PSDB pede ao Supremo que Dilma também seja investigada pela PF

Márcio Falcão
Folha

O PSDB apresentou nesta sexta-feira (25) um pedido ao STF (Supremo Tribunal Federal) para que a Polícia Federal seja autorizada a investigar e tomar depoimento da presidente Dilma Rousseff nas investigações do esquema de corrupção da Petrobras. A solicitação será analisada pelo ministro Teori Zavascki, relator da Operação Lava Jato no Supremo.

O PSDB usa como base para a ação o relatório da Polícia Federal que também requereu ao Supremo o depoimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O documento, assinado pelo delegado da Polícia Federal Josélio Azevedo de Sousa, argumenta que, apesar de não haver provas do envolvimento direto de Lula, a investigação “não pode se furtar” a apurar se o ex-presidente foi ou não beneficiado pelo esquema na Petrobras.

Para o PSDB, as mesmas condições de Lula se aplicam a presidente Dilma Rousseff. No entanto, na interpretação do delegado, por força de dispositivo da Constituição – art. 86, § 4º –, Dilma não poderia ser investigada enquanto ocupar o cargo de presidente.

INTERPRETAÇÃO ERRADA

A ação do PSDB, porém, alega que a interpretação do delegado é equivocada, já que o próprio ministro Teori Zavascki, ao analisar o tema em questão, deixou claro que o fato de um presidente estar no cargo, “não inviabiliza, (…), a instauração de procedimento meramente investigatório”.

“É preciso impedir que determinados atores utilizem o tempo para se beneficiar da perda de provas. Portanto, é fundamental a autorização do STF para que a análise investigativa avance, com o objetivo de salvaguardar e preservar as provas a serem colhidas”, afirmou o líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio.

“A própria condição funcional de Dilma Rousseff à época dos fatos, ou seja, Ministra de Minas e Energia, Presidente do Conselho de Administração da Petrobrás e Ministra da Casa Civil, por si só, a coloca no centro dos fatos criminosos, exigindo, no mínimo, explicações plausíveis e aceitáveis para eventual alegação de que ‘nada sabia'”, disse Sampaio.

Teori pode analisar o pedido individualmente ou enviar para a Procuradoria-Geral da República se manifestar.

LULA

O ministro já enviou para o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pedido para que Lula seja ouvido. Segundo investigadores que acompanham os desdobramentos da Lava Jato, a demanda da Polícia Federal em relação ao ex-presidente não foi recebida em um primeiro momento.

A avaliação é de que não há fatos novos que justificassem a medida, sendo que as declarações de delatores citados pela PF para embasar o pedido já eram de conhecimentos dos investigadores. O caso, no entanto, seria debatido entre a equipe, sendo que Janot fecharia questão.

O delegado cita que o doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa “presumem que o ex-presidente tivesse conhecimento do esquema de corrupção”, tendo em vista “as características e a dimensão” do caso. Mas frisa que ambos não dispõem de elementos concretos que impliquem a participação direta do então presidente Lula nos fatos.

One thought on “PSDB pede ao Supremo que Dilma também seja investigada pela PF

  1. Na Folha do Vampiro da Móoca.
    http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2015/09/1686558-com-chacina-grande-sp-bate-recorde-de-vitimas-de-homicidio-em-2015.shtml

    Os Dignissimos Deputados do Partidão da Direitona da Etica deveriam pedir um novo Prêmio de Gestão ao famoso comedor de caviar da Riveira Francesa de São Paulo, gerardo efeagace, esse cara é um gênio. “esse é o cara”……..

    Que tal., um PR~EMIO NOBEL da Gestão da (IN)Segurança Pública Mundial.?:??

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *