Procuradoria da República impôs derrota ao Planalto no caso Rosemary

Carlos Newton

É preciso destacar: a recente decisão da Procuradoria da República sobre a Operação Porto Seguro pegou de surpresa o Planalto, porque os articuladores da campanha contra Rosemary Noronha, ex-chefe do Gabinete da Presidência da República em São Paulo e amiga íntima de Lula, jamais poderiam esperar que o Ministério Público Federal (MPF) excluísse Rose da principal ação de improbidade administrativa movida contra os envolvidos na Operação Porto Seguro.

Mas o fato é que o MPF está exigindo a devolução de R$ 38 milhões aos investigados da Operação Porto Seguro, desfechada pela Polícia Federal e pela Procuradoria da República em novembro de 2012  para desarticular uma organização criminosa de venda de pareceres técnicos em órgãos federais. O procurador da República José Roberto Pimenta Oliveira está acusando 18 réus na ação de improbidade, entre eles 10 agentes públicos, mas Rosemary Noronha não foi denunciada.

Interessante notar que na Comissão de Ética da Presidência ocorre justamente o contrário: o Planalto mandou que fossem investigados apenas quatro dos envolvidos na Operação Porto Seguro, a saber: Rosemary Noronha, o ex-número 2 da Advocacia-Geral da União José Weber Holanda e os irmãos Paulo e Rubens Vieira, ex-diretores da Agência Nacional de Águas (ANA) e Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), respectivamente.

“VAZAMENTOS”

Rose, Weber, Paulo e Rubens Vieira são acusados de integrar uma quadrilha que negociava a compra de pareceres técnicos. Mas o principal alvo do Planalto é mesmo Rosemary, que tem sido vítima de seguidos “vazamentos” de informações por parte do Casa Civil, da Controladoria-Geral da União e da Comissão de Ética da Presidência, enquanto nada “vaza” em relação a José Weber ou aos irmãos Vieira. Parece estranho, não?

É esta flagrante perseguição do Planalto a Rosemary que vem deixando Lula indignado. Ele sabe que o alvo na verdade é ele, e não sua companheira de viagens ao exterior, a quem tem procurado ajudar na medida do possível, digamos assim.

Lula está revoltado, mas tenta manter a calma. Ele até achava que o Planalto ia parar com essas manobras, mas na semana passada a provocação continuou, com “vazamento” de notícias sobre Rosemary para o jornal O Globo. E se Lula explodir, ninguém sabe o que pode acontecer.

Bem. este é o quadro atual. O resto? “Depois eu conto”, como dizia o filósofo da crônica social Ibrahim Sued. Com exclusividade absoluta, é claro.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

4 thoughts on “Procuradoria da República impôs derrota ao Planalto no caso Rosemary

  1. Coisas que acontecem aos olhos dos socialistas.
    Ilustre Leonardo Boff, vamos nos concentrar e se preocupar mais com nossos problemas domésticos e esquecer mais os EUA. Comente sobre as falcatruas deste governo petista e esqueça o modo operacional dos americanos.
    Ao menos escreva dizendo que nos EUA este pessoal do PT envolvido em corrupção estaria na cadeia.

  2. Prezado Jornalista, a meu ver não seria ruim se Lula explodisse literalmente da vida pública nacional, ou pelo menos fosse com passagem só de ida para Portugal tomar um Romanné-Conti com sua amada-amante, dinheiro não deve faltar para tal deleite.
    Agora pergunto, é possível ver diferença entre o cinismo atroz do Coronel Ustra e o cinismo atroz do ex-presidente Lula?
    Dentro da história de cada um, das escolhas pessoais e profissionais feitas por ambos, qual é o maior herói ou vilão brasileiro?

  3. Carlos Newton, olá !
    Convenientemente, a Mari$a nem aparece, mas a presidentA, explosiva ( literalmente ), não contém seu ciúme,e vem atacando …

  4. Prezado Carlos Newton, seria interessante inserir neste blog a carta endereçada a Presidente
    Dilma, subscrita por mais de 50 movimentos populares e sindicais, solicitando que não se faça licitações de áreas de petróleo e privatizações como pretende a Presidente.
    Esta carta foi lida ontem no Senado pelo Senador Roberto Requião.

Deixe um comentário para João de Uma Região Atrasada Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *