Reflexões sobre as Forças Armadas brasileiras, que precisam ser bem remuneradas

Flavio José Bortolotto

Nossas Forças Armadas são o esteio basilar de nossa Soberania Política. Apesar de que o artigo de Carlo Germani chama mais atenção para o Parque de Material, sem dúvida importante, a meu ver, o fator fundamental é o Soldado, nossos excelentes Corpos de Oficiais e Praças. Eles devem ser bem remunerados para cumprir com tranquilidade sua estratégica função, e por isso apoio a nova política de Remuneração do Ministério da Defesa.

Não é tanto o armamento, mas o Amor a Pátria (ao Povo Brasileiro), e o ardor guerreiro para a defesa de nosso querido País, o que conta, junto com o apoio de todo o Povo. E isso, o Amor a Pátria, ao Povo Brasileiro, as nossas FFAAs sempre tiveram e têm em alto grau. Desde quando eram Portuguesas, do Descobrimento e Povoação do Território( e olhe que Território, quase 9.000.000 Km2), passando pela memorável campanha de expulsão do Império Holandês, maior potência Econômica/Militar da época, anos de 1600-1700, Expulsão dos Holandeses do Maranhão, do Nordeste, quando se forjou a Nacionalidade Brasileira, na União dos brancos do Gen. João Fernandes Vieira, dos Africanos do Gen. Henrique Dias, e dos Índios do Gen. Antônio Felipe Camarão, e onde se cobriram de glória também o Gen. André Vidal de Negreiros e o Gen. Francisco Barreto, Gen. Domingos Fagundes vencedor de Ipojuca, entre tantos outros.

A campanha contra o Ditador Rosas da Argentina, a terrível Guerra do Paraguai toda ela Rio Paraguai acima, tendo o inimigo, valentíssimo por sinal, o controle dos pontos altos, e onde se cobriram de glória todos os Heróis hoje Patronos das nossas Armas, o Gen. Duque de Caxias, o Gen. Osório, o Gen. Sampaio, o Gen. Vilagran Cabrita, o Gen. Mallet e tantos outros.

A gloriosa campanha da FEB na Europa durante a II Guerra Mundial que culminou com o cerco e o a rendição de 2 Divisões Reforçadas de outras Sub-Unidades, Alemã e Italiana. Não importa que tivessem escassez de gasolina, o fato é que essa glória coube aos Brasileiros do Gen. Mascarenhas de Moraes.

As FFAAs Brasileiras tem gloriosa História e quando a necessidade surgir, seja no Amazonas, seja em outra parte de nosso sagrado Território, elas mostrarão o seu valor, porque isso está na nossa massa do sangue. Devemos pensar em boa remuneração, altíssima Moral e o máximo de Armamento Nacional. No mais é cavar túneis, túneis e mais túneis e combater a noite.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *