Primeira vitória dos protestos: anulados os aumentos em diversas cidades, incluindo Rio e São Paulo

Carlos Newton

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, convocou entrevista coletiva nesta quarta-feira para anunciar a decisão de reduzir da passagem de ônibus de R$ 2,95 para R$ 2,75. De acordo com Eduardo Paes, o impacto no orçamento da prefeitura será de R$ 200 milhões anuais, podendo chegar a R$ 500 milhões. Ele comparou os valores aos gastos, no mesmo período, com a manutenção das clínicas da família, que chega a R$ 400 milhões.

Ao mesmo tempo, o governador Sérgio Cabral também anunciava a diminuição as tarifas de trem, metrô e barcas. enquanto em São Paulo o governador Geraldo Alckmin e o prefeito Fernando Haddad divulgavam, no Palácio dos Bandeirantes, a redução das passagens de trem, metrô e ônibus dos atuais R$ 3,20 para R$ 3,00.

Agora, só falta os governantes, políticos e administradores públicos dos três Poderes atenderem aos demais itens da pauta de reivindicações: investimentos em saúde, educação e segurança, além do fim da corrupção (e vamos todos esperar sentados, claro).

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

16 thoughts on “Primeira vitória dos protestos: anulados os aumentos em diversas cidades, incluindo Rio e São Paulo

  1. ” O P O V O, U N I D O
    J A M A I S S E R Á V E N C I D O”
    ( KARL MARX )
    ” H Á D E C H E G A R O D I A E M Q U E O S T R A B A L H A D O R E S S E U N I R Ã O … E E X I G I R Ã O S E U S D I R E I T O S: N E S T E G L O R I O S O D I A … E L E S F A R Ã O A T E R R A T R E M E R ”
    (KARL MARX)

  2. … faliram todas as planilhas …
    … faliram todas as estatísticas …
    … faliram todas as projeções …
    … faliram todas os cálculos …
    … faliram todas as manipulações …
    … faliram todas as manobras …
    Prevaleceu a força do Trabalhador !!!
    Mas, isto ainda não é nada!!! A luta tem que continuar, e nas ruas!!!
    Ainda há muitas muitas muitas outras batalhas a serem travadas!!!
    Os vândalos encastelados nos seus palácios devem continuar sentindo o assédio popular, por melhoras nas condições de VIDA!!!
    VIVA O TRABALHADOR!!! O TÃO EXPLORADO TRABALHADOR!!! O TÃO HUMILHADO TRABALHADOR!!!

  3. Pra quem viu o Cabral ironizar e minimizar o movimento, e agora o vê falando ironicamente em democracia, coisa que ele desconhece, teve a oportunidade de conhecer o perfil do político brasileiro.

  4. Quando um Trabalhador pega um ônibus ou um trem … para onde ele está indo … e para fazer o quê???
    Ele está indo PRODUZIR!!!
    PRODUZIR para quem??? Para seus carrascos beberem champanhe francês, em Paris!!!
    Sua PRODUÇÃO fica com quem??? Com seus algozes!!!
    Chega!!! Basta!!! A LUTA está apenas começando!!!

  5. Confesso minha ignorância e pergunto a quem souber responder:
    O que o prefeito quis dizer com “impacto no orçamento DA PREFEITURA”?
    Ora, o transporte coletivo não é uma concessão dada a EMPRESAS PRIVADAS ?

  6. É isso aí Almério Nunes, transporte é vital e deve ser de graça. Afinal em um país que cobra impostos de país socialista, arrancando quase a metade daquilo que um trabalhador ganha, deveria garantir a ida e a vindo para o trabalho desse povo que produz.
    Esse cartaz que o manifestante segura diz tudo.

  7. Respondam-me uma simples perguntinha: afinal não são os empresários de ônibus que financiam a campanha desses cínicos políticos? Precisamos abrir essa caixa preta.

  8. … meu PROTESTO é contra o aumento indiscriminado de preços. Vejam nas
    gondolas dos supermercados. Nao ha nenhuma justificativa para tanto. Se
    baixaram os preços das tarifas de onibus, que tal se nos voltassemos contra as grandes redes de supermercados? A inflaçao baixaria…
    com certeza.

  9. Cara Eliana M.
    Esta chegando no ponto que eu quero levantar.
    Mais uma perguntinha inocente: Como é esse negocio de, aqui no Rio o governo do estado ter comprado 60 trens para a Supervia??? Compra-se também onibus para as emprêsas? Barcas para a Barcas SA.?

  10. SINCERAMENTE E JUSTO AUMENTAR TARIFA COM O TIPO DE SERVIÇO PRESTADO A BAIXO ?

    “Operação Roleta Russa impede a circulação de 263 ônibus no Rio …
    http://www.correiobraziliense.com.br/…/operacao-roleta-russa-impede-a-circul…‎
    23/05/2013 – Rio de Janeiro – Treze dias após o início da Operação Roleta Russa, 263 ônibus já foram impedidos de circular por agentes da Autarquia de …Ainda segundo o diretor, o problema mais encontrado nos ônibus tem sido para o acesso de cadeirantes, mas também são comuns os pneus carecas, as janelas que não funcionam e as lanternas quebradas, entre outras irregularidades. A operação não tem prazo para terminar.”

    ” Operação Roleta Russa já tirou mais de 400 ônibus de circulação no Estado –
    http://www.youtube.com/watch?v=98gPqPsgZRU “”

    “Em menos de 1 semana, operação Roleta Russa interdita 186 ônibus no Rio ( DOCUMENTACAO VENCIDA DESDE 2008 , BARATAS, PNEU CARECA ETC ETC”
    http://www.youtube.com/watch?v=71wi8gsCe3I

  11. E os prefeitos que já receberam propinas das empresas de ônibus, vão devolvê-las aos empresários corruptores ou conceder-lhes mais exonerações fiscais para compensar? Mantega parecia preocupado hoje em sua entrevista, porque suas exonerações fiscais são para engordar os lucros dos empresários, que raramente beneficiam consumidores e o povão. E para complicar o panorama, o dolar está a disparar, contrário ãs previsões dos barbadeiros metidos a sabidos. Hoje, quem não era amigo do rei, teve que pagar 2,30 grana viva por cada dolar furado, algo como 10% mais caro que no mesmo dia do mes passado, isto é, o dobro da atual remuneração ANUAL da caderneta de poupança, que por sua vez está remunerando mais que uma aplicação de 100 mil em CDB nos primeiros 720 dias em bancos de primeira linha.

  12. Caro Fred,
    Basta entender que todos os serviços, ditos publicos, tem subsidio dos governos, seja municipal, estadual ou federal. Exemplo, agua, energia, correios, telefonia, saude(mesma a privada) OU teriam seus preços ainda muito maiores. Em SP, por exemplo, foi esclarecido que os empresarios entram com 10%(apesar de todas as benesses, ganhos que têm por prestarem o mal serviço) o governo arca com 20(fora a tirada de impostos e financiamentos de compra dos meios necessarios a prestaçao do serviço). E o usuario, arca com os restantes 70 por cento. Acredito que no caso desta reduçao a prefeitura e o Estado, estarao arcando, repassando ao empresarios, esses vinte centavos, para cada passageiro, transportado, registrado nas catracas, bilhetadores. Nao é dificil fazer isso.

  13. Obrigado pela atenção Jose A.
    Pelo que eu entendi, sem os 20% de subsídio dos governos e os 10% dos próprios empresários (???????) todos estes negócios seriam deficitários em se mantendo os preços “baratinhos” que se paga. Ahhh entendi!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *