Por que só no Brasil existe Justiça Eleitoral? Para fazer Justiça é que não é

Resultado de imagem para gilmar mendes charges

Charge do Nani (nanihumor.com)

Augusto Nunes
Veja

Se fossem juízes de futebol, os sete ministros do Tribunal Superior Eleitoral teriam punido com a expulsão os dois atropeladores de regras já nos primeiros minutos da partida. Como são juízes de urna, os artistas togados em ação na TV Justiça deixam correr solto o jogo que não tem prazo para terminar. Pode acabar na véspera do feriado de Corpus Christi. Pode acabar depois. Depende de Gilmar Mendes.

Até lá, fazem de conta que meditam sobre questões decididas há tempos na cabeça de cada um. Nesta quarta-feira, o presidente do TSE garantiu que não haverá pedidos de vista. Isso quer dizer que, nas contas de Gilmar, a dupla em julgamento já foi absolvida. O nosso Juiz dos Juízes nem espera que o jogo chegue ao fim para anunciar seu resultado.

JABOTICABA ELEITORAL – Tom Jobim ensinou que a pátria de Macunaíma não é para amadores. Nem para os melhores profissionais, sabe-se agora. Nenhuma sumidade do mundo do Direito saberá explicar por que o Brasil é o único país do mundo em que existe uma Justiça Eleitoral (e, por consequência, um Tribunal Superior Eleitoral e uma penca de tribunais regionais eleitorais).

Como reitera o julgamento da chapa Dilma-Temer, para garantir eleições limpas é que não é.

11 thoughts on “Por que só no Brasil existe Justiça Eleitoral? Para fazer Justiça é que não é

  1. É vista como inconstitucional, a Medida Provisória 784, publicada nesta quinta-feira, 8 pois permite o BC manter sigilo sobre crimes confessados pelos bancos quando de realização de acordos de leniência “o sigilo pretendido não se coaduna com o Estado de Direito. Ocultação de crimes como sendo regra de compliance é gravíssimo” https://goo.gl/Fl8kXR

  2. Justiça no Brasil é miragem. Provas não podem ser apreciadas, porque só apareceram após os fatos serem denunciados.
    Afinal processo não é para apurar os acontecimentos e punir os criminosos? Os crimes são antigos, mas as provas são novas, então não podem.
    É difícil para quem não é do meio jurídico, entender certas exigências da justiça.
    As provas estão ai, porém não podem ser anexadas aos autos porque não foram motivos da denúncia original.
    Vai entender esta gente. O Gilmar Mendes antes era a favor de tudo, agora, por motivos desconhecidos, é contra e ainda fica bravo porque o atual processo é baseado no que ele achava anteriormente e não fica nem com a cara vermelha de vergonha quando nega tudo o que havia dito. É uma barbaridade.
    O ministro Gonzaga chegou estes dias ao TSE, mas já defende com toda a ênfase os acusados.
    Os advogados deveriam ser dispensados, os próprios ministros se encarregam de fazer a defesa dos acusados, uns até de forma apaixonada.
    Já que o tribunal eleitoral é uma jabuticaba, o que fazem lá, também não deveria surpreender.

  3. Por que só no Brasil existe urna jabuticaba (de 1996!) que não imprime voto e não permite a conferência posterior da votação?

  4. É preciso acabar com a Justiça Eleitoral. Além de absolutamente desnecessária, consome bilhões por ano, que poderiam ser aplicados em outras áreas, como educação e saúde.

  5. Países em que EXISTE justiça eleitoral:
    Brasil – SIM
    Portugal – NÃO
    EUA – NÃO
    Inglaterra – NÃO
    Itália – NÃO
    Japão – NÃO
    França – NÃO
    Austrália – NÃO
    Canadá – NÃO
    Polônia – NÃO
    Índia – NÃO
    Alemanha – NÃO
    Espanha – NÃO
    Suíça – NÃO
    Israel – NÃO
    Nova Zelândia – NÃO
    Indonésia – NÃO

    DIVULGUEM, por favor.
    A maioria da população brasileira não sabe que justiça eleitoral não existe em outros países e é
    TOTALMENTE DESNECESSÁRIA.

    Ela só atende aos interesses da corrupção política.
    Além disso, custa R$ 5,5 bilhões ao ano (mais de 5 BILHÕES de reais).

    https://bit.ly/2JchwAV

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *