Ao sinalizar que pode fazer delação, Queiroz leva a família Bolsonaro ao desespero

Vídeo mostra a casa e a reação de Fabrício Queiroz ao ser preso ...

Queiroz declarou ao delegado que vai “se entender com a Justiça”

Carlos Newton

Já era esperada desde o início dos tempos a prisão de Fabricio Queiroz, o sargento reformado da PM que caiu nas graças da família Bolsonaro, foi requisitado pera servir no gabinete do então deputado estadual Flávio Bolsonaro (do PP), dobrando assim o salário e escapando de trabalhar no patrulhamento das ruas do Rio de Janeiro, missão considerada uma das mais arriscadas do mundo, nas estatísticas de morte em serviço ou fora dele.

De início, Queiroz trabalhava como segurança e motorista, mas acabou ganhando a amizade da família e passou a ser um dos coordenadores e cabos eleitorais mais importantes, devido a seu trânsito no submundo da criminalidade no Rio de Janeiro, inclusive a ligação com milicianos.

AS RACHADINHAS – Homem de confiança da família, Queiroz acabou sendo encarregado do serviço mais importante e delicado do gabinete parlamentar – as rachadinhas, uma prática antiga na política brasileira, realizada através da contratação de assessores que não trabalham, mas devolvem ao político parte do salário recebido.

Essa prática Jair Bolsonaro aprendeu na Câmara Federal, em seu convívio com colegas de bancada nos partidos a que foi filiado, como PPR, PPB, PTB, PFL, PP e PSC. Durante toda a carreira, o atual presidente teve esses falsos servidores, que engordaram sua conta bancária a ponto de se tornar dono de grande quantidade de imóveis.

Entre os servidores das rachadinhas de Jair Bolsonaro, já foram identificadas uma das filhas de Queiroz, Nathalia, e uma vendedora de açai em Angra dos Reis, Walderice Santos da Conceição, mulher do caseiro de Bolsonaro.

DE PAI PARA FILHO – A prática da rachadinha tem a vantagem de enriquecer o parlamentar aos poucos, sem que precise se corromper com vultosos desvios de dinheiro público, vejam a que ponto chega a desfaçatez desses representantes do povo.

A Assembleia do Rio é um covil de ladrões. Queiroz deu azar de trabalhar para Flávio Bolsonaro. Muitos outros deputados estão envolvidos em esquemas de desvio de dinheiro, em valores bem mais elevados, e foram flagrados pelo antigo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) na mesma operação de rastreamento que apanhou Flávio Bolsonaro e Fabricio Queiroz em 2018.

A investigação andou mais rápido porque se trata do filho mais velho do novo presidente da República, que fez campanha justamente prometendo combater a corrupção. Mas os demais deputados denunciados pelo Coaf também estão na fila e logo serão apanhados, é apenas uma questão de tempo.

BONS ADVOGADOS – Deve-se reconhecer o esforço e a ousadia dos advogados que a família Bolsonaro colocou a serviço de Fabricio Queiroz, que conseguiram evitar sua prisão por quase um ano e meio.

Mas agora nada disso interessa. O importante é saber se Fabricio Queiroz fará delação premiada, conforme sinalizou logo ao ser preso, na madrugada desta quinta-feira, quando disse ao delegado paulista: “Olha, tudo bem. Vocês cumprem a função de vocês, vou me entender com a Justiça”.

No Planalto, o suspense é de matar o Hitchcock, como diria o genial publicitário e compositor Miguel Gustavo.  Hoje, Bolsonaro se reuniu com o núcleo duro do Planalto (quatro generais e um major da PM), e ninguém sabia o que dizer e o que fazer, porque não há nada que possa conserta o estrago.

###
P.S. 1
Já está certo que será trocado o advogado, porque o atual, Frederick Wassef, ficou completamente desmoralizado, por ter protegido um criminoso em seu próprio escritório, conforme era mencionado o endereço da casa. É claro que Wassef era bem pago para fazê-lo, e agora a OAB precisa tomar providências.

P.S. 2Tudo indica que Queiroz fará delação premiada, para pegar uma pena mínima e ganhar prisão domiciliar. Mesmo que ele não entregue o que sabe sobre a família Bolsonaro, isso não fará diferença; eles já estão liquidados, não há salvação. (C.N.)

21 thoughts on “Ao sinalizar que pode fazer delação, Queiroz leva a família Bolsonaro ao desespero

  1. Queiroz é o homem que sabe demais da quadrilha criminosa familiar de Bolsonaro. Ele ajuda o chefe do clã nessas práticas delituosas desde os tempos idos.

    Parece que ele não tem aquele sangue frio para assumir calado todas as culpas e permanecer de bico fechado para sempre. Para piorar, sua esposa e filha estão uma “pilha de nervos”, porque sabem que a casa caiu.

    É fundamental que Fabrício Queiroz faça a delação premiada. Para seu próprio bem e de sua família, e para ajudar o país a ser passado a limpo mais uma vez.

    • Duvido que faça delação (!)
      Pense. Quem garantirá advogados para ele(?)
      Quem garantirá a ainda de dinheiro que recebeu para pagar hospital particular de ponta dos mais caros do país(?)

  2. Crimes de rachadinha são só a ponta do iceberg da da organização criminosa familiar dos Bolsonaro. O tempo vai fechar quando o esquema com milicianos começar a ser desvelado.

    Jair Bolsonaro é um psicopata. Mas se fosse um sujeito dentro de uma normalidade aceitável, já estaria chorando desesperado por ter colocado a própria família em perversos esquemas criminosos.

  3. Desde o início da lava jato as investigações mostram que há sempre um “ADEVOGADO” envolvido nos delitos. Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk é pra rir ou pra chorar????

  4. Por ser filho do presidente a máquina funciona azeitada.
    Se o cara está envolvido em trambique, que pague pelo seu erro.
    A expectativa é tirar o couro do Bolsonaro, a esquerda está toda em polvorosa achando que agora vai. Gleisi Hoffman está mais assanhada que gato de moça velha, aliás, e não é só ela.
    Zé Dirceu, aquele que disse que estava cada vez mais convencido que era inocente, já mostra um sorriso sardônico, agora ainda mais convencido que o poder está sendo conseguido a largas bocadas.
    O frenesi já se sente nas mídias principais e até nas catacumbas.
    O lumpenproletariat vai ao poder e as compras.
    A ortodoxia socialista contempla que em algum momento haverá que se distribuir riqueza, mas não mostra como se produziu tal riqueza, será que contavam com o capitalismo pra produzi-la e que depois a classe dominante faria a distribuição para que a cada um coubesse uma parte de acordo com seu merecimento?
    Zé Dirceu para presidente!
    Carlos Newton para vice e Marcelo Copelli como Ministro da Propaganda.
    Vamos todos ao paraíso.

  5. James Pimenta fala igualzinho aos petistas de outrora:

    – Fala das “mídias”, que querem atingir o presidente, que é estratégia começar pelo filho do presidente… depois aponta inimigos externos (o socialismo), dendo que os petistas apontavam as elites.

    James Pimenta é só mais um coitado bovino seguidor fiel do bolsonarismo, à semelhança de tantos bovinos seguidores da seita lulopetista.

    Essas turmas não aprenderam nada mesmo!

  6. Prisão cinematográfica de alguém sem sequer acusação formal e que não estava foragido… STF solta 30.000 detentos com alegação de pandemia e essa mesma justiSSa manda prender pessoa sequer condenada, por suposto ilícito cometido em 2016 e ainda do grupo de risco ao covid, convalescendo de grave problema de saúde. Prisão preventiva para evitar fuga ou destruição de provas… 2016… teve 4 anos pra fugir ou sumir com as provas, Se tivesse que fazer já teria feito.
    Espetáculo midiático patético para saciar a sanha de vingança do Mecanismo que acha que pode destruir o presidente da república por suposta irregularidade praticada por um filho.

    • Foragido (da Justiça) ele não estava.

      Mas estava se furtando (das investigações).

      E descobriu-se (nas investigações) que estava operando e influenciando mesmo de longe.

      Razões porque se efetuou a prisão.

  7. Não sei de onde se tira que somente o cap da rachadinha de Flávio Bolsonaro é conduzido com rapidez …

    O correto afirmar que é o que tem mais destaque. O que mais a mídia corte atrás de informações e que vazam informações, dado que envolve o filho do Presidente (?) Senador da República …

    E principalmente. Porque o único, talvez, que este tente de todas as formas impedir a investigação (!?) o que faz os investigadores usarem a mesma tática da lava-jato de Moro e Delagnol: vazamento seletivo.

    E também. Os demais investigados podem não estarem em local incerto, se escondendo e fugindo das intimações – como fez Queiroz.

    Agora com ele (Queiroz) preso, pelas regras processuais, o caso andará ainda mais rápido.

    São essas as explicações para o que, de fato, ocorre nas investigações das rachadinhas.

    De nada(!)

  8. Só mi mi mi dos comunistas/socialistas. Coitados! Pensam que podem derrubar o Presidente Bolsonaro, ledo engano, não é com esse enredo que conseguirão o seu intento, procurem algo que realmente possa denegrir o caráter e a retidão no nosso Presidente. Acabou a mamata, não têm mais corrupção, conformem-se, são tempos de bonança e prosperidade. 57 milhões de brasileiros, policiais e as FAs estão de prontidão, caso queiram prosseguir com o impeachment ou outra forma qualquer para tirar JB de cena. Fica o registro.

  9. Carlos Newton, teu artigo é muito claro quanto ao que os Bolsonaro podem esperar do sargento reformado da PM amigo de milicianos.

    A frase “Olha, tudo bem. Vocês cumprem a função de vocês, vou me entender com a Justiça” – parece um ultimato com dupla finalidade: ou me remunerem muito bem ou vou incorporar o espírito de um personagem do saudoso Dias Gomes.

  10. É IMPRESSIONANTE OS BOLSONARISTAS NAO ADMITIREM A QUADRILHA QUE BOLSONARO COMANDA HÁ ANOS NO RIO E EM BRASILIA.NAO É POSSIVEL TEREM OS BENS QUE TEM COM OS SALARIOS RECEBIDOS JÁ QUE SUA VIDA LUXUOSA NAO PERMITE JUNTAR DINHEIRO E ADQUIRIR TODOS ESSES BENS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *