Procurador do ‘miserê’ já é alvo de 22 representações na Ouvidoria do MP

Resultado de imagem para misere charges

Charge do Mor (Notícias UOL)

Isabella Souto
Estadão

O procurador de Justiça Leonardo Azeredo dos Santos – famoso por classificar o salário da categoria de “miserê” – já é alvo de 22 representações na Ouvidoria do Ministério Público. As manifestações serão avaliadas e, caso sejam relacionadas à conduta e trabalho do procurador, serão encaminhadas à Corregedoria Geral do Ministério Público, que é o órgão encarregado de apurar eventuais ou possíveis ilegalidades ou desvios de conduta por parte dos membros do MP.

Caso seja aberto algum procedimento, será acompanhado também pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

LICENCIOU-SE – Desde que as declarações feitas pelo procurador durante reunião da câmara de procuradores de Justiça, no último dia 12 de agosto, foram divulgadas, o procurador não foi visto na sede do Ministério Público. Ele está de licença médica desde a quarta-feira (11/9).

Nesta quinta-feira (13/9), o órgão não informou quando se encerra o afastamento do procurador por se tratar de “informações de caráter particular”. Durante a reunião em que reclamou do salário e de ter que reduzir o “estilo de vida”, o procurador afirmou fazer uso de remédios controlados e antidepressivos para “aguentar a situação atual”.

A reclamação de Leonardo Azeredo foi feita durante sessão para discutir o orçamento do MP para 2020. Isso porque os procuradores foram informados que a categoria poderia ficar sem reajuste no vencimento no ano que vem, caso a Assembleia Legislativa aprove os projetos de lei que tratam do ajuste fiscal em Minas Gerais.

ARROCHO SALARIAL – Entre as propostas, está a venda de estatais e o congelamento de salário de servidores de todos os poderes. Na reunião, o procurador-geral de Justiça, Antonio Sérgio Tonet, chegou a dizer que poderá recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF) para garantir um aumento no contracheque da categoria.

Embora o procurador tenha reclamado que os R$ 24 mil são insuficientes para bancar seus gastos, levantamento realizado pelo Estado de Minas mostrou que ele ganha um valor bem superior.

O procurador custou ao contribuinte mineiro pelo menos R$ 4 milhões nos últimos cinco anos com o salário, indenizações e “remunerações retroativas ou temporárias”, segundo o portal da transparência do Ministério Público.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
O procurador não tem o menor problema para tirar licença médica. Consegue atestado por telefone, consegue atestado por telefone, porque todo médico já sabe que se trata de um débil mental.
(C.N.)

14 thoughts on “Procurador do ‘miserê’ já é alvo de 22 representações na Ouvidoria do MP

  1. Segundo a reportagem, “O procurador de Justiça Leonardo Azeredo dos Santos – famoso por classificar o salário da categoria de “miserê” – já é alvo de 22 representações na Ouvidoria do Ministério Público” E segundo o nosso Editor da TI o procurador é um débil mental.

    As 22 representações foram feitas por pessoas que não se tocaram que o procurador tem doença mental grave e está em licença médica por isso, e a própria reportagem diz que ele vem fazendo uso de psicofármacos. Está doente, mas há muitos que não acreditam que exista doença mental.

    Meu prezado Editor CN, me desculpe, mas este procurador não é débil mental, até porque para chegar a ser procurador teve de passar em um concurso dificílimo, que débil mental não passa.

    Não vou me estender mais porque já me posicionei nesta TI sobre o que captei da doença mental deste procurador, que é grave, e suas chances de ficar 100% são mentalmente são muito pequenas. Esta doença é grave, recorrente, e deixa sequelas mentais, mesmo se bem tratada..

    • Nomenklatura (palavra russa derivada do latim) era como se designava a “burocracia”, ou “casta dirigente” da União Soviética. Ela incluía altos funcionários do Partido Comunista da União Soviética e trabalhadores com cargos técnicos, artistas e outras pessoas que gozavam da simpatia do Partido Comunista.

      Que falta de compreensão, Alex Moura ! Não se trata de nada disso ! Lamento ler um comentário como esse.

  2. Marxistas são tolerantes com Lula, Fidel, Stálin, Márcia tiburi, Benedita…..

    Todos a fina flor da merda.

    Mas não perdoam pessoas de sucesso.

    Se o procurador está doente ou não, é irrelevante.

    Cuida-se de servidor publico, admitido em concurso dificílimo, com legitimidade para pleitear reajuste.

    O resto é inveja, vindo principalmente dos malditos marxistas.

    P. S.
    Sabem, descobri que tenho uma enorme satisfação em chamar marxistas e comunistas de malditos ou canalhas.

    Me sinto como se estivesse honrando a memória de Nelson Rodrigues.

    Com a alegria de não poder ser refutado pelos cretinos.

    • Que comentário imbecil, típico de um babaquinha se noção

      O que marxismo tem a ver com o texto?

      Caso vc não saiba, esquerdistas são maioria entre os servidores públicos, que fizeram a festa durante os governos do PT, com vários concursos.

      • O cara é servidor público.

        Tem todo o direito de pleitear reajuste salarial.

        Mas você é o justiceiro social que vai tirar dele este direito.

        Mais um invejoso detectado.

        Lembrando que comunistas são cretinos.
        Inclusive o CDA , o Guevara, e o Boff.

        • Já disse e repito. A maioria dos servidores públicos (inclusive nos altos escalões) é esquerdista e costuma votar com o PT, que sempre abre concursos públicos e dava aumentos para essa gente.
          Justiceiro social e invejoso porquê? Vc nem sabe minha opinião sobre a fala dele. Tenho emprego na inciativa privada e não tenho inveja de ninguém. O que tem a ver os comunistas com o texto?

  3. Para dizer o que disse, este cidadão deve mesmo ser muito doente mentalmente. Um mal irrecuperável. Assim sendo, deveria ser aposentado por invalidez o mais rápido possível, para o bem de milhões de brasileiros que “vivem” (?) com infinitamente menos do que ele.

  4. Quem do setor privado já recebeu 4 milhões de “indenizações e ou remunerações retroativas ou temporárias”…Tá bom, deixo por 50 mil… e isto é todo dia..juizes recebendo 500/600 mil de atrasos…por isto os hospitais caindo aos pedaços, estradas todas esburacadas…e querem agora a cpmf, para poder continuar pagando estas malandragens….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *