Prazo para Marina Silva registrar seu partido só termina dia 7.

Jorge  Béja

O caminho certo para a ex-senadora e ex-ministra Marina Silva trilhar, caso não consiga o registro de seu partido (de nome que não ajuda) no Tribunal Superior Eleitoral, é se filiar a outro partido, dentro do prazo legal.

O precedente apontado aqui no Blog da Tribuna (Fernando Collor e o PRN, que ninguém conhecia, mas todos sabiam do então “caçador de marajás de Alagoas”) é um exemplo.

O prazo para o registro se terminar mesmo dia 5 de outubro (sábado), prorroga-se até o dia 7, segundo disposição dos Códigos Civil e de Processo Civil. Na contagem dos prazos, exclui-se o dia do começo e inclui-se o dia de seu término que, se for sábado, domingo ou feriado, prorroga-se até o primeiro dia útil.

Certamente que Marina Silva, nesta e na próxima semana, estará empenhada 24 horas por dia na demonstração ao TSE de que conseguiu mesmo muito mais até que a totalidade mínima de assinaturas para registrar seu partido. Para seguir e vencer. Ela merece.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

2 thoughts on “Prazo para Marina Silva registrar seu partido só termina dia 7.

  1. Vc precisa antes combinar tudo iaso aí com o povão que, ao que parece, está cansado de blablablá, trololó, palanquismo vazio e 171 eleitoral, e que ruge nas ruas do Brasil igual Leão em prol da Mega-Solução.Aviso aos navegantes. Urge fazermos a Travessia. Abram alas, abram alas, o HoMeM do Borogodó pede passagem. Não é à toa que brancos, nulos e abstenções já somam 50%, e vencem todos os candidatos do velho continuísmo da mesmice juntos. E nem precisamos do IBOPE para constatar isso. Esse quadro só irá se alterar, inusitadamente, a partir do dia em que vocês se dignarem colocar no cenário eleitoral o contraponto ao continuísmo da mesmice, o HoMeM do borogodó, digo, do Projeto Novo e Alternativo de Nação e de Política-partidária-eleitoral (HMM-RPL-PNBC-ME), o Novo Caminho para o Novo Brasil de Verdade. E caso continuem excluindo o HoMeM, e caso consigam de fato cercá-lo outra vez e excluí-lo das próximas eleições outra vez, Dilma leva no primeiro turno, até porque, em sã conciência, ninguém é louco de trocar 12 por meia dúzia. E daí, restará ao HoMeM e à RPL-PNBC-ME, e ao povo, apenas a via direta, logo após a Copa, com o nosso Brasilzão hexacampeão, é claro, porque com a RPL é assim: quanto melhor, MMelhor. Portanto, o meu voto consciente, irá para o Projeto Novo e Alternativo de Nação e de Política-partidária-eleitoral. Chega dos mesmos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *