Pizzolato deve chegar sexta-feira para cumprir pena na Papuda

Depois de muita protelação, enfim Pizzolato é extraditado

Deu na Agência Brasil

A Polícia Federal confirmou que o ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato deve chegar a Brasília nesta sexta-feira (23/10) e será levado para a Superintendência da corporação. Ele será escoltado da Itália por três policiais federais e uma médica para cumprir na penitenciária da Papuda, na capital federal, a pena determinada no julgamento da Ação Penal 470, o processo do mensalão.

O ex-diretor foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a 12 anos e sete meses de prisão por lavagem de dinheiro e peculato, mas, por ter dupla cidadania, fugiu para a Itália em setembro de 2013, antes do fim do julgamento. Ele foi preso em fevereiro do ano passado em Maranello, e cumprirá pena na Penitenciária da Papuda, no Distrito Federal.

No dia 6 de outubro, a Corte Europeia de Direitos Humanos rejeitou a última tentativa de recurso de Pizzolato contra sua extradição para o Brasil. No recurso protocolado na corte, a defesa de Pizzolato, como nas demais ações contra a extradição, voltou a alegar que os direitos humanos não são respeitados nos presídios brasileiros. O argumento foi usado pela defesa para pedir que o ex-diretor do Banco do Brasil continuasse na Itália. E o ministro da Justiça da Itália, Andrea Orlando, decidiu adiar por duas semanas a entrega de Henrique Pizzolato às autoridades brasileiras, anteriormente prevista para o dia 7 deste mês.

 

7 thoughts on “Pizzolato deve chegar sexta-feira para cumprir pena na Papuda

  1. Tenho lido que esse Latro-Pizza vai já se soltar! Logo no início de 2016, terá direito ao regime especial! Enquanto isto, o seu Valério com quase meio século de cana no raibo. E a senhora do Banco, não lembro o nome, com quase trinta anos, não verão sol o redondo tão cedo. Indago: e o rosário de crimes que que desse Latro-Pizza? Consta que teria falsificado papeis eleitorais – crime eleitoral, falsidade ideológica, etc, etc,. etc. E o imenso patrimônio que teria rapinado do Banco? Falam os jornais em não sei quantos imóveis. E as despesas para trazê-lo? Vem de primeira classe? Duvido não. Ainda vai ganhar uma indenização, com certeza. Esse mártir, esse heroi do povo brasileiro! Uma bolsa-mensalão. Ele e os outros.

  2. Sair logo nada. Não esqueçam que agora corre outros processos contra ele, como falsidade ideológica, falsificação de documento, voto com título falso, etc. e não é mais reu primário. Por pouca coisa não espernearia tanto. Hora da cerveja.

  3. Finalmente uma decisão.
    Agora, Pizzolato é nosso, outra vez!
    Este é o verdadeiro “171”.
    Vai para a cadeia. Terá prorrogação de “engaiolamento” e apertado, falará.
    Marcos Valério continua ajudando o povo brasileiro. Idiota como ele só, paga pelos criminosos amigos. Alguns já pegaram canas, outros estão na fila de espera.
    Afinal, no país da fantasia, tem fila para tudo: de hospital à cadeia.

  4. O PT não é um grupo político. É uma facção criminosa que utiliza os métodos da máfia para se manter no poder. Estão aí Celso Daniel e Toninho de Campinas como exemplos para os membros da “famiglia” saberem o que acontece com quem desafia a facção.
    A maioria dos que fizeram delação premiada são empresários, doleiros, lobistas. Membros da “famiglia” não têm coragem delatar pois sabem das regras da cosanostra.
    Só a expansão da crise econômica (inevitável e fomentada pelo autofágico governo) e a violência social que ela trará poderá retirá-los do poder. Infelizmente só o caos nos salvará de uma travessia mais escura ainda.
    Nenhum caminho será suave.

Deixe um comentário para Tarciso Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *