Rodrigo Maia, Elio Gaspari e Jnio de Freitas abrem uma ofensiva contra Srgio Moro

Resultado de imagem para contra moro chargesPedro do Coutto

Foram trs matrias contra o Ministro Srgio Moro publicadas domingo, duas pela Folha de So Paulo e uma pelo O Globo. No caso de Elio Gaspari, a crtica saiu nas duas edies, porque ele ocupa simultaneamente espao na Folha e em O Globo. Deve ter sido coincidncia, mas de fato os ataques foram bastante fortes. Rodrigo Maia, em uma entrevista a Ranier Bragon e Guilherme Monteiro, afirmou que Srgio Moro tem uma estratgia permanente de acuar as instituies atravs de uma viso distorcida sobre a atuao do Poder Legislativo.

O presidente da Cmara Federal afirmou que o ministro da Justia erra ao insistir por meio de projeto de lei aprovar a priso em segunda instncia.

ANTECIPAO – O tema controverso, mas o fato que o Supremo Tribunal Federal em trs ocasies manteve esse entendimento e agora o ministro Dias Tofolli marcara nova votao para 23 de novembro, mas agora quer antecip-la.

Quando presidia o STF, a Ministra Carmen Lcia recusou-se a pautar o assunto com base nas decises anteriores. Agora haver uma quarta investida na sesso marcada a ser marcada pelo presidente Dias Tofolli. possvel, mas no provvel, que o Legislativo aprove uma lei nesse sentido j que a grande maioria de deputado e senadores contrria a esse captulo na poltica brasileira.

POR EMENDA – De outro lado Rodrigo Maia sustenta a meu ver, com razo no caso que uma proposio para manter presos os condenados em segunda instncia teria de ser por intermdio de emenda constitucional e no por lei complementar.

Maia atribui a si prprio a responsabilidade, como presidente da Cmara, de no haver derrubado o presidente Michel Temer. Mas esta outra questo. Acrescentou, novamente se referindo a Moro, que espera apenas que ele respeite o Parlamento brasileiro.

CONTRA MORO – Os jornalistas Elio Gaspari e Jnio de Freitas, atacam Sergio Moro, porm atravs de outra abordagem. Ambos defendem, cada qual sua maneira, serem nulas sentenas do ex-juiz federal de Curitiba, pelo fato de ter permitido que os delatores apresentassem suas revelaes depois de os acusados falarem nos processos.

Nessa altura do campeonato, abrem-se as cortinas de um passado recente para uma nova apreciao interpretativa dos fatos processuais. O tema complexo e varia de acordo com os ngulos que limitam o desenrolar dos acontecimentos. Isso porque existem casos em que os delatados so tambm delatores e no se pode desejar que delatores delatem a si mesmos.

CONTRADIES – H outros degraus percorridos tanto pelos acusadores quanto pelos acusados, o que projeta na conscincia jurdica uma srie de contradies.

Uma coisa, porm, certa: o Ministro Srgio Moro pode sair do governo, mas nesse caso a derrota ser de toda a sociedade brasileira. No que o ministro seja um santo, porm os que o atacam esto cometendo, para dizer o mnimo uma ofensiva no espao vazio da impunidade.

Principalmente no esforo para retirar o ex-presidente Lula da sentena que o condenou, que o objetivo principal das crticas.

8 thoughts on “Rodrigo Maia, Elio Gaspari e Jnio de Freitas abrem uma ofensiva contra Srgio Moro

  1. lio Gaspar, Jnio de Freitas , Mnica Bergamo, Miriam Leito, Reinaldo Azevedo, etc,etc, so extrema imprensa, oportunistas, petistas, pessoas sem a menor credibilidade e que no merecem respeito de pessoas srias. So os marginais da imprensa doente e que est acabando. Inteis. Quem perde tempo lendo esses imbecis?

  2. O transtorno das vtimas de religies ou ideologias, o que d no mesmo, se torna descarado quando se se vem contrariados em suas crenas.

    Esse janio e esse gaspari so exemplos acachapantes dessa condio sub -humana que demonstra qualquer humano que acredita em outro e acaba com isso se tornando cativos de pensamentos.

    O fato que o criminoso foi julgado na 2 instncia e pegou uma punio maior que a do Moro.

    A falsa moral estabelecida e fundamental nas religies ou ideologias, fazem com que seus crentes acabem por negar o objeto mesmo diante dele.

  3. Basta que se leia a Constituio, basta que se saia s ruas no pas, ainda em desenvolvimento, basta que se leiam as notcias todos os dias e o principal, saibamos o que acontece no resto do mundo para que vejamos de quem a viso distorcida sobre a atuao do Poder Legislativo. A briga no STF sobre a priso em segunda instncia, para consertar o que sujaram na Constituio do pas em 88, j resume bastante que esta corja representa para seu pas e seu povo tem plena conscincia disso. So cantados em msicas famosas de protesto e conhecidos internacionalmente. At pouco tempo perdiam fcil para o macaco Tio e o bode Jos nas eleies, at de virarem a mesa e imporem, alm do voto obrigatrio, a urna eltrica sem direito a auditoria e com um imenso nmero de denuncias de fraude. Isso mostra que alm de uma viso completamente distorcida do Pode Legislativo, nossos congre$$ista$, odeiam a seu prprio povo.

  4. O Nhonho est se achando, at o impeachment daquela infeliz e a cassao do Cunha , o cara no passava de mais um. Eleito presidente da casa passou a se achar. Se reelegeu metendo o p na porta, se escorando na Justia. Agora vem com esta bravata de que, s no virou presidente porque no quis. Sempre adorei magnanimidade de poltico, elas so to tocantes que at parecem ser sinceras, verdadeiras. Mais um pouco e vou comear a chorar ante tanto desprendimento do Nhonho.

Deixe um comentário para antonio carlos Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.