Punição a rebeldes indica choque de ideias entre os partidos e os movimentos populares

Resultado de imagem para tabata amaral

Tabata Amaral, do PDT, está sendo pretendida por vários partidos

Miguel Caballero
O Globo

Surgidos nos últimos anos como alternativa à polarização ideológica e com proclamada intenção de renovar a política, movimentos da sociedade como o Acredito elegeram deputados em “parceria” com partidos formalmente registrados na Justiça Eleitoral. Não demorou um semestre até que a votação da reforma da Previdência expusesse previsíveis atritos em torno desse modelo híbrido, uma novidade da atual legislatura.

Foi de certa forma a estreia na realpolitik de Brasília para deputados novatos como Tabata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES), ambos originários do Acredito e do RenovaBR, movimentos que pregam distância da política tradicional.

CONVICÇÕES – Na hora de votar, prevaleceram as convicções pessoais, mas a lógica partidária prevê consequências. Ao se filiarem aos partidos, integrantes do Acredito levaram às legendas uma carta na qual as siglas se comprometiam a lhes garantir “autonomia política”. Nada que se sobreponha aos estatutos partidários, afirmam dirigentes como Carlos Lupi.

Ameaçados de expulsão, Tabata e Rigoni poderão sinalizar qual o caminho institucional possível quando esses movimentos sociais entram na política formal. Ficar sem partido, ir para uma legenda mais leniente com as decisões de seus integrantes ou mesmo ficar onde estão — como independentes ou passando a seguir as instruções partidárias. Nesta votação, os 36 deputados “rebeldes” se espalharam por 11 partidos.

Não há, de acordo com o entendimento do Supremo Tribunal Federal, risco de que deputados eventualmente expulsos de um partido percam o mandato.

BATALHA PERDIDA – Para além da punição que PDT e PSB destinarão aos que não seguiram a decisão partidária, a oposição de esquerda vê-se outra vez diante de uma antiga dicotomia: manter a unidade ideológica, agora num tema especialmente caro a esses partidos, ou privilegiar um pragmatismo que a aproxime de vitórias no Congresso. A votação esmagadora indica que a reforma da Previdência se tratava de uma batalha perdida para a oposição.

Virão muitas outras, porém, no governo Bolsonaro, como a análise do decreto das armas e uma extensa pauta de costumes que o Executivo e o bloco mais conservador no Congresso pretendem levar a voto. Disputas nas quais a esquerda pode não estar tão isolada do centro como sugerem os 131 votos de anteontem. Expulsar parlamentares que conseguem falar para “fora da bolha” pode não ser a forma mais fácil de ganhar votações — no Congresso ou fora dele.

7 thoughts on “Punição a rebeldes indica choque de ideias entre os partidos e os movimentos populares

  1. Deputada Tabata Amaral, quem lhe elegeu foi o Cidadão brasileiro que juntos apoiam essas reformas, simples, e pelo que a Democracia reza o Deputado representa o Povo numa Instituição. Não tema, nem fique refém de “esquerdopatas corruptos/cleptômanos e viciados em drogas contumazes”, o Brasil não escuta e nem precisa dessa gente, eles em sociedade com o PT roubaram o Brasil todo e vem posar de sérios, são bandidos da pior espécie, se livre deles, ninguém de sã consciência e honesto jamais queria ter esses desclassificados como mentores, eles são mentores de coisas nojentas na vida brasileira. E sobre aquele “intelectual pernambucano esposo de artista” é que não se respeita mesmo, será que ele quando fala em transparência e respeito ao dinheiro público irá mostrar através de mídias o primeiro ato dele como Deputado pedindo a Aposentadoria Antecipada, antes dos 4 anos de mandato, como Deputado Federal ???? Como se vê ,a malandragem tem os novos e os velhos malandros, se somando para destruir a empobrecida e assaltada Nação Brasileira e o Povo Brasileiro. Que Deus a proteja e sempre pense no povo antes de falar ou pensar como os tutores do lulopetralhismo, esses caras não merecem respeito de ninguém, dão nojo ao extremo !!!

    • YAWHE SEJA LOUVADO …sempre …

      O Sr. Brasileiro … menos tá ..seja menos em suas análises . O que se deva atentar aqui meu nobre plebeu …é a ética que se deva ter ao partido em que vc (uma hipótese) esteja filiado. TRAIR o partido que lhe ofereceu uma legenda e por extensão a história deste partido ..tudo isso combinado ajuda a eleger o politico a ele filiado. Agora quando chega a hora da verdade uma votação importante e o partido se posiciona contrário a essa votação que denota ir contra os ditames politicos deste ..o tal deputado TRAIRA se rebela e da seu volto contra o que diz o estatuto deste partido ..isso nada mais é do que uma TRAIÇÃO partidária e deva ser punida com a perda do mandato e sua substituição pelo suplente imediato e de direito .
      OUTRA cousa importante TRAIÇÃO é uma cousa horrenda..nem vou me delongar a história já nos mostra que fim levou NOMES HONRADOS de nossa história tudo por culpa de um TRAIRA canalha e miserável (na esfera militar em tempos de guerra (em alguns caso até mesmo não ) um TRAIRA é punido com a PENA CAPITAL … sem dó ou piedade..) …VCS SABEM MUITO BEM QUE FIM LEVOU O NOSSO PATRONO CIVICO DA NOSSA nação , traido POR UM VERME que nem merece ter seu nome escrito por todo BRASILEIRO NATO …
      creio que se deva atentar pelo tema com maior ACUIDADE …e quanto aos TRAIRAS ..bem eu já me posicionei TRAIRA É UM VERME ( EM TODAS AS ESFERAS).
      YAWHE SEJA LOUVADO ….sempre ..

  2. “Será que o Brasil sofre de Alzheimer ? VEJAM BEM, raciocinem comigo, 100 anos, de paz, estabilidade e prosperidade, é exatamente o Pulo de Leão do Brasil, adiante dos EUA, dos Tigres Asiáticos e até mesmo da Europa-mãe, e é, exatamente, o que o HoMeM do Mapa da Mina do bem comum do povo brasileiro propõe ao Brasil, há mais de 20 anos, com a RPL-PNBC-DD-ME, o Projeto Novo e Alternativo de Política e de Nação, o novo caminho para o novo Brasil de verdade, porque evoluir é preciso, que expressa a reinvenção do Brasil, ante a falência quase que total e absoluta da república tipo 171 aí está, há 129 anos, exaurida e já transpirando decadência terminal por todos os seus poros, bem como o seu próprio ciclo de poder, tal qual imposta pelo golpismo ditatorial, o partidarismo eleitoral e seus tentáculos, velhaco$, todos com prazo de validade vencido há muito tempo. Pulo de Leão do Brasil esse que já deveria ter sido iniciado, o mais tardar, no pós-Lula, época em que o modelo vencido que ai está atingiu o seu apogeu, que atraiu os olhares do mundo que tb quer e precisa se libertar da opressão norte-americana e que, por isso, sempre alerta, passou a monitorar o Brasil mais de perto e mais intensamente, tendo em vista que os EUA não admite novos protagonistas internacionais, como demonstra a matéria abaixo, e que, por isso, passou a interferir drasticamente na política do Brasil para mantê-lo nas mesmas condições de outrora como uma espécie de fundo de quintal dos interesses norte-americanos na região e cão de guarda, vira-lata, de estimação, acometido pela famigerada síndrome de Estocolmo, que cola no Brasil abobalhado e abestado, como diz o Tiririca, mas que não cola a Rússia e nem na China, o R e o C dos BRICS que não brincam em serviço, nem mesmo traídos pelo B de Bobão, que. ao que parece, não tem noção de que pode ser o novo carro-chefe da nova ordem mundial que se faz necessária, dando-nos a impressão de que, além de tudo, tem problemas tb de Alzheimer, que não lhe permite vislumbrar outra coisa senão apenas o aqui e agora, sem memória sobre o seu passado e sem visão de futuro, tornando-se um prato cheio para psicopatas ilusionistas e imediatistas, loucos por dinheiro, poder, vantagens e privilégios, sem limite$, à paisana e fardados, pela situação e pela oposição, pela direita, pela esquerda e pelo centro, à moda todos os bônus para elle$ e o resto que se dane com os ônus, os quais fazem de tudo e qualquer coisa para lograrem os seus intento$. Enquanto “os pessimistas choram, os otimistas vendem lenços.” https://www.brasil247.com/mundo/eua-definem-china-como-rival-pelos-proximos-100-anos?fbclid=IwAR06iAwXMSSn_vhBSDyPVM4P1d3KmM2W6Cmuo7s6k6xhGY4giIf7CbfysqA#.XSnGuOAcmfw.facebook

  3. Carlos, quando se tá em jogo o futuro da Nação não se joga o proselitismo de fidelidade a corruptos de partidos A ou C, o Brasil tá destruído e quem pensa em inviabilizar o país e o Governo Eleito democraticamente não pensa no país e só em seus interesses. Suas lições são muito pequenas para quem conhece o dia a dia da Gestão Pública, o Brasil não suporta essa palhaçada de excesso de democratismo e politicamente correto quando se tá em jogo o futuro desta Nação assaltada , também, em cumplicidade total e explicita pelo PDT junto com outros partidos , e, sob o comando do PT. Nós temos mais da metade do país duramente e diretamente atingida pelo desemprego construído por esses “populistas e democratistas”. Se essa Reforma da Previdência não for aprovada até meados de Setembro, fatalmente, viraremos uma Venezuela misturada com Cuba e Grécia na miséria total, ou será que as classes sociais que se juntam para ir ás ruas pedir o fim da corrupção e da ingovernabilidade aos Poderes são idiotas ao procurarem seus Direitos de Cidadão Brasileiros de ter uma Vida digna para suas Vidas e suas Famílias ???? Quem aprendeu o dia a dia de bem gestar o Brasil não se conforma com o que assiste, e, essa conversa de votar contra o Governo e o Governante é só ideológica e de quem estar com ódio porque lhes tiraram os “peitinhos públicos” surrados de tanto mamarem em 16 anos de desmandos, onde estavam esses Políticos Democratas nos Poderes que não evitaram essa catástrofe moral, ética, econômica, financeira e administrativa que jogou o Brasil nesse mar de miséria absoluta ????? No mais teus ensinamentos não passam no beabá da gestão Pública, é lá que uma onda grandiosa pode arrastar todos os Cidadãos Brasileiros para uma “venezuelização profunda” , líderes populistas corruptos e falastrões é que não faltam dentro e fora do Congresso Nacional para assinarem e firmarem nosso Atestado de Óbito de Nação e Povo !!!!

  4. Fidelidade partidária, o cacete.
    Temos que acabar com esse circo.
    O político tem que votar, de acordo com a sua consciência, e em resposta aos seu s eleitores.
    Se sair do caminho proposto, esses mesmos eleitores que tomem a iniciativa de puni-lo ou não.

    Sonhar, nunca foi proibido…,..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *