinha’ – divisão do salário dos funcionários de gabinete – na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Segundo o Ministério Público do Rio de Janeiro, o ex-assessor comandava a arrecadação irregular e repassava parte dos recursos ao filho do presidente Jair Bolsonaro.

Wassef se afastou do caso após a repercussão negativa da descoberta de que abrigava Queiroz em seu imóvel. Desde o fim de semana, em diversas entrevistas, ele não explicou o motivo de o ex-assessor estar em um imóvel de sua prioridade.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Wassef disputa com Bolsonaro quem consegue inventar mais estórias por declaração. O advogado levou dias para criar essa desculpa? Quando Queiroz estava abandonado e por quem? Sem recursos financeiros, após pagar as despesas com seu tratamento em dinheiro vivo? Local perto do hospital que fica a 90 quilômetros de distância do imóvel onde estava abrigado? Wassef, de fato, conseguiu mostrar o fanfarrão que é, com direito à disputar o Prêmio Piada do Ano. Se não ganhar, merece dividir ao menos o de Pinóquio 2020 com Jair Messias, ainda presidente do cabaré. (Marcelo Copelli)

8 thoughts on “Piada do Ano ! Wassef diz ter abrigado Queiroz em Atibaia por “razões humanitárias”

  1. Mas ele mesmo não falou que não sabia do paradeiro do Queiróz e muito menos que ele, o Queiróz se encontrava escondido em seu imóvel. Se mostrou surpreso… São duas declarações bastante controversas, ou não?

  2. “Agitado e chorando, Wassef desperta preocupação.
    Ex-advogado de Flávio Bolsonaro está agitadíssimo.” (Época)

    Os Bolsonaros devem colocar as barbas de molho. O bicho vai começar a pegar.

    A polícia já está no encalço da Márcia, mulher do Queiroz, em MG. Aí que mora o perigo. Se o Queiroz já está chorando em Bangu 8, quando a mulher for presa ele vai abrir o bico.

    Aguardemos os acontecimentos e as desculpas do seu Jair e de sua prole.

  3. Como é possível fazer justiça quando um advogado produz tantas informações pífias?
    E se a mulher dele o tiver abandonado? O que o nobre causídico fará?
    O sujeito não tem mais jeito! Será que a OAB vai engolir isto? Talvez, já tem engolido tanta coisinha!
    Não podemos deixar estes dois (advogado e sua entidade classicista) no esquecimento!
    Fallavena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *