Presidência da Alerj: Domingos Brazão é que pode derrotar cabralzinho

Helio Fernandes

Não será (podia ser) Jorge Abrahão a enfrentar Paulo Mello, candidato do governador. Os três são do PMDB, têm a presidência garantida. Mas só Paulo Mello é adepto de cabralzinho. A Alerj só trata disso, embora a eleição seja apenas no dia 2 de fevereiro. Mas precisam acertar muitos  “detalhes” (royalties para Dona Zélia Cardoso de Mello, pelo menos há 15 anos morando nos EUA).

A Folha convidou cabralzinho para almoçar lá, logo que saiu para pegar o avião particular (não anda mais de avião de carreira, como se dizia antigamente), fez outra declaração estapafúrdia. Já defendera a droga, depois o aborto, agora SIMPLESMENTE QUER OS CASSINOS E O JOGO ABERTO, alegando que “CRIA EMPREGOS”.

***

PS – Seu psiquiatra está tendo muito trabalho para “sossegar” cabralzinho. Mas amigos desconfiam, quase têm certeza. A próxima R-E-I-V-I-N-D-I-C-A-Ç-Ã-O do governador, será a legalização da prostituição (chamada de a mais antiga das profissões).

PS2 – Poderiam se estabelecer em qualquer lugar, sem exceção de ruas ou locais.

PS3 – Mas cabralzinho prefere a frase-definição, dele mesmo: “EM CADA HOTEL, UM BORDEL”.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *