Reafirmo todas as convicções que relacionei no Manifesto que chamei de RENOVOLUÇÃO. Para pensarem que não ouço a ‘voz das ruas’ (desde o início, ouço e repercuto tudo), aceito a POSSE CONSTITUCIONAL do presidente do Supremo. Com a renúncia de Dona Dilma, Temer, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros, chegaria a vez, constitucional e SEM SANGUE, de Joaquim Barbosa.


Helio Fernandes

Votar por quase unanimidade (apenas 9 deputados desertaram nos últimos minutos) aprovando a primeira “pauta das ruas”, facílimo. Já estava na ordem do dia há muito tempo. Era a chamada PEC 37, que tirava poderes de investigação do Ministério Público.

Antes de alguém sequer imaginar que existiria movimento com o povo nas ruas, condenei essa proposta. Chamei até de RETALIAÇÃO (e não era outra coisa), por causa da denúncia do procurador-geral no caso do Mensalão.

Na terça, quase madrugada de quarta, o presidente da Câmara, nervoso, inquieto, visivelmente assustado, passou a PEC 37 na frente de outras votações. Mas fez questão deste discurso, que nem é preciso interpretar, textual e irrefutável: “Com a sinceridade e a experiência de quem está nesta Casa há 42 anos, apelo para que aprovem esta PEC, por unanimidade”. As galerias, lotadas, aplaudiram entusiasmadas o VOTO NOMINAL.

Henrique Eduardo Alves agradeceu levantando os braços para as galerias. Numa outra oportunidade mandaria esvaziá-las, por seguranças violentos e bem pagos.

OS “LÍDERES” DO CONGRESSO
TENTAM FAZER MÉDIA, APRESSADAMENTE

Já falei sobre o presidente da Câmara, agora coloquemos em primeiro plano Renan Calheiros, presidente do Senado, que apresentou uma pauta de PROPOSTAS, verdadeira e importante modificação.

Mas por que só agora? Estão todos na Câmara e no Senado há anos e anos, não fizeram coisa alguma, perdão, fizeram: enriqueceram, acumularam Poder.

Apanhado em flagrante de corrupção ética, financeira e moral, Renan renunciou à presidência para não ser cassado. Continuou no Senado, dominando nos bastidores, mandando, coordenando, se preparando para voltar, esperava que silenciosamente. Agora, em pânico, chama o povo das ruas de “meu povo”, apoia até o que nem propuseram.

O PÂNICO DE DONA DILMA

Todas as propostas dela foram jogadas no lixo não apenas da História, mas da própria realidade destes dias. Dona Dilma não RECUOU, pois na verdade não sugeriu nada de aproveitável.

Deviam estudar a forma como fazem consulta popular nos EUA, no Canadá (este há mais de 20 anos tenta se dividir em dois países. Um de língua inglesa, outro de língua francesa. Não conseguem, a maioria exigida não é conseguida. Podem tentar indefinidamente, respeitados os prazos que a Constituição estabelece entre um plebiscito e outro).

Nos EUA fazem consulta sobre os mais diversos assuntos, junto com as eleições normais e constitucionais. Às vezes colocam até 20 questões, para se orientarem em relação ao pensamento popular.

QUEM FINANCIARÁ O PLEBISCITO?
EM 1963, FÁBULAS DE DINHEIRO
CORRUPTO DE EMPRESÁRIOS IDEM

Já disse aqui ontem o que aconteceu em 1963, quando houve um PLEBISCITO convocado pelo Congresso, dominado pelo senhor João Goulart. O povo respondia apenas uma pergunta e mais nada: PRESIDENCIALISMO ou PARLAMENTARISMO? Só isso. E sem que ninguém soubesse o que estava acontecendo, o PRESIDENCIALISMO teve um vendaval de votos. Jango assumiu e começou logo a conspirar pelo que se chamou de REPÚBLICA SINDICALISTA.

OS GOVERNADORES TAMBÉM
CONSPIRARAM, FORAM TODOS
ULTRAPASSADOS PELOS GENERAIS

Tudo isso é história, é fato, é realidade que pretendem repetir desvairada e irresponsavelmente. Mostrei os diversos episódios de quebra constitucional que redundaram em GOLPES. Se querem um país sem Constituição e sem governo, porque não propõem o ANARQUISMO? Filosófica e ideologicamente o mais perfeito de todos. Só que não conseguem sequer se empossar. Mesmo que ganhassem eleição pelo VOTO ou pela AUSÊNCIA dele, a violência desvairada e descontrolada.

Hoje dou por encerrada minha participação, ninguém sabe quando surgirá esse antecipadamente APLAUDIDO PLEBISCITO. Falam que se realizará em agosto ou 7 de setembro, ou ainda 15 de novembro. Eles mesmos, os governantes, não se acertam, raciocinam pelo absurdo, inconsequente, incoerente, imprudente, imprevidente.

Em relação ao meu PENSAMENTO e CONVICÇÕES, está todo no que publiquei na Tribuna impressa, e foi republicado aqui. E que chamei de R-E-N-O-V-O-L-U-Ç-Ã-O. Expliquei que fugi da palavra R-E-V-O-L-U-Ç-Ã-O, porque ela é vizinha e muito próxima da GUERRA CIVIL. Não tenho nada a retirar ou a acrescentar em toda essa R-E-N-O-V-O-L-U-Ç-Ã-O.

###
PS FINAL – Como querem radicalizar, vou ajudar. Podem chegar ao Poder com Joaquim Barbosa, o preferido das ruas, o mais citado e que veio logo a público condenar os partidos, pois para se candidatar ele precisa de um.

PS FINAL 2 – Dou até uma sugestão de grandeza para todos. Dona Dilma RENUNCIARIA, só tem um ano e seis meses de governo. (Nos EUA, em 1974, fugindo do impeachment, Nixon e o vice Spiro Agnew RENUNCIARAM para não serem cassados).

PS FINAL 3 – O vice Temer não assumiria, o presidente da Câmara também não. Chegaria a vez do presidente do Senado. E como Renan está dando lições de solidariedade e desprendimento com as ruas, também abriria mão da POSSE.

PS FINAL 4 – Chegaria então, gloriosamente, a vez do presidente do Supremo, Joaquim Barbosa. Assumiria, seria o PRESIDENTE DA REPÚBLICA, de fato e de direito. Poderia radicalizar até INCONSTITUCIONALMENTE, quem duvidaria de atos praticados e legitimados pelo homem que era o mais alto membro do Supremo, cuja função fundamental e primordial era e é a de PRESERVAR a Constituição?

PS FINAL 5 – E se algum deles se recusasse a sair, quebrando a cadeia, que palavra, e não renunciasse? Seria “renunciado” sumariamente, com a garantia de IMPUNIDADE TOTAL, como foi feito nos EUA com Nixon e seu vice.

PS FINAL 6 – Joaquim Barbosa jamais disse que SERIA ou que não SERIA candidato. Mas chegando a sua vez constitucional, assumiria, D-E-S-P-R-E-N-D-I-D-A-M-E-N-T-E. E ninguém duvida.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

41 thoughts on “Reafirmo todas as convicções que relacionei no Manifesto que chamei de RENOVOLUÇÃO. Para pensarem que não ouço a ‘voz das ruas’ (desde o início, ouço e repercuto tudo), aceito a POSSE CONSTITUCIONAL do presidente do Supremo. Com a renúncia de Dona Dilma, Temer, Henrique Eduardo Alves e Renan Calheiros, chegaria a vez, constitucional e SEM SANGUE, de Joaquim Barbosa.

  1. Caro Hélio.
    Você é um dos poucos que podem apoiar as seguintes mudanças:Extinção do suplente de Senador,extinção da nomeação de qualquer parlamentar para exercer outro cargo,sem a devida renuncia,proibir a nomeação no serviço público todos os cargos devem serem ocupados por servidores concursados.

  2. Helio,
    é um dos poucos que pode se considerar, sem qualquer melindre, prócer e participante ativo do atual estágio de liberdade alcançado pelo povo brasileiro.
    .
    Meus aplausos e em pé. Nunca duvidei da clareza de pensamento de homens sérios.
    .
    Pena que falte a imprescindível seriedade, civismo e despreendimento para:

    PS FINAL 2 – Dou até uma sugestão de grandeza para todos. Dona Dilma RENUNCIARIA, só tem um ano e seis meses de governo. (Nos EUA, em 1974, fugindo do impeachment, Nixon e o vice Spiro Agnew RENUNCIARAM para não serem cassados).

    PS FINAL 3 – O vice Temer não assumiria, o presidente da Câmara também não. Chegaria a vez do presidente do Senado. E como Renan está dando lições de solidariedade e desprendimento com as ruas, também abriria mão da POSSE.

    PS FINAL 4 – Chegaria então, gloriosamente, a vez do presidente do Supremo, Joaquim Barbosa. Assumiria, seria o PRESIDENTE DA REPÚBLICA, de fato e de direito. Poderia radicalizar até INCONSTITUCIONALMENTE, quem duvidaria de atos praticados e legitimados pelo homem que era o mais alto membro do Supremo, cuja função fundamental e primordial era e é a de PRESERVAR a Constituição?

    PS FINAL 5 – E se algum deles se recusasse a sair, quebrando a cadeia, que palavra, e não renunciasse? Seria “renunciado” sumariamente, com a garantia de IMPUNIDADE TOTAL, como foi feito nos EUA com Nixon e seu vice.

    PS FINAL 6 – Joaquim Barbosa jamais disse que SERIA ou que não SERIA candidato. Mas chegando a sua vez constitucional, assumiria, D-E-S-P-R-E-N-D-I-D-A-M-E-N-T-E. E ninguém duvida.”
    .
    Também penso assim:

    “SOBRE A RENÚNCIA DE DILMA e a CONSTITUINTE.
    .
    A DESORDEM ESTÁ TOMANDO PROPORÇÕES EM EXTENSÃO E INTENSIDADE QUE EM BREVE SE ESTARÁ EXIGINDO INTERVENÇÃO DAS FORÇAS ARMADAS.
    .
    A renúncia de Dª Dilma começa a se tornar uma necessidade política. Não somente dela, mas também e necessariamente, de toda cadeia sucessória legal até que se alcance o único poder, suposto e formalmente, não político, o STF.
    .
    JOAQUIM BARBOSA assume com o apoio da força e convoca imediatamente uma nova CONSTITUINTE.
    .
    Então, o futuro a Deus pertence, ou, o que dá no mesmo, à voz do povo.”

    .
    Helio, parabéns!

  3. VOTO DESQUALIFICADO, REVOLUÇÃO, REFORMA; e, por que não uma RENOVOLUÇÃO? O nome não muda a coisa.
    .
    (Mas somente se nos voltarmos pensando para o já pensado, seremos convocados para o que ainda está para ser pensado- Heidegger, Martin)

    Duas referências a uma citação que fiz de Stuart Mill me motivam a uma ligeira expansão sobre voto.
    .
    Desde quando aproximadamente há três dezenas de anos me dediquei à leitura de escritos legados por pensadores célebres, percebi, pelo menos três imperiosas reflexões para o pensamento contemporâneo:
    a) O mundo que conhecemos e permanecemos construindo não se fez hoje cedo, no café da manhã. Vem de alguns milênios;
    b) Uma coisa é ler um célebre no original, outra, a interpretação dele e rotulações inconsequentes; e,
    c) Citar célebres implica em uma difícil opção: expõe quem cita (presunção), ou, ao crime contra a história da humanidade por esconder autorias. Entre o último e o primeiro, prefiro àquele;
    .
    VOTO.
    Muito se tem falado e proclamado como de interesse em VOTO FACULTATIVO e VOTO DISTRITAL.
    Sim, não iniciarei negando de vez que tudo que tolhe a liberdade se posta por princípio como contrário a liberdade de votar.
    Contudo, o equívoco contra o qual me insurjo é o próprio voto enquanto gênero se considerado inserido no sistema eleitoral vigente. É, assim pensado, o voto, uma farsa, um engodo porque atrelado a um proposição mais falsa e cínica ainda: PARTIDO POLÍTICO . Max Weber é ou não categórico quando assevera em “A política como vocação”:
    “Não são, por conseguinte, as lutas partidárias apenas lutas para consecução de metas objetivas, mas sim, a par disto, e acima de tudo, EMULAÇÃO PARA CONTROLAR A DSITRIBUIÇÃO DE EMPREGOS”; ou, como enfatiza Marcelo Caetano:
    Partido Político “é uma associação de cidadãos que pretendem , mediante a ação concertada junto a opinião pública, obter o exercício e os benefícios do poder – sacrificam à conquista ou à detenção deste (poder) todas as outras considerações. O interesse geral é então submetido ao interesse partidário.”
    .
    Quem elegeu pelo voto de modo “supostamente democrático” e legal (porém ilegítimo) os atuais congressistas e governantes BRASILEIROS, foco de toda essa massa indignada generalizada que ora toma conta das ruas foi essa própria massa. E isto não é assim porque o VOTO É OBRIGATÓRIO ou NÃO É DSITRITAL. NÃO! É porque, repito, o voto inserto no atual modelo é uma fraude por se constituir em uma mera RATIFICAÇÃO dos sagrados – escolhidos que se reptem ou herdam – por um pequeno grupo de poderosos encastelados em siglas partidárias que detém o poder. Grupo que bem pode atender pelo nome de CAMARILHA de políticos profissionais e empresários.
    .
    O VOTO É LIVRE, desde que, O ELEITOR VOTE NUMA LISTA FECHADA da qual ele não participou da elaboração sequer indiretamente.
    .
    REFORMAS E REVOLUÇÕES. Não serão REFORMAS que mudarão o status quo. De logo, porque ninguém muda nada contra seu próprio interesse; e por mais, porque REFORMA não muda, mascara. O que efetivamente muda é uma REVOLUÇÃO. Quando você muda o banheiro da suas casa ou a pinta ela permanece a mesma.
    .
    Percebamos a clareza que encontrei em umas linhas de um livro didático de Sociologia Básica:
    “Há um linha pacífica pouco elástica de tolerância do sistema social ou regímem econômico. Pouco sério e muito lúdico é a pretensão em um mundo capitalista que alterasse de tal sorte o regímem de propriedade, a ponto de anular a propriedade dos bens de produção. Seria imaginar a possibilidade de erradicação do capitalismo por decreto. Tais larguezas não se coadunam com a natureza humana. Ainda que o improvável se tornasse fato, não teríamos uma reforma, porém, uma revolução.”
    .
    Calma! Não se espante.
    .
    Não, não estou vislumbrando que nos trucidemos uns aos outros. Embora a não se usar os instrumentos institucionais de violência existentes para conter os ‘PROTESTOS’, não seja sério descartar tal possibilidade que aqui e ali já é uma realidade, por menos, televisiva.

