Polícia Federal descobre rede do Estado Islâmico em São Paulo

PERIGO MULTIPLICADO 1. O libanês  Firas Allameddin, investigado por lavagem de dinheiro  (Foto: Reprodução)

O libanês Allameddin chefia a rede,

Filipe Coutinho e Daniel Haidar
Época

O alarme da casa tocou pouco depois das 6 horas da manhã, numa rua típica do bairro do Pari, em São Paulo. Era a última sexta-feira de agosto. A Polícia Militar logo chegou ao local, na tentativa de evitar o que imaginava ser um assalto. Encontraram policiais federais armados, usando marreta para arrombar os 14 cadeados que trancavam o portão de ferro.

Era a única casa da rua com cerca elétrica. Comparada às demais, parecia um bunker, rodeado por uma dezena de câmeras de segurança. A operação fora autorizada pela Justiça Federal com o objetivo de investigar um grupo suspeito de movimentar ilegalmente mais de R$ 50 milhões em cinco anos.

Época descobriu que os investigados formam uma célula especializada em lavagem de dinheiro, suspeita de apoiar o terrorismo. Seus integrantes defendem execuções em massa, a morte do presidente americano Barack Obama e o Estado Islâmico, a mais perigosa organização terrorista da atualidade.

OPERAÇÃO MENDAZ

A operação Mendaz foi planejada com discrição. Mencionou apenas o desbaratamento de uma rede de empresas e CPFs falsos, montada para enviar dinheiro para fora do país sem identificar quem recebe. Conduzida pela Diretoria de Inteligência da Polícia Federal, a ação foi acompanhada pela Embaixada dos Estados Unidos, pela seção comandada por Steve Moore, agente do FBI. Na manhã daquela sexta-feira, a Embaixada de Israel também recebeu o informe da PF sobre a ação. Há um esforço conjunto para rastrear as conexões do grupo no exterior. É a primeira vez que uma operação da PF chega a um grupo tão estruturado de simpatizantes do terror no Brasil.

CHEFE DA QUADRILHA

No topo do esquema de lavagem está o libanês Firas Allameddin. Em 2009, Allameddin tentou que o governo brasileiro o reconhecesse como refugiado. Isso poderia evitar que ele fosse expulso ou extraditado do Brasil. O pedido foi rejeitado. De acordo com as investigações, o grupo de Allameddin se valia de empresas de fachada e nomes falsos para enviar valores ao Líbano. O dinheiro provém, suspeita a PF, de golpes na praça, como estelionato, cheques sem fundo e empréstimos fraudados.

“Tal rede se utilizaria de informações falsas para a obtenção de documentos que propiciaria a criação de pessoas físicas e jurídicas ‘fantasmas’ a fim de promover a abertura de contas, solicitar cartões, realizar operações de câmbio, remessa e saque de valores no exterior, ao arrepio das leis brasileiras”, diz a decisão que autorizou as buscas.

Allameddin e seus parceiros adotavam expedientes vários e dividiam tarefas no envio de dinheiro ao Líbano. Allameddin usava três CPFs. Seu irmão Fadi criava identidades falsas, com uma predileção por “Felipe”. Outro irmão, Toufic, pagava cartões de crédito com valores acima da fatura, para o excedente ser sacado no Líbano. Também usavam empresas de fachada. Uma casa de câmbio clandestina transferia dinheiro para uma corretora, que o remetia ao exterior. A tática dificultava o rastreamento.

7 thoughts on “Polícia Federal descobre rede do Estado Islâmico em São Paulo

  1. Este país esta abandonado em todos os sentidos. Infelizmente desde Itamar Franco, esta havendo um desmonte de todas as instituições federais. Nossos fronteiras parecem casa da mãe Joana. Entre qualquer tipo de drogas, armamentos e pessoas. Apesar disto, algumas instituições fazem um trabalho exemplar. Se não tomarem cuidado, é capaz deste bando de petralhas darem asilo político a este terrorista. Como divulgado no site da Veja a Grécia apreendeu um navio do coqualeiro evo imoral transportando armas para estes terrorista.
    Somente um governo incomPTente destes dá valor para este bolivarianos.

  2. Caro Jornalista,

    A CORRUPÇÃO no Brasil é uma verdadeira SALADA (para não dizer outra coisa), onde entram, como ingredientes, bem misturados, as AUTORIDADES DOS TRÊS PODERES, temperada por uma boa pitada de advocacia para garantir o sabor da IMPUNIDADE, filha eterna do casal RECURSOS INFINITOS e PROLELAÇÃO, que têm como avó a CONSTITUIÇÃO DA REOPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL, uma senhora JÁ NASCEU FRAUDADA e que é ainda continua sendo FURADA e REMENDADA de acordo com a conveniência do ladrão da hora!

    -TUDO GARANTIDO EM LEI, CLARO! Afinal, são seres “civilizados, estudados”, que sabem se portar na mesa, sabem uma o black-tie … tão bem quanto sabem ROUBAR merenda de crianças, ou se beneficiar do crime! Por terem sempre vivido em uma eterna relação de MUTUALISMO, um desses entes não sobreviveria mais sem o outro! Emaranhados como raiz de braquiária, não dá para você puxar um doutor sem que não seja arrancado um outro de algum gabinete!
    O único que sai perdendo com essa PROMISCUIDADE é o HOSPEDEIRO, olhado como nojo através dos vidros fumês e pejorativamente chamado de POVÃO, que, anêmico, trabalha, arca com a maior carga tributária, com o PIOR TRANSPORTE PÚBLICO DO MUNDO e, mesmo assim, ainda produz alguma coisa nesta fazenda sem ter direito a uma simples DENTADURA.

    Abraços.

    AQUI ADVOGADA LIGA TOFFOLI E GILBERTO CARVALHO A UM TENTÁCULO DA MÁFIA NO DF:
    http://veja.abril.com.br/noticia/brasil/advogada-infiltrada-pela-mafia-no-governo-faz-revelacoes-explosivas

    A SIMPATIA PROCESSUAL ENTRE O DELEGADO TRAFICANTE E O JADER BARBALHO:
    http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/cidades/2015/03/20/interna_cidadesdf,476376/ex-delegado-da-policia-civil-e-preso-com-meio-quilo-de-cocaina-em-port.shtml

    AQUI SABEMOS QUE O DOLEIRO YOUSSEF TRABALHAVA TAMBÉM PARA O BEIRAMAR:
    http://www.defesanet.com.br/terror/noticia/18901/TERROR/—investigado-ia-trabalhar-na-casa-civil

    E AQUI SABEMOS QUEM MANDA NO BRASIL DE FATO!!!
    http://mp-pr.jusbrasil.com.br/noticias/427437/para-multiplicar-lucro-pcc-loteou-fronteira-apos-julgamento-faccao-iria-matar-rivais-de-mt
    http://opiniao.estadao.com.br/noticias/geral,politica-e-crime-organizado-imp-,1507984

    FINALIZANDO COM UMA ENTREVISTA DO JORNAL O DIA: http://www.defesanet.com.br/mout/noticia/19293/Cel-Montenegro—Mare-devia-estar-sob-estado-de-sitio/

  3. Enquanto o Brasil não tiver uma pessoa com pulso firme que o dirija com mãos de ferro .
    O Brasil vai continuar a casa da mãe Joana .
    Nosso País é a casa de Irene gente que entra gente que sai.
    O barco está à deriva nunca antes vimos o Brasil dessa forma, tenho,dó da geração que está aí e a que está por vir o que será desses jovens??????
    Como ficará nossa história para ser contanda???
    Onde está esse jovem honesto ,de caráter com ideias novas capaz de mudar nosso querido Brasil????

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *