Quem ganhou e quem perdeu com a crise

Gelio Fregapani

O futuro é, por definição, contingente e quase tudo pode acontecer. Ainda assim, quando se nota uma tendência, há grande possibilidade que tenha continuidade, a menos que algum fato novo venha alterar os rumos

Poderia ser que as manifestações se extinguissem naturalmente, mas a tendência é que continuem, só que cada vez mais incorporando vândalos e bandidos e isto afasta os originais manifestantes, apenas indignados. Que deram um susto um susto nos políticos foi evidente, e já forçaram a solução de alguns atos que facilitavam a corrupção. Mas o aproveitamento das manifestações pela marginalidade tende a forçar o endurecimento da ação policial, e a reação a isto ainda não se pode prever.

Até agora existem dois beneficiários da situação: Lula, que sumiu estrategicamente no aguardo que, pela perda de prestígio da Dilma cresçam suas chances de ser o candidato do PT, ou no mínimo para que não se lembrem de suas falcatruas. Mais beneficiada ainda seria a ex-senadora Marina Silva que, por ainda estar sem partido, consegue capitalizar a aversão a todos os partidos, enquanto populações ignoram que está a serviço do estrangeiro e que acabaria de destruir o País, se fosse eleita. Ainda que isto seja inexequível, certamente conseguirá seguidores suficientes para conseguir influir, malignamente, nos destinos do País.

ATRÁS DO PREJUÍZO

No mais, todas as instituições e todos os outros candidatos a candidatos ficaram prejudicados e tentam correr atrás do prejuízo: Os congressistas acabam com a PEC 37 e com os 14º e 15º salários enquanto aguardam uma oportunidade de retomar o status quo anterior, pois o lobo muda de pele, mas não de índole. O Judiciário chega a prender um deputado em pleno exercício do mandato enquanto desencava argumentos jurídicos para impedir mudanças.

Os esquerdistas radicais do PT e aliados, violentamente repudiados, tentam organizar o movimento em seu favor, criam milícias de proteção. Os tucanos e seus aliados, nada tendo a capitalizar, atribuem às mazelas dos governos petistas a insatisfação popular, tentando eclipsar as mazelas dos seus governos. Entretanto a mais prejudicada, fora de dúvida foi a própria Dilma. Ainda que as manifestação, ao menos inicialmente não visassem a pessoa da Presidente, a mandatária foi a mais prejudicada pois mesmo não sendo pessoalmente responsável por algumas das situações ela encarna o sistema.

O fato é que Dilma tem consciência que está em jogo sua reeleição, e quem sabe o seu governo. Os protestos que pipocam em todo o país, e com a ameaça de inflação, sem dinheiro em caixa para investimentos que contemplem difusa pauta de reivindicações, resta à presidente tentar resgatar a imagem com que inflou sua popularidade nos primeiros tempos: a de intransigente com a corrupção e com o que chamou de  “malfeito”. Se o fizer, recuperará em dois tempos o apoio popular, mas “adeus” às alianças para reeleição. Não fazendo, de pouco lhe valerão as alianças sem o apoio popular. 

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

3 thoughts on “Quem ganhou e quem perdeu com a crise

  1. Caro Gélio,Boa-noite!
    Penso que para a nossa querida Presidente recuperar-se do prejuízo causado pelas manifestações “Renova Brasil”, será necessário ela iniciar com uma radical redução no número de mistérios que compõem seu governo.
    Essa atitude, mais que qualquer outra, estaria sim demonstrando que ela estaria ouvindo o clamor do povo brasileiro por correção no rumo que tanto ela, como os demais políticos responsáveis, colocaram o nosso maravilhoso país.

  2. “Bombou na web”, devido a sua total falta de compreensão, e na impossibilidade de desenhar neste espaço( o que talvez facilitasse e muito o seu entendimento, pois deve somente “olhar” fotos em revistas e “observar desenhos em livros com os mesmos, já que livros sem desenhos talvez não lhe interessem), acredito que qualquer leitor ASSÍDUO desta Tribuna,ou qualquer outro CIDADÃO REALMENTE BRASILEIRO tem o discernimento e o entendimento de que esta senhora que carrega em seu semblante uma carga de ódio e maldade prontos a serem descarregados contra todos os que ela provavelmente não considera mais como seus irmãos de Pátria, pois a mesma, É SIM, UMA EMPREGADINHA (sem conotação pejorativa a esta importante classe trabalhadora) dos que acham e trabalham para que a nossa nação continue como colônia de exploração, exclusiva dos americanos e europeus, um capacho da família real? inglesa, UMA VERGONHA PARA A NOSSA NAÇÃO ESTA senhora, qualquer cidadão atento sabe que ela tem o poder, se alçada ao cargo máximo da nação, de terminar de implodir o país. Você deve ser um daqueles ecobabacas que não querem hidrelétricas, mas usa o laptop e a mesma energia para usar a sua verborragia em um espaço, que, se não elegermos ESTE SER CARREGADO DE MALDADE, você poderá continuar usufruindo e falando as suas asneiras, isso se ela permitir a utilização da energia em prol do país, entre outras benesses em que vocês ecobabacas não acreditam. Vai morar no meio do mato, sem noção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *