Reflexões sobre o capitalismo com sabor socialista praticado nos Estados Unidos.

Paulo Solon

Eu ficaria surpreso e decepcionado se todos concordassem com o que escrevo. Faz lembrar um professor de física quântica, que, quando alguém nao entendia, ele simplesmente dizia: “Ora, isso é muito natural! Sempre tem que alguém não entender, do contrário todos iriam tirar 10, e o que é que eu iria dizer para o diretor?”

Agradeco a contribuição do comentarista Rogerio Mendelski. Mas declaro aqui que os países nórdicos são, de fato, países socialistas. Aliás, esta palavra socialismo ainda encontra repulsa em algumas mentes tacanhas, “narrow minded”, como se diz aqui nos Estados Unidos. Sei que não é o caso do mui digno senhor Rogerio Mendelski. Mas é o caso de muita gente que não aceita que um pais tido como capitalista pratique o socialismo.

Vou dar alguns exemplos do que ocorre aqui nos Estados Unidos, ainda tido por alguns como paradigma do capitalismo. Apenas alguns exemplos.

1. Quando uma mulher, casada ou não, concebe uma criança, claro, os pais sao obrigados a sustentá-la. Se o pai se recusar ao “child support”, ele será preso, como aí no Brasil. Porém, se a mãe se recusar a criar o filho, o governo toma a criança e assume sua inteira educação. Isto é socialismo.

2. Um ex militar que cumpriu 8 anos de servico ativo,(active ducty), tendo ou não ido para a guerra, pode se aposentar, recebendo pensão vitalícia. E esta pensão passa para os filhos, homens ou mulheres, por ocasião de seu falecimento. Isto é socialismo. (No Brasil, só as filhas recebem, mesmo assim, se permanecerem solteiras. E o militar precisa cumprir pelo menos três décadas de serviço ativo.)

3. Existe salário-desemprego compatível com o nível de vida do trabalhador, como se ainda estivesse empregado. Socialismo.

4. Conheci uma brasileira de Santos, que veio para os EUA e trabalhou durante muitos anos como motorista de caminhão. Aposentou-se e ganhou do governo um apartamento para morar,o que é feito sempre que o idoso não tem onde ficar. Isto é socialismo.

5. Outra brasileira que conheci, estando aqui há mais de 15 anos como imigrante ilegal, adquiriu cãncer, foi hospitalizada, operada, custo bem elevado, mas não tinha como pagar o hospital particular para cancerosos. O governo cobriu as despesas. Isto também é socialismo.

E por aí vai.

De tanto presenciar essas coisas que aqui ocorrem (como, por exemplo, alimentação bem barata e de excelente qualidade para os pobres), cheguei à conclusao de que aqui, muito mais que no Brail, se pratica o socialismo.

This entry was posted in Sem categoria. Bookmark the permalink.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *