Presidente da OAB interpela Bolsonaro no Supremo para que explique a morte de seu pai

Resultado de imagem para felipe santa cruz oab

Felipe Santa Cruz apresenta 5 perguntas para Bolsonaro responder

Andr de Souza e Adriana Mendes
O Globo

O presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz , protocolou no Supremo Tribunal Federal (STF), na tarde desta quarta-feira, interpelao para que o presidente Jair Bolsonaro explique as declaraes sobre a morte do pai, Fernando Santa Cruz, desaparecido durante a ditadura militar. O pedido assinado por doze ex-presidentes da entidade. Como relator do processo, foi sorteado o ministro Lus Roberto Barroso.

Na segunda-feira, Bolsonaro afirmou que se o presidente da OAB quisesse saber sobre a “verdadeira histria” do que aconteceu com seu pai, ele poderia contar o que ocorreu . No mesmo dia, enquanto cortava o cabelo, ele afirmou que no foram os militares que mataram o pai do presidente da OAB.

DISSE BOLSONARO – Aps citar vrias matrias publicadas na imprensa sobre o caso, os advogados justificam que o presidente faz meno participao de Fernando de Santa Cruz em organizao por ele qualificada como sanguinria, o que indica a prtica de condutas criminosas”. E assinalam que a referida afirmao, feita de maneira obscura e superficial, requer maior detalhamento”, diz o texto.

Para a Comisso da Verdade, corpo de Fernando Santa Cruz foi incinerado ou enterrado por militares. E para a OAB, a dvida em relao declarao fica evidente pela escolha das seguintes palavras: No minha verso. que a minha vivncia me fez chegar a essas concluses naquele momento. O pedido para que o presidente esclarea se ” efetivamente tem conhecimento das circunstncias, dos autores e dos locais ligados ao desaparecimento forado de Fernando Augusto Santa Cruz”, e tambm como teve acesso a tais informaes.

JUSTICIAMENTO – Apesar de dois documentos oficiais atestarem o contrrio, Bolsonaro disse que Fernando Santa Cruz, integrante do grupo Ao Popular (AP) e desaparecido durante a ditadura militar, teria sido assassinado em um justiamento da esquerda (eliminao de pessoas consideradas traidoras).

Na interpelao, os advogados pedem que Bolsonaro se explique, argumentando que a fala “possivelmente configuraria informao falsa contra a reputao de Fernando de Santa Cruz e a dignidade de seus familiares, a consubstanciar os crimes de calnia contra os mortos e injria”.

A respeito do assunto, o presidente disse nesta quarta-feira que no est preocupado com acusaes de que cometeu quebra de decoro ao falar sobre a morte durante a ditadura militar de Fernando Santa Cruz.

###
CONHEA AS PERGUNTAS FEITAS A BOLSONARO

O presidente da OAB pede que Bolsonaro apresente as seguintes explicaes:

a) se efetivamente tem conhecimento das circunsta?ncias, dos locais, dos fatos e dos nomes das pessoas que causaram o desaparecimento forc?ado e assassinato do Sr. Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira;

  1. b) em caso positivo, quais informac?o?es o Requerido dete?m, como as obteve e como as comprova;
  2. c) se sabe e pode nominar os autores do crime e onde esta? o corpo do Sr. Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira;
  3. d) ainda, em caso afirmativo, a raza?o por na?o ter denunciado ou mandado apurar a conduta criminosa revelada; e
  4. e) se afirmou aos o?rga?os de comunicac?a?o social e aos sites referidos no prea?mbulo deste petito?rio que o falecido Sr. Fernando Augusto de Santa Cruz Oliveira teria sido assassinado na?o por militares, mas por seus companheiros de ideias liberta?rias (Ac?a?o Popular).

A ao e assinada por doze ex-presidentes da OAB: Eduardo Seabra Fagundes, Jos Bernardo Cabral, Mrio Srgio Duarte Garcia, Marcello Lavene?re Machado, Jose? Roberto Batochio, Francisco Ernando Uchoa Lima, Reginaldo Oscar de Castro, Roberto Antonio Busato, Cezar Britto, Ophir F. Cavalcante Junior, Marcus Vinicius Furtado Coe?lho e Claudio Lamachia.

13 thoughts on “Presidente da OAB interpela Bolsonaro no Supremo para que explique a morte de seu pai

    • “Santa Cruz, presidente da OAB, mantm contratos de R$ 3,8 milhes com Petrobrs e Serpro, assinados nos governos do PT
      O Jornal da Cidade de hoje denuncia novamente os contratos milionrios que o escritrio do atual presidente nacional da OAB, Felipe Santa Cruz, manteve com os governos do PT.
      O governo Bolsonaro prometeu romper aqueles contratos ainda em vigor.
      O jornal conta que isto explica por que razo Santa Cruz esperneia tanto contra o governo” (Blog do Polbio Braga).

  1. Este crpula tem estes contratos antes mencionados, mais outros no ministrio das Minas e energia, com seu escritrio de advocacia, 2 milhes etc, alm de bolsa ditadura de RS 37 mil, isenta de IR!
    um canalha.
    A famigerada Comisso da Mentira, instituda pela dbil mental, deu a bolsa para ela prpria e para um sem nmero de bandidos, guerrilheiros que queriam implantar a ditadura de esquerda, e as Foras Armadas, apoiadas pela maioria do povo no permitiram.
    Meu pai, ento Coronel, foi um dos lderes do movimento militar de 1964, e eu, como simples tenente da Brigada Pqdt, participei no que foi possvel.
    5 ou 6 famlias tradicionais de militares, a minha citada em seguindo lugar, deveriam ser exterminadas, como h, ou houve, documentos das Ligas Camponesas.
    A esquerda acha que isto pode acontecer de novo. Jamais!
    No bravata.
    E se tentarem, ,qualquer preo ser pago.

  2. O canalha e suas canalhices. O medo da lava-jato chegar pro seu lado.

    https://www.jornald
    acidadeonline.com.br/noticias/13334/pegaram-o-felipe-santa-cruz-o-moco-da-oab-e-o-contrato-milionario-com-a-petrobras?fbclid=IwAR0GrAp1wGneOwqG3KG_R7qrn8tEULeXJKDFocbubUUQ9U-PArnGMHlcXT0

  3. A OAB contra a lavajato por motivos bvios, e ficam procurando factides para criar cortinas de fumaa que encubra seus verdadeiros interesses petistas comunistas.

    Porm sabem, com toda certeza, que quando foram derrotaos pelos nossos amaados militares deveriam ter reconhecido, que estavam lutando em causa prpria e por dinheiro, conforme est tudo provado pela gorda e injusta bolsa ditadura que recebe cada um desses crpulas travestidos de injustiados pelos militares.

    Toma jeito, sem vergonha, vai trabalhar, e no sugue mais o sangue do pobre povo brasileiro que o sustenta suas mordomias e suas farras!

    Salve o Clube de Regatas Vasco da Gama que sempre lutou com o povo brasileiro!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.