    REVOLUÇÃO. Acontece que uma REVOLUÇÃO não surge de um esforço individual ideológico e planejado. REVOLUÇÕES, segundo Arendt usando Engels e eu acredito, “…não são feitas intencional ou arbitrariamente, mas sempre foram em toda parte o resultado necessário de circunstâncias inteiramente independente da vontade e do controle dos partidos particulares de classes inteiras”

    MUDANÇAS NÃO ACONTECEM USANDO A REALIDADE QUE SE QUER MUDAR. SEJA ELA ECONÔMICA, RELIGIOSA, POLÍTICA, JURÍDICA… MAS E SOMENTE COM A RUPTURA DA ORDEM EXISTENTE, NORMALMENTE PELA VIOLÊNCIA.

    Qualquer semelhança com a realidade brasileira não é mera coincidência. É?
    .
    Bem, mas o assunto é VOTO e a citação de Stuart Mill que denomino VOTO QUALIFICADO e que pela atenção que me despertou quando pela primeira vez tive contato com ela, é oportuno trazê-la mais uma vez para este espaço:

    “Advirto o leitor que este capítulo deve ser lido pausadamente e que desconheço a arte de ser claro para quem não quer prestar atenção – Rousseau em “O Contrato Social”
    “Não devem existir párias em uma nação civilizada e comPletamente desenvolvida, assim como nenhuma pessoa incapacitada, exceto por sua própria culpa…Considero totalmente inadmissível que qualquer pessoa participe de eleições sem ser capaz de ler, escrever e ,irei adicionar, sem executar as operações comuns de aritmética…AQUELE QUE NÃO PODE SUSTENTAR-SE PELO PRÓPRIO TRABALHO, NÃO TEM O DIREITO DE REIVINDICAR O PRIVILÉGIO DE SERVIR-SE DO DINHEIRO DE OUTRAS PESSOAS.FICANDO NA DEPENDÊNCIA DOS MEMBROS RESTANTES DA COMUNIDADE PARA SUBSISTIR , ESTA PESSOA RENUNICA À SUA REIVINDICAÇÃO POR DIREITOS IGUAIS AOS DEMAIS EM OUTROS ASPECTOS. Aqueles, a quem ela tem recorrer para continuar a existir, podem com justiça exigir a ADMINISTRAÇÃO EXCLUSIVA dos interesses comuns para os quais tal pessoa em nada contribui, ou contribui menos do que recebe – E Stuart Mill (1806/1873) em “O Governo Representativo””
    .
    Um atencioso e educado colega internauta insurgiu-se contra esta citação. Notei que por uma razão principal: não leu com a necessária atenção. Então recordo Rousseau em “O Contrato Social” quando admoesta seus leitores:
    “Advirto o leitor que este capítulo deve ser lido pausadamente e que desconheço a arte de ser claro para quem não quer prestar atenção ”
    .
    Grato e Sds.

  4. De acordo com o regramento constitucional, não haveria sucessão além do vice-presidente, mas tão somente a cadeia substitutiva persistiria. Estamos nos dois últimos anos haveria eleições indiretas para cumprir o restante do mandato.

    Tecnicamente, seria trágico, caro Hèlio.

    Há propostas belas mas não estamos em Lua de Cristal e de Mel como a de Barroso, segundo o qual “tudo pode ser, só basta acreditar…”

  5. 1. Parabéns FELIPÃO por ter botado a CASA EM ORDEM e CLASSIFICADO O BRASIL.

    AGORA veja, antes do jogo URUGUAIXBRASIL, numa entrevista, um repórter lhe per-
    guntou se Ele(felipão) não tinha a síndrome da Copa de 50, eis a resposta: EM 1950 EU
    SEQUER ERA NASCIDO.E o repórter insistiu, quando o Sr nasceu? Ele disse: nasci em 64, o repórter colocou os seus instrumentos embaixo do braço e saiu de fininho.

    FOI PRECISO que uma pessoa nascida em 1964, assumisse a seleção e botasse a CASA
    EM ORDEM. E ASSIM É O RESTANTE DA BAGUNÇA.

    2. O NOVO MINISTRO que assumiu o STF, disse uma verdade verdadeira: PRECISAMOS
    virar a página do MENWSALÃO. CONCORDO plenamente. É só mandar os mensaleiros para a
    cadeia e pronto. Página virada.

  6. “Hoje dou por encerrada minha participação, ninguém sabe quando surgirá esse antecipadamente APLAUDIDO PLEBISCITO.”
    .
    Li sim, mas preferi aguardar maiores esclarecimentos sobre o que ele quis dizer com: “participação”. Suponho que se referia a uma participação ativa, direta. Pois, com relação ao pensar, Helio tem um compromisso maior;dever para com a Nação que ele auxiliou a trazer até aqui.

  7. O Ministro Joaquim Barbosa tem umas ideias sobre reforma politica que coincidem com a do Jornalista Hélio Fernandes. Não seria oportuno que o Jornalista Helio Fernandes enviasse para êle suas propostas.

  8. Vestindo o macacão Verde Amarelo

    De uma hora para outra, súbitas massas de jovens de classe média tomaram as praças e avenidas dos principais centros do Brasil, lamentavelmente, acompanhado de inexplicáveis vandalismos contra propriedades públicas e privadas, saques de lojas, incêndios de ônibus e carros, e outras mais, fiquei muito apreensivo, sem saber ao certo, quais seriam os rumos pretendidos pela força invisível (visível) em tamanha coordenação e ousadas atitudes.

    Diante dessas ocorrências, terríveis fantasmas dos porões do primeiro de abril de 1964, povoaram minha mente. Fiquei assustado. Passado o receio inicial, já com base nos bons resultados políticos obtidos – em impensáveis poucos dias – começo a rever minha frontal oposição a essa turma. Começo a acreditar, que essa força oculta, um tanto louca, seria de gente vestindo o macacão Verde Amarelo. Tudo que precisamos. Sem patriotismo, amor ao Brasil, muito trabalho e ação, nada feito. Chega de continuar dormindo em berço esplêndido.

    As pressões são necessárias e deveriam continuar. Mas, todo cuidado é pouco para não despertar um sentimento público generalizado de inseguranças e dúvidas democráticas, principalmente na classe empresarial, sempre buscando clima de muita confiança, liberdades democráticas e euforias. A geração de clima político de incertezas, medos e receios, por certo que empurraria a economia do Brasil para inevitável caos econômico, justo numa época de pujança da economia brasileira, graças as políticas econômicas de Lula/PT e de Dilma/PT.

    Logo após o desmonte econômico e financeiro provocado pelas privatizações FHC/PSDB, restabelecer a necessária confiança empresarial para chegar até aqui, não foi nada fácil. Também, precisamos ficar bem atentos a terrível crise do sistema capitalista, dizimando a Europa e EUA, desde 2008, fazendo milhares de falências e desempregados, portanto, qualquer passo em falso trará terríveis e irreversíveis consequências para a economia do Brasil.

    Se essa turma Verde Amarela prosseguir mantendo as pressões, fazendo os necessários ajustes, mas sem atentar contra as instituições democráticas e qualquer tipo de golpe, sempre perseguindo e obtendo relevantes resultados práticos, como a derrubada da imoral PEC 37, fim do voto secreto parlamentar, corrupção tornada crime hediondo (proposto por Dilma Rousseff) e 75% dos royalties do petróleo para educação e 25% para a saúde, então, por certo que faremos do Brasil, Nação de primeiro mundo, em menos de 10 anos. Que Deus continue nos iluminando.

  9. CONSTITUINTE. Pingo nos ii.
    .
    Incautos, despreparados, mal-intencionados ou criminosos contumazes agarrados no poder vigente dizem que a proposta de uma constituinte era “escancaradamente inconstitucional.”
    .
    Ora, nenhuma constituinte (QUE CONSTITUI) é ou deixa de ser constitucional. Nenhuma constituição prevê o seu próprio desfazimento; ela é o próprio Estado de Direito.

    Uma constituinte é sempre derivada de um ato de poder e só pode existir em um momento onde a força que vige não é a do Direito; é a da violência. Ou seja, a da carroça desembestada que é o Brasil de hoje.

  10. Olha a cascata do Jornal do Brasil.

    O Jornal do Brasil concorda com todas as manifestações democráticas. O JB foi o único jornal do Rio atingido pela ditadura por ter permitido a solidariedade jornalística contra as repressões, os desmandos e a corrupção em alguns segmentos da ditadura.

    Nomes como os de Antonio Callado, Alberto Dines, Franklin Martins, Fernando Gabeira, Carlos Lemos, Alceu de Amoroso Lima, Fritz Utzeri, Raul Ryff, Luiz Mario Gazzaneo, entre outros, deixaram nas páginas do jornal histórias de combatividade e, por isso mesmo, sofreram com a repressão e a perseguição da ditadura.

    O JB era censurado sistematicamente por não apoiar o golpe, inclusive trazendo consequências, como a própria destruição financeira do JB. A família detentora das ações perdeu tudo, inclusive um prédio inteiro construído na década de 60. A família Brito teve de licenciar o Jornal do Brasil sem poder vendê-lo ou transferi-lo societariamente. Não podia transferir este passivo para qualquer pretendente por ser responsável por ele.

    O JB teve o seu sangramento, mas honrou os princípios democráticos. Hoje, acompanha esses acontecimentos e vê perplexo alguns questionamentos que não podem ser de um povo que vem tendo nesses últimos dez anos alavancagem que tirou 28 milhões de brasileiros da pobreza e levou 36 milhões para a classe média.

    Os passageiros de transportes coletivos na sua maioria são trabalhadores. Quem paga suas passagens são seus empregadores. No entanto, boa parte dos manifestantes é dos centros urbanos mais ricos do Rio de Janeiro. Isso nos preocupa pela falta de autenticidade da miséria, da fome ou do desemprego.

    Segundo dados do Censo 2010, a renda dos moradores dos bairros mais ricos do Rio de Janeiro é dez vezes maior do que a dos bairros mais pobres, números que revelam desigualdade social que separa bairros da Zona Norte e da Zona Sul.

    Na Lagoa Rodrigo de Freitas, bairro da Zona Sul, por exemplo, cada morador tem rendimento médio em torno de R$ 6 mil. Em Acari, na Zona Norte, a renda per capita é de apenas R$ 389,75.

    O JB chama a atenção aos formadores de opinião que no momento em que a parcela mais pobre da população se manifestar por falta de emprego, colégio para filhos, hospitais; quando os sindicatos dos movimentos sociais como MST e outros agirem em defesa da verdadeira pobreza, pela população que somos, aí sim, deveremos temer bastante.

    Os governos que se sucederam nos últimos três mandatos tiveram e estão tendo todo o cuidado para que estes que estão perdendo um anel ou dois anéis não venham, pela realidade de um conflito social grave, perderem tudo, inclusive as mãos.

  11. Concordo inteiramente com Hélio Fernandes.
    Infelizmente a realidade é esta e esperar alguma coisa da canalha que governa e da oposição, a coisa vai ficar do jeito que está, apenas sem a arrogância desse partido que está no poder, pois viu que as suas pretensões ditatoriais trouxeram mais desgraças para o país como 39 ministérios, mais de 50 mil cargos de confiança, nos EUA são 16 mil, apoderamento da Petrobrás com prejuízos de bilhões de dólares, a empáfia do trem bala de mais de 50 bilhões, etc, etc,etc.

  12. Só com com o banco PANAMERICANO de Silvio Santos que hoje pertence a BTG Pactual que tem como sócio , controlador e principal executivo o Irmão de Eduardo Pães, Andre Esteves, tudo em família, a fraude financeira foi de 14 bilhões de Reais para os cofres públicos com a permissividade do Central Brasileiro em fazer vista grossa e não fiscalizar o Banco Panamericano.

    Com ajuda do Ex presidente Lula, Silvio Santos não perdeu todo o seu Patrimônio, inclusive o SBT que teria colocado como garantia de margem junto ao Banco Central, como as ações do Banco Panamericano não valiam nem 0,01 R$ era de se esperar que não mais houvesse comprador, mas um Milagre aconteceu e apareceu do nada o BTG Pactual que tem como sócio , controlador e principal executivo o Irmão de Eduardo Pães, Andre Esteves, pagando uma quantia razoável de 450 milhõe a Silvio Santos Pela Massa Falida do Banco Panamericano, em seguida mais um Milagre, Lula mete a mão em 10 bilhões da Caixa Econômica e 4 bilhões do Fundo Garantidor de Crédito e injeta no Banco Panamericano.

    Os 14 Bilhões que Lula transferiu dos cofres públicos para contas privadas foram o desfalque que os funcionários do Banco Panamericano deram, fazendo consignado para pessoas que não tinham condições de Pagar, somado a contabilidade fraudulenta que o Banco Central deixou de fiscalizar gerando uma escassez de liquidez na Caixa Econômica agravado com a queda do valor das ações do Grupo EBX de Eike Batista que tem um volume considerável de empréstimo junto a caixa que tem como garantia as ações.

    Para o governo acabar com a escassez de Liquidez na Caixa Econômica de vido a injeção de liquidez feita no Banco Panamericano e a chamada de margem com queda do valor das ações do Grupo EBX de Eike Batista que tem como garantia dos Empréstimos as próprias ações, o governo recorreu a uma medida inusitada ANTECIPOU OS DIVIDENDOS QUE SERÃO PAGOS NO FUTURO foram 4,7 Bilhões a Caixa Econômica e 2,3 Bilhões para o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) sendo regatado títulos público que encontrava-se com essa instituições pelo Tesouro Nacional.

    Com essa jogada financeira realizada no final de 2012 o governo conseguiu matar dois coelhos com uma cajadada só, aumentou a liquidez dos Bancos e ajudou a Maquiar o Superavit do Setor Público que encontrava-se com dificuldade de cumprir a sua meta de 2012.

    São 14 Bilhões de Reais. Imagina esse volume de dinheiro para educação!!

    Está ai uma boa CPI para ser investigada !!

  13. Tudo tem um preço!! E a conta fica mais cara a cada dia, no mínimo para reter esse processo de desordem social terá que haver um consenso entre as várias lideranças fragmentadas da manifestação que é de cunho NACIONAL.
    A nossa presidenta da república não agregou nada às reivindicações dos manifestantes, que todo mundo sabe o que são mas a Mídia faz de tudo para evitar a divulgação do que queremos, que é mexer no Status Quo das elites Brasileiras, queremos acabar com esse estado marginal, policial, que gera violência como meio de comoção para maquiar as verdadeiras Mazelas dos políticos e empresários corruptos que são a grande maioria que governa esse país;
    Queremos acabar como esse sistema corrupto que todos vivem mas fingem não viver, essa desgraça que afeta a sociedade brasileira, o curral eleitoral, o caixa dois de campanha, a compra de voto, o uso da maquina para se perpetuar, acabar com a dinastia politica, extirpar e banir o politico corrupto, tolerância zero para a corrupção politica!!
    Queremos o fim do modo partidário e sindical como ele é, saber os indícios de corrupção de nossos governantes que o Ministério Público e Policia tanto se Omite, a relação promiscua do Judiciário com o governo, queremos prisões de políticos que enriqueceram ilicitamente às custa do cidadão, dos EMPRESÁRIOS CORRUPTOS QUE SUPER FATURA OBRAS PÚBLICAS.
    Queremos a quebra de sigilo de todos os políticos e empresários que foram ligados ao governo nos últimos 20 anos, queremos auditorias, investigações, PRISÕES, expropriação de bens, bens retidos, repatriação do dinheiro roubado dos verdadeiros vândalos do erário público que todo mundo sabe quem são mas finge não saber.
    Queremos que uma constituição que funcione, uma nova constituinte que faça justiça com a voz do povo para o povo pelo povo.
    Se essas reivindicações forem aceitas, eu não tenho mais razão para sair as ruas para as manifestações, se a presidenta sair do domo de proteção que foi criado pelo cargo que exerce e entender que do modo como está, o caos vai imperar, que entregue o governo de todas as esferas para o judiciário e nomeie uma nova constituinte para que faça as leis que venha responsabilizar autoridades e empresários envolvido em corrupção, exígua todos os partidos políticos para modo Bipartidarismo e várias leis sendo feitas e extinguidas por meio de referendo público!!
    Por uma Revolução Legalista sem banho de sangue, prisões e TORTURA!!

  14. APERTEM OS CINTOS: TRANSPORTE PÚBLICO, ZERO E ESTATIZADO SIM! POR QUE NÃO?
    .
    Não imaginem que porventura alguns poucos ostensivos desencontros de opinião com Reinaldo AZEVEDO é ranço ideológico, vontade de aparecer ou implicância de criança. Não dá mais, aos quase 70 não dá mais.
    Prezo e admiro a seriedade e Reinaldo é sério. Um dos poucos blogueiros sérios deste país. Isto, ainda que seus moderadores patrulheiros tenham especial atenção para com meus comentários sobre LIBERDADE de EXPRRESSÃO, minha admiração por ele não se abala; é fruto da extenuante e cotidiana luta séria; da coragem moral que com tanto denodo ele expressa em sua costumeira coerência política de que tanto o Brasil necessita. Ele não necessita de aplausos de uma barata, daqui, em seu módico esgoto, de tão longe com a janela aberta para um enorme e imenso bueiro.
    .
    Leio no texto dele de hoje:
    “Não é o pior que pode acontecer à cidade: já se discute abertamente no petismo, santo Deus!, a possibilidade de estatizar o sistema de transportes na cidade, o que seria a porta aberta para a ineficiência, a gastança e o sucateamento do serviço e a corrupção — um desastre do qual a capital levaria décadas para se recuperar.”
    .
    Por ter passado minha infância onde o TRANSPORTE PÚBLICO era o solado do pé, nunca usei. Crescido e ainda hoje, confesso, prefiro ir a pé. Aqui, no meu povoado, a distância se mede pelo grito.
    .
    Depois de tanta arruaça cheguei a conclusão de que o valor da passagem do TRANSPORTE PÚBLICO, verdadeiramente, é injusto, abusivo e extorsivo seja ele qual for.
    Ora, um TRANSPORTE de qualidade e quantidade ZERO: VALE QUANTO?
    ZEEEEEEEEEEERO!
    .
    Reinaldo está equivocado. Estatização não necessariamente significa o que ele afirma, ou seja:
    “…seria a porta aberta para a ineficiência, a gastança e o sucateamento do serviço e a corrupção — um desastre do qual a capital levaria décadas para se recuperar”
    .
    Reinaldo, nada é bom ou ruim porque privado ou estatizado. O profissional do serviço público não é melhor ou pior do que o do setor privado. É, tão-somente, homem com toda sua bagagem de virtudes e vícios.

    “O homem é uma síntese de infinito e de finito, de temporal e de eterno, de liberdade e de necessidade, é, em resumo, uma síntese – Sören Kierkergaard”
    Nietzsche também pode contribuir:
    “Sócrates e Platão têm razão: seja o que for que o homem faça, ele faz sempre o bem, isto é, aquilo que lhe parece bom (útil), de acordo com seu grau de inteligência, de acordo com o nível atual de sua racionalidade”
    Por fim , mais esta citação para reflexão:
    “Os homens foram presenteados com um si-mesmo próprio a cada um e distinto de todos os outros, só para que se torne, com mais segurança, igual aos outros – Horkheimer, Max e Adorno”
    .
    A questão , o nó górdio, o ponto “g” é a natureza do Estado. Qual a destinação dele? Com o que ele deve ou não se ocupar.
    Pelo que conheço parte e parte considerável da tarifa da caixa preta denominada TRANSPORTE PÚBLICO já é custeada pelo contribuinte. Por que não ser mais honesta, integralmente custeada quando os que dele não necessitam infestam as vias de carros e carros luxuosos?
    Por que não?
    Não se deve misturar questões de ordem técnica com ideologias.

  15. “corrupção tornada crime hediondo (proposto por Dilma Rousseff) e 75% dos royalties do petróleo para educação e 25% para a saúde, então, por certo que faremos do Brasil, Nação de primeiro mundo, em menos de 10 anos.”
    Acabo de acreditar que Papai Noel existe.

  16. Plebiscito, por Hélio Fernandes, neste 27/06:

    “QUEM FINANCIARÁ O PLEBISCITO?
    EM 1963, FÁBULAS DE DINHEIRO
    CORRUPTO DE EMPRESÁRIOS IDEM
    Já disse aqui ontem o que aconteceu em 1963, quando houve
    um PLEBISCITO convocado pelo Congresso, dominado pelo senhor João Goulart.

    O povo respondia apenas uma pergunta e mais nada:
    PRESIDENCIALISMO ou PARLAMENTARISMO? Só isso.
    E sem que ninguém soubesse o que estava acontecendo,
    o PRESIDENCIALISMO teve um vendaval de votos.

    Jango assumiu e começou logo a conspirar pelo que se
    chamou de REPÚBLICA SINDICALISTA”.

    Digo eu:

    Jango não ‘dominava’ o Congresso.Dominava somente o PTB,
    2º (em deputados) nas eleições de 1962, porém bem inferior
    ao bloco UDN-PDC-PL-PR.

    O meio-aliado PSD (1º mais votado desde 1945), era dominado
    por Amaral Peixoto, JK, José Maria Alkmim, Tancredo Neves… e pendeu mais para o Golpe. Nunca apoiaria Jango
    na aventura de uma ‘REPÚBLICA SINDICALISTA’, invenção
    descarada dos seus inimigos políticos.

    Nem precisava da CHUVA DE DINHEIRO para aquele Plebiscito
    de 06/01/1963. Para a vitória do PRESIDENCIALISMO, bastava
    (bastou) o apoio da pletora de candidatos a presidente em 1965:
    Juscelino-PSD (“JK – 65”), Carlos Lacerda-UDN, Adhemar de Barros-PSP, Magalhães Pinto-UDN, Jâinio Quadros-PTN,
    Miguel Arraes-PST,Leonel Brizola-PTB (“Cunhado não é parente – Brizola Presidente”).

    PS – Nixon renunciou em ago/1974, para evitar o impeashment.

    O vice Spiro Agnew renunciou em out/1973, sob robusta acusação de “evasão de divisas”. De logo, foi nomeado vice o deputado Gerald Ford, que veio a tirar os 17 meses restantes do mandato de Nixon. E que, em 1976, perdeu
    a eleição para Jimmy Carter, o colhedor de amendoim e governador da Geórgia, excelsa figura (Prêmio Nobel da Paz), em contraponto aos 3 escroques acima citados.

  17. “O problema não é matar o elefante: é remover o cadáver”
    (Mikhail Gorbatchev, primeiro ministro da União Soviética … Rússia)
    As manifestações do povo brasileiro, em muitas cidades e capitais, estão matando o elefante da desmoralização, da corrupção, do descaso para com a vida humana, em geral.
    Agora … remover Dilmá, Lixo Inato, Palocci, Maluf, Genoíno, Dirceu, Valério, Delúbio, Renan, Jefferson, Fernando Henrique, Cabral, Aécio, Sarney, Collor e mais e mais … e as práticas destas pessoas … tão disseminadas entre nós … eis o problema!!!

  18. Quem tem medo de plebiscito?

    Com a posse geral da internet, fazer uma consulta popular sobre um determinado importante tema, não custaria nada ao governo. Basta entregar a questão técnica da informática a que conhece o assunto. Simples assim.

  19. Marcio Morato, saudações
    Você citou Berthold Brecht, e o fez de forma muito apropriada, principalmente para o momento que estamos vivenciando.
    O nível de felicidade de um povo, conforme o que nos é demonstrado nos jornais, tvs, revistas e outras mídias, é encontrado sempre elevadíssimo em países como Noruega, Suécia, Dinamarca, etc.
    Sempre pergunto aqui: alguém conhece os “líderes populares” de lá? Os caras que “levantam as massas” … etc?
    Lá eles arrecadam muito do povo, mas o retorno é notado fortemente em todos os segmentos. O Estado é o senhor. O Estado cuida de praticamente tudo em termos de saúde, educação, moradia, transporte, saneamento básico e mais e mais.
    Entre nós, o Estado arrecada muito e … eis a “resposta” que temos. O Socialismo Escandinavo, segundo publicado na revista “The Economist”, está sendo visto como a “salvação” para este mundo tão decadente em tudo. Nele, todos se desenvolvem, as desigualdades sociais inexistem (ou são tão reduzidas que passam por despercebidas) e todos têm a oportunidade de trabalhar/produzir em paz, com felicidade.
    Será tão difícil implementar o Socialismo Escandinavo entre nós? Um nível de felicidade ótimo … sem guerras e sem vícios em drogas pesadas …? É sim, meu caro. Basta ler alguns comentaristas aqui do blog para perceber isto com imensa facilidade.
    Marcio Morato, um abraço!!!

  20. Naveira que sempre escreve aqui propaganda do governo do PT poderia nos informar o montante dos bilhões de prejuízos que seu governo, já de 10 anos, deu com a Petrobrás e o dinheiro suado do povo brasileiro que está aí nas ruas que foi para Cuba, as dívidas da Bolívia e outros países que até há poucos dias a sua presidenta com o nariz em pé e com a sua camisinha vermelha perdoou de um país desses aí da África.

  21. Infelizmente as soluções propostas pelo Jornalista Hélio Fernandes não se tornarão realidade. Essas elites podres que detém o poder, poder político, financeiro, midiático, etc., não largarão o osso. Farão pequenas concessões pontuais, mas nada mudará substancialmente. Como se diz “tá tudo dominado”.

  22. A deterioração do quadro econômico mundial através do colapso econômico que está por vir vai servir de ingrediente para ampliar os distúrbios sociais no Brasil, os artifícios do governo para sustentar uma possível degradação economia de cunho externo se exauriram, estímulos fiscais e monetários não funcionam mais na economia, um exemplo é o crescimento pífio do PIB com inflação em cima meta do governo em 2012 conhecido no meio econômico de estagflação e agora cada mês que passa a perspectiva de crescimento é reduzida pelo confirmando essa deficiência, o governo não tem defesas para enfrentar um débâcle econômico que está se formando no Estados Unidos, Na zona do Euro e no Japão e todos os países superendividados, seremos castigados duramente talvez viveremos uma situação econômica global que nunca a história da humanidade já passou, se isso acontecer será a uma Nova ordem Mundial onde o capitalismo selvagem será domesticado e os governantes atuais inclusive Barack Obama será varrido da Vida política.

    http://oglobo.globo.com/economia/banco-central-rebaixa-previsao-de-crescimento-do-pib-de-31-para-27-8827798

    http://www.zerohedge.com/news/2013-06-24/biggest-ponzi-scheme-history-world

    • A deterioração do quadro econômico mundial através do colapso econômico que está por vir vai servir de ingrediente para ampliar os distúrbios sociais no Brasil, os artifícios do governo para sustentar uma possível degradação economia de cunho externo se exauriram, estímulos fiscais e monetários não funcionam mais na economia, um exemplo é o crescimento pífio do PIB com inflação em cima meta do governo em 2012 conhecido no meio econômico de estagflação e agora cada mês que passa a perspectiva de crescimento é reduzida confirmando essa deficiência, o governo não tem defesas para enfrentar um débâcle econômico que está se formando no Estados Unidos, Na zona do Euro e no Japão e todos os países superendividados, seremos castigados duramente talvez viveremos uma situação econômica global que nunca a história da humanidade já passou, se isso acontecer será a uma Nova ordem Mundial onde o capitalismo selvagem será domesticado e os governantes atuais inclusive Barack Obama será varrido da Vida política.

      http://oglobo.globo.com/economia/banco-central-rebaixa-previsao-de-crescimento-do-pib-de-31-para-27-8827798

      http://www.zerohedge.com/news/2013-06-24/biggest-ponzi-scheme-history-world

  23. A deterioração do quadro econômico mundial através do colapso econômico que está por vir vai servir de ingrediente para ampliar os distúrbios sociais no Brasil, os artifícios do governo para sustentar uma possível degradação economia de cunho externo se exauriram, estímulos fiscais e monetários não funcionam mais na economia, um exemplo é o crescimento pífio do PIB com inflação em cima meta do governo em 2012 conhecido no meio econômico de estagflação e agora cada mês que passa a perspectiva de crescimento é reduzida confirmando essa deficiência, o governo não tem defesas para enfrentar um débâcle econômico que está se formando no Estados Unidos, Na zona do Euro e no Japão e todos os países superendividados, seremos castigados duramente talvez viveremos uma situação econômica global que nunca a história da humanidade já passou, se isso acontecer será a uma Nova ordem Mundial onde o capitalismo selvagem será domesticado e os governantes atuais inclusive Barack Obama será varrido da Vida política.

    http://oglobo.globo.com/economia/banco-central-rebaixa-previsao-de-crescimento-do-pib-de-31-para-27-8827798

    http://www.zerohedge.com/news/2013-06-24/biggest-ponzi-scheme-history-world

  24. prezado jornalista,
    aqui:
    “Joaquim Barbosa, o preferido das ruas,”
    pelo que eu entendi o sr. advoga que barbosa assuma a presidência.
    pois então que assuma!
    mas, como o sr mesmo disse: “das ruas”.
    porque o preferido do Brasil e não só das ruas, chama-se Presidenta Dilma.
    e isso é i-n-c-o-n-t-e-s-t-á-v–e-l.

  25. OS GOVERNADORES TAMBÉM
    CONSPIRARAM, FORAM TODOS
    ULTRAPASSADOS PELOS GENERAIS

    “As tropas do II Exercíto já cercam a Guanabara”; até hoje eu não sei se é pra rir ou chorar, de rir.

  26. O saudoso professor de Direito Internacional Público da Uerj, Celso de Albuquerque Mello, costumava dizer: “não leiam as súmulas do Supremo para não desaprenderem Direito”.

    Imagina só se ele ainda estivesse ainda vivo e ouvisse a verborragia, a logorréia do Senhor Joaquim Barbosa!

    Chega de nomes, de “salvadores da Pátria”. Antes de mais nada, precisamos de um novo Código Eleitoral! Por que os manifestantes não pedem a reforma do remendado Código Eleitoral de 1965???

  27. Ahhh….lek lek lek….girando…girando…, enquanto a Nação grita por MUDANÇAS PRA ONTEM! as casas do POVO, senado e câmara cantam e fingem que trabalham…ah! lek lek lek lek…quando a música começar a destoar em marchas fúnebres acredito que eles passaram acreditar em reencarnação…

  28. Caro Hélio Fernandes, este texto vem sendo divulgado pela Internet como sendo de autoria do seu saudoso irmão Millôr. E ainda há uma página na rede social Facebook que exalta um golpe militar em 2014 que também exalta o texto que supostamente seria do Mollôr. Acredito que cabe uma denúncia para que essas paginas retirem este texto com a assinatura de seu querido e saudoso irmão do ar, pois sua memória não merece tamanha desfaçatez. As páginas que propagam o texto e apoiam o golpe militar que vi até agora são essas (o texto segue abaixo):

    http://oposicaoviva.wordpress.com/2012/04/23/blogdejensenbrazil-militar-e-incompetente-demais-millor-fernandes/

    https://www.facebook.com/GolpeMilitar2014/posts/190374794461750?comment_id=515886&offset=0&total_comments=11&notif_t=feed_comment_reply

    “Estamos procurando uma fonte confiável para certificar que este texto seja do Millôr Fernandes, até então vamos considerar que sim.”

    “MILITAR É INCOMPETENTE DEMAIS”

    SÓ FIZERAM LAMBANÇAS.

    TIRARAM O CENÁRIO BUCÓLICO QUE HAVIA NA VIA DUTRA DE UMA SÓ PISTA, QUE FOI DUPLICADA E RECEBEU MELHORIAS; ACABARAM AÍ COM AS EMOÇÕES DAS CURVAS MAL CONSTRUÍDAS E OS SOLAVANCOS ESTIMULANTES PROVOCADOS PELOS BURACOS NA PISTA.

    NÃO SATISFEITOS, FIZERAM O MESMO COM A RODOVIA RIO-JUIZ DE FORA.

    COM A CONSTRUÇÃO DA PONTE RIO-NITERÓI, ACABARAM COM O SONHO DE CRESCIMENTO DA PEQUENA MAGÉ, CIDADE NOS FUNDOS DA BAÍA DE GUANABARA, QUE ERA CAMINHO OBRIGATÓRIO DOS QUE IAM DE UM LADO AO OUTRO E NÃO QUERIAM SOFRER NA ESPERA DA BARCAÇA QUE LEVAVA MEIA DÚZIA DE CARROS.

    CRIARAM ESSE MALDITO DO PROÁLCOOL, COM O MEDO INFUNDADO DE QUE O PETRÓLEO VAI ACABAR UM DIA.

    PARA APRESSAR LOGO O FIM DO CHAMADO “OURO NEGRO”, DERAM UM IMPULSO GIGANTESCO À PETROBRAS, QUE PASSOU A EXTRAIR PETRÓLEO 10 VEZES MAIS (DE 75 MIL BARRIS DIÁRIOS, PASSOU A PRODUZIR 750 MIL); SEM CONTAR O FEDOR DE BÊBADO QUE OS CARROS PASSARAM A TER COM O USO DO ÁLCOOL.

    ENFIARAM O BRASIL NUMA DISPUTA ESTRESSANTE, LEVANDO-O DA POSIÇÃO DE 45ª ECONOMIA DO MUNDO PARA A POSIÇÃO DE 8ª, TRAZENDO COM ISSO UMA NOCIVA ONDA DE INVEJA MUNDIAL.

    TIRARAM O SOSSEGO DA VIDA OCIOSA DE 13 MILHÕES DE BRASILEIROS, QUE, COM A GIGANTESCA OFERTA DE EMPREGO, FICARAM SEM A DESCULPA DO “ESTOU DESEMPREGADO”.

    EM 1971, NO GOVERNO MILITAR, O BRASIL ALCANÇOU A POSIÇÃO DE SEGUNDO MAIOR CONSTRUTOR DE NAVIOS NO MUNDO.

    UMA DESGRAÇA COMPLETA.

    COM GIGANTESCA OFERTA DE EMPREGOS, BAIXARAM CONSIDERAVELMENTE OS ÍNDICES DE ROUBOS E ASSALTOS.

    SEM AQUELA EMOÇÃO DE ESTAR NA IMINÊNCIA DE SOFRER UM ASSALTO, OS NOSSOS PASSEIOS PERDEREM COMPLETAMENTE A GRAÇA.

    ALTERARAM PROFUNDAMENTE A TOPOGRAFIA DO TERRITÓRIO BRASILEIRO COM A CONSTRUÇÃO DE HIDRELÉTRICAS GIGANTESCAS (TUCURUÍ, ILHA SOLTEIRA, JUPIÁ E ITAIPU), O QUE OBRIGOU AS NOSSAS CRIANÇAS A APRENDEREM SOBRE ESSAS BOBAGENS DE NOMES ESQUISITOS.

    O BRASIL, QUE ANTES VIVIA O ROMANTISMO DO JANTAR À LUZ DE VELAS OU DE LAMPARINAS, TEVE QUE TOLERAR A INSTALAÇÃO DE MILHARES DE TORRES DE ALTA TENSÃO ESPALHADAS PELO SEU TERRITÓRIO, PARA LEVAR ENERGIA ELÉTRICA A QUEM NUNCA PRECISOU DISSO.

    IMPLEMENTARAM OS METRÔS DE SÃO PAULO, RIO, BELO HORIZONTE, RECIFE E FORTALEZA, DEIXANDO TUDO PRONTO PARA ATAZANAR A VIDA DOS CIDADÃOS E O TRÂNSITO NESTAS CIDADES.

    ESSES MILITARES BANIRAM DO BRASIL PESSOAS BEM INTENCIONADAS, QUE QUERIAM IMPLANTAR AQUI UM REGIME POLÍTICO QUE FAZIA A FELICIDADE DOS RUSSOS, CUBANOS E CHINESES, EM CUJOS PAÍSES AS PESSOAS SE REUNIAM EM FILA NAS RUAS APENAS PARA BATER-PAPO, E NINGUÉM PENSAVA EM SAIR A PASSEIO PARA NENHUM OUTRO PAÍS.

    FORAM DEMASIADAMENTE RIGOROSOS COM OS SIMPATIZANTES DAQUELES REGIMES, SÓ PORQUE SOLTARAM UMA “BOMBINHA DE SÃO JOÃO” NO AEROPORTO DE GUARARAPES, ONDE ALGUNS INOCENTES MORRERAM DE SUSTO APENAS.

    OS MILITARES SÃO MUITO ESTRESSADOS.

    FAZEM TEMPESTADE EM COPO D’ÁGUA SÓ POR CAUSA DE ALGUNS ASSALTOS A BANCOS, SEQUESTROS DE DIPLOMATAS… NINHARIAS QUE QUALQUER DELEGADO DE POLÍCIA RESOLVE.

    TIRARAM-NOS O INTERESSE PELA POLÍTICA, VEZ QUE OS DEPUTADOS E SENADORES DAQUELA ÉPOCA NÃO NOS BRINDAVAM COM ESSES DELICIOSOS ESCÂNDALOS QUE FAZEM A ALEGRIA DA GENTE HOJE.

    OS DE HOJE É QUE SÃO BONS E HONESTOS.

    CADÊ OS IMPOSTOS DE HOJE, ISTO ELES NÃO FIZERAM!

    PARA PIORAR A COISA, AINDA CRIARAM O MOBRAL, QUE ENSINOU MILHÕES A LER E ESCREVER, AUMENTANDO MAIS AINDA O PODER DESSES EMPREGADOS CONTRA OS SEUS PATRÕES.

    NEM O HOMEM DO CAMPO ESCAPOU, PORQUE CRIARAM PARA ELE O FUNRURAL, TIRANDO DO POBRE COITADO A DOCE PREOCUPAÇÃO QUE ELE TINHA COM O SEU FUTURO. ERA TÃO BOM IMAGINAR-SE VELHINHO, PEDINDO ESMOLAS PARA SOBREVIVER.

    OUTRAS DESGRAÇAS CRIADAS PELOS MILITARES: TROUXERAM A TV A CORES PARA AS NOSSAS CASAS, PELAS MÃOS E BURRICE DE UM OFICIAL DO EXÉRCITO, FORMADO PELO INSTITUTO MILITAR DE ENGENHARIA, QUE INVENTOU O SISTEMA PAL-M.

    CRIARAM AINDA A EMBRATEL; TELEBRÁS; ANGRA I E II; INPS, IAPAS, DATAPREV, LBA, FUNABEM.

    TUDO ISSO E MUITO MAIS OS MILITARES FIZERAM EM 22 ANOS DE GOVERNO.

    PENSA!!

    DEPOIS QUE ENTREGARAM O GOVERNO AOS CIVIS, ESTES, NOS VINTE ANOS SEGUINTES, NÃO FIZERAM NEM 10% DOS ESTRAGOS QUE OS MILITARES FIZERAM.

    GRAÇAS A DEUS!

    AINDA BEM QUE OS MILITARES NÃO CONTINUARAM NO PODER!!

    TEM MUITO MAIS COISAS HORROROSAS QUE ELES, OS MILITARES, CRIARAM, MAS O QUE ESTÁ ESCRITO ACIMA É O BASTANTE PARA DIZERMOS: “MILITAR NO PODER, NUNCA MAIS!!!”, EXCETO OS DOMESTICADOS.

    AINDA BEM QUE HOJE ESTÃO ASSUMINDO O PODER PESSOAS COMPROMISSADAS COM OS INTERESSES DO POVO.

    MILITARES JAMAIS!

    OS POLÍTICOS DE HOJE PENSAM APENAS EM AJUDAR AS PESSOAS E FORAM INJUSTAMENTE PREJUDICADAS QUANDO ENFRENTAVAM OS MILITARES COM ARMAS ÀS ESCONDIDAS COM BANDEIRAS DE SOCIALISMO.

    OS PAÍSES SOCIALISTAS SÃO EXEMPLOS A TODOS.

    ALÉM DISSO, NENHUM DESSES MILITARES CONSEGUIU FICAR RICO.

    ÊTA INCOMPETÊNCIA!!!

  29. Esquerda em armas? Quá, quá, quá. Talvez peque um romanee conti, um cartão corporativo, uma amante mais nova, um mensalinho na CEF ou no BB, quem sabe na Petros, na Previ. Já um fal um 38 só para enfiar no rabo.

  30. Prezado Almério,

    Seu comentário deveria chegar ao pessoal do MPL para que entendam o que faz de um país, uma NAÇÃO.

    Grande abraço e obrigado pela consideração.

  31. Almério, meu caro,
    Os jovens que hoje compõem a maioria dos manifestantes reivindicando seus direitos e mudanças para este País, também deveriam aproveitar o momento que dizem que, “o Gigante Acordou”, para abrirem seus olhos com relação às drogas!
    Ouvi agora à noite, que, o Brasil, de 2005 a 2011, teve um crescimento no consumo de crack, cocaína, maconha, anfetaminas, na ordem de QUASE TREZENTOS POR CENTO!!!
    As cracolândias são os exemplos mais cruéis a olhos vistos do mal que as drogas ocasionam a esta juventude, índices apontando que o Brasil tem UMA GERAÇÃO PERDIDA neste particular!
    Almério, a juventude não pode ser qualificada somente por adjetivos, de que é linda, maravilhosa, ela tem a vida pela frente etc, etc.
    O jovem precisa ter metas para cumprir, para se desenvolver, crescer como tal e ser um adulto cônscio de suas responsabilidades.
    Pois diante deste mar de reclamações bem feitas, pontuais, adequadas e pertinentes, não vi qualquer cartaz em nível nacional que abordasse esta chaga no Brasil, esta doença que vai matando e viciando uma gurizada que já se torna imprestável para o trabalho diante do vício e degradação social, inclusive com tragédias familiares periodicamente nos jornais do País.
    Penso que se deveria cobrar muito mais da Saúde Pública, no entanto, paralelamente a essas exigências, que a oferta de leitos, de tratamento, de médicos, psicológos, clínicas especializadas aos dependentes químicos fossem também questionadas, caso contrário, vejo um futuro nada promissor para uma parte desses jovens que hoje está nas passeatas emprestando a sua força, determinação, vibração, se amanhã nós os encontraremos atirados nas calçadas, dormindo ao relento, sendo expulsos de casa, desempregados, com fome e, em consequência, terem de apelar para o crime de modo a poderem sobreviver.
    Acho que alguns movimentos nacionais perderam uma oportunidade ímpar de frequentarem essas manifestações e deixarem o seu recado, principalmente àquelas que se intitulam como de combate às drogas.
    Um abraço, meu caro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *