Relator petista chama Delcídio Amaral de “réu-confesso e frouxo”

Charge do Nani (nanihumor.com)

Isabela Bonfim
Estadão

O relator do processo contra Delcídio Amaral (PT-MS) no Conselho de Ética do Senado, Telmário Mota (PDT-RR), afirmou que a suposta delação do senador não será incluída na investigação até que seja homologada pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Em contrapartida, ele acredita que o documento deve dificultar a situação de Delcídio. “O delator pra mim tem dois defeitos, primeiro ele é réu confesso, depois ele é frouxo”, disse.

A declaração de Telmário relembra fala da presidente Dilma Rousseff que, em junho do ano passado, rebateu delação do empreiteiro Ricardo Pessoa sobre doações da UTC à campanha da presidente. “Eu não respeito delator. Até porque eu estive presa na ditadura e sei o que é que é. Tentaram me transformar em uma delatora”, afirmou Dilma à época. A presidente também foi citada na delação de Delcídio.

Já existem requerimentos no Conselho de Ética que pedem a inclusão da delação de Delcídio ao processo, mas só poderão ser avaliados após o colegiado votar o parecer apresentado pelo relator. “O nosso relatório foi em cima do que foi apresentado, ainda não sabemos se a delação existe. Se ela não for homologada, não tem nenhuma validade. Mas se tiver uma delação, naturalmente ela vai incriminá-lo”, argumentou Telmário Mota.

GRANDE EXPECTATIVA

No Senado, há grande expectativa quanto à homologação da suposta delação de Delcídio, que teria citado pelo menos cinco senadores, incluindo os já investigados Renan Calheiros (PMDB-AL), Valdir Raupp (PMDB-RO) e Romero Jucá (PMDB-RR), além do presidente do PSDB, Aécio Neves (MG).

A divulgação da delação mudou os rumos do processo contra o senador, que contava com a conivência de alguns membros do colegiado para atrasar o processo. Agora, o humor é outro no Senado e a maior parte dos parlamentares tende pela cassação de Delcídio.

22 thoughts on “Relator petista chama Delcídio Amaral de “réu-confesso e frouxo”

  1. Finalmente o PDT assumindo o seu papel de acobertador de falcatruas…. Querem de todas as formas manter as boquinhas, para tentarem lançar o Maluf do PT, Ciro Gomes em 2018…

  2. Imaginem quando for homologada a eventual futura Delação Premiada do Lula.
    Será o fim do atual sistema politico. Será uma singularidade política, e ninguém hoje sabe dizer o que existirá após tal evento de ruptura.

  3. Belíssimo exemplo de Decoro Parlamentar.
    Realmente um Gentleman!
    A
    presidente Dilma deveria nomear este ilustre parlamentar para Ministro das Relações Exteriores.

  4. Se a comissão de ética funcionar, este sujeito tem de explicar por que Delcidio é frouxo.
    Pelo menos eu entendi que o colega senador queria que o Delcidio continuasse mentindo, enganando e defendendo a governo.
    Aqui mais um que não tem ética.

  5. Werneck, você é sincero diz o que lhe manda a consciência. E tem razão, você faz parte da elite intelectual brasileira. Diferentemente de Telmário que é um brasileiro típico: Descende das três raças formadoras do povo brasileiro. É um homem humilde, de cultura razoável. Nos tempos de chumbo gramou dura prisão. Dura mesmo. Ao sair seus inimigos políticos como Romero Jucá e outros poderosos expulsaram-no de Roraima. A diferença de vida e cultura entre você e Telmário é abissal. Ele é um brasileiro humilde e falou o que o povão fala e 200 milhões de brasileiros entendem. Estive preso de 1967 a 1968 e sei o conceito que têm os alcaguetes. Delcídio, sendo verdade o que foi publicado, se autoincriminou e alcaguetou seus companheiros de Senado. Sobre Dilma o que li é notícia requentada. Tem gente, Werneck, que nem dorme, sente dor de cabeça, no fígado, nos rins, no coração. Confesso que não sinto nada. Acho tudo uma bobagem. Agora se for verdade que Delcídio alcaguetou Aécio, o jogo fica empate. A coisa está tão ridícula que as redes sociais estão chamando para um suicídio coletivo se Dilma não for impichada. Lógico que você não está nessa.

    • Aquino, se o Telmário pensa assim e tem tanto horror dos alcaguetes, então ele deveria odiar o Lulla e não defendê-lo e não digas que o Lulla não foi um alcaguete porque ele nunca desmentiu o fato. E quanto a esta história dos 200 milhões que o entendem, podes baixar este número para menos de 5 pois os outros há muito tempo já abriram os olhos.

  6. “Agora se for verdade que Delcídio alcaguetou Aécio””.

    Não foi só delcidio que “caguetou” o Santo aético, do Partidinho da Ética, Moral e dos bons Costumes
    Mais três delatores ladrões o fizeram, um deles citou que ´Santo aético éra um dos mais chatos para pedir grana.,
    Outro “cagueta” também deu uma borrada na Cozinheira Mor do Partideco Corrupto, dona fernindetta II, aquela senhora que tinha o pé-da-cozinha e se lambuzou com 3 bilhões “dados” pelo cervero…..
    Aos poucos vai-se quebrando o encanto com os Super-Honestos do partideco corrupto…
    Agora só falta o Capitão América do Sul, o Super-Juiz pegar o “Santo”…….

    VIVE LA FRANCE…

  7. Enquanto Delcídio estava dando uma de Marcos Valério era o bom, estavam planejando empurrar com a barriga o julgamento da comissão de ética, agora que o mesmo resolver não se afogar sozinho é “réu-confesso e frouxo”;
    Esses são os representantes do povo brasileiros…

  8. Segundo o jornalista Gerson Camarotti , muito em breve a delação premiada do senador Delcídio do Amaral será homologada pelo ministro Teori Zavascki e, na sequência, deve ser dada divulgação ao total conteúdo da fala do ex-líder do governo no Senado.

    Quem já teve acesso ao conteúdo jura que a delação será uma bomba política e que mais novidades em relação a personagens que já foram citados como alvos da delação e outros que ainda não surgirão no noticiário.Tremei , Brasília!

    Enquanto isso nós , os pobres mortais que só lemos a reportagem da revista IstoÉ sobre a delação catilinária , prestamos atenção a um dos seus parágrafos intitulado:

    “Exclusão de Lula e Lulinha da CPI dos Correios evitou o impeachment”

    É disso que se trata.

    Delcídio – ex-presidente da CPI dos Correios – disse , pelo menos nas páginas da IstoÉ, que testemunhou, na madrugada do dia 5 de abril de 2006 as ….

    “Tratativas ilícitas para retirada do relatório final da CPI dos nomes de Lula e do filho Fábio Luís Lula da Silva em um acordão com a oposição”.

    Ou seja , o grão-petista está afirmando ter presenciado uma manobra pouca republicana e ” uma votação duvidosa” para que fosse evitado o impeachment do então presidente.

    A notícia é QUASE requentada.

    Em 2005, o que se comentou – de leve! – no auge do escândalo do mensalão – foi que o PT e o governo , ao avaliarem que o impeachment do Lula era iminente, através dos ministros Antonio Palocci , da Fazenda, e Márcio Thomaz Bastos, da Justiça, propuseram um acordo à oposição.

    Gilberto Carvalho, inclusive, em 2008, numa entrevista concedida à Veja declarou que
    nas tratativas , Lula teria prometido abrir mão da reeleição em troca do restante do mandato.

    Aparentemente e a mando de Lula , os seus ministros teriam procurado Fernando Henrique Cardoso e argumentado que o Brasil perderia as condições de governabilidade se por acaso a oposição tentasse o impedimento do petista.FHC , de acordo com um relato famoso do jornalista Carlos Marchi , no Estadão, teria concordado com a fabulação e se comprometido a acalmar a oposição.

    Eram muitas as vozes que pediam o impeachment : Fruet, Paes, Aécio, Alckmin, Serra, Tasso Jereissati , ACM Neto e por aí vai.O fato é que de repente elas silenciaram.

    ” Não podemos duvidar da biografia do Presidente Lula ” , diziam os pacificados oposicionistas no Jornal Nacional.

    Enquanto isso a gente assistia ser preso , com dólares na cueca, um assessor do deputado José Guimarães , irmão do então presidente do PT, José Genoíno e ouvia o Duda Mendonça confessando que recebera através de Marco Valério, o pagamento proveniente de caixa 2 pelos seus serviços à campanha presidencial de 2002 , em uma conta não declarada off shore.

    Os tucanos avaliaram ( mal ) que Lula sangraria até 2006 e não seria reeleito. Pudera!

    Lula chorava, deprimido e constrangido, dizia de manhã que “num çabia” , de tarde mudava a versão e se declarava ” traído e apunhalado pelas costas” , de noite pedia desculpas à nação e ….caía nas pesquisas.

    Numa delas, inclusive, Serra chegou a aparecer vencendo-o na simulação de um eventual segundo turno , quando veio à tona que a empresa da qual Lulinha era sócio recebera da Telemar um aporte de recursos de R$ 5 milhões.

    Comentou-se, à época , que teria sido firmado um acordo de cavaleiros de punhos de renda para que os ” familiares” ficassem de fora da CPI. Porém …para acalmar a opinião pública , mitigar a indignação popular e satisfazer à natural sede de justiça da sociedade , era preciso tornar a coisa credível e, assim, alguns petistas de alto escalão tiveram que ir para o sacrifício. E bois de piranha entraram para a história como mensaleiros sem chefia.

    O fato é que Fábio Luís jamais depois no Congresso , os nomes dos da Silva não foram mencionados no relatório final da CPI dos Correios. o Filho do Brasil não foi impedido, indiciado, julgado ou condenado na AP470. O chefe da quadrilha – que no meio do jogo foi apelidada de “concurso de agentes” – safou-se.

    Até hoje. Portanto , o FATO NOVO nessa velha narrativa só poderá ser Delcídio afirmar – e apresentar provas – de que , em vez de preocupação com a governabilidade, em vez de generosidade política, as oposições – leia-se Aécio – foram motivadas pelo vil metal ,subornadas pelo governo e pagas regiamente para ignorar as leis desse país.

    O incrível é que , quando a IstoÉ publicou a reportagem , as oposições compram-na de cabo a rabo enquanto os petistas e cleptoaliados a renegaram de fio a pavio.

    Ontem lemos os blogs petistas se alvoroçarem de alegria quando vazou a denúncia contra Aécio. Ora, a delação do nosso Catilina caboclo ou é falsa ou é verdadeira. Talvez que pela primeira vez na historia desse país , por unanimidade , petistas e tucanos e aliados de ambos os lados, concordarão ser o script tão crível quanto uma nota de 3 reais.

    De resto, parece-me que a presidenta Dilma e o senador Telmário praticam a omertá. Estaria tudo bem e seria até louvável – meu pai ensinou-me que não se trai um amigo – não fora por dois detalhes desimportantes:

    – Telmário é membro do Congresso Nacional , aquele que legislou a Lei Anticorrupção que prevê o instrumento da colaboração premiada de delatores com a PF e o MP. Dilma a assinou a mesma Lei. Coerência é bom e por ela agradecemos.

    – Telmário e Dilma não são mafiosos defendendo com o seu corajoso silêncio e sob tortura , seus cumpanheiros de crimes.São agentes públicos , uma presidente e um senador da República, eleitos por nós, pagos por nós, investidos de poder por nós , para que defendam não os os seus, não os de seus amigos de fé , de copo ou de crimes , mas os NOSSOS interesses , aqueles da nação.

    Parece-me que a nossa fauna política – salvo raríssimas e bravas exceções – não é capaz de abstrair no estágio ainda quase sapiens e pré-civilizatório no qual se encontram , o conceito mais sofisticado da coisa pública. Quem sabe noutra encarnação?

    Que a terra lhes seja leve.

    • Faz três dias que estou falando que em Brasília está 46 graus. Eu recebo informes de 3 partidos onde tenho conhecidos ( o PT não me manda ) só hoje recebi 11 do PSDB, está todo mundo na maior correria , fabricas de discursos….

  9. Não sabia que, comprovado comprometimento de Aécio com falcatruas, favorecerá a inocência de Lulla. Tem pessoas que querem anular vigarices e pilantragens de um com vigarices e pilantragens de outro. É uma forma estranha de defender ética e moral.
    As pessoas honestas querem os vigaristas na cadeia, independentemente das cores partidárias. Já os fanáticos e sem caráter, gostam e defendem os cafajestes.
    E ainda dizem defender a democracia!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *