Revista Época tentou envolver Aécio Neves em lavagem de dinheiro

Nova candidatura de Aécio já começa a ser demolida na mídia

Carlos Newton

Reportagem de Diego Escosteguy, editor-chefe da Época, sobre a delação premiada do senador Delcídio do Amaral, ex-líder do governo, faz um escarcéu no site da revista acerca de uma conta aberta em Liechtenstein por Inês Maria Neves Faria, mãe do senador Aécio Neves. Como se sabe, aos procuradores da Lava Jato, Delcídio disse que fora informado “pelo ex-deputado federal José Janene, morto em 2010, que Aécio era beneficiário de uma fundação sediada em um paraíso fiscal, da qual ele seria dono ou controlador de fato; que essa fundação seria sediada em Liechtenstein“.

A reportagem desperta invulgar interesse, qualquer um quer ler com sofreguidão, para saber se foram confirmadas as atividades corruptas do candidato que enfrentou Dilma Rousseff nas urnas em 2014, especialmente as propagadas denúncias sobre Furnas, que vira e mexe voltam ao noticiário. Mas o texto é uma frustração, cheio de incertezas:

Delcídio diz que não sabe dizer ao certo, mas que “parece que a fundação estaria em nome da mãe ou do próprio Aécio Neves; que essa operação teria sido estruturada por um doleiro do Rio de Janeiro”. Delcídio disse não saber se há relação entre essa fundação e as acusações que fez ao tucano – entre elas, de ser beneficiário de propinas em Furnas e de ter agido para interferir nas investigações da CPI dos Correios, da qual o petista foi presidente, em 2006. Janene era um dos líderes do esquema em Furnas, segundo as investigações”.

RUMO AO ANTICLÍMAX

A reportagem é extensa e escandalosa. Desperta muito interesse, mas acaba caminhando para um anticlímax, porque revela que a conta era conjunta da mãe com a irmã de Aécio, Andréia, e o então deputado federal consta apenas como beneficiário e nem tinha autorização para movimentá-la. Além disso, não se tratou de “conta secreta” ou “empresa offshore”, nada disso.

O mais incrível é que a matéria gira em torno de Aécio Neves, embora a suposta “ocultação de patrimônio”, por falta de declaração à Receita Federal, somente pudesse ser atribuída à mãe e à irmã. Ainda mais interessante é o fato de o suposto crime levantado pela revista se referir à decepcionante soma de 30 mil francos, que à época equivaleriam a míseros 30 mil dólares, que nada significavam para uma mulher riquíssima como Inês Maria Neves, viúva do empresário e banqueiro Gilberto Faria, figura famosa no jet set nacional. E nem precisavam ser declarados à Receita, porque a lei exigia registro apenas de quantias acima de 100 mil dólares.

INVESTIGAÇÕES ENCERRADAS

E a surpreendente matéria termina de forma melancólica, nos seguintes termos:

“Em 23 de fevereiro de 2010, o procurador Rodrigo Poerson – dez meses após seus colegas de andar na Procuradoria da República do Rio acusarem Muller de operar uma “central bancária paralela” – assinou despacho em que pede o fim das investigações sobre a conta da fundação Bogart & Taylor. (O MPF se recusou a fornecer cópia do parecer; Época teve que obter o documento na Justiça.) Nele, em três páginas, Poerson acolheu integralmente os argumentos da defesa de Inês Maria. E disse ser inviável conseguir a colaboração de Liechtenstein. Ele desconsiderou os documentos assinados por Inês Maria, que previam a abertura da conta, e a própria natureza das fundações em Liechtenstein – para criar uma fundação, é necessário depositar 30 mil francos suíços numa conta aberta em nome dela. Diante do parecer de Poerson, em 26 de fevereiro de 2010 o juiz federal Rodolfo Hartmann, do Rio de Janeiro, não teve opção senão arquivar o processo. Ele fez a ressalva de que, se o Ministério Público tentasse conseguir mais provas, reabriria a pasta amarela”.

DESERTO DE HOMENS E IDEIAS

Bem, o que a opinião pública quer saber é se Aécio está ou não envolvido em corrupção, se realmente participou de esquemas montados no governo de Minas ou em estatais como Furnas. Mas não há qualquer informação a respeito nesta “denúncia” da Época, que mais parece se tratar de matéria plantada para evitar nova candidatura do senador mineiro, vejam a que ponto caiu o jornalismo brasileiro. E a reportagem de denúncia rapidamente sumiu do site da IstoÉ, substituída por uma arrasadora nota oficial da assessoria do senador mineiro.

Tradução simultânea: a briga pela candidatura tucana em 2018 será de baixíssimo nível, com golpes na linha da virilha, como se dizia antigamente. Essa baixaria mostra que a política brasileira se tornou um deserto de homens e ideias, como advertia um grande brasileiro chamado Oswaldo Aranha, que deveria ter sido presidente em 1945, substituindo Getúlio Vargas, mas perdeu o bonde da História.

Se Aranha tivesse sido candidato e vencido a eleição, o respeitável público agradeceria, porque o presidente então eleito, Eurico Dutra, era uma vaca fardada, como dizia o general Mourão Filho, e fez um governo decepcionante, que só veio a ser suplantado agora pela gestão tenebrosa de Dilma Rousseff, a mulher sapiens.

29 thoughts on “Revista Época tentou envolver Aécio Neves em lavagem de dinheiro

  1. DELAÇÃO PREMIADA DE DELCÍDIO AMARAL

    DELCIDIO DO AMARAL teve conhecimento de um grande esquema de corrupçăo que
    ocorria em Furnas, operado por DIMAS TOLEDO. Tai esquema já foi mencionado, “en
    passant”, anteriormente por ALBERTO YOUSSEF, tendo se referido à participaçăo de
    AÉCiO NEVES no esquema. DELCIDIO DO AMARAL confirma que esta referencia ao
    Senador Mineiro tem fundamento. A corroboraçăo de que YOUSSEF tinha
    conhecimento do esquema, e o fato de que ele mencionou a pessoa de DIMAS TOLEDO,
    experiente e competente profissional do setor elétrico.
    DIMAS TOLEDO era o operador do esquema de corrupçăo em Furnas pelo PSDB. O
    esquema de Furnas atendia varios interesses espurios do PP, do PSDB e depois de 2002,
    do próprio PT. DELCIDIO DO AMARAL, em viagem a Campinas com o presidente LULA,
    foi perguntado pela Ex-Presidente sobre a atuaçăo de DIMAS: “Ô DELCÍDIO, quem e esse
    cara?” DELCIDIO respondeu: “E um profissional do setor elétrico. Por que o senhor me
    pergunta isso?” LULA respondeu: “É porque o Janene veio me pedir pela permanência
    dele, depois o AECIO e até o PT, que era contra, já virou a favor da permanência
    dele. Deve estar roubando muito!”

    DELCIDIO sabe que DIMAS TOLEDO sempre teve informações relevantes de vários governos
    estaduais e federais, vez que era Diretor de Engenharia de FURNAS, tanto que o então Ministro
    JOSE DIRCEU afirmou: “Se colocarem o Dimas como ascensorista de Furnas, ele manda no
    presidente”.

    • Alquem lembra no primeiro governo de lula, qual o primeiro lugar que eles foram descansar, apos eleição ganha, lula,Zé Dirceu,toda cambada, foi lá no Araxá, hotel barreiro, porque, muito simples lembra quando o Enéias falava do nióbio, que pagaria a divida, pois é até hoje o povo não sabe nada, do que se passa lá, PSDB é o cobertor do PT,podes quer neste pau tem mel…Enéias era o cara.

  2. DELAÇÃO PREMIADA DE DELCÍDIO DO AMARAL

    3. EXCLUSĂO DE DADOS DO BANCO RURAL

    Os ofícios requerendo as quebras de sigilo bancário do BANCO RURAL são fundamentais para
    comprovar outra atividade ilícita que DELCIDIO DO AMARAL tem conhecimento .
    DELCIDIO DO AMARAL expediu oficio requisitando a quebra do sigilo do BANCO RURAL, na
    condição de Presidente da CPMI. Em resposta, o BANCO RURAL enviou, através de outro
    oficio, solicitação de dilação de “prazo”. Em um terceiro ofício, DELCIDIO concordou com a
    dilação de prazo para a apresentação das informações da quebra do sigilo bancário.
    DELCIDIO esclarece, que, na verdade, a solicitação de dilação de prazo feita pelo BANCO
    RURAL se deu com o escopo de “ganhar tempo” para “maquiar” os demonstrativos internos
    do BANCO RURAL para, assim, evitar que o “mensalão”, que e é mineiro de nascença, atingisse
    o Governo de Minas Gerais (AÉClO NEVES e CLESIO ANDRADE).

    DELCIDIO DO AMARAL conseguira identificar os nomes dos diretores do Banco Rural que
    fizeram tai ilicitude através do levantamento dos ofícios enviados e recebidos pela CPMI dos
    Correios .

    • Eu li a delação inteira vai sobrar muito para o Aécio. Já hoje o Lauro Jardim mostra a bomba H que vai ser a premiada da dona Xepa nas campanhas do Lulla, Marta , Hadadd e Dilma….

  3. A disputa pela próxima candidatura presidencial do PSDB será de baixíssimo nível com certeza, com perigo de que o candidato acabe sendo de novo o Serra, o adversário preferido do PT…

  4. Prezado Carlos Newton
    Bom dia,
    Fico pensando, será que o senador Delcídio do Amaral teria uma mente tão maquiavélica para inventar tanta história, é isto que o PT prega, não é possível, o senador explanou com detalhes sua delação, envolvia Lula como chefe do bando, Dilma se beneficiou, Aécio Neves, Renan Calheiros, Eduardo Cunha e tantos outros políticos, não acredito que tenha mentido, pois sabe que se mentir a pena será maior, o MPF saberia, pois tem além destas informações outras que envolvem todos estes políticos, ele seria muito burro se inventasse, o fato é que surrupiaram o erário público.

  5. Delcídio deve estar delirando e ou mais provável FATURANDO com a ultima cartada. Já disseram tudo. Não pode repetir e ele tem que trazer fato novo. Terá que provar. A solução foi mesmo inventar.

    • Laércio,
      Eduardo Gomes teve sim a infelicidade de falar “marmiteiro” se referindo aos eleitores do outro partido, e perdeu uma grande quantidade de votos. Ninguém inventou isso.
      Tiradentes não foi enforcado pelos mineiros, foi enforcado (e não decapitado) a mando da Coroa portuguesa. Houve um traidor, sim, mas o resto dos companheiros de Tiradentes na conjuração era de mineiros. ” Esse tipo de gente” foi que se levantou contra a Coroa buscando a independência do Brasil.
      O movimento dos caras pintadas nasceu no Brasil inteiro, e o impeachment de Collor foi por causa das falcatruas que ele cometeu, não pelo interesse de empossar Itamar (que aliás fez um ótimo governo).
      A “Marcha da Família” foi parte do movimento para derrubar João Goulart, não para empossar Pedro Aleixo, e se Pedro Aleixo tivesse sido empossado provavelmente nos teríamos saído muito melhor do que com o longo período da ditadura militar. Apesar do que virou moda dizer hoje, o movimento de 1964 foi apoiado pela maioria da população brasileira quando aconteceu.
      O deputado Maluf não está na LavaJato (ainda) mas está condenado nos Estados Unidos, se sair do Brasil vai preso pela Interpol, e foi condenado outro dia pela justiça francesa a três anos de prisão. “Essa gente” que constantemente o ataca é muito mais do que o povo mineiro.
      Com perdão do Carlos Newton, se eu fosse você ia dizer bobagens noutra freguesia.

  6. DELAÇÃO PREMIADA DE DELCÍDIO DO AMARAL

    QUE DIMAS TOLEDO era diretor de engenharia de
    FURNAS e foi por muito tempo, por vários governos; QUE
    quando o governo LULA assumiu a Presidência, ele já era
    diretor; QUE questionado quem o indicou, afirmou que DIMAS
    tinha apoio muito forte do Partido Progressista- PP e do PSDB,
    por meio de AÉCIO NEVES;

    QUE DIMAS/possui um filho, que hoje é Deputado Federal e ligado ao PSDB; QUE seu nome é
    FABIANO TOLEDO; QUE quando o governo LULA assume, houve uma movimentataçao de se mudar a diretoria de FURNAS, mais especificamente a diretoria de engenharia; QUE o depoente se
    lembra bem que fez uma viagem com Presidente LULA para Campinas, no avião presidencial; QUE já fez levantamentos e tal viagem ocorreu em 06 de maio de 2005; QUE o depoente viajou
    na área reservada para a presidência da Republica no avião e acredita que somente estavam ambos; QUE na viagem LULA perguntou ao depoente: “quem e este DIMAS TOLEDO?”; QUE o
    depoente respondeu: “é um companheiro do setor eIétrico, muito competente”; QUE LULA respondeu: “Eu assumi e o JANENE veio pedir pela DlMAS. Depois veio o AÉCIO e pediu por ele.
    Agora o PT, que era contra, está a favor ! Pelo jeito ele está roubando muito!”; QUE foi JOSÉ DIRCEU quem pediu a LULA para DIMAS continuar; QUE LULA afirmou isto (“Pelo jeito ele
    esta roubando muito!”) porque seria necessário muito dinheiro para manter três grandes frentes de pagamentos e três partidos importantes; QUE se recorda que JOSE DIRCEU sempre dizia
    que, se DIMAS fosse nomeado ascensorista de FURNAS,mandaria no Presidente de FURNAS; QUE questionado ao depoente o que significava esta frase, respondeu que DlMAS tinha uma capilaridade e um protagonismo tamanho em FURNAS que ele era um “super Diretor”; QUE os demais
    Diretores eram coadjuvantes, ate mesmo porque a Diretoria de Engenharia é a mais forte, pelo orçamento e pelas obras, sendo a mais poderosa; QUE a Diretoria de Engenharia de FURNAS é a
    “joia da coroa” da ELETROBRAS, sendo a mais cobiçada pelos partidos;

    QUE questionado por que ela e mais cobiçada, respondeu que não ha duvidas que FURNAS foi usada sistematicamente para repassar valores para Partidos; QUE o que se vê hoje na PETROBRAS ocorreu sem duvida em FURNAS em vários governos, e talvez a figura mais emblemática ” neste
    sentido seja o próprio DIMAS, que passou muitos anos na Diretoria, tendo grande longevidade; QUE DJMAS ainda esta”no mercado”, ou seja, tem uma empresa ainda, e muito influente, tanto assim que elegeu o filho Deputado Federal; QUE DIMAS possui vinculo muito forte com AÉCIO NEVES;

    QUE na CPI DOS CORREIOS surgiu a chamada LISTA DE FURNAS; QUE o tema foi muito polèmico, pois se alegou que a lista teria sido falsificada; QUE, embora o documento pudesse ser falso materialmente (ate mesmo porque constava coma se fosse assinado por DIMAS, o que ele jamais faria), o conteúdo do documento não era falso, ou seja, realmente existia repasse de
    valores para políticos; QUE se tratava de uma lista de doações destinadas a vários políticos; QUE acredita que ao menos parte daqueles políticos recebeu valores, embora a lista possa ter sido
    superdimensionada (ou seja, nem todos políticos mencionados realmente receberam); QUE questionado ao depoente quem teria recebido valores de FURNAS, o depoente disse que não sabe
    precisar, mas sabe que DIMAS operacionalizava pagamentos e um dos beneficiários dos valores ilícitos sem duvida foi AÉCIO NEVES, assim cormo também o PP, através de JOSÉ jANENE;

    QUE também o próprio PT recebeu valores, mas não sabe ao certo quem os recebia e de que forma; QUE não sabe quem são os operadores do esquema e como os repasses eram feitos; QUE
    pode afirmar categoricamente que o esquema funcionava de maneira bastante “azeitada” e de maneira bastante competente;

    QUE não ha duvida nenhuma que o esquema existia; QUE DIMAS era muito competente e era muito difícil perceber o esquema ilícito, mesmo para os demais diretores; QUE o depoente conhecia DIMAS por serem ambos do setor elétrico;

    QUE questionado sobre AIRTON DARE, respondeu que é um empresario da empresa BAURUENSE, que era prestadora de serviços em FURNAS; QUE o depoente sabe que AIRTON DARE e DIMAS eram muito próximos, tanto assim que a BAURUENSE cresceu muito na gestão do DIMAS; QUE este
    caso da BAURUENSE tem muita “confusão”; QUE o assunto da BAURUENSE, porem, é algo muito pequeno dentro do esquema de FURNAS, que era grande; QUE as empresas envolvidas em
    FURNAS são as mesmas que estao sendo investigadas na PETROBRAS: ANDRADE GUTIERREZ, , CAMARGO CORREA, ODEBRECHT, entre outras; QUE nesta área, além da expertise, somente grandes empresas conseguem atuar;

    QUE questionado sobre a irmã de AÉCIO NEVES o depoente respondeu que a mentora intelectual de AÉCIO é a sua irmã, ANDREA NEVES; QUE no governo de Minas de AÉCiO, era ANDREA uma das grandes mentoras intelectuais deIe e estava por trás do governo; QUE não sabe se ela tinha um cargo oficial, mas ficava e atendia dentro do gabinete de AÉCiO; QUE embora ANDREA NEVES seja muito influente em relaçao a AÉCIO NEVES, não tem conhecimento da atuarçao dela em
    relaçao ao esquema de FURNAS;

    QUE a Diretoria de FURNAS anterior à atual (a penúltima) era muito ligada a EDUARDO
    CUNHA; QUE questionado quem era ligado a EDUARDO CUNHA, afirmou que LUIS PAULO CONDE, ex-Prefeito do Rio de Janeiro; QUE também CARLOS NADALUTTI FILHO era ligado a EDUARDO CUNHA; QUE embora não tenha visto, como EDUARDO CUNHA tinha comando absoluto
    da empresa, acredita que ele tenha recebido vantagens ilícitas; QUE EDUARDO CUNHA tinha outras pessoas indicadas em FURNAS; QUE FURNAS chegou a ser “sócia” de uma PCH (Pequena Central Hidroelétrica) ligada a MÙCIO BOLONHA FUNARO; QUE referi da PCH seria em Apertadinho, em
    Rondõnia, e a barragem acabou se rompendo; QUE quem era responsável pela construção era a SCHAHIN; QUE passou a haver um jogo de empurrar a responsabilidade para o outro e se
    iniciou uma grande desavença entre FUNARO e o grupo SCHAHIN; QUE EDUARDO CUNHA “comprou esta briga” na Câmara dos Deputados, ate mesmo porque era muito próximo de MÙCIO BOLONHA FUNARO; QUE questionado sobre a proximidade entre ambos, respondeu ser corrente isto e o próprio MÙCIO BOLONHA FUNARO já mencionou a diversas pessoas esta proximidade com EDUARDO CUNHA, pessoas que comentaram isto com o depoente; QUE em razão desta
    desavença, usaram requerimentos para a convocação dos sócios da SCHAHIN, de tal maneira a pressiona-los; QUE havia a participação de EDUARDO CUNHA nestes requerimentos; ‘QUE, inclusive, este procedimento de fazer requerimentos, e usar expedientes parlamentares é um expediente muito comum do EDUARDO CUNHA, de usar tais expediente para pressionar; QUE a briga entre FUNARO e SCHAHIN era uma luta fratricida, embora não tenha maiores detalhes;

    QUE em relação a FURNAS, DILMA teve praticamente que fazer uma intervenção na empresa para cessar praticas ilícitas, pois existiam muitas noticias de negócios suspeitos e ilegalidade na
    gestão da empresa; QUE, ao que parece, “a coisa passou da conta”; QUE atualmente em FURNAS praticamente toda a diretoria é de confiança de DILMA ROUSSEFF; QUE a atual diretoria é absolutamente técnica e vários nem são de FURNAS;

    QUE questionado ate guando durou o esquema de ilegalidades de FURNAS, respondeu que ate uns quatro anos atras, quando DILMA mudou a Diretoria, ou seja, ate a penúltima Diretoria;
    QUE esta mudança na Diretoria de FURNAS foi o início do enfrentamento de DILMA ROUSSEFF e EDUARDO CUNHA, pois este ficou contrariado com a retirada de seus aliados de dentro da companhia; QUE FURNAS sempre teve uma ligação muito grande com Minas Gerais, ate pela origem, ligada a Juscelino Kubitschek ; QUE inclusive tradicionalmente os presidentes da empresa eram mineiros; Nada mais havendo a ser consignado, determinou-se que fosse encerrado o presente termo âs 12h51min, que, lido e achado conforme, vai por todos assinado .

  7. “”E nem precisavam ser declarados à Receita, porque a lei exigia registro apenas de quantias acima de 100 mil dólares””??????
    Onde esta escrito isso, na “Receita Federal” Suiça?

  8. A situação está tão feia que ontem a petista Folha, plantou uma matéria dizendo que o Delcídio foi de moto até a Paulista, assim descumprindo a domiciliar.
    Só que o Delcídio não está com restrições espaciais, tanto que não usa tornozeleira.

  9. DELAÇÃO PREMIADA DE DELCÍDIO DO AMARAL

    A ATUAÇÃO DESONESTA TAMBÉM DE MICHEL TEMER, O ACHACADOR

    « MICHEL TEMER E O “ESCÂNDALO” DA AQUISlÇÃO DE ETANOL NA BR DISTRIBUIDORA

    Pessoas – Michel Temer,

    implicadas – Joao Augusto Henriques,

    – BR Distribuidora.

    DELCIDIO DO AMARAL sabe que um dos maiores escândalos envolvendo a BR DISTRIBUIDORA foi a aquisição ilícita de etanol no período de 1997 a 200l. O principal operador desse esquema foi JOAO AUGUSTO HENRIQUES (ex-diretor da BRDISTRIBUIDORA), e atualmente preso por ordem judicial da 13′ Vara Federal da Subseção Judiciaria de Curitiba.

    A ilicitude ocorreu durante o governo de Fernando Henrique Cardoso. O “padrinho” de JOAO
    HENRIQUES no esquema do etanol foi MICHEL TEMER, atual vice-presidente da Republica.
    A relação entre JOAO HENRIQUES e MICHEL TEMER é antiga e explica a sucessão de NESTOR
    CERVERO na Diretoria Internacional da Petrobras.

    JOAO AUGUSTO foi o primeiro indicado para essa diretoria para substituir CERVERO, entretanto foi vetado pessoalmente por DILMA ROUSSEF, substituído por JORGE ZELADA, indicação do próprio JOAO AUGUSTO .

  10. DELAÇÃO PREMIADA DE DELCÍDIO DO AMARAL

    Na delação, Delcídio contou ter ajudado Cerveró no auge da crise de Pasadena, após a publicação da reportagem. A partir daí, se informou sobre detalhes da operação de compra e disse, com isso, ter descoberto que houve “ilícitos”.

    Ele sustentou que Dilma “tinha pleno conhecimento de todo o processo de aquisição e de tudo o que este encerrava”. Destacou ainda que a presidente é “detalhista” e “centralizadora”, e que alegar desconhecer cláusulas é “questionável”.

    Segundo ele, a tramitação do processo de compra durou apenas um dia entre a reunião da Diretoria Executiva e a do Conselho de administração. No total, a planta de refino custou aos cofres da Petrobrás US$ 1,3 bilhão.

    O ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás Paulo Roberto Costa, um dos delatores da Lava Jato, mencionou pagamento de propina envolvendo o negócio em sua colaboração. Costa afirmou, sem dar mais detalhes, que a propina neste negócio poderia ter chegado a US$ 30 milhões. Desse valor, US$ 1,5 milhão teriam sido pagos para ele “não atrapalhar” a compra.

    Costa disse ainda que a compra da refinaria foi um mau negócio, também foi aprovado por unanimidade pela Diretoria Executiva, à época presidida por Dilma Roussef.

    Cerveró contou a investigadores da Lava Jato que, em troca de um contrato estimado em R$ 4 bilhões, para modernizar a refinaria, a construtora Odebrecht se dispôs a adiantar uma propina de R$ 4 milhões à campanha presidencial de Lula, em 2006. O dinheiro, segundo ele, teria como destinatários Delcídio, Fernando Collor (AL), recém-desfiliado do PTB, e os peemedebistas Renan Calheiros (AL) e Jader Barbalho (PA).

  11. Sr. Newton, essas plantações de matérias no minimo deve ter saido do Castelo da Transilvânia onde o ser que o habita está louco para voltar a ser candidato em 2018.
    Talvez esteja limpando á area de seus pares de partido, todo mundo sabe ,até os ETs de Varginha, que o Vampiro da Móoca só pensa naquilo, nada mais do que destruir seus “cu-mpanheros” de partideco corrupto., já o fez em várias ocasiões…
    A pro´posito um deles acabou de deixar o partideco das ratazanas franco-suiça, usando sua maginifica metralhadora giratória atirou para todos os lados.
    Sua candidatura pelo partideco dos ratos suiços foi abortada nada mais nada menos do que o Grandíssimo Des-governador da Capitânia Hereditária Francesa, o Gênio da Administração (aquele que diz que nunca vai faltar água, mas as torneiras sempre secas)., o famoso comedor de caviar Efeagacê Alckimin-tira…
    Diz o seguidor do Vampiro da Móoca, andrea matarazzo ex-psdbilionário., o des-governador usou a “máquina pública”, para favorecer o candidato do palácio a Prefeitura de São Paulo, outro famoso e grande babador da Rainha da Corrupção, jorge dória juníor…….
    Veja Sr. Newton, a gravidade do que foi dito pelo ex-candidato á prefeitura de SP., “ele usou a máquina pública”……..
    Ainda foi educado, pois se fosse na passeata de Domingo passado, os insultos seriam outros, “vagabundo”, lixo,lixo,lixo,lixo”, “ladrão de merenda”!., “ladrão do Metrô”., tudo dito pelos mesmos que votam neles, os famosos coxinhas de caviar de Higienópolis e região rica de São Paulo….
    A que ponto estamos chegando com os homens públicos deste Páis.
    Desse jeito vou ter de arrumar a mochila e ir embora para Paris….

    PS.1. Sr. Newton não vi o serra e o fhc nas manifestações de domingo passado, porque será que não foram?Qual o medão???
    PS.2 Eles não são democráticos e contra a corrupção????
    PS.3 . o agora ex- candidato á prefeitura de SP pelo partideco corrupto da Rainha, seguiu seu caminho, e foi cair no colo do grande partido do kassab………
    eh!eh!eh!eh

    • Voce queria que FHC fosse a uma passeata contra a corrupção, tá bom!
      Espera sentado, assim que terminar o espolio de ACM que passa de um bilhão de dolares amealhados durante o governo tucano, e o Zelada devolver mais 100 milhoes de dolares,que tambem foram desviados ate 2002 da “corruptopetro” tucana, ele irá

  12. Ora essa, se entre tucanos é assim que funciona a coisa ( mas não é só entre elle$ não ), imagine o que elle$ são capazes de fazer contra o adversário. Que mal eu pergunte, a Época precisava ir tão longe, LIECHTENSTEIN, para inviabilizar o Aécio e de reto todo o demotucanismo às próximas eleições ? Bastava fazer uma visitinha rápida a LEISHMANIOSES do partidarismo-eleitoral e do golpismo-ditatorial, velhaco$, ou seja, às prestações de contas arquivadas no TSE, para constatar que face ao possível novo padrão moral exigível às próximas eleições, tanto o PMDB-agregados quanto o PSDEMB-agregados , na moral, já estão fora de combate, posto que todos fazem parte, como reais ou virtuais comparsas, da grande quadrilha dos famigerados empreiteiros corruptos que há décadas achacam a Petrobras e o erário ( será que com a Vale foi diferente ?), atualmente sentados no famigerado banco dos réus da Lava-Jato.

  13. QUEM GRAMPEIA TB É GRAMPEADO, de modo que não é segredo, exceto de polichinelo, o que todo$ fizeram no verão passado. Pelo visto, na Espanha, terra dos meus avós, com um Rei no comando, e com os partidos completamente exauridos, está mais fácil a implantação da Democracia Direta com Meritocracia Eleitoral. Será que El Rei conversaria comigo sobre essa Evolução que tento implantar no Brasil mas que por aqui, infelizmente, a minha LUTA já está me parecendo apenas tentativa vã de tirar leite de pedras, inclusive à vista do GM no STF ? GM, infelizmente, dentro do STF, em relação aos interesses petistas e do capital velhaco, tipo “financiamento empresarial de campanhas ” 171, afeiçoa-se a um jagunço agindo sob a luz do sol a serviço da extrema direita bandida, louca por dinheiro, poder, vantagens e privilégios, sem limite$, e que faz de tudo e qualquer coisa para consegui-los, da qual, no Brasil, não obstante os 14 anos de governos ptmdbistas, somos todos vítimas e reféns há 516 anos. GM, infelizmente, advoga o retrocesso político dentro do STF, e este não tem condições de dar jeito nele, assim como o congresso não tem força moral para dar jeito no Cunha, interna corporis. Portanto, não faz sentido., não é saudável e muito menos alvissareiro trocar Dilma por Temer, Serra, Cunha, Paulinho da Farça Sindical e CIA, até porque, até mesmo sob o aspecto da troca de guarda sindical, a opção é mais desastrosa, continua sendo a pior, a exemplo do que tem ocorrido nas urnas, há 14 anos. Para quem acha que a CUT tb já deu no saco, e que o PTMDB-agregados tb já exauriu o seu ciclo de poder, por a Farça Sindical e a oposicão do “quanto pior, melhor” no lugar é não ter amor sequer ao próprio saco. E assim a LUTA (Legião Unida de Trabalhadores Unidos) contra o retrocesso continua, mesmo com o dinossauro que já apanhou quatro vezes nas urnas agora se apresentando escondido atrás do tal impeachment que afeiçoa-se a um pé de alface tentando esconder o dito cujo.

  14. Se Dilma continuar, Aécio não vai deixar barato, não vai parar de surtar pelo poder, e se Aécio entrar, a recíproca será verdadeira, Dilma, PT e Lula incendeiam o país pelas mesmas razões de Aécio. Pelo jeito, teremos que fazer uma nova república, mineira, só para satisfazer o apetite de poder da mineirada, como propõe a RPL-PNBC-DD-ME.

  15. Senhor Wilson Batista, Quanto a Pedro Aleixo também acho. O Senhor é inteligente é público e notório, que meus conterrâneos tem sede de poder, mas não é pra fazer o bem e a prova consta dos comentários imparciais. Olha Senhor pela quantidade de vezes só não observa quem não quer ou partidário dessa corrupção do PSDB. Quanto a história de Tiradentes é clara que foi traído em Minas Gerais não tem como mudar por Silvério do Espirito Santo. Olha Senhor, depois que escrevi este pequeno comentário, armaram outro GOLPE. A Ministra mineira do STF confessou que pode substituir a Presidenta honesta. Ela se prepara para assumir à Presidência do Supremo Tribunal Federal, onde concretizar[á o GOLPE, isto em entrevista ao Jornalista Roberto D’Avila. Veja que é um golpe por intermédio da Justiça. Onde Joaquim Barbosa quase consegui. Outro mineiro. Olha Senhor é efeito cascata que dificilmente se possa disfarçar. E agora com esse Playboy que vem armando golpe desde as vésperas das eleições solicitando contagem de votos e não parou até agora. Deu um enorme prejuízo ao país, com guerrilha, xingamento inflamados por ele, queima de ônibus, black blocs , assassinato de Jornalista no Rio ,de Janeiro. Tudo na ambição de assumir à Presidência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *