Polícia Federal enfim chega ao BNDES e à Friboi, mas ainda falta Meirelles

Agentes federais cumprem  mandados de prisões

Fabio Serapião e Fausto Macedo
Estadão

O principal alvo da operação Bullish é a empresa JBS, dos empresários Joesley e Wesley Batista. A Polícia Federal faz buscas na empresa e leva coercitivamente para depor pessoas envolvidas nos aportes bilionários que o Banco Nacional de Desenvolvimento, o BNDES, realizou para que as empresas da família Batista se tornassem a maior produtora e comercializado de proteína animal do mundo.

A Justiça Federal em Brasília determinou o cumprimento de mandados de busca e apreensão nas casas dos irmãos Joesley e e Wesley Batista, donos da JBS, que detém as marcas Friboi e Seara. A medida faz parte da Operação Bullish, que apura supostos ilícitos em aportes do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no grupo empresarial. Também é alvo da medida o ex-presidente do banco Luciano Coutinho.

POLÍTICO ENVOLVIDO – Segundo a PF, os aportes do banco público foram realizadas após a contratação de empresa de um político. Por conta disso, as operações de desembolso dos recursos públicos teriam tido tramitação recorde. O ex-ministro Antonio Palocci, preso em Curitiba por conta da Lava Jato, é investigado pela PF. Entretanto, o petista não foi alvo das medidas cautelares autorizadas pela 10ª Vara Federal de Brasília.

O BNDESPar tem mais de 581 mil ações da JBS, ou cerca de 21% em participação na empresa. Segundo a PF, os aportes, realizados a partir de junho de 2007, tinham como objetivo a aquisição de empresas também do ramo de frigoríficos no valor total de R$ 8,1 bilhões.

Nesse período, os principais investimentos do banco público tiveram como objetivo apoiar a expansão da JBS. Um dos maiores aportes foi utilizado para a compra de R$ 3,5 bilhões em debêntures para fortalecer o caixa da empresa com a compra da americana Pilgrim’s e com a incorporação da Bertin S.A. O caso da Bertin SA já estava na mira dos investigadores uma vez que há indícios de participação do operador Lúcio Funaro na transação.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOGSerá que vão chegar no Henrique Meirelles, ex-presidente do Conselho do grupo Friboi? (C.N.)

18 thoughts on “Polícia Federal enfim chega ao BNDES e à Friboi, mas ainda falta Meirelles

  1. Será que estão me ouvindo mesmo ? Há controvérsia. OLHA OS TUCANO$ BONS DE BICO, AI GENTE, à moda lobos, perdem o pêlo mas não perdem o vício. “A POLÍTICA PRECISA MUDAR, E TODOS SABEMOS DISSO. MAS COMO FAZER AS MUDANÇAS, É A GRANDE QUESTÃO.” E assim, desse jeitin-luso-tupiniquim-minerin, lá vem os camaleões, dissimulados, de novo, na versão tucano$, tentando se adaptar ao novo ambiente político temporal já alojado no imaginário de grande parte da população que ainda sonha e luta por mudanças de verdade no Brasil, sérias, estruturais e profundas, capazes de descortinar a boa política de verdade, com P maiúsculo, e a boa Democracia, com D tb maiúsculo, que, no Brasil, há 127 anos, encontram-se apequenadas e sequestradas pelo partidarismo-eleitoral, o golpismo-ditatorial e seus tentáculos, velhaco$, inclusive os midiáticos, publicitários, marqueteiro$ (Duda-Santana-Cia), jornalísticos, etc e tal, que perfazem a plutocracia nacional com jeitão de cleptocracia e ares fétidos de bandidocracia, e, por conseguinte, a república 171, que, na verdade, de fato, faz todos e todas sacos da mesma farinha apodrecida, do $istema apodrecido, com prazo de validade vencido há muito tempo, que são, pois, o grande objeto conjuntural da grande mudança que se faz necessária, inevitável e inadiável, a esta altura do campeonato do mais dos me$mo$, para que possamos chegar de fato ao novo de verdade, com N tb maiúsculo, e não apenas a mais engodos epidérmicos novos-velhos tipo Collor, Dória, Huck, etc. e tal, como tem registrado e cogitado a nossa infeliz história política repleta de erros, na qual sempre cabe mais 171 a cada nova eleição ou golpe, que ainda não serviram para ajudar os pseudos políticos a fazerem a coisa certa, que, ao que parece, nunca farão sob a égide do $istema político podre, não obstante séculos errático$. Daí, vem o grão tucano-mestre, FHC, já na mesma faixa etária Matusalém de Sarney, Lobão, Barbalho e Cia (isso sem falar de ACMs, etc e tal, entre outros, que até já morreram de velhos agarrados às tetas da viúva), e faz as seguintes indagações: “Você já percebeu que daqui a cinco anos o Brasil vai comemorar 200 anos de Independência?”, “Já pensou se nesse dia você não precisasse votar contra alguém, mas a favor de alguém. Votar não com resignação, mas com esperança. Para esse dia chegar, é preciso passar o Brasil a limpo. E aprender com os erros…” Então tá. Já, já pensamos sim, FHC, aliás já estamos pensando há muito tempo em Democracia Direta Já, com Meritocracia Eleitoral, em não precisar votar em candidatos impostos pelo partidarismo-eleitoral, o golpismo-ditatorial e seus tentáculos velhaco$, e muito menos no $istema político podre, mas vocês não ouvem os nossos gritos nas ruas do Brasil, desde Junho de 2013. Você$ do $istema podre, não param de nos mentir, enganar, impor os seus engodos e nos obrigar a votar sempre no velho continuísmo da mesmice do $istema político podre, há 127 anos. Então a nossa vontade é não votar em mais ninguém do velho $istema que já morreu e que precisa dar lugar ao Novo que urge estabelecer-se. DEMOCRACIA DIRETA JÁ. Simples assim. Que tal o PSDB denunciar ao MPF o novo esquemão do Jurão que está na praça há mais de 1 ano sugando todo o dinheiro da população sequestrado por banqueiros, agiotas, empresários bandidos e afins, que viraram os donos da nação, com o qual irão eleger em 2018, de novo, a mesma e velha esculhambação, mantendo o povo na submissão ao dito cujo congressão bandidão. Basta. Chega dos me$mo$. Democracia Direta Já. Cansamos de tanta enganação. https://www.youtube.com/watch?v=Rev4XuXwayM&feature=player_embedded

    • Caro(a) leitor(a) e comentarista Loriaga Leão,
      Vamos dar o troco nesses desclassificados políticos que temos.
      Vamos também fazer uma reforma geral naqueles que estão reformando os nossos direitos.
      Ano que vem é ano de eleições e nós poderemos dar o troco nesta corja, não vamos sufragar ninguém que hoje lá está a infelicitar 204 milhões de brasileiros, seja ministro, deputado, senador ou presidente da república.
      Nós homens e mulheres de bem e do bem desse pobre país, precisamos mostrar que o brasileiro também é capaz de se organizar em torno de uma causa que não seja a de uma copa do mundo ou de uma olimpíada, e assim sendo, devemos fazer uma limpeza ética e moral nesta terra de Pindorama.
      Em 2018 não devemos poupar nenhum deles, assim como eles não nos pouparam e estão nos infelicitando há 32 anos com a implantação da nova república com a ascensão ao poder do dono da capitania hereditária do Maranhão – José Sarney.

    • Caro Leão, permita, assino em baixo mil vezes, só comento, porque o Meirelles, não pagou o quase 2 bilhões ao S de seguro do INSS, e agora como Ministro, ou melhor, sinistro, não cobra?? é prevaricação funcional, mas, Meirelles é autor da safadeza junto com o Temer, a transformar o Brasil em grande Senzala com 220 milhões de escravos.
      Que Deus nos ajude; que os jovens, Juízes, MP e PF, que estão a lavar o Brasil, recebam a proteção e iluminação Divina,

  2. Caro Ricardo Lima,
    A INTERNET É A REVOLUÇÃO DOS NOSSOS TEMPOS.
    No entanto, devemos tomar muito cuidado porque nela são inseridas informações que não condizem com a VERDADE.
    Se o caro leitor e comentarista da TI inserir no pai dos ignorantes em internet – O GOOGLE – o nome da bela jornalista Ticiana Villas Boas se deparará com várias informações sobre ela, dentre as quais que a Ticiana Villas Boas é filha de Cristiana Villas Boas e Dirceo Villas Boas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *