Richa ainda tenta justificar a selvageria em Curitiba

Beto Richa perdeu uma boa oportunidade de ficar calado

Bernardo Mello Franco
Folha

A selvageria da PM do Paraná é mais uma prova de que o país ainda não aprendeu a respeitar os professores. Na Pátria Educadora, escolher o magistério continua a ser um ato de coragem.

As imagens de Curitiba não deixam dúvida sobre o uso desproporcional da força. Os policiais não economizaram em bombas de gás e balas de borracha. Enquanto mães corriam para buscar crianças em uma creche vizinha, a tropa de choque avançava sobre os grevistas. “Se precisar usar a tonfa [cassetete], é por baixo”, dizia um comandante.

A pancadaria deixou ao menos 170 feridos. Principal alvo dos protestos, o governador Beto Richa (PSDB) saiu em defesa da PM. “Ninguém pode ser hipócrita de dizer que as cenas não são lamentáveis, mas os policiais ficaram parados, protegendo o prédio público”, disse.

ROMBO NAS CONTAS

O prédio em questão era o da Assembleia Legislativa, onde aliados do tucano aprovaram mudanças na previdência dos servidores. O governo resolveu mexer na aposentadoria deles para tentar fechar o rombo nas contas do Estado. Os atingidos pela ideia foram impedidos de acompanhar a votação no plenário.

Alguém precisa dizer a Richa que a violência contra professores não costuma ajudar governantes em apuros. Em 2013, a PM do Rio protagonizou cenas parecidas com as de Curitiba. A batalha na Cinelândia só fez engrossar as manifestações contra Sérgio Cabral. A rejeição ao peemedebista disparou, e ele acabou desistindo das eleições no ano seguinte.

33 thoughts on “Richa ainda tenta justificar a selvageria em Curitiba

  1. Faço votos que o governador Richa, daqui para frente, não se eleja mais para nada. Vergonhoso bater em professor… nossas armas educacionais são a Vontade de transmitir Conhecimentos; a Esperança que os alunos aprendam e tenham um futuro melhor e o Desejo que o Brasil se Equilibre Socialmente.

    • Esse governador do PSDB não está preparado para o alto cargo delegado pelo povo do Paraná. Sua carreira política acabou com esse episódio. A crise não pode ser combatida com restrição de direitos dos professores e dos trabalhadores deste país. Basta combater a corrupção e a remessa de dinheiro para os paraísos fiscais e para a Suíça. Simples assim.

  2. Este governador, um pústula, covarde, legitimamente um canalha, mostrou para o Brasil e mundo a forma como os professores são tratados pelos governantes brasileiros:
    Na porrada!
    Outros, que não lhes vergam o lombo a chibatadas, negam-lhes o pagamento do Piso, criado pelo PT, que se nega a pagar alegando não haver dinheiro.
    Em outras palavras:
    Uma categoria de profissionais absolutamente desprezada pelos poderes, ironicamente a mais importante e fundamental para o desenvolvimento e progresso!
    Nesse meio tempo, a classe politica confunde-se com quadrilhas de ladrões, bando de bandidos, grupos de assaltantes, indivíduos que conspiram contra o povo e País!
    Pois o crápula deste Beto Richa, com esta cara de modelo do cinismo e hipocrisia, deveria ser impedido de governar.
    A Assembléia Legislativa do Paraná deve encaminhar através de um deputado estadual a sua cassação imediata pelo crime contra os professores, a forma truculenta e selvagem como este governadorzinho de enfeite os tratou!
    A indignação do povo brasileiro contra esta atrocidade é total, pois os que nos causam prejuízos e danos de bilhões são chamados de Vossa Excelência, enquanto os professores que ganham tostões recebem bombas e cacetadas dos policiais a mando de um político desclassificado, incompetente, truculento, sem as menores condições de governar um Estado do porte do Paraná.
    Espero que o povo paranaense exija o impedimento deste indivíduo, esta figura deplorável, este político abjeto, que não merece o cargo que foi conduzido porque não seria desta forma como se comporta no governo o desejo da população que o elegeu, ofendendo de maneira imperdoável um Estado de tradições pacíficas e respeitosas entre governos e governados.

    • Bendl, em São Paulo está acontecendo a mesma coisa, os Professores estão em greve há 47 dias, escolas fechadas sem alunos,
      E o Des-governador gerardo pinockinho insiste em dizer que não “há greve”, nega sempre pelos canais da sua mídia chapa branca.
      Mas emtodas as regiões desta cidade não tem aulas…..
      Esse governadorzinho está passando da conta, é muita prepotência, petulãncia, desfaçatez, parece que esse crápula está acima do Bem e do Mal, nada é com ele…….
      E olhe essa raça de desgraçados estão no poder quase 28 anos, é como são Paulo fosse o quintal da casa deles……
      abçs

  3. Tô falando faz tempo, essa raça é desgraçada , amaldiçoada,
    Não tem compromisso com o povo,
    È oo jeito dos franco-tucanos governarem, quem está contra eles toma porrada,
    São as piores espécies de políticos que existem neste Páis.,
    Governam contra o povo, somente satisfazem as benesses de amigos, parentes e da Casa Grande, fora o ligamento pelo intestino com a Mídia Esgoto Mafiosa..
    È mais um dos famosos mentirosos que se elegeram mentindo para o povo, igualmente aos Grãos Franco-Tucanos mário covas, gerardo pinockinho, vampiro brasileiro, vivem de mentiras,
    são mentirosos contumazes, é uma das virtudes da Quadrilha do efeagace, uma é a mentira, e a outra é o roubo dos cofres públicos.
    Espero que o povo do Paraná acorde e mande essa raça para as cucuias…..

  4. Sabemos que os professores estaduais não são bem pagos( remunerados ).Sabemos também, que muitos não tem condições de ensinar nem no maternal.Por esse motivo a educação pública no país é uma das piores do mundo.
    Digo, entanto, que as reivindicações dos professores por melhores condições salariais são justas, mas somente para aqueles que são realmente formados e capazes. Muitos professores entram na rede pública por meio de indicação política, muitos deles não tem o segundo grau completo.
    Quanto ao governador Beto Richa do Paraná, realmente, cometeu uma barbaridade,mas é preciso analisar e investigar com cuidado, pois alguns vídeos que consegui acessar na internet, me pareceu que houve infiltração daqueles famosos arruaceiros de 2013.
    Grande abraço.

  5. Atenção Tribuneiros da Internet:

    Sei que aqui muitos_ talvez a maioria_ têm vontade de viver num Brasil melhor. Mas o episódio monstruoso, em Curitiba, mostra bem o quanto vários comentaristas deveriam repensar seu voto, tão ingenuamente encaminhado para a oposição, nas últimas eleições presidenciais.
    Acertaram todos que NÃO votaram no PT; mas se equivocaram ao escolher o partido desse governador tresloucado, que_ embora a matéria não cite_ também quis_ o psdb_ defender o indefensável, tentando justificar a selvageria, e expondo, assim, uma vez mais, suas vísceras malignas para todos quantos amam o Brasil.
    A rigor, nenhum político nos atende, nenhum é digno do Brasil; e, ainda que haja dois ou três, NADA poderão fazer contra esses terroristas, que sequestraram o país pra eles, para o seu usufruto, e cuja as armas são as mais letais possíveis: as leis e os votos.
    Fico realmente perplexo quando leio comentaristas defendendo uma REFORMA. O Brasil precisa de uma REVOLUÇÃO, E EM TODOS OS SENTIDOS. Pra começar, REDUZIR EM 80% O NÚMERO DE POLÍTICOS, E APROVAR PENAS IMPRESCRITÍVEIS PARA ESSA CLASSE , E ESTABELECER, CLARAMENTE, QUE QUEM ROUBA PERDERÁ O QUE TEM E O QUE NÃO TEM. Isso apenas para início de conversa.

    Saudações,

    Carlos Cazé.

    PS: Enquanto isso, lá dentro da Assembléia, incólumes, livres, leves e soltos, os deputados votavam tranquilos, imperturbáveis, aprovando o que o ” governador” queria e, lavando as mãos, declararam, ingênuos, angelicais e suaves: ” o que acontece lá fora NÃO é problema nosso”.
    E ainda querem R-E-F-O-R-M-A!!!
    ” Há! Há! Há! ” !!!

  6. Mais uma cavalice desse ‘governador’ ! O salário dos professores é ínfimo em TODO o Brasil. Porém só vejo greves nos estados governados pela oposição, na Bahia e no Piauí, o piso salarial é cerca de 40% inferior aos de SP, mas parece que a pelegaiada do imposto sindical , chamada CUT, não se importa com os salários pagos nos estados governados pelo PT…. Seria a ‘fome seletiva’ ?

  7. A solução para a escola pública – professores, alunos e comunidade escolar, tem sido tratada como uma brincadeira.

    Em minha infância, brincávamos de escola. Nas últimas décadas, todos brincaram com a escola. De formas diferentes mas com mesmos resultados, sociedade e governantes tem descuidado com a formação das futuras gerações.

    Continuo esperando explicações para o significado de “pátria educadora”.

  8. O que noto aqui é que os sentimentos , como sempre nos latinos, falaram mais alto. Isto não é bom. Gera linchamentos.
    Para se fazer justiça deve-se juntar todos os fatos ocorridos num acontecimento, para que então se possa colocá-los num balança e ver para onde ela tende.
    Em manifestações , hoje em dia, pela tecnologia, o que não faltam são vídeos que não deixam dúvidas sobre algum ocorrido.
    Que tal verificarmos pelos vídeos quem está ou não com a razão?

  9. Quando falha a cambaleante educação familiar, a aprendizagem da escola, deturbada e alienada pelo Estado, é tudo que um sistema corrupto e maquiavélico almeja para uma tristonha Nação pagã de princípios morais ,cercada por et caterva amantes da locupletação e perfídia insidiosa contra o erário e ao próprio Povo. Jaz de uma Nação e seus descendentes se esta permanecer apática, indiferente e submissa ao inglório presente. Nesse ritmo a desobediência civil se aproxima no Brasil……Reprimir um MST com foices e facão é desproporcional e ilegítimo, mas servidores da área de Educação ( lápis , borracha, livros, giz e quadro negro) que a ” mão do Estado ” pese no lombo dos debelados, ilegítimos e desordeiros que estão a margem da ” Lei” ?????……

  10. ‘PM com curso superior não aceita cumprir ordens’, diz Beto Richa

    Em resposta a críticas sobre o fim da exigência de diploma universitário para ingresso na Polícia Militar do Paraná, o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB), disse que um policial com curso superior “muitas vezes não aceita cumprir ordens de um oficial ou um superior”.

    A declaração foi dada em entrevista à rádio CBN Curitiba, nesta quinta-feira (26).

    Richa disse que a exigência do diploma para o ingresso na PM “demonstrou não ser uma boa iniciativa”, porque “desestimula os jovens que querem entrar na polícia […] e não têm curso superior ainda”.

    Em seguida, o governador afirmou: “Outra questão é a de insubordinação, também. Uma pessoa com curso superior muitas vezes não aceita cumprir ordens de um oficial ou um superior, uma patente maior”.

    A exigência de curso superior para ingressar na PM foi instituída no Paraná em outubro de 2010, quando foi aprovada na Assembleia Legislativa, por votação dos deputados, a Emenda Constitucional 29.

    Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2012/04/1082377-pm-com-curso-superior-nao-aceita-cumprir-ordens-diz-beto-richa.shtml

    Em suma: Educação é um caso perdido no Brasil, quer seja PT quer seja PSDB no poder.

  11. Antes de Getulio e seu socialismo nazi-facista em 32 , o estado brasileiro já era forte. Meia duzia mandavam.
    Depois de Getúlio o estado ficou mais forte ainda e meia dúzia manda.
    Aí é que vaca foi pro brejo definitivamente.
    O capitalismo virou o que virou: tudo, menos capitalismo.
    O governo pega o dinheiro do povo e diz que vai distribuí-lo com justiça.
    Acredite se quiser.
    O pior é que o povo engole com prazer o tal socialismo sem saber que já paga impostos de países socialistas. Mas como é normal em estados fortes este dinheiro se dilui na corrupção .
    Por essas e outras o professor, se é que ele é professor de verdade, tem que ganhar pouco, pois no socialismo é assim mesmo na parte da grana dos altos impostos arrecadados que cabe aos trabalhadores. O pior é que estes aprenderam a repetir sempre que a culpa é do capitalismo.

  12. O professor mesmo, sempre foi massa de manobra do PT/CUT e Sindicatos.
    Nessas manifestações não se via nenhuma BANDEIRA DO BRASIL, só bandeiras
    vermelhas e black blocks mascarados

    • Se aproveitadores aparecem, aí você justifica paulada nos professores e garfada em seus fundos previdenciários. A hipocrisia e calhordice eterna. Queria que mexessem no seu bolso e pimenta lhe esquentasse para ler justificativa como a sua.

      • Faça-o lembrar-se (ou ler) disso, Chamberlain: “Primeiro, os nazistas vieram buscar os comunistas, mas, como eu não era comunista, eu me calei. Depois, vieram buscar os judeus, mas, como eu não era judeu, eu não protestei. Então, vieram buscar os sindicalistas, mas, como eu não era sindicalista, eu me calei. Então, eles vieram buscar os católicos e, como eu era protestante, eu me calei. Então, quando vieram me buscar… Já não restava ninguém para protestar”.

        • Os fundos previdenciários como o Postalis, Previ, Petros, etc….. No estados governados pelo PT os pisos são bem piores. Sergipe = 1.187,00 — Bahia = 1.385,00 — Acre = 1.296,00 – São Paulo = 1.894 …. PR = 1.699. O engraçado é que não há uma greve em qualquer um dos estados governados pela corja. Será que os escravos dos impostos sindicais, vulgos pelegos da CUT, criaram a fome diferenciada por ideologia política. Não passam de uns comediantes da ideologia. Criaram um circo e que paga o picadeiro e a lona somos nós.

  13. Prezados:
    EU não tenho procuração para defender o governador Beto Richa, e, além de tudo,não acompanho a política do Paraná.O que eu sei sobre o assunto é muito pouco, e é captado via internet( alguns blogs).
    Pelo que leio nesses blogs parece que o governador andou cometendo arbitrariedades, mas há também , alguns vídeos que confirma a infiltração dos arruaceiros de sempre.Portanto é preciso analisar e investigar com profundidade para se chegar a verdade.
    Eu não tenho partido político; o meu partido é o partido da legalidade, da ética e da decência.
    Grande abraço para toso.

    g

  14. O que está acontecendo no Paraná não é novidade, já aconteceu no governo, também do PSDB, do Alvaro Dias. Acho que o pessoal do PSDB estão procurando criar um programa para disputar com o bolsa família, estão tentando o bolsa porrada.

  15. De forma patente percebe-se o dedo podre petralha nessas greves contra governantes de oposicao ao PT. Quem joga pedra na policia, seja professor ou nao, deve ter como resposta o enfrentamento. Colegas desta trincheira, nao se deixem levar pelo apelo de afogado dos Mavs. Fora Dilma! S.O.S. Brasil

  16. INTRANSIGÊNCIA OU MORTE! – Absurdos tantos tentam justificar o massacre oficial que só falta o Governo do Estado noticiar que agiu em legítima defesa, ou morreria por asfixia contábil.

    O governador Beto Richa podia ter acompanhado tudo em tempo real pela sacada do Palácio Iguaçu, assumindo a condição de comandante supremo das forças policiais. Se não o fez, consentiu.
    Agora é tarde pra se explicar, como diz Rogerio Galindo em sua brilhante análise veiculada no ‘Caixa Zero’: “É assim que funciona: o clipping é selecionado, o noticiário, se não agrada, é porque foi comprado, e alguns vídeos simplesmente não existem para o Palácio” http://www.gazetadopovo.com.br/blogs/caixa-zero/beto-richa-diz-que-nao-merece-essa-injustica/

    Cenas chocantes contrastam com a alegação do governador, difundida no JN da TV Globo, para quem a polícia só respondeu à provocação dos manifestantes. Embora isto possa ter algum sentido, num primeiro momento, nada justifica o massacre que se sucedeu. Foi uma barbárie!

    PDT PAUTA DEBATE SOBRE OS RUMOS DA EDUCAÇÃO

    O Pdt Ctba promove nesta segunda-feira (4/5), a partir das 19 horas, encontro de dirigentes com filiados e simpatizantes pedetistas na sede da legenda, no Cristo Rei ao lado da Sociedade Morgenau, rua Camões nº 66. Haverá palestra sobre Educação a cargo da secretária municipal Roberlayne Borges Roballo, e debate sobre a atual conjuntura.

    A ocasião será importante para análise das últimas ocorrências registradas na capital, pois mesmo que o encontro tenha sido programado e divulgado internamente há semanas e a coincidência da pauta é inevitável que a questão seja abordada.

    O prefeito Gustavo Fruet, presidente licenciado da sigla na cidade, agiu coerente e eficazmente abrindo a Prefeitura e disponibilizando viaturas e equipes de saúde no apoio aos manifestantes feridos pelo confronto com a polícia.. http://www.curitiba.pr.gov.br/noticias/prefeitura-atende-feridos-no-confronto-de-manifestantes-com-a-policia-militar/36268

    DIA DO TRABALHO – Não há como falar em 1º de maio sem lembrar o legado dos ícones do Trabalhismo: Getulio Vargas, João Goulart e Leonel Brizola. E que não é dia de festa.. https://www.youtube.com/watch?v=LoSs4HFGIys

  17. Não sou professor, nem policial, nem PSDBista, tampouco paranaense.

    Mas notei algo inusitado nessa ‘história’: os professores brasileiros – desde o ensino fundamental até os que dão aula em universidades, em sua grande maioria, são socialistas das mais variadas vertentes. Isto é, todos defendem o ‘estado forte’. Aí quando o estado age como um ‘estado forte’ pra cima deles, reclamam. Interessante este conceito unilateral de democracia, uma democracia assimétrica. Tipo Cuba, Venezuela, Coréia do Norte, etc.

    “E o salário, oh!”

  18. Não é lamentável por se tratar de um arremedo de país, Brasil que nada mais é que um ajuntamento de povo com hino e bandeira que sustenta essa ratazana faminta. E assim o é porque desde a década de 1980 os governos vem massacrando o ensino público, já no governo do PT, na Bahia o governador mandou a polícia baixar o cassetete nos professores, quando esses pediram que o crápula do governador Wagner PT, ladrão dos mais finos, simplesmente se negou, bateu o pé e não pagou. Hoje os professores da Bahia são vilipendiados pelo novo crápula do PT Rui Bosta, o sacana além de não pagar o piso, que nesse ano seria de 13% ainda não vai fazer o repasse da inflação de 2014, a esperteza desse fanfarrão é dividir os 6% em duas parcelas, uma em junho retroativa a março, vamos perder janeiro e fevereiro, nossa data base é janeiro, e a última em novembro. Nessa conta só os professores saem perdendo, mas o mesmo Rui Bosta gasta com propagandas na TV sobre o “bom tratamento” dado aos professores, que agora trabalham sob ameaças de suspensão dos salários, fechamento de escolas e tanta maldades mais possa arquitetar. Ele alega que o estado está quebrado, mas o que quebrou o estado foi a corrupção.
    Já denunciei isso outras vezes, mas volto a falar no assunto, a educação está morta, falta só resolverem os tramites burocráticos para poderem enterrá-la com um pouco de respeito, o que temos é apenas um fantasma dessa defunta, o governador do Paraná demonstrou o descaso que ele, e os outros governadores tratam disso que já foi a educação. Em vários estados os professores estão protestando, Pernambuco, Bahia, Paraná, Santa Catarina…
    Não sou profeta, mas prevejo um desmonte do estado, pois só podemos construir um país através da educação, muito diferente do que esses carrapatos estão a fazer com esse simulacro de país. Sem educação o Brasil está fadado a voltar a ser uma simples colônia.

  19. O que vem acontecendo aqui no Estado do Paraná é um rombo imenso nas finanças deste governo. Tal rombo tem várias causas, é claro. Porém 2 conjuntos principais de causas são:

    1. Má administração por parte do governador Beto Richa e sua equipe, onde há um pouco de tudo, como incompetência, arrogância, presunção, loteamento político de cargos, dentre outras coisas;

    2. Interferência contínua e incessante na transferência de recursos do governo federal para o Estado do Paraná, com bloqueios, suspensões e atrasos frequentes nos devidos repasses. E esta interferência é causada por 2 personagens em Brasília: os senadores pelo Paraná, Roberto Requião (PMDB) e Gleisi Hoffmann (PT). Estes têm feito de tudo para prejudicar as finanças paranaenses, pois são inimigos do governador, e pouco se importam em prejudicar seu Estado, desde que atinjam Beto Richa.

    E assim o Paraná segue de mal a pior…

Deixe uma resposta para Marco Mesquita Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *