Representação contra procuradores é arquivada por inexistência de “ilícitos funcionais”

Deltan Dallagnol durante entrevista coletiva para apresentação de nova denúncia contra o ex-ministro Zé Dirceu Foto: Geraldo Bubniak / Agência O Globo

Dallagnol foi considerado isento pelo Conselho Nacional do MP

Deu em O Globo

O Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) arquivou, nesta quinta-feira, representação recebida no órgão para instaurar sindicância para investigar os procuradores da Força-Tarefa da Lava-Jato sobre as conversas vazadas e divulgadas pelo site de notícias “The Intercept Brasil”.

A decisão de arquivamento foi do Corregedor Nacional do Ministério Público, Orlando Rochadel Moreira. Segundo ele, a veracidade dos elementos de prova não pode ser comprovadas, além de não ser possível verificar adulterações.

SEM ELEMENTOS – “Diante das informações dos Membros reclamados de que não reconhecem os diálogos utilizados e de que eles foram, possivelmente, adulterados, bem como de que o acesso ao conteúdo das mensagens se operou por meio de uma invasão aos dispositivos informáticos, a análise disciplinar recai exclusivamente sobre o material veiculado na imprensa. (…) Desde logo, calha deixar claro: ignorando-se a forma da sua obtenção, inexiste, sequer, certeza da existência das supostas mensagens veiculadas pelo sítio The Intercept”, escreveu o corregedor na decisão.

O corregedor também entende que não há elementos que justifiquem a abertura de reclamação disciplinar contra os procuradores, “considerando a ausência de qualquer elemento que indique materialidade de ilícito disciplinar imputado”.

“Ainda que as mensagens em tela fossem verdadeiras e houvessem sido captadas de forma lícita, não se verificaria nenhum ilícito funcional”.

AS MENSAGENS – O The Intercept Brasil publicou mensagens atribuídas a Dallagnol e a Sergio Moro , que indicariam que os dois combinaram atuações na Operação Lava-Jato. A reportagem cita ainda mensagens que poderiam sugerir dúvidas dos procuradores sobre as provas para pedir a condenação de Lula no caso do tríplex do Guarujá, poucos dias antes da apresentação da denúncia.

As conversas tornadas públicas sugerem também que os procuradores teriam discutido uma maneira de barrar a entrevista do ex-presidente autorizada por um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), antes do primeiro turno da eleição.

Moro e Dallagnol negam irregularidades e denunciam invasão ilegal de suas comunicações.

###
NOTA DA REDAÇÃO DO BLOG
Foi uma bela armação, que fez parte da ampla ofensiva midiática e jurídica para destruir a Lava  Jato e libertar Lula, Dirceu, Cunha etc., além de evitar a prisão de Temer, Aécio, Moreira, Padilha, Renan & Cia. Ltda. Para salvar esses notórios criminosos, tentou-se enlamear a vida de brasileiros que lutam para moralizar este país. Ainda bem que a jogada ensaiada não deu certo, como fica agora comprovado pelo posicionamento correto do Conselho Nacional do Ministério Público. (C.N.)

23 thoughts on “Representação contra procuradores é arquivada por inexistência de “ilícitos funcionais”

  1. Cada um proteje os seus, esta é a política do protecionismo, podem burlar as leis, o CNMP garante, sei que muitos pensam que sou partidário de alguma sigla, mas se enganam, caso seja verdade os vazamentos, isto é inescrupuloso para o sistema judicário.

  2. Tentaram e membros do STF acatariam, demonstrando toda irresponsabilidade e ausência de suporte jurídico naquela Casa. Simplesmente vexatório.

  3. CN,

    A sua presunc,ao de inocencia para a quadrilha Moro/MPF e’ tocante.

    Vamos aguardar os pro’ximos vazamentos!
    E eu, pessoalmente, estou na expectativa da sua futura reac,ao `a comprovac,ao dos delitos da gangue do Moro.

    Abrac,os,

    Cleber

  4. Os defensores de uma Orcrim, chefiada pelo maior larápio que se conhece, chamam de gangue a juízes e promotores respeitados no Brasil e em boa parte do mundo, que já os homenageou. Ridículo e inexplicável.

  5. “O juiz aparentemente agiu ilicitamente.”

    Lula, pelo contrário, sempre foi honesto.
    O seu julgamento, condenação e prisão do criminoso, em consequência, trata-se de uma injustiça imperdoável!

    Cleber, queres enganar a quem?!

    Gangue por gangue, mil vezes a de Moro, óbvio!

      • Cleber,

        Áudios e vídeos ilícitos, obtidos ilegalmente?!

        Como acusar Moro de irregularidades através de outro crime?!

        “Compensação” ou a questão é quebrar ao meio a Lava Jato?!

        Lula merece tanta consideração assim, depois dos males que ocasionou??!!

        Saúde.

    • Caro Bendl, assino, cabe ao MPF e caluniados, irem a Justiça por danos morais, ou não, contra esse Blog, por falsidade? Juiz Moro, é exemplo de JUIZ, a ser seguido pelos Jovens Juízes, que amam suas Consciência e à Justiça. Infelizmente tem um STF que está para stf, com membros estuprando e vilipendiado a Justiça, liderados pelo Gilmar Mente, e um Presidente reprovado 2 vezes para Juiz da 1ª. Pobre Brasil, que DEUS nos ajude!!

      • Mau caro amigo e decano da TI, Théo Fernandes,

        A questão que envolve esta luta insana e irresponsável contra Moro, Dallagnol e a Lava Jato, tem como causa a ideologia!

        A esquerda conquistou e cooptou milhões de pessoas para o seu lado.
        Bolsonaro é justamente a antítese da extrema-esquerda, PT, Psol, Pstu, PcdoB, Pcb, e outros aliados, principalmente a gangue maior, MDB, que entra e sai governo e este partido está sempre participando.

        Diante dessa disputa de tendência política, os radicais não aceitam derrota, diálogo, acordos, nada.
        Ou eles têm as rédeas nas mãos ou vão impedir qualquer governo que não seja o deles de administrar.

        A conspiração contra Moro, Dallagnol e Bolsonaro, através da publicação de conversas mantidas em níveis judiciais e de forma criminosa, demonstra que não há limites à obtenção de qualquer documento ou gravação, que venha a se transformar em problema de credibilidade à Lava Jato!

        O plano engendrado, convenhamos, foi muito bom.

        A mídia obcecada por Lula, pelo fato de este ladrão e genocida distribuir o nosso dinheiro aos jornalistas que o apoiassem, ao tomar conhecimento dessas conversas, exultou!

        Moro cairia, publicavam;
        Aurélio Mello, STF, declarou alto e bom som que não via Moro como um bom juiz!
        Mendes, arqui-inimigo da Lava-Jato, teve de tomar medicamentos porque era só alegria, berros de faceiro, gemidos de prazer, ao ler as conversas que, na sua opinião, acabariam com a operação.

        Na razão direta que o efeito que queriam não se realizou, Moro renunciar ou ser demitido, os adeptos de Lula estão inconformados.

        Lemos, na TI, as suas idiossincrasias, asneiras, besteiras, raciocínios falhos e contraditórios, comentários sem fundamento, pois esta é a obrigação dos seguidores de Lula, o líder!

        Causa-me espécie, que a petezada obedece um ladrão e genocida, que jamais deveria sair da cadeia!

        Milhares de pessoas que preferem ser tripulação e não capitão do navio;
        Outras tantas que não querem ser leões, mas ovelhas;
        A maioria que renuncia a ser líder até mesmo da sua própria vida, prefere ser apenas um mero fiel de movimentos radicais e capitaneados por criminosos, que ascender a outros patamares profissionais e pessoais.

        Temos futuro?
        Claro que não, pelo menos até o dia que esses radicais se enfrentarem prá valer.
        Quem vencer, começará uma nova nação sem a oposição da esquerda ou da direita.

        Abração.
        Saúde, e vida longa, Théo.

  6. “Supostamente” parece que há comentarista que desejaria que o tal Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) fosse formado por pessoas do mesmo quilate moral de Gilmar Mendes, Marco Aurélio Mello, Alexandre De Moraes, Ricardo Lewandowski e Ministro Dias Toffoli – para que suas decisões fossem “impariais”…

  7. Só apoia esses Crimes os Criminosos da Quadrilha e seus “juízes de estimação e cumpanheiros da tchurma” tão igual ou piores que eles !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *